02/11/2017

Juazeiro: Vereador lamenta abandono por parte do Governo do Estado

 

O vereador Domingão da Aliança (PRTB), na sessão desta terça-feira (31) falou sobre a situação da BA 210 – trecho que liga a cidade de Juazeiro a Sobradinho. De acordo com ele, a BA está em total abandono e de difícil acesso de tráfego. “Eu não sei por quais motivos o Governo do Estado abandonou a BA 210. Estão investindo em tantas propagandas e não estão fazendo a manutenção devida”.

Estradas abandonadas

Ele disse ainda que para ir até a localidade do Salitre tornou-se quase impossível. “A estrada está totalmente tomada por mato, já tem a dificuldade de não ter acostamento. Pedimos ao Governo do Estado que der mais atenção, tem 5 meses que foi reformada a BA mais já tem muitos buracos e com a previsão de chuvas esses dias a situação vai piorar. Os riscos de acidentes a cada dia só aumentam e estamos preocupados com a situação, deixamos aqui o nosso apelo e pedimos uma melhoria”.

Povo passando sede

Ainda assim, ele falou sobre a situação do Programa Água para Todos. “O ex-governador Jaques Vagner fez a inauguração e estivemos presente no Campos dos Cavalos e hoje o programa água para todos só vai até a localidade do Juá e as demais regiões não foram contempladas. Quatro anos já se passaram e nenhum beneficio foi feito pelo Governo do Estado,” lamentou.

Violência no Salitre

Questionado sobre a segurança do Salitre, ele disse que a grande preocupação é o aumento de homicídios na localidade. “Tem 8 dias que um jovem foi assassinado no Salitre e cada dia aumenta o índice de violência, pedimos mais segurança, a população está amedrontada e precisamos de mais segurança no local para tranquilizar a população”.

Alerta

Domingão disse também que o governador Rui Costa deveria ter bons olhos para a cidade até porque ele recebeu recentemente um titulo de cidadão juazeirense. “Governador olhe para a nossa cidade e traga investimentos, as eleições estão chegando e 2018 vêm aí e eu acredito que o Senhor vai querer voto aqui, então está na hora de trazer mais investimentos”, alertou.

Descaso na saúde

Sobre a saúde da cidade, onde o hospital Regional vem passando por uma situação muito difícil, o vereador foi direto. “O Governo do Estado vem deixando muito a desejar aqui na nossa região, é muita falta de investimentos, várias ações que ele não deu continuidade e na saúde não vem sendo diferente. O hospital Regional está à beira de uma falência e a gente pede que o governo tenha uma atenção maior”.

Abandono do Distrito Industrial

Por outro lado, ele falou sobre a situação do Distrito Industrial. “Muitas empresas estão chegando, mais não existe infra-estrutura no Distrito Industrial. Está chegando o período chuvosos e os acessos aos distritos não são bons, então ele precisa tomar alguma iniciativa e resolver a situação”.

Prefeito lança projeto de construção do Parque Fluvial de Juazeiro

Foi realizado na manhã desta quarta-feira (01) no Paço Municipal de Juazeiro, o projeto para execução da obra do Parque Fluvial da orla da cidade. O valor orçamentado do projeto é de R$ 3,3 milhões com previsão de conclusão em um ano e meio. De acordo o prefeito Paulo Bomfim (PCdoB), os recursos estão assegurados, e o primeiro ponta pé da obra começou no dia de hoje.

A representante da Caixa Econômica Federal, senhora Rita de Cássia Campos Figueiredo se fez presente no evento. “Para a Caixa é uma honra ser parceira deste empreendimento referente a revitalização da orla, é um recurso advindo da própria instituição onde somos parceiros em outras obras”, destacou.

Por sua vez, o presidente da Câmara, vereador Alex Tanuri (PSL),  afirmou que “esta obra vai mudar a cara de Juazeiro transformando o centro de nossa cidade, além do mais vai marcar a cara do PCdoB através do ex-prefeito Isaac Carvalho e do atual Paulo Bomfim. Como todos estão vendo é um governo sério e que pensa nas pessoas trabalhando pela nossa cidade. É Juazeiro no rumo certo, crescendo cada vez mais”.

