15/07/2017

Leilão do Espanhol não tem previsão para acontecer

 

O futuro do Hospital Espanhol ainda segue indefinido e agora, após ter dois leilões suspensos, não há previsão para que algo seja feito com o imóvel, bem como, para a garantia dos direitos dos trabalhadores. Em conversa com o BNews, na manhã desta sexta-feira (14), o diretor da Coordenadoria de execução e expropiação do TRT-Ba, Rogério Fagundes, afirmou que "o leilão está sem previsão para acontecer". Isso porque, segundo ele, é necessário que seja julgado o embargo de declaração da Caixa Econômica. "A juíza está de férias e, por conta disso, o processo ainda não foi apreciado pelo Tribunal. Por isso, não há previsão", afirmou Fagundes.

O leilão já foi suspenso duas vezes e motivo foi um recurso interposto no TRT-5 pela Caixa Econômica Federal, que tem uma parte do imóvel como garantia de um empréstimo feito e pediu para que ele fosse excluído do processo. O banco recorreu ao TST, que suspendeu os atos expropriatórios até que o TRT-5 julgue o agravo de petição interposto pela Caixa. Em junho deste ano, o TRT indeferiu, mas a Caixa recorreu, ainda no TRT, com um embargo de declaração, um instrumento jurídico utilizado quando uma das partes de um processo pede para que sejam revistos alguns aspectos de uma decisão.

Dívida milionária

Há quatro anos com as portas fechadas e dívidas que ultrapassam a casa dos R$ 200 milhões, a caixa preta do Hosítal Espanhol revela novos capítulos esta semana. Além do encontro do embaixador espanhol com o governador Rui Costa (PT) e com o prefeito ACM Neto (DEM), no qual foram discutidos investimentos e apoio ao hospital, o Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT) enviou uma nota esclarecendo as dívidas trabalhistas da instituição.

Por trás de uma crise oriunda de má gestão, há a criação de um Conselho Administrativo, proposta de empréstimos, financiamentos e divergências entre dirigentes e conselheiros. Dos mais de 100 milhões que poderiam ajudar o Espanhol a enfrentar a crise, 53 milhões estão sendo investigados pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP) e pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE).

De acordo com o TRT, um acordo foi firmado em outubro de 2013 entre o Hospital Espanhol e os credores trabalhistas e que teve como objetivo a quitação dos processos e a preservação da atividade de relevante função social desempenhada pela mencionada instituição. "Assim, em contrapartida à suspensão de todos os atos expropriatórios decorrentes de Sentenças Judiciais, o Hospital comprometeu-se a realizar aportes mensais em favor de um Fundo gerido pelo Juízo de Conciliação, a débito do qual eram pagos os processos habilitados ao acordo global", diz a nota.

Ainda conforme o TRT, cerca de um ano após a celebração do acordo global, o Hospital interrompeu as suas atividades, o que gerou uma demissão massiva e imediata de mais de 1200 (mil e duzentos) funcionários. Desde então, atento aos princípios da eficiência e celeridade processual, o Tribunal Regional do Trabalho tem envidado todos os esforços possíveis e necessários para que o débito trabalhista do Hospital seja quantificado da maneira mais completa possível.

Sesab lança estratégia para reduzir mortalidade neonatal

Com o objetivo de programar ações estratégicas visando à redução da mortalidade neonatal (até 28 dias de vida) e a qualificação da atenção ao recém-nascido, será lançada oficialmente na Bahia, pelo Ministério da Saúde, a "Estratégia QualiNEO". O lançamento será na próxima segunda-feira, dia 17, às 9 horas, na Maternidade de Referência Professor José Maria Magalhães Neto, quando será assinado o Termo de Adesão e Compromisso entre Secretarias de Saúde do Estado da Bahia e do Município de Salvador e as Maternidades do Hospital Geral Roberto Santos, Maternidade Professor José Maria de Magalhães Neto e Climério de Oliveira.

A Estratégia QualiNEO foi criada pelo Ministério da Saúde e apresentada aos estados prioritários - Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Piauí, Roraima e Sergipe - com maior concentração de mortalidade neonatal (acima de 11/1000 Nascidos Vivos). Os critérios para a seleção foram a existência de Centro de Referência no Método Canguru, Hospital de Ensino ou maternidade que concentram o maior número de óbitos neonatais absolutos do estado.

