10/05/2017

Juazeiro: Contagem regressiva para a XI EXPOVALE

 

A XI Exposição de Caprinos e Ovinos do Vale do São Francisco (Expovale), uma realização da Prefeitura Municipal de Juazeiro, através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP) e da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos do Sertão do São Francisco (ACCOSSF), será realizada de 09 a 14 de maio, no estacionamento do Juá Garden Shopping.

O evento contará com a participação de entidades, empresários rurais, técnicos, pesquisadores, fabricantes de máquina e equipamentos, produtores de insumos e de sistemas agroindustriais, além de fabricantes e distribuidores de embalagens, além da exposição de animais, máquinas, tratores, veículos, implementos agrícolas, tudo em uma área de mil m². "Estaremos contemplando os diferentes produtores envolvidos com a atividade pecuária e em particular com a caprinovinocultura, desde aquele considerado de base familiar ao grande produtor", explicou a diretora de Desenvolvimento Econômico da ADEAP, Lilian Koshiyama.

Segundo Zilton Alves, presidente da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos do Sertão do São Francisco (ACCOSSF), o público estimado para este ano é de 30 mil pessoas. “Teremos presente mais de 200 expositores e 1500 animais, para ocupar as 210 baias disponíveis". A XI Expovale também conta com o apoio do Governo da Bahia, ABC Boer, ACCOBA, Juá Gardem Shopping, Embrapa Semiárido, Rapport Hotel, Sebrae, Codevasf, DNA Agronegócios e Associação Brasileira dos Criadores de Caprinos (ABCC).

Para a secretária de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Maraiza Carvalho, o principal objetivo da Expovale é fomentar e divulgar a exposição dos caprinos e ovinos da região. "A Bahia é o primeiro produtor nacional de caprinos e o segundo de ovinos, sendo Juazeiro a maior região produtora do Estado. Este evento irá fomentar a cadeia produtiva da caprinovinocultura, possibilitando uma qualidade de vida melhor ao produtor rural e, consequentemente, estimulando a permanência deste no campo", destacou.

Além da exposição de animais, a programação do evento conta com a realização do curso de inseminação artificial, o encontro de criadores de caprinos sobre a integração da produção de carne, o programa de transferência de embriões, a implantação do projeto de 500 matrizes de boer para o município de Juazeiro, além da 'Nordestina da Raça Boer' (carro chefe do evento) e o segundo torneio leiteiro de caprinos.

  • Programação:

09/05 (terça-feira) – Chegada dos animais / 19h – Cerimônia de Abertura

10/05 (quarta-feira) – Pesagem e mensuração e secagem oficial das cabras

11/05 (quinta-feira) – Julgamento caprinos e ovinos, torneio leiteiro de cabras

12/05 (sexta-feira) – Leilão de caprinos e ovinos/ torneio leiteiro de cabras

13/05 (sábado) – Grandes campeonatos de caprinos e ovinos/torneio leiteiro de cabras

14/05 (domingo) – Encerramento e entrega de troféus.

Cidadãos de Remanso e Região prometem fechar a BR 324

Esgotados em sua paciência após quase 20 anos de descaso com a Rodovia que liga Remanso-BA à divisa com o Piauí, um grupo de cidadãos das mais diversas ocupações e localidades se uniu por uma causa: a recuperação da rodovia ou o seu fechamento.

A BR 324 conta neste trecho com apenas 39 km, cujo asfalto já desapareceu há anos, e apresenta hoje uma pista de pedregulhos, barro, poeira e infinitos buracos, responsáveis por incalculáveis prejuízos e muitas mortes. Durante anos, várias instituições e autoridades tentaram junto a diferentes gestões estaduais e federais a solução do problema, sem sucesso.

Esta via, conhecida em todo o Brasil por sua precariedade, já foi apontada como segunda pior estrada do país em 2009 pelo Guia Quatro Rodas, e Pior Estrada do Brasil em 2012 pelo Guia Estadas Brasil daquele ano.

Agora, já não suportando tamanho desprezo pelos pagadores de impostos, foi dado o ultimato: se não houver uma resposta consistente em curto intervalo de tempo, o que resta da pista será interditado por tempo indeterminado, buscando sensibilizar os responsáveis, para o que já existem articulações com a imprensa nacional, a fim de expor esta vergonha da nossa região.

O movimento possui o apoio de todas as comunidades do entorno da BR 324, nos Estados da Bahia e Piauí, que sabedores de todas as perdas diante da atual situação, concordam com o fechamento em atitude de luta por um direito que é de todo cidadão, negado por sucessivos governos e suas prioridades questionáveis.

Campo Formoso: Por conta da crise e da seca, não terá festa de São João em 2017

A prefeitura de Campo Formoso, cidade do norte da Bahia, anunciou nesta segunda-feira (8) que não promoverá a festa de São João em 2017, por conta da crise econômica que atinge o país, e pela seca na região.

Em nota, a prefeitura afirmou que Campo Formoso acumulou nos últimos anos muitas dívidas com a previdência, companhias de energia, salários, subvenções e precatórios. Além disso, possui patrimônio público depreciado, com necessidade de intervenções.

Além de não realizar a festa de São João, a prefetura anunciou que não organizará nenhum festejo dos padroeiros da cidade e dos povoados. Ainda de acordo com a administração municipal, mesmo se quisessem, eles são impedidos por lei de promover festas, já que a cidade decretou situação de emergência.

Inaugurada unidade do CrediBahia em Capim Grosso

Na véspera do aniversário de 32 anos, comemorado nesta terça-feira (9), o município de Capim Groso, distante 272 quilômetros de Salvador, ganhou um presente antecipado. Foi inaugurada na noite de ontem (8), pelo Governo do Estado, uma unidade do Programa de Microcrédito do Estado da Bahia - CrediBahia. Localizada no Centro da cidade, a unidade vai financiar e capacitar gerencialmente microempreendedores da região, oferecendo crédito sem burocracia e com taxas de juros abaixo das praticadas pelo sistema bancário comum. Presente na inauguração, a secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana, afirmou que “o CrediBahia movimenta a economia local, gerando trabalho e renda para os municípios do interior baiano”.

Antes da inauguração, foi realizada na Câmara de Vereadores uma audiência pública para apresentação do CrediBahia à população. Atenta às explicações, Rosângela Pereira, dona de uma pequena loja de roupas, gostou do que viu. “As taxas de juros são baixas, amanhã mesmo vou fazer uma visita ao posto para simular um empréstimo”.

Destinado à micro e pequenos empreendedores (formal ou informal), o programa possui taxas de juros de 1,2% e 1,8% ao mês, dependendo do valor do empréstimo. Criado em 2002, o CrediBahia já beneficiou cerca de 75 mil empreendedores, com um investimento de R$ 409,5 milhões. O programa é fruto de uma parceria entre a Setre, a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), o Sebrae e as prefeituras.

 

 

Fonte: Ascom PMJ/Remanso Noticias/G1/Ascom Setre/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!