12/05/2017

Feira: Gincana promove aprendizagem e solidariedade

 

A VIII Gincana da Galáxia mudou a rotina dos estudantes do Colégio Estadual Juiz Jorge Faria Góes, localizado em Feira de Santana (113 km de Salvador). Desde o mês de março, atividades interdisciplinares vêm sendo promovidas por meio de provas de conhecimentos gerais, esportivas e solidárias envolvendo a comunidade do entorno. 

De acordo o vice-diretor da unidade escolar, Fellipe de Abreu, a gincana, cuja culminância foi na primeira semana de maio, serviu para estimular o aprendizado dos estudantes através de tarefas lúdicas. “A atividade promoveu uma melhor interação entre professores e estudantes e fortaleceu o sentimento de pertencimento à escola. Durante as provas, os estudantes também fixaram diversos conteúdos de disciplinas como Matemática, Biologia, Geografia e História”, destaca o educador.

A estudante Ana Jaqueline Messias, 16, do 2º ano, conta que aprendeu muito durante a gincana. “Foram várias provas diferentes nas quais tivemos que ter agilidade, criatividade e muita dedicação. Em uma delas, tivemos que construir uma molécula em 3D utilizando isopor e palitos de dente, na qual aprendi sobre a importância das moléculas para o nosso organismo”, afirma.

Quem também aprendeu e se mobilizou durante as provas foi Brena Cordeiro Barbosa, 15, também do 2º ano. “Gostei muito das provas, principalmente as sociais porque tivemos a oportunidade de ajudar a Instituição de Proteção aos Animais (APA), através da arrecadação de rações, remédios e kits de higiene e, também, a Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (AAPC), para a qual conseguimos doações de cestas básicas e roupas”, explica a estudante.

Feira: Prefeitura receberá R$ 30 mil por aluguel do Joia a show de Roberto Carlos

Pelo uso do estádio Joia da Princesa em um show de Roberto Carlos, a prefeitura deve receber cerca de R$ 30 mil.

A informação foi divulgada pelo secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Feira de Santana, Edson Borges. O show do “Rei” está marcado para o dia 26 de maio.

Na Câmara de Vereadores teve quem achou o valor cobrado aquém do esperado.

Nesta quarta-feira (10), o vereador Zé Filé (Pros) considerou o valor “irrisório”.

O edil declarou que quando o time do Fluminense de Feira joga no estádio a prefeitura cobra 10% do valor da renda. Ele compara ao show de Roberto Carlos, que deve gerar uma renda em torno de R$ 2 a R$ 3 milhões.

O secretário municipal de cultura declarou que “não existe mistério” quanto à cobrança.

Segundo ele, a empresa responsável pelo show recolhe o DAM (Documento de Arrecadação Municipal) e efetua o pagamento do valor devido, como qualquer outra que venha a utilizar a praça esportiva para evento que envolva ingresso pago e vise o lucro.

Micareta terá mais um espaço para o folião pipoca

A Micareta de Feira de Santana ganhou mais um atrativo em 2017. O folião pipoca terá mais uma oportunidade de se divertir com a apresentação de grandes atrações. A novidade foi lançada pelo patrocinador principal da festa, a cervejaria Skol.

O palco Point Skol, que será montado no inicio do circuito, perto dos barracões universitários, vai iniciar a folia antes das apresentações dos trios, sempre a partir das 17h. Já estão confirmados Gabriel Diniz e a banda Duas Medidas. A programação completa será divulgada nos próximos dias.

O maior carnaval fora de época do país será realizado entre os dias 17 e 21 de maio e contará com a apresentação de artistas como Aline Rosa, Timbalada, Léo Santana, Saulo, É o Tchan, Cheiro de Amor, Tayrone, Pablo, Psirico e muitos outros.

Simulado de Micareta será realizado na terça, 16

Diversos órgãos estiveram reunidos no auditório da Secretaria de Saúde, na noite desta quarta feira, 10, para discutir e fazer os ajustes finais do Simulado de Micareta, realizado pela Prefeitura Municipal em parceria com órgãos estaduais, federais e organizações privadas.

O evento, realizado anualmente, é  uma iniciativa do  Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e acontecerá na manhã da próxima terça-feira, 16. Este ano será feito um simulado de atendimento a múltiplas vítimas na avenida Presidente Dutra, ao lado do Colégio ECASSA, após acidente dentro do circuito.

