30/03/2017

Cachoeira: IFÁ e Orquestra Reggae tocam em festival de jazz

 

A Orquestra de Reggae de Cachoeira e banda soteropolitana IFÁ são atrações confirmadas para a terceira edição do Recôncavo Jazz Festival nos dias 7 e 8 de abril, em Cachoeira, Recôncavo Baiano. Já foram anunciados nomes como Laurent Rivemales, Hugo Sanbone, Tito Pereira, Africania, Thiago Trajano e Alma Thomas.

Nascida em Salvador, em 2013, a banda instrumental IFÁ integra um movimento independente. O nome do grupo representa o oráculo africano e a sigla para junção inventiva entre Ijexá, funk e afrobeat. Os músicos ainda mergulham no universo sonoro do dub e reggae.

O mais recente álbum foi lançado em 2016 e batizado de “IjexáFunkAfrobeat”. O trabalho conta com participações especiais do maestro Letieres Leite, fundador da Orkestra Rumpilezz, Gabi Guedes (Orkestra Rumpilezz), de Robertinho Barreto e Junix (Baiana System).

Já a Orquestra Reggae de Cachoeira iniciou suas atividades em julho de 2012. O grupo vem atraindo cada vez mais jovens e crianças com habilidade ou em  formação musical.

  • SERVIÇO:

Recôncavo Jazz Festival – 3ª Edição

Data: 6, 7 e 8 de abril (Quinta-Feira à Sábado)

Local: Praça da Aclamação – Cachoeira

Divulgada programação do Recôncavo Jazz Festival 2017

A programação do Recôncavo Jazz Festival 2017 foi divulgada e vai contar com várias atrações.

  • Veja a grade completa:

6 DE ABRIL (QUINTA)

Palco

19h – Bago de Jazz convida Matias Hernan Traut (Argentina)

20h30 – Tito Pereira

22h – Africania

7 DE ABRIL (SEXTA)

Cine Theatro Cachoeirano

15h – Workshop “Experimentos musicais no processo de construção de repertório artístico.” | Facilitador: Hugo Sanbone

Palco

19h – Orquestra Reggae de Cachoeira

20h30 – Hugo Sanbone

22h – Alma Thomas (EUA)

8 DE ABRIL (SÁBADO)

Cine Theatro Cachoeirano

15h – Workshop “Internacionalização de bens e serviços no segmento musical com foco no mercado dos Estados Unidos.” | Facilitadora: Geysa Castro (Ginga P. Culture Business)

Palco

19h – Coletivo Novos Cachoeiranos

20h30 – Laurent Rivemales Trio (França) convida Joatan Nascimento

22h – Thiago Trajano Trio (RJ)

23h30 – IFÁ

*Grade sujeita a alteração sem aviso prévio.

IFÁ lança o esperado disco de estreia no Largo Pedro Archanjo

Depois de lançar Ijexá Funk Afrobeat (Natura Musical) na internet, o grupo IFÁ apresenta o álbum ao público dia 1º de abril (sábado) no Largo Pedro Arcanjo. O show terá a participação de artistas que dialogam com o trabalho, cujos nomes serão revelados em breve. Na ocasião, haverá também o lançamento em vinil do álbum. Ijexá Funk Afrobeat está disponível para streaming e download gratuitos desde novembro no www.naturamusical.com.br. O projeto, que inclui a gravação do disco e show de lançamento, foi selecionado por uma comissão de especialistas do Natura Musical para receber o patrocínio do edital regional Bahia 2015, por meio do Programa Fazcultura, do Governo da Bahia (Secretarias da Cultura e da Fazenda).

“O Natura Musical foi criado para valorizar a renovação da música brasileira, seja por novos talentos ou vozes históricas, que reverberam nosso legado musical. De 2012 a 2016, o edital Bahia contemplou 22 projetos que vão desde a digitalização do acervo de Batatinha e o primeiro DVD do Ilê Aiyê a novos trabalhos de artistas como Russo Passapusso, Larissa Luz, Manuela Rodrigues e, agora, o IFÁ", diz Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura.

A parceria com o Governo do Estado, através do Fazcultura, se estende também para outros projetos no Natura Musical 2016, como o documentário “Os Catingueiros”, do músico Xangai, que faz um resgate das obras de Mateus Aleluia, Gordurinha, Bule Bule e, seu grande parceiro e também cantador, Elomar; o relançamento dos discos da fase afro-barroca de Os Ticoãns, grupo de que também fez parte Mateus Aleluia; a gravação do novo disco do grupo ilheense O Quadro, entre outros trabalhos como o dos baianos Lívia Matos e Lucas Santtana e da paulista Talita Avelino – radicada em Salvador.

