28/06/2012

BRASIL: Adesão de Maluf é rejeitado por 64% do PT

 

Aquela que seria a jogada de mestre do ex-presidente Lula, ao buscar se aliar a Maluf, parece que foi um tiro que saiu pela culatra. Começou perdendo a vice Erundina e aqueles que a seguem, deixando o PSB envergonhado, por ser um partido que prética a ética, logo especulações são feitas que os eleitores dificilmente caminharão com o candidato do PT. Depois há a dúvida que o apoio do deputado Paulo Maluf (PP-SP) a Fernando Haddad, que renderá pouco mais de 1 minuto no programa eleitoral,  conseguirá sesnsibilizar o eleitor malufista, que por natureza é anti-petista, levar a terça parte dos votos que o PSB  de Erundina transferiria. Agora, conforme pesquisa do Datafolha repercutiu mal entre a maioria dos eleitores do Partido dos Trabalhadores (PT).

De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, divulgada na edição desta quarta-feira do jornal Folha de S. Paulo, 62% dos eleitores paulistanos rejeitam a aliança. Entre os que declaram preferência pelo PT, a reprovação chega a 64%. 

Outra má notícia para o ex-ministro da educação é que a influência de Lula segue em queda, pelos passos mal dados que vem dando e que a população não aceita. Hoje, 36% dos eleitores dizem que o apoio do ex-presidente os faria escolher um candidato, 13% menos do que foi registrado em janeiro.

Os dados indicam que a marcante foto com Maluf e Lula pode prejudicar Haddad na corrida à prefeitura. A maioria dos entrevistados (59%) disse que não votaria em um candidato apoiado pelo ex-prefeito. Outros 12% seguiriam sua indicação, e 26% seriam indiferentes. Por outro lado, a pesquisa mostra que 70% dos eleitores ainda não sabem quem Maluf apoiará na eleição municipal. Só 17% sabem que ele apoia Haddad. 

A desistência de Erundina, em concorrer na chapa como vice-prefeita, teve ampla aprovação popular: 67% dos eleitores disseram que ela "agiu bem". Outros 17% reprovaram a atitude, e 16% não opinaram. 

No momento, José Serra (PSDB) lidera as intenções de voto com apoio de 31% do total de entrevistados (oscilação de um ponto percentual para cima em relação ao último levantamento). Na segunda colocação, aparece Celso Russomano, do PRB (24%), seguido de Fernando Haddad (PT); Soninha Francine (PPS); Gabriel Chalita (PMDB); e o vereador Netinho de Paula (PC do B), que deixou a disputa para apoiar a chapa petista, cada um com 6% das intenções de voto. Paulinho da Força (PDT) tem 3%, e Carlos Giannazi (PSOL), 1%. Os demais pré-candidatos não pontuaram. Nulos e brancos somam 11%, e 5% não opinaram. 

O Datafolha ouviu 1.081 eleitores na capital paulista entre os dias 25 e 26. A pesquisa foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o número 87/2012. A margem de erro da pesquisa é de três pontos para mais ou para menos.

Fonte:  Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!