Destaque

Geisel : o documento da CIA, a história oficial e a verdade histórica

No livro de Mao Tsé Tung “La stratégie de la guerra révolutionnaire en Chine” (A estratégia da guerra revolucionária na China), publicado em 1936 e traduzido para o francês em 1950, o jovem coronel Charles Lacheroy via pela primeira vez o conceito de “guerra revolucionária” e a partir dele os franceses criaram o seu antídoto, a “guerra contrarrevolucionária”, que os militares sul-americanos adotariam depois com entusiasmo. A convite de John Kennedy, oficiais franceses foram enviados para os fortes Benning e Bragg, em 1961, para ensinar a “guerra moderna”, nome do livro homônimo do então coronel Roger Trinquier, lido e estudado pelos americanos antes mesmo de ter uma tradução para o inglês. Havia urgência...

Entrevista com o juiz de Direito Marcelo Semer

A prisão de Lula mexe com os mais fortes sentimentos políticos no país, a ponto de previsões eleitorais se tornarem praticamente impossíveis no momento. Em meio...

Artigo: “No mundo de medíocres traidores”

O tema é grave. Não comporta maniqueísmos: bom ou mau, certo ou errado. Ninguém, salvo psicopatas – pessoas que precisam de tratamento mental mais do que...

Recado: 'Quando as ruas falam, a história ouve'

Uma gigantesca manifestação, com mais de 500 mil pessoas, paralisa a principal capital do país. Em todas as regiões, surgem manifestações e começa uma greve geral que...

Leia Também:

[16/05/2018] - MEC autoriza implantar curso de medicina em Itabuna
[16/05/2018] - Feira: Evento na Uefs amplia divulgação das danças circulares
[16/05/2018] - Aplicativo "Detector de Corrupção" flagra Gualberto e Ronaldo

O Brasil neurótico e a candidatura de um fascista

Uma das características marcantes da sociedade brasileira é a incapacidade de discutirmos, de maneira equilibrada, os nossos problemas —e, isso, tanto nas questões pessoais...

Leia Também:

[16/05/2018] - Conquista: Cooperação técnica capacitará jovens para o trabalho
[16/05/2018] - Cairu: Turismo LGBT é foco de treinamento em Morro de São Paulo
[16/05/2018] - Pesquisa interna não empolga tucanos e expõe cenário pró-Rui

Por que a Lava Jato não avança em São Paulo?

No fim de 2016, o ex-diretor superintendente da Odebrecht em São Paulo Carlos Armando Paschoal, o CAP, foi à sede do MPF em São Paulo, para se reunir com os...

Leia Também:

[16/05/2018] - Barreiras: Municípios da região serão atendidos pelo Mutirão de Cirurgias
[16/05/2018] - Otto admite que Edvaldo Brito pode compor chapa
[16/05/2018] - Após a ilusão e a corrupção, Temer vai ao delírio

Pesquisa transfere Geraldo Alckmin para a UTI

Dando-se crédito à pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta segunda-feira, a candidatura de Geraldo Alckmin foi transferida da enfermaria para a UTI. Para onde quer que se olhe...

Leia Também:

[16/05/2018] - Cachoeira: Em encontro inédito, indígenas debatem racismo
[16/05/2018] - Salvador: MP-BA investiga realização do réveillon da prefeitura
[16/05/2018] - Aliança PDT e PSB obrigará os outros partidos de correr atrás

Vaquinhas virtuais: A mina de arrecadação eleitoral

A partir desta terça-feira (15/05), pré-candidatos nas eleições deste ano podem começar a pedir doações por meio de mecanismos de financiamento coletivo, o chamado...

Leia Também:

[16/05/2018] - Abaré: MPF debate Educação com índios Tumbalalás na Aldeia Pambu
[16/05/2018] - Estado entrega Projeto de LDO 2019 à AL-BA
[16/05/2018] - Orçamento para titulação de territórios quilombolas cai mais de 97%

Quem tem medo do fenômeno das fake news?

Alguns gigantes midiáticos parecem padecer de crônica falta de memória – ou de semancol, para utilizar o jargão popular. Especializados em criar realidades paralelas...

Leia Também:

[16/05/2018] - Prefeitura de Dário Meira tem contas rejeitadas pelo TCM
[16/05/2018] - Bahia: Presidentes do MDB e do PHS descartam aliança
[16/05/2018] - Transição para economia verde criará 620 mil empregos, afirma OIT