05/10/2017

Canudos: Secti inaugura laboratório de robótica

 

Em comemoração aos 120 anos da Guerra de Canudos, o Governo do Estado, através da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), inaugura o Núcleo de Robótica de Canudos, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), no sertão baiano. A cerimônia de inauguração acontece nesta quinta-feira (5), às 11h30, no Campus Avançado da Uneb, com a proposta de ser um espaço para as primeiras noções de programação e a prática de robótica que fomente a inclusão sociodigital, visando o desenvolvimento econômico e social de uma região marcada pela seca.

O laboratório tecnológico em Canudos recebeu equipamentos do Governo do Estado e do Ministério da Ciência Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC). O presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, garantiu apoio financeiro e técnico, junto com a Secti, para viabilizar a operação do laboratório. “Inicialmente serão 40 computadores que irão atender duas turmas de 40 jovens, entre pesquisadores e estudantes da universidade, sendo que a cada quatro meses novas turmas serão abertas”, esclarece Farruggia, que também disponibilizou impressora 3D, drone, robô, dentre outros equipamentos.

O secretário da Secti, Vivaldo Mendonça, que vai representar o governador Rui Costa, ressalta o significado da Guerra de Canudos, de luta e resistência do povo do sertão baiano, no final do século XIX, e que, apesar dos 120 anos, ainda é um assunto muito atual. “Com a inauguração do Laboratório de Robótica, cria-se um campo de oportunidades e de interrelação com inclusão socioprodutiva e de alta tecnologia. Quero também destacar a presença da Uneb em Canudos e o trabalho conduzido pelo professor Luiz Paulo Neiva”

Tomando como referência a liderança popular de Antônio Conselheiro durante a Guerra de Canudos, o estudante Vinícius Melo, 15 anos, será um dos monitores do laboratório. “Meu papel será ensinar a essas pessoas o básico das disciplinas relacionadas à tecnologia”, explicou Vinícius que, apesar da pouca idade, também é coordenador de comunicação do Programa Onda Digital da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e trabalha com inclusão sociodigital e software livre para crianças, jovens e egressos da universidade.

Exposição sobre os 120 anos da Guerra de Canudos começa dia 5, em Feira

Em referência aos 120 anos da guerra de Canudos, acontece no MAC, dia 5 de outubro, às 19h, o lançamento da Exposição Coletiva do Ateliê Joana Imaginária, resultado da oficina realizada pelo artista Zé Andrade em agosto deste ano na cidade de Itapiciru/BA.

A exposição explora as diversas possibilidades do uso do barro na arte e ficará exposta até o dia 20 de outubro no Museu de Arte Contemporânea.

Zé Andrade se relaciona com o universo em um processo de criação artística visionária e mitológica, em que a terra, a água e o fogo se mesclam, compondo o homem e dando vida, tato e expressão aos diversos protagonistas do Brasil.

Produção de romã, pera e caqui no Vale do São Francisco é motivo de otimismo para pesquisadores

Romã, pera, caqui, lichia, rambutã. Frutas típicas de clima temperado continuam sendo testado, com sucesso, no Vale do São Francisco. A pesquisa iniciada há 7 anos em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e a Embrapa seguem provocando otimismo aos pesquisadores.

Em áreas de cultivo experimental localizadas em Petrolina e em unidades de observação mantidas em diferentes pontos do Vale, a Embrapa Semiárido tem realizado pesquisas voltadas para a identificação das melhores técnicas de manejo e adaptação de culturas de maçã, pera, caqui e romã, dentre outras, às especificidades da região. Os estudos são financiados pela Codevasf.

Pesquisas já demonstraram a viabilidade técnica da produção de maçãs, peras e caquis no Vale do São Francisco. De acordo com Paulo Roberto Coelho Lopes, coordenador do projeto na Embrapa Semiárido, o cultivo de maçãs alcançou produtividade.

“As macieiras com as quais obtivemos produção média de 40 toneladas por hectare. No Sul do país, plantas com essa idade produzem entre 12 e 15 toneladas por hectare no ano, em média”, compara Lopes, que atribui os bons resultados das macieiras implantadas no semiárido ao trabalho de adaptação conduzido pela Embrapa Semiárido com o apoio da Codevasf.

As áreas experimentais de cultivo de pera mantidas pela Embrapa Semiárido no perímetro irrigado Bebedouro, em Petrolina, apresentaram produção média de 60 toneladas por hectare ao ano.  A produção de caqui em áreas irrigadas do semiárido também tem se mostrado tecnicamente possível. Caquizeiros com três anos de idade estão produzindo dez toneladas por hectare ao ano, enquanto em outras áreas do país as plantas começam a apresentar bons resultados de produção apenas por volta do oitavo ano de vida.

Mangas produzidas no Vale do São Francisco serão exportadas para a Coreia do Sul

Mangas produzidas no Vale do São Francisco serão exportadas para a Coreia do Sul. Está será a primeira vez que o Brasil vai vender o produto para o país asiático. A previsão, é que sejam comercializadas cerca de duas mil toneladas da fruta. O principal destino será a capital sul-coreana, Seul. Os produtores da região estão animados com esse novo mercado.

“Essa exportação, além de ser a primeira enviada para a Coreia do Sul, ela vai trazer um novo mercado para nossas frutas”, diz Tássio Lustosa, gerente-executivo da Associação de Produtores, Exportadores, Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco (Valexport).

