27/06/2017

Serrinha: Vaquejada terá 17 atrações durante a festa

 

A região sisaleira do estado vai ferver com a mistura de ritmos da Vaquejada de Serrinha. Reunindo 17 atrações, a 21ª edição da festa acontece de 7 a 10 de setembro, no Parque Maria do Carmo, em Serrinha. Estrelas como Wesley Safadão, Amado Batista, Luan Santana, Pablo, Maiara e Maraísa e Márcia Fellipe integram a grade do evento.

Na ocasião, o público ainda vai curtir apresentações de Harmonia do Samba, Léo Santana, Tayrone, Silvanno Sales, Gabriel Diniz, Jonas Esticado, Seu Maxixe, Alandin, Mano Walter, Arreio de Ouro e Chicabana. Além da programação musical, o evento conta com competições esportivas, com prêmios de até R$275 mil.

  • Quem quiser garantir os ingressos para a festa deve acessar o site vendas.parquemariadocarmo.com.br.

Sexta-Feira (08/09) - FESTA DO BEZERRO MANHOSO

Pista Meia - R$ 40

Pista Inteira - R$ 80

Camarote VIP - R$ 90

Camarote VOU SIM (open bar) - R$ 180

Sábado (09/09) - FESTA DA VACA ATOLADA

Pista Meia - R$ 70 

Pista Inteira - R$ 140

Camarote VIP - R$ 150

Camarote VOU SIM (open bar) - R$ 280

Domingo (10/09) - FESTA DO BOI MALANDRO

Pista Meia - R$ 70 

Pista Inteira - R$ 140

Camarote VIP - R$ 150

Camarote VOU SIM (open bar) - R$ 280

São João de Serrinha retomou tradição e pode agregar valores em 2018

No segundo dia do São João de Serrinha mais uma vez a praça Luis Nogueira lotada e bandas se revesando no palco principal. Na praça, vários grupos de forrozeiros com roupas típicas do momento junino e a retomada de uma tradição que estava adormecida há 8 anos.

A opinião geral é de que o São João deu certo ainda que a Praça Luis Nogueira tenha ficado pequena para tanta gente com uma infra-estrutura a desejar pois há abrigo, coreto, jardim, tudo junto e misturado. Ainda assim, o São João fica mais em consonância com a cidade, com sua praça principal e isso também é muito bom.

Em 2018, a PMS pode agregar novos valores ao São João com uma feira de artesanato, algo também produtivo da cultura local, desfile de quadrilhas e assim por diante. A quantidade de gente nem sempre é tão importante quanto a qualidade e valoração.

Araci teve casamento na roça na Praça Nossa Senhora da Conceição

O Portal Calila Noticias que realizou cobertura em diversas cidades mostrando o que há de mais bonito e que enche de orgulho cada morador e encanta visitantes, registrou na noite de sábado, 24, num coreto da Praça da Conceição um grande momento de confraternização, ao som do grupo “Mais Forró” as pessoas se divertiram e de forma improvisada acabaram formado uma quadrilha e atraiu um bom público que não escondia a satisfação.

O corretor Silvio Roberto morador de Salvador disse que é sempre muito gratificante retornar a Araci, para participar de momentos alegres como aquele, pois, acabou entrando na folia entre os membros da quadrilha junina improvisada. ”É muito gratificante participar de uma confraternização como esta ao lado dos familiares e amigos, curtindo um forrozinho pé de serra, dançando quadrilha e revivendo momentos do passado”, afirmou Roberto.

Também no sábado, durante a tarde, percorreu pelas principais ruas do centro da cidade e seguiu até o espaço de eventos Araci Hall, o arrastão do Arrasta Chinelo. Segundo Rafaela Campos Oliveira, um das organizadoras, o “Arrasta Chinela” começou há 09 ano,. resultado de uma conversa com as amigas Dany, Dulce e Mardi, quando planejaram fazer um evento junino das famílias e muitas delas participantes do Encontro de Casais com Cristo (ECC), movimento da Igreja Católica.

No inicio eram 25 casais e cada família levavam um tipo de alimento e a cerveja. O arrastão saia de uma das residências das participantes e seguiam até o Sítio do Coqueiro pertencente à Tia Lurdes “Hoje o movimento cresceu e participam do Arrasta Chinelo aproximadamente 250 famílias e o arrastão saia casa dos noivos, ou seja, a cada ano é sorteado um casal para ser o noivo e este ano foi o casal Glauco e Eliana, portanto saímos da Rua José Tibúrcio”.

Outro detalhe, segundo Rafa, como é conhecida, ninguém pode entrar no ambiente usando botas, tem que ser chinelo e está tipicamente vestida de caipira.

Vale lembrar que as atividades juninas no centro da cidade (Praça da Conceição) tiveram inicio na quinta-feira (22) com Festival de Quadrilhas, na sexta (23) se apresentou no palco principal Raio da Silibrina, Valneijós, Lorena Andrade e Novo Stillus, na noite de sábado (24) Forró dos Plays, Eline Martins, Galeguinho SPA e Pisa Macio. Neste domingo, 25, Forró da Juventude no Coreto.

Municípios da região sisaleira firmam TAC para controle de animais domésticos em situação de vulnerabilidade

Os Municípios de Serrinha, Barrocas, Biritinga e Teofilândia firmaram Termos de Compromisso de Ajustamento Preliminar com o Ministério Público estadual para implementação de ações cautelares e efetivação de políticas públicas de controle da população de animais domésticos em situação de extrema vulnerabilidade.

O termo, que foi proposto pela promotora de Justiça Letícia Baird, prevê a prestação de serviço médico-veterinário para ‘animais de rua’ ou tutelados por pessoas de baixa renda, em casos de emergência como acidentes de trânsito, maus-tratos e enfermidades graves. “Não há dúvidas de que os animais sentem dor quando enfermos ou vítimas de maus-tratos. Também é comum vermos pelas ruas animais agonizarem até a morte à mercê de socorro. A situação se agrava diante do fato de que inexistem políticas públicas de controle de tais populações de animais, multiplicando-se diariamente a violação dos direitos de tais sujeitos”, destacou a promotora de Justiça.

De acordo com os termos de compromisso, os Municípios devem ainda implantar comedouros e bebedouros para os animais abandonados; capacitar agentes públicos para a defesa dos animais e realizar campanhas educativas para a população; instituir comissão com a participação de representantes da sociedade civil que atuam na proteção e defesa dos direitos dos animais; reestruturar os órgãos municipais para funcionamento de departamento específico para o recebimento de denúncias de maus-tratos e adequar as leis orçamentárias para atendimento destas demandas. Segundo a promotora de Justiça Letícia Baird, os Municípios devem cumprir as obrigações no prazo de até 90 dias, período no qual os prefeitos deverão apresentar ao MP um projeto permanente para a resolução dos problemas atuais. “Os compromissos firmados pelos Municípios contribuirão, nesta primeira etapa, com o atendimento emergencial de tais animais e, principalmente, com ações visando à educação ambiental, que é o instrumento verdadeiramente efetivo para a reversão da atual situação im

 

Fonte: BNews/Bahia Já/CalilaNoticias/Cecom MP/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!