11/07/2017

Mucugê: Fenômeno poético das redes sociais participa da Fligê 2017

 

O Centro Cultural e outras paisagens de Mucugê ficarão pequenos diante da vasta programação da Fligê 2017, que transformará a cidade da Chapada Diamantina num imenso ambiente de convivência cultural. A leitura, escrita e tantas outras formas de linguagens presentes nas palestras, mesas de conversa, conferências, oficinas e encontros com autores se compõem num verdadeiro caldeirão de múltiplas expressões artísticas.

Fenômeno nas redes sociais, com milhares de leitores/seguidores, o poeta Zack Magiezi acumulou fãs com pequenas e robustas tiradas sentimentais, batidas na máquina de escrever, quase sempre ilustradas em branco e preto. O público da Fligê poderá se encontrar com Zack, no dia 11 de agosto, na atividade Bate-papo com o escritor, em que abordará “A composição da escrita poética”.

“Nas postagens, costumo falar sobre minha visão de mundo, das minhas angústias, das coisas de dentro. Eu sempre falo que eu fotografo os sentimentos, sabe? E é tudo simples, também. Eu escrevo usando uma máquina de escrever, depois tiro uma foto da folha com o celular e posto essa imagem”, explicou ele numa entrevista concedida ao jornal Correio.

Serão quatro dias de programação intensa, que sob o olhar atento e detalhista de Euclides da Cunha, o autor homenageado deste ano, colocarão autores e público em sintonia com as paisagens dos sertões até mesmo em forma de poesias datilografadas.

Lençóis: Sessão especial no Cineclube Fruto do Mato

Conversar sobre as questões de gênero, raça, intolerância religiosa e tradição oral é o objetivo da próxima sessão do Cineclube Fruto do Mato, que será realizada nesta terça-feira (11), no Teatro de Arena, centro da cidade de Lençóis, na Chapada Diamantina. Serão exibidos dois filmes de curta-metragem: “Òrun Àiyé”, um stop-motion que trata do mito da criação a partir do universo dos orixás, das diretoras baianas Jamile Coelho e Cintia Maria, e “Cinzas”, da também baiana e cineasta Larissa Fulana de Tal.

A animação, que traz para as telas a mitologia iorubá, apresenta o personagem do vovô Bira, que narra para a neta Luna como os deuses africanos Olodumaré, Orunmilá, Oduduwa, Oxalá, Nanã e Exú interagem para criar a Terra e os seres humanos. Já o curta-metragem “Cinzas”, lançado em 2012, conta a história de um jovem negro de Salvador que vê as 24 horas de um dia insuficientes para cumprir todas as obrigações de quem mora na periferia e precisa trabalhar, pagar a faculdade e cuidar da casa.

Além da exibição dois filmes, a sessão vai contar ainda com a presença das diretoras Jamile Coelho e Cintia Maria, de “Òrun Àiyé”, que também vão ministrar uma oficina de stop-motion para as jovens cineclubistas que fazem parte do Ponto de Cultura Grãos de Luz e Griô. A técnica de animação consiste em “emendar” uma série de fotografias para dar movimento aos objetos e personagens. São cerca de 25 frames por segundo.

Desde fevereiro deste ano, a população de Lençóis e os turistas que visitam a região têm a oportunidade de conhecer obras de cineastas consagrados do cinema baiano, como Glauber Rocha e Roberto Pires, e também dos novos diretores que fazem parte do cinema contemporâneo da Bahia.

O cineclube é uma realização da Cinepoètyka e Grãos de Luz e Griô, através do Edital Setorial de Audiovisual 2016, com apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundo de Cultura e Secretaria de Cultura da Bahia. A iniciativa tem ainda o apoio da Diretoria de Audiovisual do Estado da Bahia (Dimas).

Chapada Diamantina recebe projeto apoiado por Edital Setorial de Circo

O Circo Redondo, localizado na comunidade rural do Campo Redondo, no município de Ibicoara, Chapada Diamantina, recebe o projeto ‘Circo na Roça II – Formação em Artes Circenses’, que teve início em março e segue até o mês de setembro. Com atividades entre quarta e sábado, até 22 de julho acontece a oficina Dança: O Corpo Criativo. Entre as próximas atividades, de 09 de agosto a 02 de setembro acontece a oficina Acrobacia de Solo, e de 06 a 30 de setembro será a de Teatro e Música. O projeto culminará na montagem de um espetáculo onde serão apresentadas as diversas modalidades ensinadas nas oficinas.