As primeiras caixas de manga devem ser enviadas para a Coreia do Sul no início do mês de outubro.

Cicero Dantas: UPB Capacita realiza treinamento para aprimoramento da gestão

“Estar prefeito hoje no Brasil, em cidades de pequeno e médio porte é remar contra a maré num mar revolto”. Com esse desabafo sobre a responsabilidade e os desafios impostos à gestão municipal, o vice-presidente da UPB, Antônio Silva Neto, prefeito de Araci, abriu os trabalhos do UPB Capacita, que acontece nesta quarta e quinta-feira (4 e 5/10), em Cícero Dantas, no nordeste baiano.

O treinamento pretende aprimorar o conhecimento de gestores e técnicos municipais sobre a reforma do código tributário, convênios federais, recuperação de crédito, controle interno e demais assuntos relevantes da administração.

Para Silva Neto, a gestão é uma construção coletiva e o prefeito precisa ter a confiança de que seus técnicos agirão de acordo com a lei e empreendendo na administração. “Existem os procedimentos administrativos e legais pelos quais nos responsabilizamos e aí que vem a importância da capacitação, porque esses técnicos vão construir conosco o nosso futuro de ex-prefeitos sem responder a processos. Tenho certeza que a UPB está aqui para nos ajudar neste sentido, como têm demonstrado o presidente Eures”, reforçou.

O prefeito de Cícero Dantas, Ricardo Almeida, agradeceu por sua cidade sediar o evento e destacou a credibilidade da União dos Municípios da Bahia no tocante ao aprimoramento da gestão pública. “Por onde a UPB passa levando essa capacitação, o município colhe frutos e a prospecção de recursos tem ganhos. Tenham certeza que todos sairão daqui com um projeto administrativo diferenciado, com uma mentalidade mais voltada à eficiência da gestão”, ressaltou. Essa opinião foi compartilhada pelo prefeito de Santa Brígida, Clériston Gomes, presidente do Consórcio Sertão Baiano. “Mesmo diante dessa brutal crise, nos precisamos estar de cabeça erguida, com a conduta reta, e muitas vezes fazendo ajustes, como orienta a UPB”.

O evento tem o intuito de apresentar soluções para a administração pública, a exemplo da orientação dada pelo gerente geral do Banco do Nordeste, Pedro Júnior. Ele esclareceu dúvidas sobre a Lei 13.340, que atende a operação de créditos e renegociação de dívidas rurais, com descontos e redução de juros. “A partir desta regularização dá a possibilidade dessas famílias tomarem novo crédito”, afirmou ao convocar os prefeitos para investir na liquidação das dívidas e injetar dinheiro novo nos municípios.

Outra ação importante para administração, a contratação de convênios, foi tema da participação da Caixa Econômica Federal. “A Caixa tem uma grande estrutura de atendimento aos municípios e ratificamos nossa disponibilidade em estabelecer parcerias para desenvolver as equipes de gestão municipal”, revelou o gerente do banco em Cícero Dantas, Jel Costa Vilela.

Na ocasião, o representante do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Carlos Ferreira Neto, também colocou a entidade à disposição para implantar nas prefeituras os programa de estágio. Segundo o gestor, a iniciativa pode ser uma solução para contratar pessoal sem impacto no índice de gasto com pessoal.

O público-alvo do UPB Capacita é formado por prefeitos, vereadores, secretários de administração, infraestrutura, desenvolvimento, finanças, controladores, técnicos de planejamento e captação de recursos. Em Cícero Dantas, mais de 200 pessoas acompanharam a abertura da capacitação no espaço Shangrila Eventos.

Santa Brígida: Padre Teles poderá ficar inelegível por 8 anos após votação de suas contas na Câmara

Provavelmente na próxima quarta-feira (11/10) a Câmara de Vereadores da cidade de Santa Brígida estará julgando as contas do ex – prefeito Padre Teles. O julgamento é referente aos anos de 2006 com parecer prévio nº 716/07 e 2011 com processo do TCM nº 07456/12), onde notifica o José Francisco dos Santos Teles.

De acordo com o edital de convocação N° 01/2017, diz que a Câmara Municipal de Vereadores de Santa Brígida, representada por seu presidente, no uso das atribuições legais conferidas pelo Regimento Interno, considerando a disponibilidade e obrigatoriedade do Julgamento das contas públicas dos exercícios financeiros dos anos 2006 (Parecer Prévio Nº 716/07) r 2011 (Processo TCM Nº 07456-12) do Município de Santa Brígida – Bahia -NOTIFICA o Sr. José Francisco dos Santos Teles, para tomar ciência da abertura dos trabalhos (20.09.2017) e de todo teor acima descrito, para que apresente no prazo regimental defesa técnica que julgar necessária, exercitando de forma ampla e contraditório e a ampla defesa, sendo-lhe também assegurado o  direito de acompanhar todas as sessões de julgamento que entender pertinente e acessar todo e qualquer documento inerente a defesa.

Ressalta-se que pelo fato do endereço do notificado/interessado ser ignorado, o presente edital de convocação será devidamente publicado no site desta casa e afixado em locais públicos.

 

Fonte: Ascom Secti/BlogGeraldoJosé/Secom PMFS/Calila Noticias/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!