10/11/2017

Camaçari recebe 10ª edição do Polo de Cidadania

 

Uma edição comemorativa dos 10 anos do Polo de Cidadania está sendo preparada pelo Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic), com o apoio do Serviço Social da Indústria (Sesi), Prefeitura de Camaçari e diversos outros parceiros públicos e privados para oferecer uma série de serviços gratuitos para a comunidade nas áreas de saúde, educação, cultura, esportes, lazer e cidadania. O evento ocorrerá no dia 11 de novembro (sábado), das 9 às 15h, no estacionamento em frente à Cidade do Saber, em Camaçari.

Além dos serviços, uma programação diversificada proporcionará ao público um dia repleto de atrações. Foram programadas desde ações de cidadania a atrações artísticas, passando por atividades de incentivo ao esporte, orientações voltadas para a saúde e sorteio de brindes. A previsão de público é de aproximadamente quatro mil pessoas.

Como explica Érico Oliveira, superintendente de Comunicação do Cofic, “o Polo de Cidadania chega aos dez anos de vida como um evento consolidado junto às comunidades dos municípios vizinhos ao Complexo Industrial, especialmente por proporcionar lazer, cultura e uma série de serviços gratuitos para toda a família e para todas as idades”.

A gerente de Responsabilidade Social do Sesi, Adriana Reis, observa que o foco do evento comemorativo dos dez anos serão a qualidade de vida e saúde das pessoas, ressaltando que esse "é o maior evento de responsabilidade social das empresas do Polo para os cidadãos de Camaçari e Dias d’Ávila". Entre os serviços, ela destaca o atendimento odontológico, aferição da pressão arterial, orientação sobre prevenção de doenças sexualmente transmitidas, agendamento de benefícios da Previdência Social, atendimento judiciário, orientação nutricional e oficinas de reciclagem e de incentivo à leitura.

Serão oferecidos também serviços de estética, como corte de cabelo, escovação e manicure, dentre outros. Além disso, haverá a apresentação da Filarmônica Guerreiros do Sol, de Dias d’Ávila, abrindo o evento, da Banda Fulô Di Maria e aulas de zumba e capoeira. Haverá ainda brincadeiras infantis – com atrações circenses circulando entre os stands -, karaokê e piscina de bolinhas. 

A decima edição do Polo de Cidadania conta com patrocínio das seguintes empresas: Braskem, Monsanto, BSC, Basf, Ultracargo, Cetrel, Bahiagás, Deten e Cristal. A maioria delas participará também com estandes próprios, oferecendo serviços à comunidade nas áreas social e de proteção ambiental. A Ford participará com o Odontomóvel, voltado para tratamento odontológico, prevenção e higiene bucal.

Camaçari: MP pede bloqueio de R$ 3,7 milhões em bens de Caetano

O promotor Everardo Yunes, da 7ª Promotoria de Justiça em Camaçari, pede o bloqueio dos bens no valor de R$ 3.720.819,47 do ex-prefeito Luiz Caetano (PT).

De acordo com o site Camaçari Alerta, o processo foi motivado por pagamentos das contas de água e energia do Centro Comercial de Camaçari, entre 2005 e 2008, em favor de feirantes do local.

"Restou claro que o município de Camaçari arcou com as tarifas devidas dos permissionários dos boxes situados no interior do Centro Comercial de Camaçari, referentes ao consumo de água e energia elétrica, gerando indevido encargo para o município, e em contrapartida, enriquecimento ilícito dos aludios permissionários, vez que, exercem estes atividade de natureza comercial, não cabendo ao poder público, utilizar-se do dinheiro dos contribuintes para arcar com tais despesas. Isso, além de ser pratica ilegal, fere também o princípio da impessoalidade", diz um trecho da petição.

O promotor diz ainda que “no curso do procedimento investigatório, através da planilha fornecida, restou apurado que o acionado, na qualidade de Gestor Público desta municipalidade e ordenador das despesas, gerou ônus indevido à Administração Pública no aporte de R$ 1.050.436,27 (hum milhão e cinquenta mil, quatrocentos e trinta e seis reais e vinte e sete centavos), quanto aos custos com energia elétrica – Coelba; e 2.670.383,20 (dois milhões, seiscentos e setenta mil, trezentos e oitenta e três reais e vinte centavos) quanto aos custos com o consumo de água – Embasa".

Adsumus: empresário foragido desde maio se entrega e tem pedido prisão revogado

O empresário Roberto Oliveira Santana, procurado desde maio deste ano por ser acusado de integrar um esquema criminoso instaurado na prefeitura de Santo Amaro da Purificação entre 2011 e 2015, cuja operação Adsumus passou a investigar, se entregou nesta quarta-feira (8).

