25/05/2017

Feira: Projeto Domingo tem Teatro estreia o espetáculo “Peter Pan”

 

O Domingo tem Teatro! Desta semana vai trazer o espetáculo “Peter Pan” do Grupo Soteropolitano Stripulia. Inédito em Feira de Santana, a companhia faz curta temporada na cidade com apresentações nos dias 28/05 e 04/06, sempre às 10h30 no Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte - CUCA. Peter Pan é uma peça de teatro inspirada no conto clássico da Disney que tem o mesmo nome, e que traz o “Peter Pan” em mais uma das suas viagens à Terra do Nunca e a sua disputa infindável com o Capitão Gancho, ao lado de Wendy e Sininho.

A Direção Geral e adaptação do texto são de Fernanda Junqueira Ayres; a Direção do Espetáculo, bem como, coreografias e cenário, são uma construção coletiva do Grupo. O Stripulia tem uma trajetória de mais de 14 anos levando adaptações de peças infantis para diversos teatros de Salvador.

O Domingo Tem Teatro é um Projeto realizado há 12 anos e nessa edição conta com o patrocínio da Pererê, Atacadão São Roque, BN Mascarenhas e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. O Projeto acontece de março a dezembro sempre às 10h30 no Teatro do CUCA.

E a criança ou adulto que tem interesse em se tornar um fã de carteirinha do Domingo Tem Teatro os caminhos são: Fazer a sua inscrição aos domingos no horário das 09h00 às 12h30 ou pela internet através do e-mail: domingotemteatro@gmail.com. Com a carteirinha em mãos o público passa a obter mais vantagens e benefícios no teatro e dos parceiros, como descontos nos ingressos e participação nos sorteios semanais e no Especial de Final de ano. No programa do Sócio não há cobrança de mensalidade ou taxas mensais. Todos os benefícios e vantagens são válidos para o ano de 2017.

Saiba mais sobre a programação do Domingo Tem Teatro que segue até dezembro e sobre o Programa do Sócio (vantagens e benefícios) no site: www.ciacucadeteatro.com.br e pelo telefone: (75) 3491-8992 / e-mail: domingotemteatro@gmail.com

  • SERVIÇO

Espetáculo “PETER PAN”

Data: 28/05 e 04/06/2017 (únicas apresentações)

Horário: 10h30

Valor: R$ 14,00 (Meia Promocional para adultos) – R$ 12,00 (Para sócios) - Ingressos a venda na bilheteria a partir das 09h

Bilheteria, praça de alimentação e lazer: A partir das 9h.

LOCAL: Teatro do CUCA (Rua Conselheiro Franco, 66 – Centro – Feira de Santana – BA)

Caso Kannário X PM: ASPRA e APPM se unem e vão processar o cantor

A policial militar que foi destratada pelo cantor Igor Kanário, durante a micareta de Feira de Santana, no último final de semana, vai processar o cantor. Durante toda a manhã desta terça-feira (23/05), a policial esteve na sede da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares do Estado da Bahia (Aspra), onde coletou informações sobre o processo que ingressará contra o artista. Depois a pfem, seguiu para o gabinete do deputado estadual soldado Prisco que levou o caso à Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública (CDHSP) e Comissão de Direitos da Mulher.

"Não podemos permitir que nossos e nossas policiais sejam desacatados de forma explícita como tem sido feito por este cantor. Com a atitude, revelou ser um incentivador da violência contra o PM baiano. Com ações como esta, colocando a população contra o militar, pode agitar uma tragédia durante um evento. *Demonstra total desconhecimento do seu papel enquanto vereador, ele não tem imunidade longe da capital baiana, poderia e deveria ter chegado a ordem de prisão por desacato à, verdadeira, autoridade, o militar*", analisou o parlamentar.

APPM

A Associação de Praças da Polícia e Bombeiro Militar da Bahia - APPMBA repudia veementemente o comportamento do cantor Igor Kannário que durante a Micareta de Feira de Santana desrespeitou e desacatou os policiais militares do Estado da Bahia.

A Entidade ressalta que a referida atitude do cantor não apenas induziu os  foliões a ficarem  contra o serviço daqueles que doam suas vidas à favor do outro, como também desrespeitou toda a categoria que diariamente está nas ruas garantindo a paz social.

Ao mesmo tempo, parabeniza cada policial e bombeiro militar que esteve de serviço durante a Micareta de Feira e que diante de tal situação,  manteve o equilíbrio de sempre, dando continuidade à sua nobre missão.

Na oportunidade reafirma o  seu compromisso de sempre defendê-los em situações frustadoras e humilhantes como a  cometida pelo "artista" supracitado, manifestando ainda a sua solidariedade e o seu apoio aos companheiros e companheiras da nossa Briosa Corporação.