A Estratégia QualiNEO reúne as principais ações para garantir ao recém-nascido o melhor início de vida e que hoje são ofertadas e acompanhadas de maneira isolada, tendo como principal desafio a integração da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC), qualificação e habilitação de leitos neonatais, Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo Peso - Método Canguru, Bancos de Leite Humano (BLH), Prevenção de Infecção, Reanimação Neonatal, Transporte Neonatal e alta hospitalar segura.

Com a estratégia, pretende-se focar no recém-nascido como forma de dar continuidade à qualificação perinatal iniciada com a Rede Cegonha, que permitiu a melhoria da atenção à mulher, desde o planejamento reprodutivo até a gestação, parto e pós-parto.

OFICINA

Nos dias 17,18 e 19, será realizada a Qualificação da Atenção Neonatal, contemplando 40 profissionais das maternidades selecionadas, além de profissionais da Unidade de Referência Estadual de Banco de Leite Humano e das Diretorias da Atenção Especializada, Atenção Básica, Gestão do Cuidado, Vigilância Epidemiológica, Assistência Farmacêutica. A previsão é concluir a qualificação das maternidades prioritárias na Estratégia QualiNEO em 24 meses, e os serviços que apresentarem melhoria da atenção neonatal receberão o "SELO QualiNEO" de certificação, que os tornará aptos a matriciar a qualificação em outros estabelecimentos.

Referências em cuidado neonatal, visita guiada à Maternidade Professor José Maria de Magalhães Neto, estudo de casos, apresentação da Plataforma e Portal QualiNEO e elaboração do plano de ação integram a programação da oficina.

Campanha "Julho Amarelo" alerta para a prevenção das Hepatites Virais

Para marcar o mês de julho, designado "Julho Amarelo", considerado o mês de luta, prevenção e controle das hepatites virais, sendo o dia 28 o Dia Mundial, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em parceria com o Grupo Vontade de Viver, está promovendo uma série de atividades, com o objetivo de chamar atenção para a importância de se detectar a doença precocemente e buscar tratamento adequado. As hepatites virais se constituem em grave problema de saúde pública no mundo e no Brasil, tendo em vista a alta transmissibilidade e o impacto sócio econômico em virtude do comprometimento da qualidade de vida das pessoas acometidas pela infecção/doença e pelo custo com o tratamento.

Entre as atividades programadas para o "Julho Amarelo" está a realização de ações de prevenção, com disponibilização de preservativos e de materiais educativos sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis e vacinação contra a hepatite b, e realização dos testes rápidos nas unidades básicas de saúde e outros serviços de saúde, nos 417 municípios do estado. O Programa Estadual de IST/Aids e Hepatites Virais da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), da Sesab, recomenda aos serviços de saúde que promovam mobilizações visando chamar atenção de profissionais de saúde e usuários para a importância da prevenção, diagnóstico precoce e tratamento das hepatites virais, em especial as hepatites B e C.

Em parceria com o Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba) e o Centro Estadual Especializado em Diagnóstico, Assistência e Pesquisa (Cedap), será ofertada testagem rápida para hepatites B e C para os pacientes diabéticos, no dia próximo dia 25, no espaço físico do Cedeba. Além disso, a Sesab está apoiando as ações desenvolvidas pelas Organizações Não Governamentais (ONGs), a exemplo do Grupo Vontade de Viver e Comitê Estadual das Hepatites Virais. Haverá ainda testagem rápida no Tricenter (Itaigara), nos dias 21 e 22; no Hupes, no dia 28; atividades cientificas na Farmácia de Medicamentos Estratégicos, no Hospital Otavio Mangabeira, Fiocruz, Lacen, Apae, Associação Baiana de Medicina, Hemoba, Cremeb, Laboratório Sabin e no Sesc/Ba.

Vídeos educativos alusivos ao tema estão sendo exibidos nos SACs (Serviço de Atendimento ao Cidadão), e o Elevador Lacerda e a sede da Fiocruz terão iluminação amarela, em alusão à campanha, que também está divulgada em emissoras de rádio, por meio de "spots".

DADOS DA DOENÇA

Estima-se que no Brasil, 800 mil pessoas já foram infectadas pelo vírus da hepatite B e 1,5 milhão pelo vírus C. As hepatites virais A e E são de transmissão fecal-oral, enquanto as hepatites B, C e D são transmitidas pelo sangue (via parenteral, percutânea, vertical), esperma e secreção vaginal (via sexual). Os vírus B, C e D podem evoluir para doença crônica, que pode apresentar como desfecho a fibrose hepática, cirrose, além de carcinoma hepatocelular. Trata-se de um grave problema de saúde pública, sendo a primeira causa de transplantes de fígado no Brasil e, nas fases avançadas, podem levar a ocorrência de óbito.

