07/10/2017

Feira: Tomógrafo do HGCA está quebrado há 3 meses

 

Pacientes do Hospital Clériston Andrade em Feira de Santana estão sem fazer exames por conta do tomógrafo da unidade de saúde estar quebrado. O problema ocorre há três meses e afeta quem sofre com tumor cerebral.

Segundo o G1, o equipamento atende uma demanda de 127 municípios.

Um dos pacientes que necessitam da regularização do aparelho é o idoso José Melquíades da Paz, de 69 anos. Com quatro tumores no cérebro, ela precisa passar por uma tomografia antes de se submeter à cirurgia.

Ao site, o diretor geral do hospital, José Carlos Pitangueira, disse que o problema será corrigido em 12 dias. Pitangueiras informou ainda que alguns pacientes têm feito cirurgias.

MP abre 650 inquéritos por violência doméstica só este ano, em Feira

A Promotoria Pública da Vara da Violência Doméstica abriu cerca de 650 inquéritos policiais relacionados à violência doméstica em Feira de Santana, somente este ano, números computados até o dia 31 de agosto. Os dados alarmantes foram apresentados pelo promotor público Alex Santana Neves, durante reunião bimestral de órgãos públicos e de movimentos sociais que formam a rede de proteção às mulheres, realizada no Centro de Referência da Mulher Maria Quitéria (CRMQ).

A coordenadora do CRMQ, Maria Luiza Coelho, observa que a rede está sendo fortalecida a todo instante por órgãos públicos e movimentos sociais engajados na luta pela garantia de direitos das mulheres, atuando na prevenção e combate a violência doméstica.

Na avaliação do promotor público Alex Santana Neves, o volume de inquérito já exige do Município a existência de mais uma promotoria especializada para tratar do assunto. “Já há sinalização neste sentido. E espero que se efetive pois a promotoria está extremamente assoberbada com a demanda”, afirmou.

Durante a reunião, a vereadora Gerusa Sampaio, que possui diversas ações voltadas para a defesa dos direitos das mulheres, apresentou cópias de projetos de lei já aprovados e outros em tramitação, de sua autoria, visando assegurar direitos e reparar os danos sofridos pelas vítimas de violência doméstica e familiar.

Gerusa Sampaio explica que já foram aprovadas e aguarda sanção a lei que garante cirurgia plástica reparadora para mulheres vítimas de violência doméstica. E sancionada lei que dispõe sobre a inclusão do critério de prioridade à mulher vítima de violência doméstica na inscrição e aquisição em programas habitacionais neste município; reserva de vagas em creches e escolas da rede municipal para os filhos destas mulheres e sobre a apresentação de vídeo educativo, contendo conhecimentos básicos sobre a Lei Maria da Penha para alunos das escolas públicas municipais do ensino fundamental.

Enquanto isso, a ginecologista e sexóloga Renata Soraia Alves Costa, da Secretaria Municipal de Saúde fez a apresentação do Serviço de Sexualidade Humana. “É um programa que visa tratar distúrbios da sexualidade em homens e mulheres, desde disfunção erétil, falta de desejo, orgasmo até violência de gênero”, frisou.

E por sua vez a ONG Versus de Mulher, representada pela fundadora Fabiana Machado, enfatizou sobre o engajamento da entidade no combate e prevenção à violência contra as mulheres através da poesia, despertando o amor nas pessoas através de frases de efeito em camisas produzidas pela instituição sem fins lucrativos.

Comunidade contribui com elaboração do Plano de Segurança Alimentar

Comunidades das zonas urbana e rural de Feira de Santana apresentaram, na tarde desta quinta-feira, 5, durante reunião na Associação Comercial e Empresarial, as dificuldades vivenciadas nas suas respectivas localidades para garantirem a segurança alimentar. A iniciativa é do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional visando conhecer a realidade detalhada do município e fazer um diagnóstico que servirá como base para traçar as ações de enfrentamento a serem inseridas no Plano de Segurança Alimentar.

Dentre as principais carências que resultam na insegurança alimentar, conforme frisou a presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar, Celi Rios, está a dificuldades enfrentada por diversas comunidades da zona rural para garantir o abastecimento de água, vital no processo da cadeia alimentar.

Celi Rios explica a estratégia para elaboração do plano nesta etapa. “Para que o plano reflita a realidade e atenda às necessidades do município, foram convidados representantes de várias associações, dos distritos, das ONGs, de faculdades e de diversos segmentos organizados da sociedade para a elaboração do plano”, frisou.

A previsão, conforme explica a assistente social Luize Arapiraca, é de conclusão dos trabalhos até final deste ano. Atingindo o cronograma programado, Feira de Santana, segundo ela, será a primeira cidade baiana a contar com um Plano de Segurança Alimentar e Nutricional.

