14/06/2017

Feira: Sai grade completa do Arraiá de Feira 2017

 

A grade completa com as atrações que irão animar os festejos juninos do Arraiá de Feira já esta definida. A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer divulgou as 59 bandas que se apresentam nos cinco distritos - Maria Quitéria, Humildes, Bonfim de Feira, Tiquaruçu e Jaíba.

A festa começa no dia 22, em Maria Quitéria com as apresentações de Paloma, Sutack Fogoso, Luan Estilizado, Joelma e Pegada das Antigas. No segundo dia de festa, 23, terá Cecília Castele, Kixiote é Esse?, Dan Ferraz, Tayrone e Pense Neu. No dia 24, Mayrone, Italo França, Fulô de Mandacaru e Caviar com Rapadura.

O Arraiá de Feira ainda terá festejos de São João no distrito de Tiquaruçu nos dias 23 e 24. No primeiro dia vai ter muito forró com Edy Forró, Banda 17 por 8, Raízes do Nordeste, Sela Vaqueira e Couro Tatuado. Para encerrar, Beto Cardoso, Edvan Reis, Zé Araujo, Bete Dia e Garnizé.

O São Pedro de Humildes se inicia no dia 29 com a banda local Beijo Roubado, Menina Faceira, Naldinho e Leo Rios, Pablo e Campim Molhado. No dia 30 Geruza Guedes abre a noite, logo após terá Beto Pitombo, Acarajé com Camarão, Solange Almeida e Caracu com Ovo. No último dia, 1º de julho, a animação ficará por conta de Diego Alison, Jota Sobrinho, Filé de Camarão, Arreio de Ouro e Delírios do Olhar.

A festa de São Pedro também é realizada nos distritos de Bonfim de Feira e Jaíba, ambos nos dias 30 de junho e 1º de julho. Em Bonfim de Feira o primeiro dia será por conta de Timbaúba, João Almeida, Del Feliz, Chambinho e Forrozeiros do Norte. No segundo Xoxotaí, HD.com, Daniel Dial, Diego Costa e Marron Glacê.

No distrito de Jaíba os festejos começam com Neném do Arcodeon, Roquinho do Forró, Arnaldo Farias, Os Clones e Márcio Alves. O segundo dia terá Léo e Teclados, Pé de Cerca, Felipe Aladim, Banda D’play e Asas Livres.

Vereador destaca grade de atrações para festas juninas

Utilizando a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta teça-feira (13), o vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM) comemorou a divulgação da grade de atrações do São Pedro de Jaíba e do São João de Tiquaruçu, feita pelo secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges, no programa Acorda Cidade, da Rádio Sociedade.

O vereador ainda falou sobre o Forró Jegue, que faz parte do Calendário Oficial do Município, e acontece no distrito de Jaíba, onde a população sai de casa em casa para serem recebidos com festa e comidas típicas pelos donos. “Eles saem às 8h da manhã e por volta das 15h chegam à praça do distrito”, contou.

Lulinha convidou a todos para participarem da festa, que é tradicional e ele considera de suma importância para o distrito.

Rainhas e princesas do São João e São Pedro serão escolhidas no final de semana

Rainhas e princesas do São João de São José, que será realizado entre os dias 22 e 24, e do São Pedro de Humildes, que acontece de 29 a 1º de julho, serão escolhidas neste final de semana.

Ambos os eventos são tradicionais e todos os anos atraem belas jovens, que buscam o posto de representantes da beleza feminina dos seus distritos.

O evento em Maria Quitéria vai acontecer no sábado, 17, a partir das 20h, no Colégio Francisco Martins da Silva. Em Humildes, o concurso está marcado para a manhã de domingo, 18, numa casa de eventos do distrito.

O coordenador do concurso de Maria Quitéria, professor Renato da Silva, disse que neste ano as coroas serão disputadas por candidatas de vários povoados, como Pé de Serra, Água Grande, Garapa e a Balança.

“Neste ano ainda teremos o concurso para escolher as nossas majestades mirins, que vai acontecer pela primeira vez”, afirmou o coordenador. Ainda de acordo com ele, três meninas se candidataram.

O produtor cultural Edson Baptista, que coordena o concurso em Humildes, analisa que neste ano a disputa promete ser das mais acirradas. “As nossas candidatas são bonitas e muito elegantes”.

Arte de Viver: oficinas servem de terapia até contra violência doméstica

“A oficina de violão funciona como uma terapia para muitos dos nossos alunos. Alguns chegam aqui com problemas de saúde e fugindo de conflitos familiares que envolvem até mesmo violência”. A afirmação é do professor e músico Mano Gavazza, responsável por uma das turmas de violão do Programa Arte de Viver.

