15/06/2017

Feira recebe a Caravana Respeita as Mina no dia 20

 

Na terça-feira (20/06), a cidade de Feira de Santana receberá as ações da Caravana Respeita as Mina, realizada pela Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM-BA). A iniciativa tem o objetivo de sensibilizar as comunidades para a importância em combater a violência contra as mulheres, estimular o fortalecimento e a capacitação da rede de atenção às mulheres nos municípios. A Caravana tem início às 8h, na sede da Faculdade de Tecnologia e Ciência – FTC, localizada na rua Artêmia Pires Freitas, s/n.

Na ocasião, estarão presentes a secretária da SPM, Julieta Palmeira; o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo; o secretário Municipal de Assistência Social, Ildes Ferreira; a titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher -DEAM, Maria Clécia Vasconcelos; o comandante da Polícia Militar, coronel Adelmário Evangelista; o juiz Wagner Ribeiro; a coordenadora do Centro de Referência de Atendimento à Mulher – CRAM, Maria Luiza Coelho; a comandante da Ronda Maria da Penha no município, tenente Edilene Silva; a vereadora Gerusa Sampaio; e a integrante do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Maria Josailma Ferreira.

Serão realizadas quatro oficinas temáticas, que abordarão o enfrentamento às violências contra as mulheres com recorte de gênero, raça e prevenção; enfrentamento a todas as formas de violência; e empoderamento da mulher. As rodas de diálogos são voltadas para a sociedade civil, integrantes da rede de atenção à mulher, além de jovens do ensino fundamental e médio.

Dentre as iniciativas proposta pela Caravana em Feira de Santana, está a implantação do Comitê de Homens pelo Enfrentamento às Violências contra as Mulheres e a parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer para realizar campanhas de conscientização durante atividades esportivas e culturais na cidade.

A Caravana Respeita as Mina conta, ainda, com a participação das Rosas pela Democracia, grupo teatral que, de forma lúdica, chama a atenção para a importância em prevenir e denunciar a violência contra as mulheres. Ao final do encontro, haverá apresentação da cantora Maria Guerreira. A Caravana é realizada em parceira com o Instituto Avon e conta com o apoio da ONU Mulheres e do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher da Bahia (CDDM).

Atrações regionais formam quase 70 por cento das grades do São João e São Pedro

Quase 70% das atrações contratadas pela Prefeitura de Feira de Santana para animar os festejos juninos nos distritos de Maria Quitéria, Tiquaruçu, Jaíba, Humildes e Bonfim de Feira, serão regionais. É o forró com o DNA da tradição.

Estes grupos se apresentarão nos palcos principais e nos espaços que terão temáticas culturais, que são montados durante o São João de São José, que acontece de 22 a 24, e no São Pedro de Humildes, que será realizado de 29 a 1º de julho.

A formatação da grade de atrações tem como objetivo agradar a todos os participantes, tanto quem gosta do forró eletrizado como aquelas que admiram o forró tradicional, também conhecido como pé-de-serra.

E em todos os anos os espaços atraem um grande público, principalmente, mas não somente, os forrozeiros mais antigos, que são ligados nos grupos mais tradicionais, aqueles formados por sanfoneiro, zabumba na marcação e triângulo.

Nestes casos, o máximo da modernidade é a presença de um contrabaixo. Neste ano, serão 18 grupos com estas características para animar o São João e o São Pedro. Que carregam as bandeiras da cultura regional.

São para estes espaços que os adeptos do forró com DNA mais puro, gonzaguista, se dirigem. E por lá ficam enquanto o fole ronca e assiste as apresentações culturais, geralmente quadrilhas juninas, outro traço cultural importante.

Mais de 9 mil pacientes beneficiados com Tratamento Fora Domicílio

Viabilizar marcações de viagens para tratamento de pacientes portadores de doenças que não possuem especialidades na rede local do SUS é uma atividade do TFD (Tratamento Fora Domicílio). O serviço ofertado pela Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana beneficiou 9.877 pacientes de janeiro a junho deste ano.

O atendimento é prioritário para portadores de doenças cujo tratamento se enquadre em média e alta complexidade e estratégicos. Pessoas que necessitam de acompanhante, a autorização é concedida mediante justificativa detalhada pelo médico que assina o laudo.

“Nesse primeiro semestre realizamos a viagem de 4.730 acompanhantes”, informa Pollyana Piana, coordenadora do TFD.

