24/05/2017

Feira: Rodoviários ameaçam greve por falta de proposta

 

Os rodoviários de Feira de Santana pretendem deflagrar greve a qualquer momento caso não haja proposta dos patrões a respeito do aumento salarial e de outras reivindicações da categoria.

O diretor do sindicato dos rodoviários, Antônio José Rodrigues da Silva, informou que as discussões estão paralisadas e que os donos das empresas não apresentaram “nenhuma proposta”.

Os funcionários pedem 12% de reajuste salarial, além de plano de saúde para os dependentes, reajuste no vale-alimentação, entre outras solicitações.

Silva disse que ainda que a negociação foi aberta há mais de 30 dias. Conforme o sindicalista, o reajuste leva em consideração a inflação do período, ganhos reais e outros itens que estão pauta.

Vereador denuncia assessor parlamentar de oferecer drogas

Na manhã desta terça-feira (23), o vereador Ronaldo Almeida Caribé – Ron do Povo (PTC) ocupou a tribuna da Casa da Cidadania para apresentar duas queixas, sendo uma contra um assessor parlamentar e outra contra o secretário municipal Edson Borges e o diretor de Eventos, Naron Vasconcelos, ambos da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (SECEL).

Na primeira denúncia, Ron disse, sem revelar o nome, que um assessor de um vereador teria lhe oferecido drogas dentro das dependências da Câmara Municipal.  O edil fez questão de ressaltar que não é usuário, exigiu respeito e se colocou à disposição para fazer exame toxicológico, para comprovação de que, realmente, está falando a verdade.

“Eu faço um desafio para fazer um exame de corpo de delito se o vereador Ron do Povo já usou droga. Se eu já usei alguma droga, eu perco este mandato de vereador, agora eu quero respeito dentro desta Casa”, disse, afirmando que apresentará mais denúncias.

Em aparte, o vereador José Carneiro (PSDB) solicitou a Ron que apresentasse na tribuna o nome do assessor parlamentar e do vereador que este esteja vinculado, para que os demais edis não ficassem sob suspeita.

Retomando o discurso, Ron do Povo disse que não iria falar o nome na tribuna para não expor o vereador, que é responsável pelo cargo do assessor parlamentar que lhe ofereceu drogas.

Devido à gravidade da denúncia, o presidente do Legislativo feirense, Reinaldo Miranda – Ronny (PHS), sugeriu ao vereador Ron que fosse até a delegacia prestar queixa, acompanhado pelo procurador da Câmara, Magno Felzemburgh e uma comissão de vereadores.

Em seguida, a sessão ordinária foi suspensa por cerca de 15 minutos, para que o assunto fosse melhor discutido com o corregedor da Câmara, Alberto Nery (PT), e os demais edis. Porém, a vereadora Eremita Mota (PSDB) e o vereador Ron não quiseram participar da reunião.

Ao retornar da reunião, o presidente da Casa da Cidadania disse que ficou decidido que haveria uma abertura de inquérito para apuração da denúncia supracitada.  Ronny garantiu que Ron do Povo terá todo o apoio da Casa, inclusive filmagens da Câmara serão disponibilizadas, para que o denunciante possa apresentá-las  ao delegado.

Para acompanhar Ron do Povo até a delegacia, foi designada uma comissão de vereadores composta por Reinaldo Miranda, Roberto Tourinho (PV), Alberto Nery, João Bililiu (PPS), Isaías de Diogo (PSC), Cadmiel Pereira (PSC) e Cíntia Machado (PMB), além do procurador Magno Felzemburgh, do funcionário Iramar Nascimento Vieira (representando os servidores efetivos da Casa), do advogado Guga Leal e do advogado do vereador denunciante, Roseano Bezerra.

Já na delegacia, os vereadores Ron do Povo e Ronny relataram os fatos ao delegado de Polícia Civil, João Rodrigo de Souza Uzzum, que os informou da obrigatoriedade da instauração de um inquérito policial para apuração do crime de tráfico de drogas. Ficou  também agendada para esta terça-feira a oitiva do vereador Ron, às 15 horas, pela Corregedoria da Casa e, às 16h30, pelo delegado.