O treinamento visa capacitar as equipes para atuar em situações extremas, em grandes eventos e desastres com muito impacto humano. Os protocolos utilizados para ação conjunta serão baseado no SCI - Sistema de Comando de Incidentes e buscam aperfeiçoar e otimizar os recursos humanos e materiais em situações de Desastre.

O simulado será aberto ao público e contará com a participação da Coordenação Municipal de Proteção e Defesa Civil, do 2° Grupamento de Bombeiros Militares da Bahia, Polícia Militar da Bahia, Coelba, Polícia Civil, SMT - Superintendência Municipal de Trânsito, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Polícia Técnica (DPT), Guarda Municipal, Exército Brasileiro, SETTDEC, Via Bahia, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e diverso outros órgãos.

Vistoria em veículos que serão usados durante Micareta é realizada no Parque de Exposições

A vistoria obrigatória de todos os veículos, oficiais e particulares, que serão usados em serviços relacionados à Micareta, foi iniciada na segunda-feira, 8, e será encerrada daqui a dez dias. A festa acontece de 18 a 21.

Até o dia 12, serão vistoriados os carros de serviços: de alimentação, cervejarias, oficiais da Prefeitura, Estado e União, imprensa, Ministério Público, Samu, Coelba, Embasa, prestadores de serviço de telefonia, que transportarão gelo e água.

Atendimento exclusivo aos trios elétricos, carros de apoio aos trios, carros de som, minitrios, recreativos e similares acontecerá a partir do dia 15.

A verificação das condições técnicas dos veículos está sendo realizada no Parque de Exposição João Martins da Silva por uma equipe multisetorial. Apenas terá acesso ao Circuito Maneca Ferreira os veículos aprovados.

Serão verificadas a regularidade documental, equipamentos obrigatórios, conservação, condições de higiene e segurança proporcionada aos foliões e trabalhadores durante o período momesco.

Além da SMTT, também participam o DPT (Departamento de Polícia Técnica), 2º GBM (Grupamento de Bombeiros Militar), 3ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito), as secretarias municipal e estadual da Fazenda, Policia Rodoviária Federal, Vigilância Sanitária e CREA.

Feira de Santana sedia a IV Feira Produtiva de Economia Solidária

Entre os dias 10 e 12 de maio o estacionamento da Prefeitura de Feira de Santana será espaço para a realização da IV Feira Produtiva de Encomia Solidária e os empreendedores estarão das 08h30 às 17h nestes dias. O evento é uma realização do Projeto Feira Produtiva com apoio do Governo Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDESO).

Uma das principais características da Feira Produtiva é que a maioria dos produtos trazidos para o evento são feitos a partir de reaproveitamento de material que seria descartado. Um grande exemplo é o jeans. Bolsas de variados tamanhos são produzidas a partir daquela calça jeans velha que acabou rasgando. Os preços variam de 5 a 30 reais.

Também há carteiras com um revestimento feito de jeans e a sua parte interior feita à base de caixas de leite, além, da pintura feita pela própria artesã, no valor de 10 reais. O reaproveitamento de tecidos, como o fuxico, também dá origem a colares e pompons. Além de um caqueiro com um fundo feito com tampa de vasilha de margarina.

A artesão Sara Lima trabalha com flores de feltro. Ela customiza gorros e cria bijuterias a partir desse material. Brincos são uns dos materiais que ela cria e custam cerca de 5 reais, além dos colares que podem chegar a 28 reais. Já a Maria Lúcia Cerqueira produz até pesos de porta customizadas, além de almofadas. Tudo fruto de reciclagem. “A gente utiliza tudo que encontra. Fazemos arte e trazemos pra cá.”

Já a Evanilda Sales inovou. Ela produz bonecas que funcionam com acessórios. Tem um porta-papel-higiênico e outra que pode se usar para guardar os materiais de higiene como escova de dentes e creme dental. Odete Teixeira, que participou de todas as edições do projeto afirma que a expectativa é conseguir realizar boas vendas e convida a população para conhecer os trabalhos apresentados.

O evento tem como objetivo apoiar empreendimentos de economia solidária tanto na cidade quanto na zona rural, visando potencializar e introduzir conceitos, metodologia e práticas de treinamento e capacitação, com entrega de equipamentos, tudo isso para proporcionar melhorias na qualidade de vida dos empreendedores.

 

 

Fonte: Ascom Educação/BN/Secom PMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!