17/03/2017

Juazeiro sedia o 20º Seminário de Cebola do Mercosul

 

Mercado, melhoramento genético e produção sustentável são alguns dos temas que serão debatidos de 26 a 28 de abril durante o 29º Seminário Nacional de Cebola e 20º Seminário de Cebola do Mercosul. Os encontros, que vão acontecer no Complexo Multieventos da Univasf – Universidade Federal do Vale do São Francisco, em Juazeiro – BA, receberam o apoio da prefeitura do município na tarde desta quarta-feira (15).

Uma comitiva liderada pelo presidente da Associação dos Produtores de Cebola do Vale do São Francisco (Aprocesf), Eduardo Cavalcante, foi recebida pelo prefeito Paulo Bonfim (PCdoB) e a secretária de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Maraiza Carvalho. De acordo com o chefe do executivo municipal, a realização dos seminários representa a ampliação de laços comerciais importantes para Juazeiro e região.

"Considero um privilégio nosso município sediar eventos desta magnitude, ainda mais neste momento em que começamos a gestão. Nossa economia muito tem a crescer com o intercâmbio de ideias e negócios entre empresários nacionais e estrangeiros", adiantou o prefeito.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, do município destacou alguns pontos da programação, lembrando que o evento vai reunir especialistas do setor, produtores, expositores e representantes de entidades públicas e privadas, além de lideranças classistas, de cooperativas e associações. "Vamos debater a cultura da cebola sob um viés sustentável e ecologicamente seguro. Nosso objetivo principal é fortalecer e ampliar este importante agronegócio", convocou Maraiza Carvalho.

O presidente da Aprocesf, Eduardo Cavalcante, lembrou que a Associação Nacional dos Produtores de Cebola (Anace), representada na ocasião pelo assessor e produtor, Pedro Cavalcante, e a Embrapa Semiárido também são realizadores dos encontros e agradeceu o apoio da prefeitura de Juazeiro. "O 29º Seminário Nacional de Cebola e 20º Seminário de Cebola do Mercosul crescem ainda mais com tão imprescindível apoio e reconhecimento. Em troca, iremos propor também alternativas viáveis para recomposição e defesa da Bacia do São Francisco, a atualização técnica e tecnológica como forma de enfrentamento da escassez de água, novas formas de produção, além de análise de mercados e alternativas de redirecionamento da produção de cebola", finalizou Eduardo Cavalcante.

Mutirão de Cirurgias começa dia 21 na região de Juazeiro

Atenção população da Região de Juazeiro, no dia 21 (terça-feira) começa mais uma etapa do Mutirão de Cirurgias. As pré-consultas serão realizadas no período de 21 a 23, em unidade móvel, que estará estacionada na Universidade do Vale do São Francisco (UNIVASF), na Avenida Antonio Carlos Magalhães, 510, bairro Santo Antonio. A unidade tem capacidade para atender a 160 pacientes por dia, começando o atendimento às 7 horas.

O Mutirão de Cirurgias faz parte das ações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), e tem por objetivo reduzir a fila de espera para alguns procedimentos médicos. O programa foi lançado em agosto de 2016 e deverá atender a 13 mil baianos no período de um ano.

Durante a realização do mutirão, serão realizados os seguintes procedimentos cirúrgicos: hérnias (umbilical, inguinal, epigástrica) histerectomia, colecistectomia. Nesta etapa, além de Juazeiro, participam os municípios de Campo Alegre de Lourdes, Casa Nova, Curaçá, Pilão Arcado, Remanso, Sento Sé, Sobradinho e Uauá.

As cirurgias começam a ser realizadas a partir do dia 24, no Hospital Regional de Juazeiro (HRJ). Os pacientes que farão cirurgia de vesícula precisam estar em jejum para a realização do exame de ultrassonografia (USG). Já os pacientes que farão procedimento de histerectomia, devem levar resultados de exame preventivo. Além disso, todos os pacientes devem levar resultados de exames laboratoriais e outros que tiverem.

Para saber se a pessoa está cadastrada para passar pela cirurgia, basta consultar a lista única, disponível no seguinte endereço:http://mutiraodecirurgias.saude.ba.gov.br/. Também, o paciente ou responsável poderá ir até a Secretaria Municipal de Saúde de seu município, para saber se o seu nome consta na lista para a realização do procedimento.