O Diretor Regional Norte de Saúde, Doutor Pedro Alcântara esteve presente na solenidade. “Prefeito, o Senhor hoje é um craque na política porque aprendeu rápido a conduzir as coisas. Este projeto vai mudar a cara de nossa cidade onde a maioria dos prefeitos governa de costa para o rio São Francisco, e vejo que você governa de frente preservando uma coisa que é a maior dádiva divina que Deus me deu”.

O prefeito Paulo Bomfim (PCdoB) afirmou que “o Projeto Parque Fluvial é uma obra que se inicia no dia de hoje com previsão de ser concluída em 18 meses, os nossos deputados tem uma grande contribuição nessa obra a exemplo de Zó que não se encontra presente neste momento mas está trabalhando para que venha mais obras para nossa cidade”, informou.

“O local por onde a obra vai ser construída será da parte inferior da orla começando da Marinha até o Angary. Mas o nosso projeto é bem maior: a Orla 2 e parque de cima quando nós teremos outras boas novidades. Ainda temos como projeto aproveitar todo o espaço da Orla 1, a Estação do Saber – onde estão localizados os prédios da extinta Estação da Leste- pois estes prédios estavam sob domínio do DNIT, mas que hoje estão em poder da prefeitura, pois a nossa previsão é de que no próximo ano possamos executar este projeto onde vai ser o Museu do Trabalhador Ferroviário e o outro a Estação do Saber”, anunciou.

Ainda assim, o prefeito pediu a compreensão das pessoas sobre alguns problemas que possam surgir durante a execução da obra do Parque Fluvial devido a derrubada de algumas árvores que serão trocadas por outras nativas da própria região. “Isso porque alguns percursos serão interrompidos em detrimento da obra. Quando ela for iniciada pela lateral da Marinha, e naturalmente as quadras serão interditadas, quando chegar na área onde estão os caiaques as acomodações serão atingidas, e com relação a retirada de arvores, algumas pessoas poderão usar do expediente da imprensa para tentar condenar o que está sendo feito. Todos sabem que por um lado, governar termina contrariando alguns interesses em detrimento de levar benefícios para a maioria”, completou.

Ele concluiu afirmando que “o valor total do projeto é de R$ 3,3 milhões e já estamos com mais da metade em conta, sendo que na sequencia da execução da obra a Caixa vai repondo”.

ENGIE entrega produtos de convênios à Prefeitura de Umburanas

A ENGIE finalizou o Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos (PGIRS) e a primeira etapa do Plano Diretor Participativo do Município de Umburanas. Os produtos, frutos de convênios com o município, foram entregues à Prefeitura, juntamente com o projeto do aterro sanitário, o Plano de Remediação do “Lixão” e o relatório final de reabilitação dos poços tubulares nas comunidades rurais de Rodoleiro e Barriguda da Brasília.

Com a entrega do PGRIS, o convênio 49, no qual foram investidos mais de R$131 mil, foi finalizado. A partir da aprovação do PGIRS, o Município poderá angariar recursos junto ao Governo para implantação do aterro sanitário.

Para garantir a melhoria do abastecimento d’água em comunidades rurais, a ENGIE investiu mais de R$ 103 mil na revitalização de dois poços tubulares, através do convênio 003. Em Rodoleiro, o poço revitalizado apresentou vazão de 17 mil litros/hora e já está abastecendo satisfatoriamente as residências e o viveiro de mudas com água de boa qualidade. Em Barriguda da Brasília, no entanto, não se obteve água no poço perfurado. “Infelizmente não tivemos o mesmo sucesso em Barriguda, mas continuamos estudando alternativas para tentar resolver o problema de água na localidade”, destacou o gerente da obra, Murilo Boselli. A Prefeitura Municipal é a responsável por garantir as manutenções dos poços e seu perfeito funcionamento.