Associação de Praças da Polícia e Bombeiro Militar da Bahia - APPMBA

Depoimento da soldado

A soldado da Polícia Militar Tainá Gomes, que protagonizou uma cena com o cantor e vereador Igor Kannário durante a Micareta de Feira de Santana, desabafou nesta terça-feira (23) em uma rede social. Ela relatou como foi a situação na sua perspectiva e afirmou que precisou utilizar a força por conta de "uma desordem" no meio da festa. Kannário acusou a PM de uso excessivo da violência e a desafiou. "Você é só uma PFem. Eu sou mais autoridade do que você. Eu sou vereador. Me respeite, me respeite! Procure seu lugar", disse ele. "Ela tá mandando eu tomar no meu c*. É uma policial mandando eu tomar no c*? Ela tem que me respeitar, pô".

"Fiquei barbarizada com discurso dele, pois o que ele disse que falei (que vai ter que provar ) não faz parte do meu vocabulário, me senti humilhada como policial, como cristã  e como mulher, que venci preconceitos para chegar até onde me encontro", escreveu a PM. "Jamais esquecerei aquela situação vexatória na qual fui violentada moralmente sem direito de defesa e contraditório, mais grave as palavras afrontaram toda corporação".

Piso especial vai proteger gramado do Joia durante show de sexta-feira

Cerca de seis mil metros quadrados do gramado do Estádio Joia da Princesa está sendo coberto por um piso especial, que vai protege-lo durante o show do cantor e compositor Roberto Carlos, nesta sexta-feira, 26.

Fácil de ser montado e desmontado, o piso espalha o impacto das pisadas do público sobre o gramado, e a sua estrutura, com pequenos furos, possibilita a ventilação para o gramado. A grama “respira”.

De acordo com Alan Costa, que coordena o trabalho de montagem de toda a estrutura para o evento, o piso será retirado logo após o show. “A rapidez na sua retirada está relacionada a prevenção para o gramado”.

Ele ainda disse que o piso que está sendo colocado sobre o gramado do Joia é o mesmo usado nas grandes arenas quando da realização de espetáculos musicais ou festivais. “O colocamos na Fonte Nova durante o Festival de Verão”.

É um moldado em plástico polipropileno de alta resistência a impacto, com acabamento antiderrapante e proteção antichamas. A sua utilização, durante poucos dias, não causa prejuízos à raiz da grama.

Será a primeira vez que o estádio recebe um grande evento depois de passar por ampla reforma – o gramado foi totalmente trocado, patrocinada pela Prefeitura de Feira de Santana. Na área que está sendo cobertas serão colocadas cadeiras plásticas.

Suspiros de um trovador será lançado em Feira

No próximo dia 26, o Mercado de Arte Popular será o palco de exaltação da trajetória de mais um cordelista que fez parte da história de Feira de Santana. A vida de Rodolfo Coelho Cavalcante ganhará destaque no lançamento do documentário, desta vez em Feira, que retrata a sua vida: “Suspiros de um trovador”. Este foi lançado em Salvador, no último dia 30.

Rodolfo é o grande ícone da literatura de cordel brasileira. Ele foi idealizador de inúmeros movimentos com intuito de unir cantadores. Juntamente com outros artistas, deu origem ao Congresso Nacional de Trovadores e Violeiros, em julho de 1955. Resultante deste, surgiu a Associação Nacional de Trovadores e Violeiros, que hoje atende pelo nome de Grêmio Brasileiro de Trovadores, encontrando sua sede em Salvador.

Ele foi autor de diversos folhetos, como “ABC dos namorados, do amor, do beijo, da dança”, “História de um príncipe formoso”, “O mundo vai se acabar” e, dentre muitos outros, “A chegada de Lampião no céu”. Neste, o artista narra o momento em que Virgulino Ferreira da Silva, o cangaceiro Lampião, chega ao Reino dos Céus e encontra São Pedro, não tão feliz com a sua chegada.

Neste conto, Lampião é recebido com imensa negatividade pelos santos ali presentes. Estes, tentam selar rapidamente o seu destino, sem julgamento ou até mesmo presença de Deus. O Cangaceiro, sem perder sua essência de busca por justiça, toca tiros para o ar a fim de, de fato, ser escutado. O homem, de São Pedro, só queria que ele mandasse água para o seu povo, ao invés de tanto trovão.

O longa foi dirigido pelo cineasta baiano Marcelo Rabelo e teve cenas gravadas em Feira, retratando o período em que o cordelista viveu aqui, recém-chegado de Alagoas. Além da vida artística voltada para o cordel na Princesa do Sertão, Rafael também foi propagandista e artista de circo.

Alguns cordelistas feirenses como Caboquinho e João Ramos, Franklin Maxado, Julivaldo Alves e Vado Dinamite tiveram participação na gravação do documentário, além de seu filho, Isaías Cavalcante.

 

Fonte: SecultBa/Bahia Já/Secom PMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!