Ainda segundo o professor, as oficinas servem como uma “ponte” dos alunos na fuga dessa realidade difícil. “Em um desses casos uma aluna enfrentava violência doméstica em casa, por parte do pai. Aqui, no contato com a música, ela era uma outra pessoa. Esquecia dos problemas e era feliz”, conta Gavazza.

E além das oficinas de violão popular, o Programa Arte de Viver, também oferece várias outras opções culturais. Nas áreas de música (canto, coral, teclado, violão, violino teatro); teatro infantil (teatro adolescente, teatro adulto e teatro da melhor idade); dança (balé baby, balé infantil, jazz dance, dança popular, dança tribal, dança do ventre, dança de salão, dança terapia, capoeira e street dance); e artes plásticas (pintura em tela e desenho em quadrinho).

Na noite de segunda-feira, 12, o resultado de cinco meses de aulas de violão e dança foi apresentado. Performances que encantaram a uma plateia atenta e emocionada, formada, em sua maioria, por familiares e amigos dos alunos.

INSCRIÇÕES

O Programa Arte de Viver recebeu 1.908 alunos nas diversas oficinas ofertadas pelo programa, no primeiro semestre de 2017. “Ao todo são 30 professores que ministram as 90 turmas que se distribuem entre o Centro de Cultura Maestro Miro e os três Centros de Artes de Esportes Unificados (CEUs das Artes) do município”, explica Lane Pedreira, chefe da Divisão de Cultura Popular.

As inscrições para novos alunos já iniciaram e estão acontecendo através do site da prefeitura (www.feiradesantana.ba.gov) até o dia 16 de junho.

“O Arte de Viver é de extrema importância porque leva a arte para essas pessoas que em sua grande maioria não teria condições de pagar por esses cursos e com essa qualidade”, destaca Luiz Augusto Oliveira, diretor do Maestro Miro.

O Programa Arte de Viver é desenvolvido no Centro de Cultura Maestro Miro, equipamento mantido pela Fundação Cultural Egberto Costa.

Projeto Social será implantado no Ginásio de Esportes de Humildes

Estão abertas as inscrições para crianças e adolescentes que desejem fazer algum tipo de esporte no distrito de Humildes.

As inscrições podem ser realizadas no próprio Ginásio do distrito que foi inaugurado no ano passado.

O projeto irá oferecer gratuitamente aulas na modalidades de futsal, handebol e karatê, para toda comunidade local.

"Já temos um projeto que atende mil crianças em várias modalidades aqui no Complexo Poliesportivo Oyama Pinto e nossa ideia é estender para outros bairros e distritos", disse o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges.

"É só um projeto piloto, iremos implantar outras modalidades, inclusive para melhor idade, e passar para se transformar num macro projeto", afirmou Emerson Britto, diretor do Departamento de Esportes.

A reunião que definiu a implantação do projeto social foi realizada na manhã desta terça-feira, 13.

Moradores do George Américo ainda apresentam sinais da Chikungunya

O resultado dos primeiros estudos sobre Chikungunya realizado, em Feira de Santana, pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e o Instituto de Saúde Coletiva da UFBA (ISC) foi apresentado na tarde desta segunda-feira, 12. A pesquisa entrevistou 1.820 pessoas do conjunto George Américo, local onde apresentou maior número de casos no início da epidemia, em 2015, com 57% da população infectada pelo  vírus.

Dos entrevistados, 67,1% continuam apresentando sinais e sintomas de artrite (inflamação nas articulações) após um ano do diagnóstico de Chikungunya. Mais de 40% dos infectados estão na forma crônica da doença.

"Esses pacientes recebem acompanhamento e tratamento necessários com infectologista, fisioterapeuta e, acupuntura – que também é oferecido pela SMS", informa Neuza Santos, enfermeira referência do grupo técnico das arboviroses.

A coordenadora do ISC, Glória Teixeira ressalta que “os locais afetados pela chikungunya tendem a desenvolver uma carga de outras doenças na comunidade. Nosso objetivo foi analisar a carga desse surto no município e a proporção de pessoas que foram expostas ao vírus".

Medidas de controle

A SMS está atuando junto ao ISC em uma nova pesquisa, onde estão sendo estudados três vetores de doenças causadas pelo aedes aegypti, que são a dengue, zika e chikungunya. O levantamento está sendo feito em 30 áreas.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Francisca Lúcia Oliveira, alerta que "para o controle do vetor é necessário a parceria da população, combatendo os focos do mosquito". Medidas preventivas podem ser adotadas para evitar criadouros, como não deixar água parada dentro das casas, e o descarte correto de lixos e entulhos.

 

Fonte: Secom PMFS/Ascom CMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!