04/05/2017

Conquista: Estudantes criam jogo digital que alia Tecnologia e Saúde

 

Estudantes do Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Vitória da Conquista desenvolveram um jogo digital sobre hábitos alimentares saudáveis e a importância da prática de atividade física na adolescência. A experiência será apresentada nos dias 8 e 9 de maio, durante o XXI Seminário Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação – construindo novas trilhas, da Universidade Estadual da Bahia (UNEB), em Salvador, que vai reunir projetos de pesquisadores e desenvolvedores que fazem esta interlocução entre jogos eletrônicos e saúde.

“Estes projetos mostram todo o potencial criativo dos nossos estudantes. Este conteúdo educacional faz destes estudantes protagonistas de uma ferramenta de grande alcance e relevância social que pode ajudar a uma geração de jovens e até mesmo aos adultos a adotarem hábitos de vida saudáveis”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

O objetivo do Choice é divertir e ao mesmo tempo chamar a atenção dos jovens para ações do cotidiano que contribuem para a qualidade de vida. “Trata-se de um jogo de cartas digitais interdisciplinar muito interessante, que proporciona uma ação educativa capaz de despertar nos alunos a consciência para o cuidado com a saúde, levando em conta que mais de 30% dos adolescentes brasileiros estão obesos ou com sobrepeso, fruto da má alimentação e do sedentarismo”, destaca a professora Elmara Souza.

O projeto foi desenvolvido e continua sendo aperfeiçoado pelos estudantes Luiz Borges, Felipe Souza e Tiago Silva, todos de 16 anos e alunos da rede estadual de Vitória da Conquista. Eles explicam que, ao ser desafiado no jogo interativo a fazer escolhas (que terão consequências boas ou más) e a avançar de fase, o jogador irá refletir sobre a importância de desenvolver hábitos mais saudáveis.

O estudante Luiz Borges atesta que ganhou outra consciência sobre a sua saúde a partir do jogo digital. “O curso me ajudou muito, primeiramente, a me fazer descobrir que gosto de tecnologia. E, depois, me deixou mais consciente quanto à minha alimentação. Acho que, hoje, me sinto mais saudável”. O colega Felipe Souza acrescenta: “O trabalho do Centro Juvenil é algo único na minha vida. Muitos gostariam de estar no meu lugar produzindo um jogo digital. E o mais interessante é que, a partir dele, consegui melhorar aos meus hábitos alimentares através dos conteúdos contidos nas cartas”.

Tiago Silva, da mesma forma, alia tecnologia e qualidade de vida para justificar o seu encantamento pelo jogo: “Ao mesmo tempo em que estou aprendendo muito de tecnologia com o 'Choise', estou mais atento à minha alimentação, deixando de lado refrigerantes, hambúrgueres e outros alimentos que não devem ser consumidos no dia a dia”.

Centro Juvenil

Os Centros Juvenis de Ciência e Cultura são espaços dedicados à Educação complementar, ao lazer criativo, à interação social, ao conhecimento tecnológico, à Ciência e a tantas outras formas de saber que ultrapassem o conhecimento convencional. Criados por iniciativa da Secretaria da Educação do Estado, estão instalados em Vitória da Conquista, Itabuna, Barreiras, Senhor do Bonfim e Salvador. Nos Centros Juvenis são realizados cursos e oficinas no turno oposto aos quais os estudantes da rede estadual estão matriculados.

1º Encontro do Sudoeste da Bahia sobre Síndrome de Down

Nos dias 1º, 2 e 3 de junho, o campus de Vitória da Conquista será palco do Encontro do Sudoeste da Bahia sobre Síndrome de Down (1º Ensuba Down). O evento, que é uma realização do Grupo Fala Down Conquista em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Linguística da Uesb, tem como objetivo construir um espaço aberto à divulgação e reflexão de questões relevantes acerca da pesquisa na área da síndrome de Down.

Além disso, o Encontro irá discutir os resultados de ações que são desenvolvidas tanto no âmbito dos Programas de Pós-Graduação quanto no decorrer da graduação e na Iniciação Científica sobre a síndrome e sobre a deficiência intelectual. Na oportunidade, pesquisadores irão debater temas relacionados à Linguística, Educação Especial e Inclusão Social.

O evento será marcado por apresentação de palestras, exposição de trabalhos nas modalidades comunicação oral e pôster, oficinas, sessões de cinema. Também faz parte da programação do Encontro o lançamento do livro "Síndrome de Down: perspectivas atuais", da professora Carla Salati, coordenadora do Ensuba Down.

Os interessados em participar da atividade, que acontecerá no auditório do Teatro Glauber Rocha, já podem se inscrever no site do evento. Lá também estão disponíveis as orientações sobre submissão de trabalhos.

Para mais informações, acesse o site ou entre em contato pelo e-mail ensuba.down@gmail.com.