Reclamação contra secretário e diretor

Com relação aos prepostos da SECEL, Ron do Povo disse que foi tratar de questões de interesse da comunidade com o secretário Edson Borges e o diretor Naron Vasconcelos, porém  não foi atendido por ambos no referido órgão. “o secretário falou que estava ocupado. Então, eu abri a porta e perguntei a ele por que não queria me atender. Ele disse que estava tratando de um assunto no whatsapp”, reclamou o edil, afirmando que recebeu o mesmo tratamento por parte de Naron. “Eu acho que tem que respeitar os vereadores desta Casa e a população de Feira de Santana”.

Projeto cria Dia Municipal do Cicloturismo

De autoria do vereador Luiz Ferreira Dias – Luiz da Feira (PPL) foi aprovado, em primeira discussão e por unanimidade, o projeto de lei de nº 52/2017, que dispõe sobre a criação do Dia Municipal do Cicloturismo. A matéria foi votada na manhã desta terça-feira (23), na Câmara Municipal de Feira de Santana.

Segundo a redação do projeto, a data será comemorada anualmente no segundo domingo do mês de novembro e passará a constar no Calendário Oficial do Município de Feira de Santana contando com o suporte e apoio logístico da Superintendência Municipal de Trânsito, Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Secretaria Municipal de Saúde e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência- SAMU. 

As despesas decorrentes da realização deste evento e outras atividades desenvolvidas em comemoração à data correrão por conta de dotação orçamentária, já prevista no orçamento anual do erário Público Municipal.

A vereadora Gerusa Sampaio (DEM) falou em votação e parabenizou o autor pelo projeto. “Tivemos recentemente uma tragédia com o ciclista Valnei, então tudo que pudermos fazer para incentivar o ciclismo é bem -vindo. Parabéns pela iniciativa, vereador Luiz da Feira”, elogiou.

O vereador Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM) também parabenizou Luiz da Feira pela iniciativa. “Quero parabenizar o vereador Luiz da Feira pelo projeto. O ciclismo tem crescido muito em nossa cidade e acredito que a prefeitura deve investir mais em ciclovias para que o ciclista tenha mais segurança”, disse, afirmando que vai sugerir ao Poder Municipal que construa ciclovias nas avenidas construídas a partir de agora.

Vereadora repercute trabalho voltado às mulheres durante Micareta

Utilizando a tribuna da Casa da Cidadania, na manhã desta terça-feira (23), a vereadora Gerusa Sampaio (DEM) falou sobre a Micareta de Feira de Santana registrando os pontos positivos da festa, como a atuação da Delegacia de Atendimento à Mulher e do Ministério Público, na pessoa do promotor Audo Rodrigues. “Nós, mulheres, recebemos suporte e um bom atendimento”, elogiou.

Gerusa destacou a cantora Márcia Porto, que se pronunciou em defesa da mulher incentivando a campanha “Sou Mulher, quero respeito”. “Sabemos de todos os percalços e que a festa nem sempre agrada a todos”, completou.

Ela ainda lembrou que participa apenas de um momento da Micareta, que é o Bloco da Diversidade promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, que segundo ela lhe faz bem e alimenta a alma. "Diante das adversidades, as pessoas não se limitam e vão onde querem ir. As suas limitações físicas não impedem suas emoções. As pessoas vão e brincam dando um show de alegria, amor e esperança. Sempre que puder estarei lá prestigiando aquelas pessoas”, afirmou.

A  vereadora parabenizou a Secretaria responsável, na pessoa do secretário Ildes Ferreira, pela ação durante a festa.

Convite

A vereadora ainda convidou a todos para participarem das pré-conferências da Assistência Social da Secretaria de Desenvolvimento Social, que começarão a partir de hoje (23) e irão até o dia 14 de junho. O evento contará com a presença de todos os funcionários do SUAS, Sistema Único de Assistência Social.

Segundo a vereadora, as pré-conferências são preparatórias e um aquecimento para a 11ª Conferência da Assistência Social, que acontecerá nos dias 19, 20 e 21 de junho na Igreja Avivamento Bíblico. “Tenho certeza que esta conferência virá com todo o vapor porque hoje temos a nossa lei sobre a Assistência Social regularizada”, findou.

 

Fonte: BN/Ascom CMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!