25/04/2017

Juazeiro: Casa onde nasceu João Gilberto está para alugar

 

A casa onde nasceu o pai da Bossa Nova, João Gilberto está com placa de aluga-se no centro de Juazeiro. Em uma das janelas a placa detalha o respeito que os órgãos públicos da cidade tem com o artista, inclusive o poder público Municipal.

Há pouco tempo, funcionava no local o escritório regional da EBDA, depois que a empresa foi extinta pelo governador da Bahia, Rui Costa, a casa foi desocupada com quase todos os funcionários sendo demitidos, e ainda enfrentando problemas na justiça para receber direitos trabalhistas. A casa foi entregue em estado deplorável.

Mesmo sendo tombada como patrimônio cultural pelo então prefeito Joseph Bandeira, em novembro de 1991 (veja placa abaixo), o local poderia ser aproveitado pelo município servindo de escola de música pela atual administração já que tem vários imóveis alugados na cidade.

O nome e a imagem de João Gilberto foram usados em   10 de fevereiro de 2016 durante as comemorações do 85º ano de seu aniversário. No antigo cais (orla 2) foi inaugurado uma escultura em pleno ano eleitoral com a apresentação musical da ex-esposa do cantor, Heloísa Maria Buarque de Hollanda, mais conhecida como Miúcha.

Em Juazeiro quase todos os imóveis antigos foram demolidos durante a madrugada para a construção de prédios ou de casas de comércio. Grandes comerciantes, ou empresários, aproveitam de suas influências com o chefe do poder público municipal para praticarem essa insanidade mesmo sabendo da gravidade da situação.

Juazeiro: Começa nesta quarta o 29º Seminário Nacional de Cebola e 20º Seminário de Cebola do MERCOSUL

Ela gera 70 mil empregos diretos e indiretos na região, atinge cerca de 172,1 mil toneladas  e movimenta a economia do Vale do São Francisco em R$ 500 milhões por ano. Não à toa, terá em sua homenagem, nesta quarta-feira (26), às 9h, a abertura oficial da 29ª edição do Seminário Nacional de Cebola e 20º Seminário de Cebola do Mercosul, no auditório da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Juazeiro, no norte da Bahia.

Além da participação de especialistas, empresários e professores dos estados produtores de cebola, países como Argentina e Uruguai também garantiram presença no evento, que neste ano vai até o dia 28 e está com uma grande programação.  Ao todo, 13 palestras mais uma visita de campo à área do Projeto Salitre, na Zona Rural de Juazeiro, fazem parte do cronograma.

Programação

Depois da abertura (9h), o catarinense Daniel Schmitt vai liderar a primeira palestra do dia, às 11h, cujo tema será "Mercado de Cebola do Mercosul". Seguido, às 14h, do palestrante Valter Rodrigues, que falará sobre "Melhoramento genético da Cebola na Embrapa". Ainda no dia 26, o público poderá conferir as palestras: "Nutrição eficiente para altas produtividades", às 15h; "Cultivo de cebola por semeadura direta", às 16h20; e "Produção sustentável de cebola", às 17h. Concluindo o primeiro dia, os visitantes participam, às 17h40, de uma assembleia com o presidente da Associação Nacional dos Produtores de Cebola (ANACE), Antônio Carlos Pagano.

Na quinta-feira (27), as palestras começam logo cedo. Já a partir das 8h20 será realizada uma discussão sobre o "Armazenamento de Cebola Longa Vida". Às 9h, o tema será "Desafios da produção de sementes de cebola no semiárido" e, a partir das 10h, os produtores vão debater a "Bacia do São Francisco – recomposição e defesa". Já a aguardada palestra "Melhoramento genético da cebola para clima tropical trás benefícios para produtores" está prevista para 11h.

O quadro de debates do Seminário da Cebola segue à tarde. A "Irrigação por gotejamento – tecnologia para alto rendimento da cebola" iniciará às 14h, porque às 15h o palestrante Guilherme Ogata, da empresa Arysta, ministra o "Manejo produtivo da cultura da cebola". Ainda às 16h20, um Painel dos Estados e do Mercosul apresenta aos produtores da região dados de produção de cebola e consolidação do quadro de oferta. O painel terá a presença de representantes dos países e estados participantes do evento.

A coordenação do seminário separou para o último dia, na sexta-feira (28), a visita de campo à área do Projeto Salitres, que acontecerá às 8h, onde estrangeiros e especialistas vão tomar conhecimento das atividades e projetos desenvolvidos no Vale do São Francisco.

Inscrições

As inscrições são gratuitas e estão abertas por tempo limitado. Acesse o site e se inscreva:www.seminarionacionaldecebola.com.br. Mais informações através da coordenação do evento, pelo telefone: (87) 3862-1892.

O 29º Seminário Nacional de Cebola e 20º Seminário de Cebola do Mercosul é uma realização da Associação dos Produtores de Cebola do Médio São Francisco (Aprocesf), Associação Nacional dos Produtores de Cebola (Anace) e Embrapa.

Mais de 500 dias sem o desfecho do Caso Beatriz

Passados 500 dias da morte da garota Beatriz Angélica a sociedade regional continua aguardando uma solução para o caso que chocou pela barbárie praticada contra uma inocente criança, de 7 anos de idade, nas dependências do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, no dia 10 de dezembro de 2015.

O Blog Geraldo José vem acompanhando esse caso passo a passo e cobrando uma solução para que o crime não entre para o rol dos insolúveis e as autoridades deem uma reposta ao clamor da sociedade indignada.

 

Bia, como era carinhosamente chamada, filha de Lúcia Mota e de Sandro Romilton, professor do colégio onde ocorreu a tragédia, foi encontrada morta nas dependências da escola durante a realização de uma festa de formatura.

Desde o dia da tragédia a sociedade regional vem cobrando uma solução por parte dos organismos de segurança do estado de Pernambuco, mobilizando outras entidades a nível regional e nacional, mas até o momento nenhuma resposta foi conclusiva, provocando a indignação dos que não querem que o caso seja esquecido, que o assassino continue impune e a sociedade receosa de que volte a ocorrer.

Desde o dia do crime o Blog Geraldo José tem dado toda cobertura a esse caso e o nosso contador, de dias sem solução, continuará funcionando como uma forma de não deixar esse crime cair no esquecimento e nos arquivos mortos da justiça.

Dia Nacional da Caatinga será comemorado em Petrolina

A Embrapa Semiárido, em parceria com o 72 BIMtz, realizará, nos dias 27 e 28 de abril,  um evento comemorativo ao Dia da Caatinga, com extensa programação contendo palestras, exposições e visitas ao parque zoobotânico.

As instituições IF Sertão, Univasf, Uneb, UPE, IBAMA e a ONG Amigos da Onça, também, estarão presentes, apoiando, ministrando palestras e expondo os produtos de suas atividades em prol da conservação do Bioma Caatinga, único ecossistema genuinamente brasileiro.

A abertura do evento dar-se-á às 08 horas, dia 27/04, se estendendo até às 15h50. Durante esse período, o público poderá conhecer mais do nosso bioma através das palestras, dos objetos expostos por cada instituição e da visita ao parque zoobotânico. No dia 28/04, a programação seguirá o mesmo roteiro, porém, até às 12 horas.

Conhecer o Bioma Caatinga, sua importância e seu potencial facilita a sua manutenção e conservação, evitando a degradação de sua flora e fauna tão ricas e fundamentais para nossa região.

 

 

Fonte: Ação Popular/Clas Comunicação/BlogdoGeraldoJosé/Embrapa/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!