DNIT realiza mutirão para desapropriação da BR-235/BA

A Superintendência Regional do DNIT no estado do Bahia realiza, nos dias 20 e 21 de março, na Justiça Federal da cidade de Paulo Afonso, o mutirão de desapropriação relacionado às obras de implantação e pavimentação da BR-235/BA. A proposta é realizar o fechamento de acordo com os expropriados e possibilitar a continuidade das obras. Está prevista a homologação de 136 processos dos Lotes 1, 2 e 3.

"É importante que os expropriados já deixem separados os documentos necessários e que cheguem com certa antecedência no local. Com a conciliação todos saem ganhando. O expropriado tem sua indenização agilizada; a Justiça tem os processos resolvidos sem sobrecarregá-la; e o DNIT pode dar continuidade à obra", explica José Henrique Silva, responsável pelo setor da desapropriação na Superintendência Regional do DNIT no estado do Bahia.

O Lote 1, que tem 79,30 quilômetros, começa na divisa dos estados Bahia e Sergipe e segue até a cidade baiana de Jeremoabo. Este trecho está com obras a todo vapor, com cerca de 24 quilômetros com asfalto, porém somente os 13 primeiros quilômetros estão finalizados com sinalizações horizontal e vertical definitivas. O Lote 2 começa em Jeremoabo e vai até Canché. Ele tem cerca de 60 dos 77,60 quilômetros de extensão com asfalto. O Lote 3, de Canché até Uauá, tem 74,1 quilômetros e já está concluído.

O Projeto de Implantação e Pavimentação é do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), autarquia federal vinculada ao Ministério dos Transportes. Esta obra tem o acompanhamento da equipe da Universidade Federal de Viçosa (UFV), responsável pela Gestão Ambiental do empreendimento, abrangendo a Supervisão e Gerenciamento Ambiental e a Execução dos Programas Ambientais – conforme o Termo de Cooperação, firmado com o DNIT.

Programa pioneiro vai garantir acompanhamento nutricional para 33 mil crianças de Petrolina

A capital do São Francisco será a primeira cidade do País a receber um programa permanente de acompanhamento nutricional e de criação de hortas voltadas para pré-escolas públicas. Uma parceria entre a Prefeitura de Petrolina,  o instituto Inmed Brasil e a Fundação Monsanto garantirá a 33 mil crianças de 125 unidades escolares orientação periódica sobre bons hábitos alimentares. O programa foi lançado nesta quarta-feira (15), num ato com a presença do prefeito Miguel Coelho e representantes dos institutos parceiros.

Batizada como Crescer Saudável, a iniciativa terá investimento durante três anos de aproximadamente 3 milhões de dólares. Além de atender diretamente as crianças, a iniciativa irá capacitar merendeiras e profissionais da Secretaria de Educação sobre a alimentação adequada para a garotada de zero a cinco anos. As equipes de acompanhamento também farão visitas periódicas aos lares das crianças para orientar os pais a adotarem uma cultura nutricional mais saudável no ambiente doméstico. 

O programa ainda desenvolverá hortas em todas as pré-escolas de Petrolina a fim de estimular o contato dos pequenos com o cultivo de legumes e verduras. Todo o alimento produzido nas creches será empregado nas merendas ou redirecionado para doação às famílias envolvidas no programa.

Durante o lançamento do programa, o prefeito Miguel Coelho comemorou a escolha de Petrolina como cidade pioneira para o desenvolvimento do programa. "De todas as mais de cinco mil cidades do País, Petrolina foi selecionada pelas suas qualidades e potencial. Nossa cidade parte na dianteira mais uma vez e será referência internacional na educação nutricional de crianças e pais, pois os resultados daqui serão base para o Inmed e a Fundação Monsanto levarem para o mundo todo."

O presidente da Monsanto para a América do Sul, Rodrigo Santos, reforçou, que além do benefício imediato para o público e as escolas, o programa trará resultados a longo prazo para Petrolina. "Essa parceria com a Prefeitura na educação e na melhoria da alimentação das crianças refletirá num desenvolvimento tanto físico quanto intelectual, propiciando a geração de talentos não apenas para a cidade como também para a formação de melhores profissionais que poderão fazer a diferença para o estado de Pernambuco e o Brasil por um todo."

 

Fonte: Ascom PMJ/Secom Bahia/Gestão Ambiental da BR-235/Ascom PMP/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!