Para solicitar o serviço é necessário comparecer a sede da SMS para realização de cadastro. O paciente deve apresentar xerox do laudo ou relatório médico, comprovante de marcação do procedimento, identidade, CPF, cartão SUS e comprovante de residência.

O agendamento das viagens só é autorizado mediante confirmação do atendimento no município referência. O TFD não realiza marcação de exames e consultas, este procedimento é feito pela Central de Regulação.

Cadh orienta a evitar os excessos na alimentação durante as festas juninas

As festas juninas são sinônimo de fartura na mesa. Diante de tantas delícias é difícil controlar a vontade de comer. Geralmente não faltam o amendoim, a canjica, milho, bolos, mingau, pipoca, paçoca e mungunzá. Saber dosar as quantidades e o que comer nessa hora ajuda a manter qualquer dieta. Principalmente, para quem convive com a diabetes e a hipertensão.

Para mostrar que é possível participar e se divertir em qualquer evento, sem privar do lazer, o Centro de Atendimento ao Diabético e Hipertenso (Cadh) proporcionou aos seus usuários uma confraternização de São João, na manhã desta quarta-feira, 14.

"O fato de conviver com uma doença crônica - diabetes e hipertensão - não impede a pessoa em participar de uma festa regional, como o São João, por exemplo", diz a nutricionista do Cadh, Josinete Monteiro.

De acordo com ela, as pessoas portadoras da diabetes estando com as taxas glicemias controladas podem ingerir esses alimentos. No entanto, devem evitar os excessos. “Os alimentos consumidos nessa época apresentam mais carboidratos e, consequentemente, mais açúcar”, afirma.

A nutricionista recomenda alguns cuidados também na preparação dos pratos, fazendo a opção em substituir o açúcar refinado pelo adoçante culinário e dando prioridade para os ingredientes mais naturais aos industriais. “Ao substituir o açúcar pelo adoçante não significa que pode comer de modo exagerado, uma vez que, o excesso de carboidrato vai resultar no aumento da glicemia", alerta.

Diante de tanta fartura posta à mesa, o aconselhável é começar degustando pequena porção de amendoim. "Ele contém bastante gordura monoinsaturada, proteína, fibras e pequena quantidade de carboidrato. Essa composição dará saciedade evitando que a pessoa coma de modo exagerado”. Outra dica é comer a metade de um milho cozido e chupar uma laranja ingerindo o bagaço.

“Para ajudar no aumento do gasto de energia e no controle da glicemia, a pessoa deve se movimentar, seja dançando ou caminhando, durante a festa”, pontua a nutricionista.

A coordenadora do Cadh, Andrea Silva, também participou da confraternização e ressaltou que este é o terceiro ano do evento. “É um momento de elevar a autoestima dos nossos usuários, mostrando a eles que é possível se divertir alimentando-se adequadamente e seguindo as orientações corretas”, pontuou.

Autista feirense foi destaque na Copa de Karatê

Representante do grupo Família Azul, um adolescente portador de autismo, residente em Feira de Santana, foi destaque na XX Copa Astekas de Karatê, realizada no Complexo Poliesportivo Oyama Pinto, durante o final de semana. Ruan Pablo Soares da Silva, 13 anos, participa de curso de artes marciais oferecido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), juntamente com outras cerca de 20 crianças também autistas.

O secretário da Sedeso, Ildes Ferreira, parabenizou o atleta Ruan Pablo, e o professor Ordack Araújo, pelo desempenho e a presença na competição, representando um marco na prática do esporte. E ressaltou a importância da iniciativa visando a promoção da inclusão social através do karatê.

A competição contou com a participação de atletas de várias cidades baianas, a exemplo de Cachoeira, Conceição do Coité, Valente e Amélia Rodrigues, além de Feira de Santana. E, nesta edição, o destaque para a inclusão do segmento com deficiências intelectuais.

Foi a primeira vez na Bahia que uma pessoa com autismo participa de uma competição de karatê. Ruan Pablo reside no conjunto Luciano Barreto e já vem, há alguns meses, treinando com o professor de karatê Ordack Araújo, 5º DAM e que já tem experiência com crianças e adolescentes assistidas pela APAE.

As aulas são ministradas na praça do CEU no bairro Jardim Acácia. Outras 19 crianças portadoras de autismo também estão inseridas no curso, que já vem sendo promovido pela Sedeso desde o final do ano passado.

 

Fonte: Ascom SPM/Secom PMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!