02/11/2017

Feira: Circuito Cultural apresenta espetáculos em escolas municipais

 

O Circuito Cultural Belgo Bekaert  apresenta os espetáculos Momentos Mágicos e Além da Imaginação, de 6 a 9 de novembro, em doze escolas públicas municipais de Feira de Santana. As apresentações vão acontecer na Escola Municipal Prof. Luciano Ribeiro Santos, Escola Municipal Professora Helena Assis Suzart, Escola Municipal Dr. Nilton Bellas Artes, Escola Municipal Elizabeth Jonhson, Escola Municipal Chico Mendes, Escola Municipal Antônio Elói da Costa, Escola Municipal Jacira Almeida Santos, Escola Amélia Dourado Neves, Escola Municipal Diva Matos Portela, Escola Municipal Professora Marilia Queiroz Silva, Escola Municipal Professora Francy Silva Barbosa e Escola Municipal Professor Wilson Moreira Mascarenhas

O espetáculo “Momentos Mágicos” é um convite para uma jornada por diversas experiências que colocam a realidade e as percepções da plateia em destaque. A mágica é arte de encantar e iludir as sensações humanas e mostra como em pequenos momentos é possível transformar a realidade comum em experiências extraordinárias. O espetáculo é uma busca constante para encontrar a magia no que há de mais simples.

Já “Além da Imaginação” mescla mágica, poesia, música e elementos visuais interativos. O espetáculo é um portal de entrada para uma viagem ao mundo dos sonhos, da fantasia e das ilusões. A mágica permite que se vá para "Além da Imaginação", pois a partir dela o impossível se torna possível, a ficção se torna realidade e o mundo dos sonhos se torna possibilidade. O público é parte da construção deste portal e é personagem principal desta experiência, pois a mágica acontece dentro de quem acredita. É preciso acreditar para que o impossível aconteça, é preciso imaginar para que o surreal apareça.

A temporada 2017 do Circuito Cultural Belgo Bekaert, que está em sua sétima edição, segue até o fim de novembro com atrações direcionadas ao público infantojuvenil. O programa é realizado em Feira de Santana desde 2011 e já levou cerca de 65 mil espectadores às 278 apresentações realizadas em teatros, praças e escolas da cidade.

O Circuito Cultural é promovido pela empresa Belgo Bekaert Arames por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e tem como proposta oferecer uma programação cultural regular à comunidade e democratizar a cultura como fonte de conhecimento e desenvolvimento. A iniciativa  conta ainda com o apoio da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, Jornal Folha do Estado, Hotel Classe Apart e produção da Lima Produções Culturais. Além de Feira de Santana, o programa está presente em outras quatro cidades brasileiras - Contagem e Vespasiano (MG), Osasco e Hortolândia (SP). A programação e mais informações sobre o Circuito Cultural Belgo Bekaert podem ser conferidas na página  https://www.facebook.com/circuitoculturalbelgobekaert.

  • Confira a programação do Circuito Cultural Belgo Bekaert em Feira de Santana:

Espetáculo: Momentos Mágicos

06 de novembro

10h - Escola Municipal Prof. Luciano Ribeiro Santos

13h30 – Escola Municipal Profa. Helena Assis Suzart

15h30 – Escola Municipal Dr. Nilton Bellas Artes

07 de novembro

08h30 - Escola Municipal Elizabeth Jonhson

10h30 – Escola Municipal Chico Mendes

14h – Escola Municipal Antônio Elói da Costa

Espetáculo: Além da Imaginação

08 de novembro

09h – Escola Municipal Jacira Almeida Santos

11h – Escola Amélia Dourado Neves

15h30 – Escola Municipal Diva Matos Portela

09 de novembro

10h - Escola Municipal Profa. Marilia Queiroz Silva

13h30 – Escola Municipal Profa. Francy Silva Barbosa

15h30 – Escola Municipal Professor Wilson Moreira Mascarenhas

Um africano, dois brasileiros e um objetivo comum: o turismo étnico-afro em Feira

Daniel Pinto é geógrafo, especialista em antropologia e turismo, e já viajou por 23 países ao redor do mundo; Mangole Filipe veio de Moçambique para Feira de Santana há 5 anos para cursar pedagogia após conseguir uma bolsa e é professor de cultura afro na comunidade quilombola Lagoa Grande; e seu Raimundo Santos é uma enciclopédia viva. Três homens diferentes, mas que têm duas coisas nitidamente em comum: uma delas é a paixão pelo turismo. Para seu Raimundo, “o turismo é o olhar. Você olhar fixamente pra aquele lugar e dizer: ‘um dia eu volto aqui’.”

Filosofia que também guia a vida de Daniel há muito tempo. Ele afirma já ter se deparado inúmeras vezes, e até reproduzido tal comportamento, com pessoas que se esforçam para enxergar Feira como um lugar sem atrativos. “Há uns ano atrás, eu fiquei à frente da organização de um evento. Um encontro de estudantes baianos realizado na UEFS. Mas a programação não contemplava todos os horários dos dias e me perguntavam o que eu ia fazer com as pessoas nesses intervalos. Eu saí com eles por Feira. Levei pra Museu, trouxe no MAP e, independente do país que você esteja, à noite é bar. Algumas pessoas mostram resistência em garantir a Feira esta imagem de lugar atrativo, por influência do olhar dos outros. Você tem que olhar pros lugares a partir da sua perspectiva.”