Governo e prefeitura de Vitória da Conquista firmam acordo para elaboração de plano de Saneamento

Nesta quinta-feira (4), o Governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), firma acordo de cooperação técnica com o município de Vitória da Conquista, com interveniência da Embasa para elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). A Sihs competirá a coordenação geral das ações, enquanto ao município designar representantes responsáveis pelo desenvolvimento das atividades e à Embasa, prestar assistência técnica e fornecer informações sobre abastecimento de água e esgotamento sanitário. Um total de R$ 2,8 milhões está previsto para investimento. O ato contará com a presença do governador Rui Costa, do secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, do presidente da Embasa, Rogério Cedraz e do prefeito Herzém Gusmão. Na ocasião, obras de segurança hídricas serão vistoriadas, a exemplo da adutora de água bruta do rio Gaviãozinho, que já está em fase de conclusão.

“Nossa meta é ampliar a capacidade de atendimento aos municípios de forma regionalizada, tendo grandes parceiros para compor cada etapa e, dessa forma, desenvolver as atividades concernentes ao saneamento básico”, acrescentou o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, explicando que a ideia é dar apoio técnico aos servidores municipais que receberão informações, abrangendo quatro vertentes: abastecimento de água; esgotamento sanitário; limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; drenagem e manejo de águas pluviais. “Afinal, avançar em saneamento vai além de cumprir a legislação federal para que os gestores possam continuar recebendo recursos, mas envolve desde melhoria da saúde e qualidade de vida, como desenvolvimento econômico e social”, completou.

Neste sentido, o titular da Sihs destacou que muito já foi feito por Vitória da Conquista. Desde 2007, conforme Peixoto explica, um total de R$ 313.105.884,69 foi investido em abastecimento de água e R$ 145.936.010,69 em esgotamento sanitário, que resultou na entrega da primeira etapa da ampliação do sistema de esgotamento sanitário (SES) com a cobertura de 65% da população (em 2008, o índice era de 44,5%) e um total de 274.739 habitantes beneficiados. “Hoje a Estação de tratamento construída pela Embasa é uma das maiores da Região Nordeste, utilizando o sistema de lodo ativados”, comemorou Peixoto.

E com intuito de avançar, mais quatro intervenções constam no plano, a exemplo da segunda etapa da ampliação do SES, que beneficiará as localidades de Vila Elisa, Vivendas da Serra, Morada da Vitória, Simão, Campinhos, Universidade, Caminho do Parque, totalizando 267.294 habitantes beneficiados e valor de investimento da ordem de R$ 18.054.976,78. “Dependendo apenas da homologação da SPA (Síntese de Projeto Aprovado) pelo Ministério das Cidades para que a Embasa possa iniciar o processo licitatório”, explicou Peixoto, enfatizando que após a conclusão desta fase da obra, prevê-se que a cobertura de atendimento com esgotamento sanitário da sede de Vitória da Conquista passará para 91,40%, considerando a atual malha urbana.

No rol estão também a obra de adensamento do sistema de esgotamento sanitário em sua primeira e segunda etapa e mais a execução das Estações Elevatórias de Esgoto nos Bairros Vila América e Morada Real.

"O Plano Municipal de Saneamento Básico constitui-se como instrumento essencial para a gestão dos serviços públicos de saneamento básico do município, de forma a direcionar a aplicação desses recursos em intervenções que proporcionem efetivos resultados para a população", acrescentou o Superintendente de Saneamento, Carlos Fernando Abreu.

OBRAS DE SEGURANÇA HÍDRICA

Aliado a isso, para Vitória da Conquista que integra lista das cidades que passam por crise hídrica, além da Barragem do Catolé, que será responsável pelo abastecimento da região de Vitória da Conquista e região e já teve seu projeto aprovado pelo Ministério das Cidades, que resultará na liberação de R$ 141 milhões, com processo de licitação lançado. Foi projetada de forma emergencial uma adutora de água bruta do rio Gaviãozinho. “Este projeto objetiva transpor uma vazão de até 200 L/s do próprio Rio Catolé para o Sistema Catolé e já entra na fase final, com aproximadamente 70% do seu cronograma físico concluído.

“Ou seja, com mais estes empreendimentos, avançaremos substancialmente do ponto de vista do abastecimento humano”, comemorou Cássio Peixoto, reforçando que universalizar a água e saneamento básico está entre as principais metas do Governo Rui Costa.

A Barragem do Catolé, projetada como solução definitiva para os próximos 30 anos, beneficiará 348,6 mil habitantes e possui investimento total de R$ R$ 204 milhões, sendo R$ 182 milhões para a construção do maciço e R$ 22 milhões em ações de sustentação. Localizada em Barra do Choça, possibilitará o armazenamento de 23,4 bilhões de litros de água, volume quatro vezes maior do que a capacidade de armazenamento da barragem de Água Fria II.

 

Fonte: Ascom Educação/Ascom Uesb/Ascom SIHS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!