22/09/2017

Feira: Uefs fica em 1º lugar dentre as universidades estaduais da BA

 

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) se destacou no Ranking Universitário Folha (RUF), divulgado esta semana pelo Jornal Folha de São Paulo. De acordo com a pesquisa, a Uefs ocupa a primeira colocação entre as universidades públicas estaduais. Na avaliação geral, obtém a segunda colocação no estado da Bahia, dentre instituições públicas e privadas, estando a frente dela apenas a Universidade Federal da Bahia (Ufba). No cenário nacional, a Uefs aparece na 63ª posição do ranking.

Nas avaliações específicas, que fazem parte do conceito geral do RUF, alguns cursos da Uefs se destacam nacionalmente. O curso de Odontologia, por exemplo, é indicado pelo ranking como o 9º melhor do país, no quesito “Avaliação Docente” e o 14º na avaliação geral. Já o de Farmácia é o 12º em qualificação docente e o 26º melhor curso do Brasil.

O reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, encara os resultados com uma importante reflexão. “Apesar dos cortes orçamentários, da perda de docentes com titulação de mestre e doutor devido a aposentadorias, do impacto da redução de verbas de pesquisas oriundas da Capes, da Fapesb e do CNPq, a Uefs segue como uma universidade de boa reputação acadêmica. Mas é preciso fazer um alerta: essa situação adversa não sustentará essa reputação indefinidamente. É preciso reverter o ciclo recente de financiamento inferior ao necessário”, disse.

O ranking avalia, anualmente, os cursos de graduação de universidades e faculdades públicas e particulares de todo o Brasil. Como nos anos anteriores, 195 instituições fazem parte da avaliação, feita com base em dados nacionais e internacionais, além de análise dos seguintes aspectos: pesquisa, ensino, mercado, internacionalização e inovação.

Reunião para estimular leitura de livros escritos por mulheres, neste sábado, em Feira

Acontece no Museu de Arte Contemporânea, equipamento da FUNTITEC, no dia 23 de setembro, sábado, a partir das 15h, a quarta reunião do Leia Mulheres, projeto que tem como objetivo disseminar e incentivar a leitura de escritoras.

Inspirado no projeto homônimo criado pela escritora Joanna Walsh, o #readwomen2014 (#leiamulheres2014), clubes de leitura se formaram em São Paulo e no Rio de Janeiro e ao longo do tempo têm surgido em outras cidades do país.

Abertos a participação de todos, os clubes contam com reuniões regulares para a leitura e discussão de obras literárias escritas por mulheres. Em Feira de Santana, continua suas atividades com uma roda de discussão sobre o livro Antologia de Florbela Espanca” da Florbela Espanca mediado por Larissa Rodrigues e Mariana Paim.

Feira Produtiva desperta interesse de município da Região Sisaleira

O programa de economia solidária Feira Produtiva, desenvolvido em Feira de Santana através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), será modelo para implantação das ações também em Queimadas, município distante cerca de 200km.

Toda a estrutura exitosa do programa feirense será conhecida, neste sábado, 23, por uma equipe de estudantes do Colégio Estadual Santa Bernadete. Eles passarão o dia nesta cidade. Visitarão, a partir das 8h3, o Mercado de Arte Popular, vão nas comunidades onde o programa está instalado e ainda visitam associações envolvidas nas ações.

O coordenador do Feira Produtiva, João Bosco, ressalta a importância do município receber os visitantes em função de Feira de Santana ser um polo de desenvolvimento. “Eles nos procuraram após ouvirem referências positivas sobre o trabalho desenvolvido aqui e pretendem instalar o programa de economia solidária também em Queimadas, tendo nossas ações como parâmetro”, frisou.

Somente em Feira de Santana são desenvolvidos projetos através de 56 associações, tanto da zona urbana quanto rural. Deste total, 15 entidades já receberam equipamentos e, em breve, outras cinco estarão também contempladas.

Juntas, as entidades já geram cerca de 9 mil empregos direitos e indiretos, desenvolvendo trabalhos com artesanato, confecções, brinquedos, doces, salgados, crochê, ornamentos diversos outros produtos.

Mais de mil árvores estão sendo plantadas em parques e avenidas de Feira

Até o final desta semana, parques e avenidas de Feira de Santana ganharão mais de mil novas árvores, sendo que aproximadamente 40% são frutíferas e os 60% tem características de arborização e revegetação. Nesta quinta-feira, 21, comemora-se o Dia da Árvore.

As árvores serão plantadas no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho, e nas avenidas Maria Quitéria e Ayrton Senna. “O plantio é um presente que a cidade ganha, na semana do seu aniversário”, diz o diretor do Departamento de Áreas Verdes, Deodato Peixinho.

Outras 300 mudas de rosa graxa, espécie ornamental, serão plantadas nas avenidas Ayrton Senna e Fraga Maia. De acordo com o diretor, metade das novas árvores foi produzida no viveiros localizado no Parque da Cidade e a outra é resultado de doações feitas ao município.

Todos os cidadãos, inclusive escolas, estão convidados a participar do plantio das árvores no Parque da Cidade, logo pela manhã. As frutíferas, diz o diretor, tem como objetivo de dentro de mais alguns anos, quando iniciarem a produzir, oferecer alimentos e atrair pequenos animais e pássaros ao parque.