Mangole consegue enxergar em Feira a cultura, a dança, a hospitalidade e a alegria de sua terra natal e é isso um dos aspectos que o acolhem na Princesa do Sertão. A segunda coisa que eles têm em comum é que, apesar de toda essa bagagem turística que eles carregam, todos compareceram ao Curso de Noções Conceituais no Turismo realizado na tarde desta terça-feira, 31, no Mercado de Arte Popular, ministrado pela Técnica de Nível Superior da Setur, Carine Campos, que tratou de temas gerais do aspecto turístico desde definições de termos, como ecoturismo, Trade Turístico, a requisitos burocráticos da área, como passaporte, visto e troca da moeda de um país pela de outro, processo denominado como “câmbio”.

Para Graça Cordeiro, diretora do Departamento Turístico da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, este é um processo que lida com os aspectos iniciais da área, mas funciona como uma graduação. Vai se especializar. “Eles devem aprender essas nomenclaturas gerais por que, apesar de serem o segmento específico afro, eles devem dominar uma linguagem que é padronizada entre os turistas. Isso vai impactar na qualidade do serviço prestado por eles.” Esta foi mais uma etapa do Seminário Tecendo a Rede do Turismo Étnico-Afro, que deve se estender em mais três até o ano que vem.

8º Encontro Nacional de Motociclistas deve atrair 40 mil pessoas ao Parque de Exposição

O Parque de Exposição João Martins da Silva será palco, neste final de semana, do 8º Encontro Nacional de Motociclistas, o Mega Feira 2017, que juntamente com o November’s Rock promete atrair um público estimado em 40 mil pessoas, durante todo este feriadão que se encerra no dia 5 de novembro.

Oriundos de vários estados brasileiros e de países vizinhos, os grupos de motociclistas e roqueiros começaram a invadir a cidade a partir desta quarta-feira, 1º. O crescimento exponencial da demanda, obrigou a organização a remanejar o Encontro da Praça João Barbosa de Carvalho (a praça do Fórum) para o Parque de Exposição.

Com o apoio logístico e institucional de Prefeitura Municipal, o novo espaço oferece área de camping, parque infantil, praça de alimentação, além dos palcos onde ocorreram as performances de bandas de rock'n roll locais e regionais, tendo como principal atração Marcelo Nova, da banda baiana Camisa de Vênus.

No formato atual, o Encontro também elasteceu a sua programação, passando de três para cinco dias. Feira de Santana abriga 25 grupos de motociclistas e centenas de adeptos das duas rodas, sendo o mais famoso deles o Bode do Asfalto, maior grupo de motociclistas do país, reunindo cerca de 10 mil pilotos.

O secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETTDEC), Antônio Carlos Borges Júnior, confiante no sucesso do evento, acredita que “o Mega Feira 2017 vai colocar o município em evidência em todo o país, tendo os motociclistas como embaixadores da cidade”.

Além da SETTDEC, o Governo Municipal mobilizou em torno do 8º Encontro Nacional de Motociclistas as secretarias de Saúde, Serviços Públicos, Agricultura, Transporte e Trânsito, Prevenção à Violência, Comunicação e a Superintendência Municipal de Trânsito (SMT).

Programa Música na Escola será ampliado em 70 por cento

O número de alunos no Programa Música na Escola será ampliado em 70 por cento. Para permitir o crescimento das atividades, 50 instrutores tomaram posse no início da tarde de segunda-feira, 30, no Paço Municipal Maria Quitéria. Eles vão atuar como monitores nas aulas que vão atingir 5 mil estudantes da Rede Municipal de Ensino - até o momento, o programa atende a 3 mil crianças e adolescentes.

O prefeito José Ronaldo de Carvalho deu posse e as boas vindas aos novos contratados num encontro que contou também com a presença da secretária de Educação, Jayana Ribeiro.

Os monitores participaram de seleção pública simplificada cujo processo foi realizado em duas etapas - análise de currículo e entrevista. “O Música na Escola dá oportunidade de aprendizado a milhares de crianças da Rede Municipal. É uma iniciativa que tem dado muito certo, com resultados bastante positivos em várias escolas. Esperamos que cada monitor possa dar o melhor de si na preparação dos alunos do programa”, afirmou o prefeito.

Os instrutores vão atuar em cinco subprojetos da Música na Escola: o Instrumenta, que oferece formação para violão, teclado, acordeom, violino e flauta doce; a Orquestra Sinfônica Infantojuvenil Princesa do Sertão, que proporciona aulas para formação clássica; Cantando na Escola, que visa a formação de corais; o Música em Ação, que forma bandas; e também atividades para a Educação Infantil.

Para Carlos Alves da Silva Filho, novo monitor do programa, esta será uma oportunidade de se especializar no ensino de música. “Trabalhar com crianças é sempre um aprendizado para eles e para nós. Acredito que essa será uma chance de crescimento ainda mais interessante para os profissionais e e também para o desenvolvimento pedagógico dos alunos, que aprendem outro tipo de linguagem através da música”, declara.

Nesta quarta-feira, 1º, os monitores participam de uma reunião geral com a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, para conhecer o programa. E na próxima segunda-feira, 6, eles já serão encaminhados para as escolas contempladas com a atividade.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa/Secom PMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!