Ele, o também empresário Paulo Sérgio Soares Vasconcelos e o ex-prefeito de Santo Amaro da Purificação, Ricardo Machado, e outros ex-agentes políticos da cidade são acusados desvio de verbas públicas, fraudes à licitação, corrupção e lavagem de dinheiro que envolvia a prefeitura de Santo Amaro e três núcleos empresariais.

O esquema se formou em contratos de obras e aluguel de máquinas, agora, o foco são contratações de do ramo de eventos e aquisição de combustível. Roberto estava foragido desde a quarta fase da operação Adsumus deflagrada em março desde ano.

Os advogados Sérgio Habib e Thales Habib, que defendem o empresário, afirmaram ao BNews que conseguiram a revogação da prisão preventiva do empresário: “Ele foi apresentado ontem na vara crime comarca de Santo Amaro. Ele assinou termo compromisso de comparecer todas as audiências sob pena revogação da liberdade”, afirmou Sérgio Habibi. O juiz que revogou a prisão do empresário foi Gustavo Teles.

Santana faz parte do núcleo dos empresários ligados à construção civil e que, segundo o Ministério Público da Bahia, teria praticado fraudes para se beneficiar juntamente com o prefeito e vice-prefeito, Ricardo Machado e Leonardo Pacheco, respectivamente, o que teria desencadeado a operação Adsumus .

Juntamente com Roberto Santana, sua filha Rafaela Santana também foi denunciada pelo MP-BA. Segundo os advogados de defesa dos dois corréus, “há fortes provas da inocência deles já tendo inclusive obtido no juízo cível a declaração de que as obras foram realizadas sem que houvesse qualquer indício de improbidade”. O processo agora segue com audiências para oitiva, em dezembro e janeiro, de testemunhas arroladas pelo Ministério Público e pela Defesa.

Questionado sobre qual expectativa para o desenrolar do processo, Habib salientou: “como advogado, acredito que Roberto e a filha Rafaela serão absolvidos, pois provarão que não praticaram nenhum ato de corrupção e que não tinham qualquer ligação com o prefeito ou com o vice-prefeito”.

Mestras do Samba de Roda encerram temporada em Saubara com apoio do Fundo de Cultura

O município de Saubara recebe neste sábado (11) as sambadeiras de maior referência para o Recôncavo baiano, que vão encerrar o ‘Projeto Circulando com as Mulheres do Samba de Roda’, que tem apoio do Governo do Estado, por meio do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). Elas apresentam o documentário ‘Mulheres do Samba de Roda’ - com direito a roda de conversa após a exibição -–, performance musical e exposição do livro sobre suas histórias de vida. O encontro acontece às 10h, no Centro Estadual Luis Eduardo Magalhães, com entrada gratuita.

No documentário, CD e livro – produzidos em 2015 – elas contam suas histórias e interpretam, pela primeira vez, sambas favoritos. As obras, em seu conjunto, demonstram a ampla inserção social das sambadeiras, retratam seus saberes e protagonismo no enfrentamento de toda forma de violência contra a mulher, além da conquista do direito de se expressar, de ter renda própria, saúde, educação.

São marisqueiras, agricultoras, comerciantes. Mulheres que imprimiram sua marca na estética e na política da cultura popular do recôncavo, por meio do samba e de manifestações culturais como os ternos de reis, terno do acarajé, cheganças, maculelê, capoeira, ranchos, candomblé entre outras.

Para a coordenadora do projeto, Luciana Barreto, registrar e fazer circular esses conhecimentos permite o aprendizado de práticas e saberes populares de matriz africana, além de sua permanência e transformação no seio da comunidade afrodescendente de sambadores e sambadeiras. “As mulheres sambadeiras têm um entendimento amplo da vida, não se prendem ao sambar. Elas nos surpreendem com seus depoimentos sobre os mais diversos temas em pauta na sociedade”.

Desde agosto último, as 16 mestras de 15 localidades baianas já visitaram Maragojipe, Muritiba e Conceição do Almeida. O projeto é realizado por meio da parceria cultural da Rede do Samba de Roda do Recôncavo Baiano, Associação dos Sambadores e Sambadeiras do Recôncavo da Bahia e Associação Chegança dos Marujos Fragata Brasileira.

