28/06/2013

ARTIGO: "O Brasil é nosso"

Por: José Eduardo Victor

 

Muitas coisas (boas) aconteceram em todo o País neste mês de junho, que termina depois de amanhã. O povo brasileiro, como há décadas não fazia, foi às ruas manifestar sua indignação e sua repulsa pela maneira torpe e sórdida de como estão tratando a coisa pública. O aumento de 20 centavos na tarifa de transporte público na cidade de São Paulo acabou culminando com protestos maiores, que estavam atravessados nas nossas gargantas que, com o tempo, foram acumulando e acumulando até que não aguentássemos mais.

 

A surpresa foi estonteante, que logo se seguiu a um entusiasmo de arrebatamento que excitou a todos. Formou-se novamente um clamor que há tempos não vivíamos e fomos para as ruas dar um recado aos políticos: aqui, no Brasil, quem manda somos nós, o povo, o dinheiro arrecadado pelos impostos é nosso e para nós deve ser revertido, seus canalhas! Chega de malversação com o nosso dinheiro, chega de corrupção, de incompetência, de aviltar e desprezar a nossa consciência!

 

Queremos transporte público de qualidade, confortável e com uma tarifa justa - porque dinheiro tem para isso; queremos hospitais bem estruturados e equipados, com rápido atendimento médico para evitar a tempo o óbito - porque dinheiro tem para isso; queremos educação com escolas estruturadas, com professores bem remunerados e vocacionados - porque dinheiro tem para isso; nós não queremos mais ver os nossos irmãos do Nordeste sofrer com a falta de água, que ano após ano as promessas vãs nunca são cumpridas e ainda ver jorrar bilhões de reais na obra de transposição do Rio São Francisco, inacabada e abandonada.

 

Nós também não queremos mais impunidade, que as leis sejam cumpridas e quem erra tem de pagar, porque nos causou profunda repugnância assistir o julgamento de políticos malfeitores, condenados à prisão em última instância - os do mensalão - estarem soltos e ainda alguns com mandato no congresso (minúsculo mesmo, essa merda aí, desculpem-me) gozando das nossas caras. O PT e o PMDB, mais os outros da base alugada enojam toda a Nação com alianças espúrias e apócrifas enfiados em estratosféricos 40 ministérios num regozijo transcendental, de fazer inveja ao sultão, tudo com o nosso dinheiro, sim o nosso dinheiro, que só faz incentivar o crime que se alastra por todo o território nacional. O Brasil de hoje está pior que a Colômbia da época de Pablo Escobar, o maior e mais rico traficante do mundo que espalhou medo e terror naquele país. Estamos sendo tomados de assalto por bandidos da pior espécie, que matam sem dó, tacam fogo e atiram em nossas cabeças, mesmo entregando os nossos pertences. 

 

Malditos! Vocês prejudicaram gerações futuras porque todo este dinheiro, nosso dinheiro, era (e é) para ser investido em desenvolvimento, expansão de mercado de trabalho que é o artífice do emprego e renda, e da educação. Não queremos ver brasileiros recebendo esmolas, bolsas disso e daquilo - comprados pelos políticos corruptos -, queremos o trinômio descrito linhas atrás, este é o verdadeiro caminho da prosperidade de um povo. Não existe outro. Mas a farra acabou, chegou ao fim. Iremos para as ruas sempre, vamos impor as nossas vontades, os nossos anseios e mais do que nunca, a cobrança daquilo que é nosso, só nosso, porque o futuro é a consequência e depende do presente.

 

Abraço a todos e bom fim de semana. 

 

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!