17/05/2017

Cine Diamantina realiza 40 sessões de filmes de maio a junho

 

Consolidado como o maior evento cinematográfico da Chapada Diamantina, o Cine Diamantina promove neste ano mais de 40 sessões de filmes brasileiros em quatro sessões temáticas: Curta a Infância!, Eco Cine, Cine Baiano e Panorama Nacional. O evento fará homenagem ao grupo Lumbra, que realizaram filmes de baixíssimo orçamento e alta carga inventiva, no final dos anos 1970 e anos 1980 em Salvador. O projeto acontece nas cidades de Andaraí, de 15 a 21 de maio, Mucugê, 22 a 28 de maio, e Vale do Capão, de 29 de maio a 4 de junho. Grátis para o público.

Realizado pela Épuras Laboratório Audiovisual, o Cine Diamantina também realiza um programa educativo com oficinas gratuitas. Serão realizadas oficinas de Grafite, com Eder Muniz, e Brincança, com Lia Mattos, para alunos de escolas da região.

O Cine Diamantina realizará a Oficina Curto Ficção que, a partir da Oficina de Roteiro com Orlando Senna, selecionará uma história para ser contada a partir de uma Oficina de Direção Audiovisual com Edgard Navarro. As inscrições devem ser realizadas no site: www.cinediamantina.com.

O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural do Estado da Bahia e Secretaria de Cultura da Bahia.

  • SERVIÇO

Andaraí: 15 a 21 de maio

Mucugê: 22 a 28 de maio

Vale do Capão (Palmeiras): 29 de maio a 4 de junho

Quanto: Gratuito

E-mail: cinediamantina@gmail.com

Site: www.cinediamantina.com

Realização: Épuras Laboratório Audiovisual

Técnicos analisam poços para provar existência de campo de gás natural na Chapada

A provável existência de um campo de gás natural em Utinga, na Chapada Diamantina, está mais perto de se tornar realidade. No último sábado, técnicos da Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb) analisaram os dois poços de onde saíram labaredas na zona rural da cidade e deixaram o local convencidos de que o fenômeno tem o gás natural como causa. O  município aguarda, agora, a chegada de especialistas enviados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), a quem cabe o veredito. A descoberta ocorreu semana passada, quando uma empresa perfurava poços artesianos e foi surpreendida pelas chamas.

Fogo da sorte

O dono do terreno mais famoso de Utinga, conhecido como Nêgo do Táxi, passou a ser chamado de Nêgo do Gás e ganhou fama. “A brincadeira do momento é apertar a mão dele e dizer que é a última vez, porque ele vai  ficar rico e sumir”, disse o prefeito Joyuson Vieira (PSL), interessado também nos eventuais royalties.

Seinfra inicia obras de recuperação de estradas na região de Irecê

Tiveram início, nessa segunda-feira (15/05), as obras de recuperação das estradas vicinais que ligam Irecê ao distrito de Fazenda Nova. A iniciativa tem realização da Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (Seinfra), após articulação do presidente do Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território de Irecê (CDS) e prefeito de Irecê, Elmo Vaz. A operação começou pela estrada que liga Irecê ao distrito de Umbuzeiro, vai passar por Itapicuru e segue para Fazenda Nova.

Morador do Umbuzeiro, Joel Santana, de 44 anos, destaca que precisou consertar sua moto três vezes, em razão da quantidade de buracos encontrados na estrada. “Preciso ir sempre a Irecê e os amortecedores da minha moto já quebraram três vezes. Com essa reforma, isso vai acabar”, comemorou.

“Estava muito difícil ir e voltar de Irecê por essa estrada. Os carros não aguentavam, e muitos viviam quebrando. Nós, daqui de Umbuzeiro, estamos muito satisfeitos (com as obras)”, disse Carmelita do Carmo, de 68 anos.

A iniciativa é fruto do Programa de Recuperação de Estrada, com investimentos de cerca de R$ 1,4 milhão para recuperação de 310 km no Território de Irecê. A ação vai contemplar, ainda, os municípios de João Dourado, Ibititá, Ibipeba, Barra do Mendes, Itaguaçu, Presidente Dutra, Uibai, Central, Barro Alto, Canarana, Jussara, São Gabriel, Cafarnaum, Mulungu do Morro, Campo Formoso, Lapão e América Dourada.

Ibititá: Crianças da rede municipal ganham alimentação fortificada com nutrientes

Graças à parceria entre Prefeitura e Ministério da Saúde, o município de Ibititá foi capaz de realizar a fortificação da alimentação infantil em creches e escolas da rede. A iniciativa, que tem como objetivo combater a extrema pobreza na primeira infância, consiste na “adição de uma mistura de vitaminas e minerais em pó em uma das refeições oferecidas para as crianças diariamente”. De acordo com a nutricionista Marilla Cunha Alencar, “a suplementação é realizada em crianças com 06 meses a 04 anos de idade por um período de 12 semanas”. “Tal ação visa potencializar o pleno desenvolvimento infantil e a prevenção e controle das carências de vitaminas e minerais, especificamente anemia e deficiência de ferro”, complementa a especialista.

  • Em Ibititá, foram comtempladas as seguintes unidades:

* Creche Mãe Du – Sede

* Creche Vovó Sinhaná – Distrito de Canoão

* Escola Manoel Novais – Povoado de Lagoa do Leite

* Escola Artur Dourado Matos – Povoado de Pedra Lisa

* Escola Antonio Carlos Magalhães – Distrito de Feira Nova

A ação é desenvolvida de forma conjunta pelas secretarias de Educação e Saúde e é executada pela nutricionista Marilla Alencar e pelo coordenador geral da atenção básica Diogo Souza Araújo.

 

Fonte: SecultBa/Correio/Ascom PMI/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!