A meta do DAV, diz o diretor, é que até o final do ano sejam plantadas mais de cinco mil novas árvores em Feira de Santana.

Portadores de déficit intelectual fazem curso de garçom na APAE

O curso de garçom oferecido na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Feira de Santana, dentre um leque de outros cursos profissionalizantes promovidos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), está capacitando e abrindo as portas do mercado de trabalho para pessoas com déficit intelectual.

As aulas são ministradas na APAE por um instrutor da Sedeso, semanalmente, todas as terças-feiras pela manhã. Atende 12 alunos com déficit intelectual e a previsão é de ser concluído até dezembro deste ano.

O instrutor também ministra curso de garçom nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) dos bairros Baraúnas e Lagoa Grande, além do Centro Integrado de Capacitação e Apoio ao Adolescente e Família Gilza Melo (Cicaf), todas as sextas-feiras, pela manhã e à tarde.

Para as pessoas portadoras de déficit intelectual, a capacitação profissional representa o aumento de possibilidades de ingresso no mercado de trabalho, inclusive cumprindo a lei que garante reserva de cotas de postos de serviço em empresas com mais de 100 funcionários, para quem possui algum tipo de deficiência física, intelectual ou visual.

Fernando Torres nega que desistência de candidatura seja para ajudar Otto Filho

Com a nomeação de Jusmari Oliveira (PSD) para a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do estado, o deputado federal licenciado Fernando Torres (PSD) retorna à Câmara dos Deputados, mas não pretende renovar o mandato. Em entrevista ao BNews, o pessedista reafirmou que pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), mas negou que a decisão seja para abrir caminho para Otto Filho (PSD), que deve tentar emplacar um mandato em Brasília. “Não é por isso. Quero ficar na Bahia, mais perto da família”, garantiu.

Torres disse ainda que escolheu por conta própria deixar a Sedur e que encerrará seu ciclo na capital federal travando embates com o governo Temer. E acrescentou que escreveu uma carta ao governador Rui Costa (PT) agradecendo pela “confiança” e pelo “excelente quadro que encontrei”, e ainda negou qualquer possibilidade de deixar o PSD, o que foi aventado nos últimos meses.  “Não tem possibilidade nenhuma. Só se Otto Alencar deixar o partido. Sigo para onde ele for”.

Também em entrevista ao BNews, o senador Otto Alencar (PSD) endossou as declarações do correligionário, ressaltando que contará com ele na oposição a Temer. “Ele vai me ajudar nesse embate. Ele já tinha me ajudado no caso da votação [da denúncia contra Temer], foi para votar e votou comigo. É muito amigo meu”, disse.

Sobre as tratativas que envolveram a possibilidade de Jusmari assumir a pasta de Ciência e Tecnologia (SECTI) e se filiar ao PSB, Otto disse que isso foi cogitado, mas que “tinha certeza de que Jusmari não deixaria o PSD”. “Tenho uma relação política com ela, mas vai além disso. Temos uma amizade muito grande”, acrescentou.

Torres revela carta a Rui, nega briga e garante que fica no PSD

O deputado federal e ex-secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Fernando Torres (PSD), revelou, na manhã desta quinta-feira (21), que escreveu uma carta ao governador Rui Costa (PT) para “agradecer a confiança” de tê-lo posto na titularidade de Sedur e negou que ocorreu “briga” após o desligamento da pasta.

“Foi uma decisão nossa de voltar para Brasília em conjunto com o partido. Brasília está passando por um momento difícil e a gente precisa estar lá para opinar sobre a denúncia de Temer e a reforma da Previdência. A secretaria está tranquila e redonda. Serei mais útil em Brasília do que em Salvador, Não teve briga, ao contrário, só posso agradecer ao senador Otto Alencar pela indicação e a confiança do governador Rui Costa”, afirmou, em entrevista ao bahia.ba.

Torres rejeitou a possibilidade de sair do PSD, como se especulou em agosto deste ano. O parlamentar foi convidado pelo presidente estadual do partido, Otto Alencar, a redigir uma carta de desligamento da agremiação, mas não fez. “Contínuo no PSD, que está mais forte do que nunca”, assegurou.

O parlamentar reafirmou que será candidato a deputado estadual na eleição de 2018. Também antecipou à reportagem que votará a favor da admissibilidade da acusação formal de obstrução de Justiça e organização criminosa feita pela Procuradoria Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB).

O ex-secretário também prometeu se manifestar contra a reforma da Previdência, caso seja levada a plenário.

Otto diz que Torres fica no PSD

O presidente estadual do PSD e senador, Otto Alencar, voltou a negar, em conversa com o Metro1, na manhã desta quinta-feira (21), algum tipo de desentendimento com o ex-secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado e atual deputado federal, Fernando Torres. Segundo Otto, Torres continua no partido. "Ele continua no PSD. Ele mesmo falou com o governador para sair da Sedur. Estou muito satisfeito com ele e ele é muito próximo a mim, jantamos sempre juntos em Brasília. Volta para a Câmara para nos ajudar", ressaltou.

Otto também falou de sua relação com a nova titular da Sedur, a ex-prefeita de Barreiras e ex-deputada, Jusmari Oliveira (PSD). "Minha relação de amizade com ela é acima de política, temos uma amizade de muitos anos, devo muito a ela. ela tem muito crédito comigo", afirmou.

 

Fonte: BNews/Secom PMFS/Bahia.ba/Metro 1/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!