Os estudos estão sendo coordenados pela consultora Jainei Silva, especialista contratada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) para desenvolvimento do Pano em Feira de Santana.

Além de ouvir e coletar as demandas de cada localidade do município, Jainei Silva também está captando as sugestões dos participantes do evento para fazer um diagnóstico e traçar as ações a serem desenvolvidas.

Atingir 100 praças revitalizadas este ano, meta da Sesp

Com o objetivo de oferecer ambientes agradáveis, limpos e de convívio social, onde as pessoas possam interagir, criar vínculos, praticar atividades esportivas, recreativas e de lazer, a Prefeitura Municipal de Feira de Santana, por meio do Departamento de Áreas Verdes da Secretaria de Serviços Públicos, vem intensificando a revitalização de praças públicas nas zonas urbana e rural.

De acordo com o diretor do Departamento, Deodato Peixinho, em Feira de Santana há mais de 180 praças públicas, que recebem manutenção periódica com serviços de pintura; corte de gramas; poda de árvores; replantio de mudas; manutenção da iluminação e do sistema de irrigação; reposição de lixeiras; recuperação de piso, meio-fio, bancos e de parques infantis; entre outras intervenções para prolongar a vida útil desses equipamentos.

“A SESP revitaliza ou recupera uma média de oito a 12 praças públicas mensalmente. As praças dos conjuntos ACM, Luís Eduardo e Feira IV, bem como do Povoado Alto dos Santos, Candeal II, Tiradentes e 2 de Julho estão entre os logradouros que já receberam manutenção este ano. Estamos trabalhando intensamente para ultrapassarmos, até o final do ano, a marca de 100 praças revitalizadas”, anseia.

O secretario da SESP, Justiniano França, ressaltou que praças públicas preservadas geram maior qualidade de vida aos moradores e visitantes. “Infelizmente, os atos de depredação de bens públicos ainda são constantes, o que gera prejuízos ao meio ambiente e ao erário. É preciso que os cidadãos e cidadãs criem a consciência de preservar e de valorizar os espaços e equipamentos públicos”, avalia.

Aberto de Futsal começa segunda com 25 times inscritos

Promovido pelo Departamento de Esportes da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), o Aberto de Futsal terá 25 times na disputa pelo título de campeão. As partidas serão iniciadas na noite da próxima segunda-feira, 9, no Complexo Poliesportivo Oyama Pinto.

Os confrontos foram definidos através de sorteio das chaves, durante reunião dos organizadores com os dirigentes dos clubes. Foram definidas cinco chaves, gerando quatro partidas entre os times por grupo. As competições serão realizadas de segunda-feira a sexta-feira, até o dia 1º de dezembro.

De acordo com o sorteio para o Aberto de Futsal, no Grupo A estão os times Golden Boys, Feirense, PGV, Havaí e Real City. Já no Grupo B estão Mega Boys, Acmos, Cidade Nova, Show Business e Lendários.

Enquanto isso, no Grupo C estão os times Fênix, Porto, Barra Vento, Luiz Viana e Internacional. Pelo Grupo D estão os clubes Feras, Afronte, Mustang, Real Subaé e Meninas da Vila. E, por fim, no Grupo E estão Locomotiva, Ipiranga, Tapa na Galinha, Juventus e Fera City.

O diretor do Departamento de Esportes da Secel, Emerson Brito, explica que nesta primeira fase serão classificados os 16 melhores times de futsal do geral. O time campeão representará Feira de Santana no Aberto Bahia de Futsal e no Campeonato Baiano. O coordenador Ailton Gomes explica que todas as partidas serão realizadas à noite.

Finais em quatro modalidades encerram Olimpíada Estudantil neste sábado

As disputas por medalhas nas modalidades natação, atletismo, vôlei de areia e karatê, na manhã deste sábado, 7, no Ginásio Oyama Pinto, no Campo Limpo, encerrarão a XVI Olímpiada Estudantil de Feira de Santana.

As premiações – os primeiros e segundos colocados receberão suas medalhas, acontecerão a partir das 11h, com a presença do prefeito José Ronaldo de Carvalho e outras autoridades municipais.

Neste ano, mais de 3,5 mil estudantes de 80 escolas das redes públicas e privadas participaram da Olimpíada, números considerados excelentes pelo Departamento de Esportes do Município, órgão da Secel.

Os atletas disputaram medalhas nas modalidades futebol, futsal, vôlei e vôlei de areia, natação, atletismo, handebol, basquete, karatê, jiu-jitsu e ginástica rítmica.

Para o chefe de Atividades Esportivas da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Feira de Santana, Antônio Carlos Rocha, o ambiente das Olimpíadas é de socialização e de disciplina.

“Este é o conceito primordial das Olimpíadas Estudantis”, afirmou. Os jogos foram iniciados no dia 1º de setembro. As competições foram realizadas aos finais de semana.

 

Fonte: BN/Secom PMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!