27/05/2017

Juazeiro: ex - prefeito lamenta situação nas prefeituras

 

Em contato com a imprensa, o ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho (PCdoB) fez uma rápida avaliação do quadro político nacional e destacou algumas prioridades da administração Paulo Bomfim (PCdoB). Ele relatou ainda sobre as dificuldades que os município vem sofrendo com a atual crise econômica e política.

Avaliação da administração de Paulo Bonfim

“Paulo Bonfim está muito focado na questão das melhorias e nos avanços nas áreas de saúde, isso é muito importante, Juazeiro tem se destacado como a cidade que mais gera empregos, com os altos índices na área de educação, os novos empreendimentos que estão chegando ao município e agora a universidade de medicina pois é muito importante para o fortalecimento da nossa cidade”.

Eleições 2018

“Provavelmente em 2018 vamos participar de um novo processo, mais isso só será discutidos em 2018, agora temos que trabalhar nas melhores condições para que Paulo possa cumprir o compromisso que assumiu com Juazeiro até o ano 2020”.

Projetos em Juazeiro

“Juazeiro nestes últimos anos tem se destacado pelo grande número de obras e ações, eu recebi a cidade de Juazeiro em 2009 com apenas 2 projetos em andamento e 1 com problema, sendo um a obra da ponte que estava parada e tivemos que ir a Brasília e a outra a obra do saneamento e a gente trabalhou para destravar, hoje temos mais de 100 obras em andamentos e já foram entregue mais de 500 obras. Nesses últimos 8 anos conseguimos a atenção do ex-governador Jaques Wagner, do atual Governador Rui Costa, do ex-presidente Lula, da presidente afastada Dilma Roussef e esperamos que os novos governadores e presidentes dêem esta mesma atenção que Juazeiro merece”.

Travessia Urbana

“O projeto da travessia urbana é uma realidade, já foi feita uma etapa na entrada da cidade e o ministro vai autorizar uma nova etapa, os estudos que estão sendo feito pela equipe do DNIT é o novo anel viário e a previsão é que este projeto se conclua este ano. Já estamos correndo atrás de recursos para concluir a obra da travessia urbana, este novo projeto será alocado recurso após a construção do projeto”.

Vazão de Sobradinho

“Eu tenho acompanhado algumas reuniões e conversado com os produtores e eles estão discutindo com a ANEL, ONS, CHESF e os demais órgãos responsáveis pela gestão do Rio São Francisco. Devido aos baixos volumes de chuvas vem se discutido que mantenham o equilíbrio nas barragens e percurso do rio São Francisco. Os produtores que estão tendo dificuldades estão tendo apoio na melhoria das estruturas e dos flutuantes e isso está sendo avançando para que continue sendo captado água do Rio São Francisco”.

Dificuldade em conseguir recursos junto ao Governo Michel Temer

“O que a gente tem percebido é que os recursos estão sendo dificultados de maneira geral, o país passa por uma crise política e a gente precisa dar uma basta nisso para que de fato os municípios retomem os seu crescimento, eu acredito que isso só vai normalizar quando tiver uma nova eleição”.

Em resposta ao deputado José Carlos Araújo, Isaac diz que ‘ele foi infeliz nos comentários’

O Deputado Federal José Carlos Araújo (PR) em sua recente visita ao município de Juazeiro causou grande polêmica em suas declarações na imprensa quando alfinetou o ex-prefeito, Isaac Carvalho (PCdoB), e ainda envolveu o nome do prefeito do município de Campo Alegre de Lourdes, Enilson Marcelo Rodrigues da Silva (PCdoB), de que o mesmo estaria o apoiando para as eleições de 2018. O deputado afirmou ainda que o município perdeu aproximadamente R$ 25, milhões de recursos de suas emendas por está inadimplente durante a administração de Isaac.

Em respostas as declarações do deputado, Isaac Carvalho evitou colocar mais lenha na fogueira. “Quem tem boca diz o que quer, acho que ele foi infeliz nos comentários, mais não quero falar sobre isto. Não vou atacar e nem denegrir ninguém. Ele fez algumas ações no município, mais os dados que ele mostrou eu desconheço e ele precisas mostrar isto para população de Juazeiro”.

