08/07/2017

Salvador e a agenda musical para o seu fim de semana

 

Veja algumas opções musicais para o fim de semana, em Salvador. Tem shows diversos até domingo (9), que servem a todos os gostos e preferencias, de forma a agradar aos mais exigentes.

  • Siga a programação:
  • MÚSICA

Bailão do Tim Maia com Lia Chaves

A cantora Lia Chaves celebra 35 anos de carreira com o show “Bailão do Tim Maia”, no Café-Teatro Rubi, Sheraton da Bahia, na sexta (7) e no sábado (8), às 20h30. O espetáculo foi montado em cima do conceito musical dos anos 1970, com os integrantes da banda caracterizados com figurino inspirado nesse período, assim como os convidados, como uma forma de homenagear essa fase tão efervescente de Tim. Os ingressos custam R$ 70 e estão disponíveis na internet e no local do evento.

PRA CASAR, ANDRÉ & MAURO E DJ RODRIGO FIUZZA

As bandas Pra Casar e a dupla André & Mauro comandam a festa ‘Sábado Top’, que acontece no Zen Salvador, situado no Rio Vermelho, neste sábado (8), a partir das 20h. O DJ Rodrigo Fiúzza completa a noite com o melhor do funk. O Sábado Top possui open bar de frozen para as mulheres até a meia-noite. Os ingressos custam R$ 70 (masculino) e R$ 50 (feminino) e podem ser adquiridos no local.

JU MORAES

A sambista Ju Moraes apresenta o show "Sabor Brasileiro", no dia 8 de julho, a partir das 21h, na casa de eventos Santa Música, em Lauro de Freitas. O espetáculo tem o mesmo nome do novo disco da artista, que traz canções que misturam samba com elementos eletrônicos e percussão. Além das novas músicas, o repertório tem outras que já são conhecidas pelo público, como “Na Palma da Mão”, “Em Cada Canto um Samba”, “Mulher no Samba” e “Aquela”. O show de abertura fica por conta da cantora Flaviana Fernandes.

COLHER DE PAU E MASSAPÊ

A banda Colher de Pau anima o público do Coliseu na festa "Sábado de Forró", dia 8 de julho. O grupo completa 22 anos na estrada e tem como novidade este ano a dupla Lukas Marks e Junior Rawash comandando os vocais. No repertório, hits que marcaram história da banda, como “Flor de Avelã”, “A tempestade”, “Casadas”, “Festança”, “Amore Mio”, entre outras, além de canções autorais e regravações de diversos artistas. A festa conta também com show da banda Massapê.

Ú TAL DO XOTE E LUZIEL

A banda U Tal do Xote e o cantor Luziel vão animar o público do Pra Começar Music Bar, no dia 8 de julho. A festa vai contar com muito forró, arrocha e sertanejo, além das batidas eletrônicas do DJ Matheus Reis. O agito começa a partir das 22h.

CIRCO DE MARVIN, DONA CISLENE E BATRÁKIA

Depois de alguns anos agitando a cena alternativa de Salvador, a band aCirco de Marvin anuncia uma nova fase na carreira. Em agosto, Bruno, Fabio, Yuri e Miguel vão se mudar para São Paulo. Antes de deixar a terra natal, o Circo de Marvin realiza uma festa de despedida, chamada 'Valeu, Salvador!'. O evento acontece no dia 09 de julho, no Portela Café, às 15h Além de prometerem um show cheio de emoções, os músicos terão como convidados a banda de rock brasiliense Dona Cislene, que se apresenta na capital baiana pela primeira vez, e o hard rock da Batrákia na abertura do evento.

VALÉRIO CAZUZA

Se estivesse vivo, Cazuza teria completado 59 anos no dia 4 de abril deste ano. E uma das grandes homenagens ao poeta é o musical “Exagerado – Tributo a Cazuza”. O show é estrelado por Valério Cazuza, considerado o maior cover do cantor e compositor no Brasil, por sua semelhança física e vocal. Os grandes sucessos que marcaram a carreira de Cazuza como “Bete Balanço”, “Ideologia”, “O tempo não para”, “Codinome Beija-Flor” e “Exagerado”, serão relembrados no palco.

OS MININO KI TOCA, CRIANDO CASO E DJ RODRIGO FIÚZZA

As bandas Os Minino ki Toca e Criando Caso vão animar o Zen Salvador neste domingo (9), durante o Domingo do Zen. O evento começa a partir das 20h, no Rio Vermelho, e contará ainda com o funk do DJ Rodrigo Fiúzza. Os ingressos custam R$ 70 (masculino) e R$ 50 (feminino) e podem ser adquiridos no local.

  • MAIS

Flow Festival

O evento vai unir cultura alternativa, arte, lifestyle, gastronomia e entretenimento, em Salvador. A primeira edição acontece no próximo sábado (8), a partir das 16h, no Trapiche Barnabé (bairro do Comércio). O "Flow Festival" é inspirado nos movimentos que ocorreram na Califórnia na década de 1970. O festival é uma experiência conceitual, com muita música, arte, design e cinema ao ar livre e promete ser mais um sucesso a entrar para o calendário soteropolitano. Onde: Trapiche Barnabé / Horário: 16h / Atrações: Pedro Pondé, Pali, Àttøøxxá e DJ Pureza / Valores: R$30,00 (3° lote) Classificação: 18 anos

Paseo Cultural

O Shopping Paseo promove apresentações musicais nos sábados de julho, com shows da banda Os Andrades e da pianista Rejane Evangelista, acompanhada dos cantores Cristiano Greco e Raul Gonzalez. A entrada é franca. Nos dias 15 e 29 de julho, a banda Os Andrades vai apresentar um repertório de canções da MPB e do samba. Rejane Evangelista vai cantar com Cristiano Greco canções do pop romântico internacional no dia 8 de julho, e com Raul Gonzalez, temas de filmes e da Bossa Nova no dia 22 de julho.