A hepatite C tem predominância no sexo masculino, com 58% dos casos. Não se observa uma diferença significativa da razão entre os sexos para a hepatite B. No que se refere à faixas etárias, a mais acometida com hepatite B foi entre 20 a 49 anos, correspondendo a 73% dos casos confirmados, e a hepatite C acometeu mais a faixa etária de 35 a 64 anos com 73% dos casos..

O diagnóstico é feito por meio de teste rápido e outros exames específicos de laboratório, testes sorológicos e/ou de biologia molecular. Os quadros clínicos das HV são muitos diversificados e, de modo geral, as manifestações clinicam aparecem em fases avançadas de acometimento hepático. O teste rápido é gratuito e está disponível nas unidades da rede básica de saúde. Como forma de prevenção, recomenda-se uso regular de preservativos e realização do teste de hepatite B e C, além de evitar o compartilhamento de agulhas, seringas, material de manicure e pedicure, lâminas de barbear e depilar e procedimentos cirúrgicos, tatuagens e piercings que não atendam às normas de biossegurança.

O TRATAMENTO

O tratamento para as hepatites difere frente de acordo com a forma clínica apresentada, aguda ou crônica. O tratamento para as formas crônicas da hepatite B e C são específicos e existem pré-requisitos que precisam ser considerados. A partir de junho de 2015, o SUS decidiu incorporar uma nova classe de medicamentos para o tratamento da hepatite viral C crônica no âmbito da saúde pública, com novas terapêuticas, acesso flexibilizado, menores índices de efeitos adversos e maior expectativa de cura. A Divep/Sesab fez um esforço no sentido de descentralizar as novas medicações, ampliando e facilitando o acesso dos usuários da Bahia. De junho de 2015 até junho de 2017, foram tratados cerca de 800 pacientes com as novas drogas, com índice de cura de mais de 95%.

Mutirão de cirurgias devolve qualidade de vida à população

A partir da próxima segunda-feira (17), moradores de 21 municípios do Sudoeste baiano começam a passar por procedimentos cirúrgicos agendados nesta quarta-feira, quinta-feira e sexta-feira (12, 13 e 14) na etapa de Brumado do Mutirão de Cirurgias. A ação do Governo do Estado, viabilizada pela Secretaria da Saúde do Estado, tem como objetivo auxiliar na redução da fila de espera, atendendo aos pacientes com agilidade e cuidado.

As cirurgias serão realizadas no Hospital Municipal Professor Magalhães Netto, em Brumado. O enfermeiro Deleon Francisco, coordenador em campo do Mutirão de Cirurgias, explica que será dado acompanhamento completo ao paciente. "Todo o fluxo de atendimento está garantido, desde a avaliação pré-operatória até as consultas depois da operação. Os pacientes ainda recebem as medicações necessárias para a recuperação", explica Deleon Francisco.

Com a cirurgia de hérnia, marcada para o dia 26 de julho, a dona de casa Ivoneide de Oliveira comemora a realização do procedimento. "Hoje em dia, por conta das dores, não consigo fazer direito nem mesmo tarefas simples como limpar a casa", conta ela que ainda completa falando da felicidade de poder voltar a cuidar dos netos. "Até de carrinho e boneca vou brincar com eles", afirma Ivoneide de Oliveira, moradora de Ibicoara.

Quem também saiu com o procedimento agendado para o dia 26 de julho foi o trabalhador autônomo Antônio de Jesus. Ele conta que há cerca de dois anos vem sofrendo com dores por conta de uma hérnia. "Espero ter uma qualidade de vida melhor depois da cirurgia", disse o morador de Barra da Estiva.

Próximas etapas

A próxima etapa do Mutirão de Cirurgias beneficiará os moradores da região de Barreiras, onde as unidades móveis de saúde para realização dos exames e consultas pré-operatórios estarão no Parque de Exposições Engenheiro Geraldo Rocha, nos dias 19 e 20 de julho. Na semana seguinte, de 25 a 28 de julho será a vez da população da região de Candeias agendar as cirurgias nas unidades que ficarão na Praça Dr. Gualberto Dantas Fonte, no centro de Candeias. Do dia 2 ao dia 4 de agosto o Mutirão chega a Lauro de Freitas, onde os atendimentos serão feitos nos caminhões equipados para os atendimentos, que estarão estacionados no local onde está o Restaurante Popular, na Rua Euvaldo Santos Leite.

 

Fonte: BNews/Ascom Sesab/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!