Sobre a possibilidade do deputado contar com o apoio político do prefeito de Campo Alegre, evitou tecer críticas. “O processo político é muito democrático, eu acho que os deputados de mandatos precisam de fato contribuir com as regiões onde eles foram votados e contribuir com o desenvolvimento da Bahia como um todo, essa discussão tem espaço para todos, é a verdadeira historia quanto mais cabra mais cabritos, não vejo nenhum problemas que outras pessoas venham a contribuir com o desenvolvimento da região”, concluiu.

Sento Sé: moradores do Sanharó denunciam a falta de água para o consumo humano

Com o poço artesiano quebrado há pouco mais de três meses, os moradores do povoado Sanharó, no interior do município de Sento-Sé, estão sofrendo com a falta d`água para o consumo humano. Eles denunciam que a Operação Pipa que abastecia a comunidade com água potável parou, e a prefeitura não adotou nenhuma outra providência para minimizar os efeitos da seca.

O poço artesiano é a única fonte água limpa do lugar, e de acordo com os relatos, a população está consumindo água contaminado por fezes e urina de animais, retiradas de uma barragem pública, construída para abastecer os rebanhos. A situação só não é pior, por que a prefeitura de Jussara está enviando carro pipa quinzenalmente para reduzir os impactos.

Revoltada com essa realidade, a comunidade cobra sensibilidade e providencias urgentes da administração municipal de Sento-Sé, no sentido de concertar o equipamento (kit motor/bomba), instalado no poço artesiano, para que o fornecimento de água volte a sua normalidade e as pessoas parem de sofrer. Não aguentamos mais, vamos ter que acionar o ministério púbico, disse o morador Jorge Delegado.

Percorrendo outras comunidades rurais, constatamos mais abandono e falta de políticas públicas voltadas para o combate a falta d`água e a valorização da vida. Localidades como: Rancho dos Negros, Lagoa da Carnaúba, Poço do Tito, Cocho, Assentamento Juazeiro, Itapicurú, Vereda do Jacaré, Espinheiro, Lagoa do Marí, Caroatá, Riacho Grande, Tanque, Caititu, Flores, Caiçara, Marí Velho, Lagoa Fechada, Lagoa da Toca e Mergulhão, que dependem do envio de combustível (óleo diesel) para funcionar os sistemas, até agora não receberam nenhum litro do precioso produto.

Prefeitura de Petrolina firma convênio para reinserção social de ex – detentos

O prefeito Miguel Coelho assinou, nesta quinta-feira (25), um convênio com o Governo do Estado para a contratação de 200 reeducandos que cumprem pena em regime aberto. Os trabalhadores irão atuar em serviços como limpeza e manutenção da cidade.

O convênio tem duração de dois anos e empregará inicialmente 60 trabalhadores na Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade. Cada reeducando receberá um salário mínimo e vale transporte, além da oportunidade de ser reinserido no mercado de trabalho. "A gente sabe que existe muita resistência na contratação desse pessoal muitas vezes por preconceito como também pelo medo natural gerado pela insegurança na sociedade. Mas a Prefeitura ao fazer essa parceria cumpre um papel social importante de recuperar esses reeducandos e de prevenção à violência porque combate a possibilidade de retorno desse pessoal ao mundo da criminalidade", explicou o prefeito.

Além do resgate social, a contratação dos reeducandos assegura uma economia aos cofres da Prefeitura de aproximadamente 40% em relação a um profissional regido pelas leis trabalhistas. Isso porque, os reeducandos, durante o processo de cumprimento de pena, seguem o regime da Lei de Execuções Penais. Assim, o empregador fica isento de encargos como FGTS, férias e décimo terceiro salário.

"É uma iniciativa onde todos ganham. A prefeitura contrata mão de obra a um custo menor, os reeducandos ganham uma nova chance de inserção profissional e social e a cidade também pois é a garantia de que todos essas pessoas estarão na vida social da cidade de forma correta e fora da ilegalidade", ressaltou após a reunião o superintendente de Patronato Penitenciário do Governo do Estado, Josafá Reis.

Petrolina é a única cidade no interior do estado a realizar a parceria para ressocialização dos ex-detentos. A experiência é realizada hoje nos municípios do Recife, Olinda, Jaboatão e Paulista.

 

Fonte: Ação Popular/Sento Sé Noticias/Ascom PMP/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!