O superintendente de Promoção Cultural da SecultBA, Alexandre Simões, reconhece na Natura um constante parceiro no patrocínio a eventos culturais no Estado. Segundo ele, o papel do Fazcultura é justamente permitir que projetos com grande peso cultural e histórico possam chegar ao público, com o apoio do Governo do Estado através de incentivos fiscais. “No caso do Natura Musical trata-se de um projeto que trabalha o resgate de obras importantes e também o lançamento de nomes que estão em ascensão. Há um entendimento do papel das empresas e do Estado no investimento em cultura e no social, afinal de contas os recursos também vão estimular a criação de novas ocupações no mercado de trabalho, dinamizando a economia criativa”.

Ifá

Na estrada desde 2013 e com um EP lançado, o IFÁ traz em Ijexá Funk Afrobeat nove músicas instrumentais inéditas. São oito composições da banda, além da faixa Quintessência, concebida e presenteada pelo maestro Letieres Leite, fundador da Orquestra Rumpilezz. Além de Letieres, o disco Ijexá Funk Afrobeat conta com as participações do percussionista Gabi Guedes, dos guitarristas Robertinho Barreto, da BaianaSystem, e Junix, e do trompetista Guiga Scott. O disco foi gravado por Israel Lima, no estúdio do Ilê Aiyê, em Salvador, em junho de 2016.

O álbum revela toda a maturidade sonora de uma banda que se consolidou no palco, abrindo caminho no universo da música instrumental. Fazendo reverência às tradições musicais nascidas na África e espalhadas pelo mundo, nesse álbum o IFÁ redefine os sons da Bahia por meio da leitura contemporânea de seus signos sonoros. Assim, aponta para o futuro com uma visão própria da música afro-brasileira. Bem recebido pelo público e pela crítica, o álbum fez parte de diversas listas de “melhores de 2016”, como as dos veículos Noize e Correio Brasiliense.

  • Serviço:

Natura Governo do Estado apresenta show de lançamento do álbum Ijexá Funk Afrobeat - IFÁ

Convidados: Letieres Leite e Gabi Guedes

Quando: 1º de abril, às 21h

Local: Largo Pedro Arcanjo – Rua Gregório de Matos, Pelourinho, Salvador

Valor: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

Patrocínio: Natura Musical e Governo da Bahia através do Fazcultura

Abriu Dança na Bahia realiza oficina gratuita no Pelourinho

O Abriu Dança na Bahia abriu inscrições para a oficina gratuitas de Composição Coreográfica, com a coreógrafa, professora e pesquisadora, Lia Robatto e com o bailarino, coreógrafo, músico, professor e especialista em Dança-Educação, Paco Gomes. A oficina será realizada nos nesta quinta-feira (30) e sexta-feira (31), das 9h às 12h, na Escola de Dança da Funceb, no Pelourinho. A inscrição deve ser realizada no site https://abriudancanabahia.wordpress.com/.

A abertura do Abriu Dança na Bahia aconteceu nesta quartae (29), às 20h, no Espaço Xisto. O público poderá conferir sete coreografias: “Eu de onde venho, para onde vou” de João Lima, “Você Aceita?” do Grupo Dois em Um, “Perene” de Ramon Moura, “Fraturas” do Coletivo Trippè de Juazeiro, “Refuge – Tribal Fusion” de Caique Melo, “Ginga Grupo Origem” e “Coisas não Ditas” de Alice Rodrigues. Os ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia- entrada).

Diálogos Temáticos

Fazem parte também da programação, Diálogos Temáticos sobre Produção em Dança, Curadoria e Processo de Seleção, que será realizado no dia 03 de abril, às 17h, no Espaço Xisto, com acesso gratuito.

O projeto foi idealizado pelo diretor Anderson Rodrigo e conta com a coordenação artística pedagógica de Bruno Jesus e na coordenação de produção Leonardo Luz. Além de Salvador, os municípios de Camaçari, Valença, Senhor do Bonfim e Jequié serão sede do evento. As ações prosseguem até o dia 08 de maio de 2017.

  • SERVIÇO

Oficina de Composição Coreográfica

Data: 30 e 31 de março, das 9h às 12h

Local: Escola de Dança da Funceb, Pelourinho

Valor: Gratuito

Inscrições: https://abriudancanabahia.wordpress.com/

 

 

Fonte: G1/SecultBA/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!