Sarau OsbanoMAM realiza nova edição em julho

A Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) retorna este mês com mais uma edição do projeto ‘Sarau OsbanoMAM’, na próxima quinta-feira (13), às 19h, no Casarão do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), no Solar do Unhão, em Salvador, sob a regência o seu atual curador artístico e regente titular, maestro Carlos Prazeres. A entrada é gratuita, com distribuição de senhas 30 minutos antes do concerto, até a lotação do espaço.

A apresentação terá dois solistas - Priscila Plata Rato (violino) e Rodolfo Lima (contrabaixo). O programa reserva ao público um repertório variado que inclui ‘The Lark Ascending’, do compositor inglês Ralph Vaughan Williams; ‘Concerto nº 2 para Contrabaixo em Si Menor’, do italiano Giovanni Bottesini , e ‘Sinfonia de Câmara nº 1 em Mi Maior, Op. 9’, do austríaco Arnold Schoenberg.

O projeto do Sarau foi idealizado em 2014 e teve sua primeira edição em fevereiro do mesmo ano, sendo realizado em parceria com o MAM-BA. A ideia inicial era integrar a Osba na 3ª Bienal da Bahia, realizada em 2014, colocando a música de concerto em diálogo com as mais diversas linguagens artísticas num ambiente mais descontraído.

O projeto deu tão certo que seguiu com várias edições mesmo depois de realizada a Bienal da Bahia e sempre com lotação máxima. Nas edições do OsbanoMAM, Carlos Prazeres investe numa maior interação com o público, apresentando curiosidades do universo da música de concerto e abrindo espaço para intervenções de poesia, dança e outras linguagens.

Natura Musical seleciona projetos para patrocínio com novo modelo de atuação

Natura Musical seleciona novos projetos para patrocínio em 2018, com inscrições abertas de 04 a 21 de julho. Artistas, bandas e coletivos de todo o Brasil, em diferentes estágios de carreira, de apostas a nomes consagrados, podem concorrer ao patrocínio através da ficha de inscrição disponível no portal www.naturamusical.com.br.

A marca está oferecendo 5,6 milhões para o lançamento de novos trabalhos (CDs, DVDs e outros formatos) e para o patrocínio de festivais, com apoio da Lei Rouanet e das leis estaduais de incentivo à cultura (ICMS) no Rio Grande do Sul, Pará, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Paraná. Na Bahia, desde 2012 o Natura Musical se articula junto à Secretaria Estadual de Cultura para a realização do edital no estado através do Fazcultura.

A seleção dos projetos ocorrerá de duas formas: via edital público para a categoria lançamento de novos trabalhos e por indicação da rede de curadores para o patrocínio de festivais. O novo edital Natura Musical está aberto a produtores artísticos e culturais, músicos, grupos, companhias e outras instituições que atendam às exigências para inscrição nas leis de incentivo.

Nesta edição, o Natura Musical 2017 traz um novo recorte estético, com novas categorias de patrocínio, curadoria ampliada e edital mais simples. Acompanhando as transformações nos últimos anos, o projeto foi criado para valorizar a música brasileira, que passou por uma ampla revisão após completar seu primeiro ciclo de 10 anos. Com o objetivo de ampliar sua relação com o público, por meio de experiências e conteúdo engajador, além de direcionar sua atuação no setor de cultura e entretenimento para o território da inovação e economia criativa.

O novo edital busca projetos que valorizem a identidade e a diversidade, conectados ao debate de temas contemporâneos e que expressam a vitalidade da música brasileira, sempre em movimento. Ao longo desses 12 anos, os temas que abalam o mundo também mudaram. A transição do analógico para o digital trouxe à tona conflitos de diversas origens: étnicos, geracionais, sociais, de gênero, ideologias etc. “A evolução do Natura Musical responde ao desejo de dar voz à música que reverbera nesse contexto de grandes mudanças, debatendo temas como identidade e diversidade e promovendo empatia, conexões e encontros”, afirma Fernanda Paiva, gerente de marketing institucional da Natura.

Após 12 anos de editais anuais, neste ano Natura Musical está simplificando o processo seletivo desde as inscrições até o anúncio dos contemplados. Das nove etapas anteriores, o novo edital passa a ser realizado em quatro etapas: inscrições, com validação automática via sistema, avaliação da rede de curadores, negociação e aprovação nas leis. A análise dos projetos passa das mãos de uma equipe de cinco especialistas para uma rede com cerca de 20 integrantes, de perfis variados, entre curadores, produtores, jornalistas e outros representantes do mercado musical. A rede será responsável pela recomendação dos projetos com base em quatro critérios: criação e produção artística, repercussão, articulação e viabilidade.

 

Fonte: G1/Ascom Osba/SecultBa/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!