29/10/2017

Bahia: Governo inaugura quatro policlínicas a partir de novembro

 

Neste fim de ano, serão entregues as primeiras quatro policlínicas regionais de saúde, totalmente equipadas, que irão oferecer aos moradores das regiões de Teixeira de Freitas (extremo sul), Guanamb (sudoeste)i, Jequié (centro) e Irecê (centro norte) consultas em até 18 especialidades diferentes por unidade. Além disso de exames como ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia e colonoscopia.

As policlínicas fazem parte dos Consórcios Públicos de Saúde, iniciativa do Governo da Bahia para levar atendimento especializado e exames de alta complexidade ao interior, evitando, com isso, que os pacientes se desloquem para os grandes centros em busca desses atendimentos.  As obras e os equipamentos foram custeados com recursos financeiros do governo estadual e o custeio mensal será de 40% para o Estado e os 60% restantes serão divididos entre os municípios consorciados.

Ao todo, a Bahia já possui 11 Consórcios formados, nove em discussão, além de outras cinco policlínicas já em obras. Para o secretário estadual da Saúde,, Fa´bio Vilas-Boas, “o projeto das policlínicas irá mudar a realidade da atenção de média complexidade na Bahia, garantindo maior resolutividade às unidades básicas de saúde”.

Policlínica de Teixeira de Freitas

Com investimentos em torno de R$ 25 milhões, o Governo do Estado entrega a policlínica no dia 17 de novembro, equipada com aparelhos de ponta, além de sete microônibus para o transporte dos pacientes.  A unidade vai beneficiar também os moradores de Itanhem, Medeiros Neto, Vereda, Lajedão, Ibirapuã, Caravelas, Posto da Mata, Nova Viçosa, Mucuri, Prado,Alcobaça, Itamaraju e Jucuruçu.

Policlínica de Guanambi

No dia 24 do mesmo mês, será a vez de a população da região de Guanambi receber sua unidade totalmente equipada. Para isso, o Governo investiu R$ 24 milhões, entre obras, equipamentos e microônibus, e vai atender moradores dos municípios de Caculé, Caetité, Carinhanha, Guanambi, Ibiassucê, Igaporã, Iuiú, Jacarací, Lagoa Real, Licínio de Almeida, Malhada, Matina, Mortugaba, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Rio De Santana, Rio Do Antônio, Sebastião Laranjeiras e Urandi. Os pacientes terão 12 micro-ônibus à sua disposição.

Policlínica de Jequié

Nesta policlínica foram investidos mais de R$ 20 milhões em construção, aquisição de equipamentos e microônibus. A inauguração será no dia 16 de dezembro e vai atender, além de Jequié, os municípios de Aiquara, Apuarema, Barra do Rocha, Boa Nova, Brejões, Cravolândia, DarioMeira, Ibirataia, Ipiaú, Irajuba, Iramaia, Itagi, Itagibá, Itamari, Itaquara, Ituruçu,Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Lafaiete Coutinho, Lajedo do Tabocal, Manoel, Vitorino, Maracás, Nova Itarana, Planaltino e Santa Inês.

Policlínica de Irecê

No dia 22 de dezembro Irecê ganha a policlínica, que vai contemplar 20 municípios. Com mais de R$ 25 milhões investidos, a unidade atenderá também aos moradores dos municípios de  América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Cafarnaum, Canarana, Central, Gentio do ouro, Ibipeba, Ibititá, Itaguaçú da Bahia, João Dourado, Jussara, Lapão, Mulungu do Morro, Presidente Dutra, São Gabriel, Uibaí e Xique- Xique. Os pacientes contarão com 12 micro-ônibus.

Mutirão de Cirurgias beneficia população da Bacia do Jacuípe

A partir do dia 14 de novembro, moradores da região de Riachão do Jacuípe que precisam fazer cirurgias de hérnia (umbilical, epigástrica e inguinal), histerectomia total (retirada do útero) e colecistectomia (vesícula) começam a fazer os procedimentos agendados durante o Mutirão de Cirurgias, programa do Governo do Estado, viabilizado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A etapa no município da Bacia do Jacuípe começou a realizar as consultas e exames pré-operatórios nesta sexta-feira (27). As unidades móveis para os atendimentos ficarão na Praça Landulfo Alves (praça do palco) até este sábado (28).