O projeto é composto por oficinas gratuitas que visam aprofundar o conhecimento das modalidades artísticas já trabalhadas anteriormente, como palhaçaria, dança, música, teatro, acrobacia aérea em lira e acrobacia de solo. Como novidade desta edição, foram inseridas as oficinas de artes plásticas, onde os alunos irão criar sua identidade cênica e confeccionar seus adereços.

As aulas são direcionadas para crianças, jovens e adultos, beneficiando aproximadamente 100 pessoas. O projeto tem parceria com a prefeitura municipal de Ibicoara, que oferecerá transporte gratuito para moradores de diferentes comunidades rurais da região. Em uma composição afetiva com as comunidades rurais, o Circo na Roça II oportunizará a difusão da arte circense e a sensibilização e integração dos moradores da região.

O Circo Redondo desenvolve projetos socioculturais com o foco na formação em artes circenses desde 2011, sendo hoje uma referência artística e pedagógica na região da Chapada Diamantina. O novo projeto conta com apoio financeiro do Fundo de Cultura, via Edital Setorial de Circo, desenvolvido pelo Governo do Estado da Bahia, por meio da Fundação Cultural e secretarias da Fazenda e de Cultura do Estado da Bahia.

Governador Rui Costa sanciona lei e cria o Dia da Chapada Diamantina

A Lei 13.739 de 5 de Julho de 2017 foi sancionada pelo governador Rui Costa (PT), conforme publicação no Diário Oficial. Ela institui, no calendário oficial de eventos do Estado da Bahia, o ‘Dia da Chapada Diamantina’. A data será comemorada anualmente sempre no dia 11 de abril. A ideia é fortalecer a memória local, além de atividades que promovam a história, a cultura, as artes locais, o ecoturismo e a educação ambiental nos municípios que compõem a região territorial.

Conforme o projeto, a coordenação e programação de atividades ficarão por conta das Secretarias Estaduais de Turismo, Cultura e Meio Ambiente. A lei, que era uma demanda da população da Chapada, será regulamentada pelo Executivo em até 60 dias. A peça publicada no Diário Oficial diz que durante o dia instituído “serão realizadas em todo o Estado, e, especialmente na região da Chapada Diamantina diferentes ações e atividades sustentáveis”.

Com a sanção, o Poder Executivo Estadual é autorizado a celebrar convênios com entidades públicas e privadas e entidades não governamentais visando a realização das atividades do ‘Dia da Chapada Diamantina’. As despesas decorrentes da execução da presente Lei correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.

Irecê: Oposição cobra promessa do prefeito sobre esgoto

Um vídeo feito durante a campanha do atual prefeito de Irecê, Elmo Vaz (PT), no mês de outubro, ressurgiu no início deste mês de julho causando alvoroço entre os opositores. O motivo: o então candidato promete, na gravação, "tirar" o esgoto do bairro Shampoo Charme em seis meses. Passaram-se os seis meses e a alegação é de que o gestor não cumpriu sua promessa de campanha.

No vídeo, Elmo Vaz se aproxima de uma moradora e diz: "Eu tô vendo que aqui tem o 19, mas arruma um votinho pra nós aí. Só dois. Eu sou logo é direto. Se eu não tirar esse esgoto aí em 6 meses, eu não quero que Deus me conceda a honra de ser prefeito".

De acordo com vereadores da oposição, que chegaram a pedir um Comissão Especial de Inquérito (CEI) na Câmara para apurar o caso, a obra foi iniciada, mas irregularidades teriam atrasado a obra. Eles afirmam que não houve licitação para a execução da obra.

Procurado, o prefeito, por meio da sua assessoria de imprensa, disse que sua promessa foi cumprida, pois o esgoto já foi retirado. Em relação à obra, a administração informou que a obra já foi executada em mais de 80%. "Essa obra de esgotamento sanitário é uma demanda histórica que há mais de 30 anos incomodava os moradores da região. Eles nunca tiveram a atenção devida por parte de nenhum gestor. Esse esgoto, hoje, não existe mais. A obra ainda não foi concluída, mas o esgoto não existe", defendeu a prefeitura.

 

Fonte: Jornal da Chapada/Ascom Fligê/BNews/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!