11/05/2017

Festival Cine Kurumin divulga selecionados para mostras

 

Sessenta filmes foram selecionados para 6ª edição Festival Cine Kurumin, que acontece em Salvador, de 12 a 16 de julho, e na aldeia Tupinambá da Serra do Padeiro - Bahia, de 16 a 19 de agosto. O festival é um dos principais sobre temática indígena no país e inaugura este ano duas mostras competitivas, incluindo produções internacionais, com a maior parte inédita no Brasil.

No total serão quatro mostras que reúnem filmes em 30 línguas sobre o universo de 45 povos indígenas, em mais de dez diferentes países. A curadoria destacou a diversidade de povos e países e priorizou filmes realizados por indígenas, por diretoras mulheres e com temáticas relacionadas aos temas dessa edição. Dos 60 filmes, 25 foram realizados por indígenas e 31 obras são de mulheres.

O festival tem apoio financeiro do Governo do Estado via Fundo de Cultura da Bahia, da Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e, do Banco do Nordeste (BNB). É produzido pela Portátil Produtora e realizado pela rede Espalha Semente.

  • Confira os selecionados das mostras competitivas, também publicados diretamente no site cinekurumin.com:

LONGAS E MÉDIAS

1. Ava Yvy Vera - A Terra do Povo do Raio. Direção: Genito Gomes, Valmir Gonçalves Cabreira, Jhonn Nara Gomes, Jhonatan Gomes, Edina Ximenez, Dulcídio Gomes, Sarah Brites, Joilson Brites

2. Belo Monte: Depois da Inundação. Direção: Todd Southgate

3. Índio Cidadão? Direção: Rodrigo Arajeju

4. Kakxop pit Hãmkoxuk Xop Te Yumugaha - Iniciação dos filhos dos espíritos da terra. Direção: Isael Maxakali

5. Martírio. Direção: Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tita

6. My Bicycle. Direção: Aung Rakhine

7. O jabuti e a anta. Direção: Eliza Capai

8. Taego Ãwa. Direção: Marcela Borela e Henrique Borela

9. Tekowe Nhepyrun - A Origem da Alma. Direção: Alberto Alvares

10. Uî Kãnã Pataxí - Na minha aldeia. Direção: Edgar Correa Kanaykõ e Guilherme Cury

CURTAS

MOSTRA NACIONAL

1. A festa dos encantados. Direção: Masanori Ohashy

2. Árvore de Sangue. Direção: Artur Seidel, Igor Leite e Luciana Guedes

3. Ava Marangatu. Direção: Genito Gomes, Valmir Gonçalves Cabreira, Jhonn Nara Gomes, Jhonatan Gomes, Edina Ximenez, Dulcídio Gomes, Sarah Brites, Joilson Brites

4. Cordilheira de Amora II. Direção: Jamille Fortunato

5. Cuhkõnre Jarkua. Direção: Cuxy Krahô

6. Flor Brilhante e as cicatrizes de pedra. Direção: Jade Rainho

7. Índios no Poder. Direção: Rodrigo Arajeju

8. Karioka. Direção: Takumã Kuikuro

9. Konãgxeka: o Dilúvio Maxakali. Direção: Isael Maxakali e Charles Bicalho

10. Minha Vizinha. Direção: Rita Bras

11. O complexo. Direção: Thiago Forest

12. Osiba Kangamuke - Vamos Lá, Criançada. Direção: Haya Kalapalo, Tauana Kalapalo, Thomaz Pedro e Veronica Monachini

13. Oky - Chuva. Direção: Werá Alexandre

14. Piragui - A Dona dos Peixes. Direção: Luiza Calagian

15. Política e tradição. Direção: Marrayuri Kuikuro e Salu Kuikuro

16. Retomar para existir. Direção: Olinda Muniz Silva Wanderley

17. TEKOHA - som da terra. Direção: Rodrigo Arajeju e Valdelice Veron

18. Traços Tapirapé. Direção: Vandimar Marques Damas

19. Uma casa, uma vida. Direção: Rodrigo Soares, Edu Ioschpe, Alexandre Lemos

20. Voz das Mulheres Indígenas Direção: Glicéria Tupinambá e Cristiane Pankararu

MOSTRA INTERNACIONAL

1. Casa de la Mujer Indígena San Mateo del Mar Direção: Shaynna Pidori [México]

2. Cree Code Talker Direção: Alexandra Lazarowich [Canadá]

3. Cumpleaños en el Artico Direção:Joaquín Belmonte & Rocío Montes [Espanha]

3. El sueño de Sonia Direção: Diego Sarmiento [Peru]

4. I Am Thy Weapon Direção: Razelle Benally [EUA]

5. Itiumu Suraka, mujer papagayo Direção: Clorinda Purrello, Betra Leyva, Comunidad de LLanchamacocha [Equador]

6. Jasy Porã (Lua Bela) Direção: Pavel Tavares [Argentina]

7. Kwanxwala - Thunder Direção: Sarah Shamash [Canadá]

8. La Canoa de Ulises Direção: Diego Fio [Argentina]

9. Nahuel, una leyenda mapuche Direção: Jesús Sánchez [Chile]

10. Runasimiwan Kawsay (Living Quechua) Direção: Christine Mladic

Janney [Peru]