Moradora de Riachão do Jacuípe, Mirian Sampaio conta que há cerca de um ano ficou sabendo da necessidade de fazer uma cirurgia de vesícula, mas sempre adiava buscar o atendimento. "O Agente Comunitário de Saúde me falou do Mutirão e eu não podia perder a oportunidade de resolver meu problema. Não quero mais sentir as dores que tenho sentido ao longo desse tempo", afirmou Mirian, que fará o procedimento no dia 16 de novembro. Um dia antes, quem também passará por uma operação de vesícula será Ana Amélia Silva Reis. "Um ponto muito positivo aqui é que a cirurgia foi marcada rapidamente", comemora.

Além dos moradores de Riachão do Jacuípe, esta etapa do Mutirão de Cirurgias está beneficiando a população de Anguera, Candeal, Capela do Alto Alegre, Gavião, Ichú, Pé de Serra, Nova Fátima e Serra Preta. As cirurgias serão realizadas no Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe.

Próxima Etapa

A próxima etapa do Mutirão de Cirurgias acontecerá em Guanambi, onde as consultas e exames pré-operatórios serão realizados no período de 30 de outubro a 1 de novembro. As unidades móveis estarão estacionadas na Praça Henrique Pereira Donato. Diariamente, serão feitos até 250 atendimentos, começando às 7h da manhã e encerrando depois do último paciente na fila.

Para ser atendido, o paciente já deve ter a indicação médica para a cirurgia e ter feito o cadastro na Secretaria de Saúde do município de residência. Caso ele não tenha feito o cadastro prévio, mas tenha exames que comprovem a necessidade de realizar uma das cirurgias oferecidas, o paciente poderá se dirigir ao local das consultas pré-operatórias munido de RG, CPF, cartão do SUS, comprovante de residência e exames de sangue (uréia, creatinina, TP, TTPA, glicemia em jejum e hemograma). As mulheres que farão histerectomia devem levar também o exame preventivo.

Dia Mundial do AVC tem diversas atividades em Salvador

O Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC) é neste domingo (29/10). Por isso, neste final de semana, a Campanha Nacional de Combate ao AVC realiza distribuição de informativos e orientações sobre a prevenção ao AVC na Praça da Revolução de Periperi no sábado (28/10) e ações educativas na Avenida Magalhães Neto e no Dique do Tororó no domingo (29/10). As atividades ocorrem durante todo o dia nestes locais.

O objetivo da Campanha que teve início no dia 21 é provocar as pessoas para encontrar um razão na vida que as motive para prevenir o Acidente Vascular Cerebral (AVC). "Qual o seu motivo para prevenir um AVC?" é a pergunta feita para a população, nas diversas peças publicitárias produzidas e veiculadas em todo o país durante o período da campanha. A Campanha Nacional de Combate ao AVC realizada no Brasil é uma das ações promovidas em todo o mundo pela Organização Mundial do AVC (WSO), com a finalidade de alertar e orientar a população sobre esta doença.

Em Salvador, durante a Campanha Nacional de Combate ao AVC, diversas ações já aconteceram. Farol da Barra, Dique do Tororó e estações de transbordo como o terminal do Retiro foram os locais destinados à divulgação da campanha.

De acordo com os dados estatísticos fornecidos pelo Ministério da Saúde (MS), em 2015, o AVC foi fatal para mais de 100 mil pessoas. Isso significa que, diariamente, cerca de 300 pessoas morrem vítimas do AVC no Brasil. O estado da Bahia teve neste período o total de 6.795 óbitos motivados pelo AVC, uma média de 19 pessoas vitimadas diariamente pela doença.

Outra estatística também precisa ser considerada é a incapacidade provocada na pessoa após o AVC. Este fato coloca a doença como uma das principais causas de afastamento das rotinas cotidianas e funcionais, trazendo enormes custos financeiros e sociais para o país, além de desestruturar toda a organização familiar do paciente. Para se ter ideia, em 2015, no Sistema Único de Saúde (SUS), mais de 228 mil pessoas foram hospitalizadas no Brasil com o diagnóstico de AVC.

A Campanha de Combate ao AVC em Salvador será desenvolvida em conjunto pela Secretaria da Saúde do Governo da Bahia, Secretaria Municipal de Saúde de Salvador, Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Bahia, Grupo CCR, Arena Fonte Nova e a equipe do Hospital Geral Roberto Santos.

 

Fonte: Ascom Sesab/Rede Brasil AVC/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!