7ª Semana de Arte e Cultura de Imbassaí tem início neste fim de semana

Começa nesta sexta-feira (10) a sétima edição da Semana de Arte e Cultura de Imbassaí (SACI 2017), evento que abre o mês da Consciência Negra na região e segue até o dia 18, na Praia de Imbassaí, no litoral norte da Bahia. E para celebrar o início do festival, o primeiro fim de semana da SACI 2017 está repleta de apresentações artísticas e shows musicais gratuitos, atividades lúdicas para toda a família, mostra hip hop e resgate de tradições populares do litoral norte da Bahia. O evento tem apoio da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), através do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI).

A programação tem início às 21h, no Restaurante Jerimum Café, tendo como gênero musical, o choro e o samba. No sábado, programação tem início às 11h, com práticas esportivas na Arena Barracão, com futevôlei, vôlei, dentre outras atividades. A partir das 17 horas tem início a Feirinha de Imbassaí na Praça da Alimentação, na qual artesãos e produtores da região vão expor e vender artigos típicos. Em seguida, acontece na Praça dos Esportes, a Mostra Hip Hop Consciência, um projeto da CMA HIP-HOP, com o show capitaneado pelo DJ Branco, além das presenças dos Graffiteiros Trigo e Reiv, dos B. boys Jeomar e Roty e a B-girl Bidi, trazendo para o centrinho da vila de Imbassaí uma roda de Breik, com os elementos da cultura HIP-HOP. A noite de sábado continua com a presença de Daniel Calumbi, tendo o Pop e rock como gênero musical embalando o festival na Praça do Esportes.

O CCPI promove a participação do grupo de cultura popular Caboclo Mirim de Parafuso. A manifestação tradicional movimentada por crianças participa do Encontro de Cultura Populares e Identitárias, que acontece no domingo, a partir das 16h, com expressões e vibrações culturais e música regional, na Praça dos Esportes. A noite será encerrada por apresentações das manifestações populares para toda a comunidade.

A SACI será marcada por diversas participações musicais, entre elas a banda Dão & a Caravana Black, que participa através do credenciamento do CCPI. O show de Dão é marcado pelo ritmo e movimento da música negra em diversas vertentes como o Black e o soul. A apresentação será no segundo fim de semana do evento, dia 17, às 22h, na Praça dos Esportes.

A SACI 2017 é uma iniciativa da MTE Consultoria e Assessoria em Marketing, Turismo e Entretenimento, do Jerimum Café, da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (Ufba), com patrocínio da BAHIAGÁS e apoio da SECULT/BA, da Prefeitura de Mata de São João, Ykutiba, Pousada Tangará Mirim, do Centro de Estudos Universais, da cerveja Devassa, da Agência Digital ZWA e do Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa.

Lauro de Freitas: BaianaSystem abre o Bahia StreetArt Festival

A abertura do Bahia Street Art Festival (BSAF) terá a batida de uma das bandas mais importantes do país. Depois de passar pelo Rock in Rio agora é a vez do palco instalado em Lauro de Freitas receber o show impactante da BaianaSystem. No dia 19 de novembro a banda é uma das atrações do lançamento do evento.

Comandada por Russo Passapusso, em seus shows a banda apresenta riffs de guitarras, muita percussão e batidas eletrônicas que servem como pano de fundo para a crítica e a discussão de diversas questões sociais. Inspirada no Sound System jamaicano com tempero brasileiro, a atração surgiu em 2009.

O primeiro disco foi lançado em 2010. Em 2017 lançou a canção Capim Guiné.  "'Multiplicados somos mais fortes'. É com essa mensagem que sai o novo clipe do BaianaSystem", afirmou Russo PassaPusso, um dos responsáveis pela composição da faixa, que tem a participação da angolana Titica e Maragareth Menezes.

Em 2016, ganhou visibilidade internacional com a faixa "Playsom", que faz parte da trilha sonora do jogo “Fifa 2016”. A canção faz parte do segundo álbum do grupo, Duas Cidades. Quando começou tinha o objetivo de encontrar novas formas sonoras para a guitarra baiana.

O evento musical é uma realização da Na Boa Produções e tem o patrocínio da Oi e do Governo do Estado da Bahia, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do estado da Bahia.

  • Serviço:

Data: 19 a 26 de Nov (Domingo)

Horário: Abertura dos portões 15h

Local: Kartódromo Ayrton Sena

Censura: 16 anos

Valor Ingressos:

(*Pista Inteira R$ 50,00 e Pista Meia R$ 25,00 | Pista Passaporte R$ 80,00 (passaporte com acesso pista para show dia 19/11 e show dia 26/11))

 

Fonte: Companhia de Comunicação/BNews/SecultBa/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!