11. Uma Kori (Agua Valiosa) Direção: Patricia Albornoz [Chile]

12. Washina Cainabi Direção: Luis Manjarrés. [Colombia)

Coletivo Sarau da Onça lança novo livro com poemas e contos de quebrada

Resultado do concurso literário do Sarau da Onça 2017, o livro "O Diferencial da Favela: poesias e contos de quebrada" faz parte do II Festival de Arte, Cultura e Concurso Literário Sarau da Onça, projeto selecionado nos Editais de Literatura da Fundação Cultural do Estado - Funceb, patrocinado pelo Fundo de Cultura do Estado, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. O coquetel de lançamento será sábado, 13.05.2017, a partir das 19hs, no Cenpah - Centro de Pastoral Afro Padre Heitor, à Rua Albino Fernandes, 59-C, Novo Horizonte, Sussuarana, Salvador-BA.

"O Diferencial da Favela: poesias e contos de quebrada" tem 104 páginas e foi editado pela Galinha Pulando, parceira do Sarau da Onça. No dia do lançamento será vendido a R$ 10,00 (dez reais). Foram selecionados poemas e contos de cinquenta autores (lista abaixo), cujos textos vencedores fazem parte do livro com tiragem de 5000 exemplares, sem custo para os participantes, que vão receber cinco exemplares cada um, a título de direitos autorais, no dia do lançamento. A antologia tem imagem de capa e contracapa da fotógrafa Lissandra Pedreira, assessora do Sarau da Onça. Dayse Sacramento, professora do IFBA, fez o prefácio e Alaíde Santana assina a orelha da coletânea.

Centenas de inscrições foram realizadas e uma equipe de especialistas em língua e literatura se encarregou de ler, analisar e selecionar os vencedores. Uma tarefa difícil, dado que a cena poética da cidade tem crescido bastante, principalmente por iniciativas como do Sarau da Onça, que realiza saraus quinzenais, oficinas de criação de textos e intercâmbios entre bairros, produtores culturais, projetos, grupos, não só de literatura como de outras áreas de conhecimento.

SOBRE O SARAU

O Sarau da Onça atua desde 2012 em Sussuarana. É fruto da iniciativa de jovens do bairro que, insatisfeitos com a situação de violência vivida pelos jovens negros, pobres e periféricos, resolveram atuar como fortes aliados no resgate de valores e na construção de uma sociedade mais igualitária, através da arte. O Sarau é uma das principais opções de atividades culturais e educativas para os moradores da Grande Sussuarana e adjacências.

  • SERVIÇO

Lançamento do livro "O Diferencial da Favela: poesias e contos de quebrada"

Local: Cenpah - Centro de Pastoral Afro Padre Heitor - Rua Albino Fernandes, 59-C, Novo Horizonte, Sussuarana, Salvador-BA

Data: 13 de maio de 2017

Horário: a partir das 19hs

Valor: Entrada gratuita.

O livro será vendido a R$ 10,00 (dez reais) no dia do lançamento

Espaço Xisto Bahia realiza 3º Mostra Baiana de Danças Urbanas

O Espaço Xisto Bahia continua no clima da dança e recebe a 3ª Mostra Baiana de Danças Urbanas (MBDU), nesta quinta-feira (11), às 20h. O evento originalmente seria realizado no dia 28 de abril foi adiado para 11 de maio, devido às manifestação popular ocorrida na data. A 3ª edição, a MBDU tem participação dos grupos InRitmo Crew, Contágios Cia de Dança, iNsight Danças Urbanas e convidados.

O projeto visa a proporcionar um espaço diversificado com performances e formas de expressão através da dança que vem das ruas, fomentando o diálogo entre a cultura urbana e o espaço cultural. O evento, que tem correalização da SecultBA, através da Diretoria de Espaços Culturais, tem ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), com classificação livre.

Espaços Culturais da SecultBA – A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), e localizados em diversos Territórios de Identidade. Destes, cinco encontram-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro de Cultura de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista.

  • ROTEIRO OFICIAL

PROJETO MBDU (MOSTRA BAIANA DE DANÇAS URBANAS)

Data: 11.05.2017 (quinta-feira)

Horário: 20h

01-NÓSDESTINOS (Grupo iNsight)

02-REJEIÇÃO (Grupo InRitmo)

03-NOS TRINKS (Cia Contágios)

04-1º Convidado: REFUGE (CAIQUE MELO)

05-HIPHOP POCKET 2k17 (Grupo iNsight)

06-O BAILE (Grupo InRitmo)

07-MEU UNIVERSO (Cia Contágios)

08-2º Convidado: DIVERGENTE (Grupo EMERGENTES)

09-TREM BALA (Cia Contágios convida Grupo InRitmo)

10-3º Convidado FEMME VIBE (LUCAS VASCONCELOS)

11-CABOCLIN (Grupo iNsight)

12-FRESH (Cia. Contágios)

13-ENERGIA (Grupo InRitmo

 

Fonte: Ascom SecultBa/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!