A estruturação do Plano Diretor Participativo do Município de Umburanas também foi garantida, a partir do convênio 50. Em sua fase final de organização, as ações para elaboração do Plano já contemplaram a articulação com gestores públicos municipais, a composição do núcleo Gestor, o diagnóstico técnico e jurídico, a consulta comunitária e o diagnóstico social.  O plano deve ter sua minuta apresentada, para consulta pública, em janeiro de 2018. Cerca de R$ 200 mil estão sendo aplicados no trabalho de estruturação do documento, que vai servir de suporte para deflagrar ações de desenvolvimento do município nos próximos anos.

Intervenção no DEM de Pilão Arcado afasta ‘laranjas do sertão’ e aliados do governador Rui Costa

Até que em fim a direção estadual do DEM na Bahia decidiu tomar uma decisão sobre o destino do partido no município de Pilão Arcado. Há anos, o partido esteve sobre as garras de pessoas ligadas ao grupo dos ‘laranjas dos sertão’, sendo que agora uma nova Comissão Provisória foi criada para afastar de uma vez todas as pessoas ligadas politicamente ao  governador do PT, Rui Costa.

“O DEM em Pilão passou muito tempo vinculado ao grupo político dos laranjas do sertão, mesmo eles alinhados com Rui Costa, em âmbito estadual. Esta semana, conseguimos resgatar o partido e declara-lo oposição aos laranjas e ao desastrado governo do PT que só vive de propaganda enganando a população”, relatou um dos novos membros em contato com o AP.

COMEÇOU A CHOVER NA BACIA DO RIO SÃO FRANCISCO

O período úmido na bacia do rio São Francisco graças aos céus começou com a chegada do mês de novembro. Tarde passada (31), o leitor Antônio Duarte que é juazeirense e reside em Goiânia nos passava a informação que chovia bastante na região águas que chegam a Minas Gerais e consequentemente, ao Rio São Francisco.

Na tarde desta quarta-feira, primeiro de novembro, o Deputado Estadual Crisóstomo Lima nos enviou um vídeo gravado em Pirapora e encaminhado pelos correligionários de Paratinga, dando conta de que choveu durante toda madrugada e parte da manhã de hoje em Pirapora-Minas Gerais, melhorando volume de água no Velho Chico.

Segundo reunião na Agência Nacional de Águas esta semana em Brasília, a previsão para os próximos sete dias na Bacia do chamado rio da integração nacional é de, pelo menos, 40 milímetros (mm) de precipitação na região do Alto São Francisco.

Informações do Agrônomo e Produtor Josival Barbosa, esclarecem que os dados da ONS lago de sobradinho do dia 01/11/2017: volume útil 2,92%, afluência 580m3/segundo e defluência 559m3/segundo.

Ele chama à atenção que já chove em São Romão, São Francisco, Pirapora todos em MG, Barreiras, Bom Jesus da Lapa na Bahia. “Somando as precipitações, mais de 100mm isso é ótimo, continuemos orando. Ah, a afluência em Sobradinho estava em torno de 300m3/segundo” declarou Josival.

MENOS CISTERNAS: GOVERNO REDUZ 95% DE ORÇAMENTO DE PROGRAMA CONTRA SECA NAS ZONAS RURAIS DO NORDESTE

Um dos principais e mais reconhecidos programas federais contra seca no semiárido sofre com cortes de verbas e tem uma previsão de redução de 95% no orçamento do próximo ano, o que ameaça inviabilizar a construção de cisternas nas zonas rurais do Nordeste. A fila de espera por uma cisterna de primeira água destinada para consumo doméstico, segundo a ASA (Articulação do Semiárido, entidade que reúne 3.000 organizações sociais dos nove Estados da região semiárida), chega a 350 mil damílias.

Apesar dos avanços, do reconhecimento internacional (o programa foi premiado em setembro, na China) e da necessidade de mais cisternas, segundo a PLOA (Projeto de Lei Orçamentária Anual) enviada pelo governo federal ao Congresso Nacional, a previsão para 2018 é de que haja investimento de R$ 20 milhões, o que significa um corte de 95% em relação ao orçamento deste ano ano --quando a verba prevista foi de R$ 248 milhões.

 

Fonte: Ascom Engie/Ação Popular/BlogdoGeraldoJosé/Asa-Bahia/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!