12/11/2017

Feira: Ronaldo não descarta participação na chapa de 2018

 

O prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), é uma das “noivas” deste cenário pré-eleitoral na Bahia. Cortejado por partidos dos dois principais polos políticos do estado, a principal liderança da “Princesa do Sertão” faz mistério sobre os rumos partidários, mas deixou claro neste sábado (11) ao BNews que está longe de descartar uma candidatura ao Senado ou “a qualquer outra tarefa a nível estadual”.

Questionado sobre a possibilidade de cumprir tarefa política diferente de ser prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo afirmou: eu tenho uma vida pública longa de muitas missões. Acho que tenho uma experiência na vida legislativa e executiva. Acredito que se eu tiver a oportunidade de exercer alguma outra missão como senador ou qualquer outra a nível estadual estarei apto a contribuir com nosso estado.

Cotado por partidos como PMDB e PV, o prefeito de Feira diz que não conversou com nenhum dirigente do PMDB. “Não existiu essa conversa com o PMDB. Nunca sentei para conversar com nenhum dirigente. O meu vice-prefeito em Feira (Colbert Martins) é do PMDB, mas não tive essas conversas”.

PMDB

Desde a prisão do ex-ministro do partido, Geddel Vieira Lima, e a “descoberta” do ‘bunker’ onde estava depositado 51 milhões de reais, o PMDB enfrenta uma crise partidária acentuado. O irmão do ex-ministro, deputado federal Lúcio Vieira Lima, se afastou da agenda cotidiana da legenda e o deputado estadual Pedro Tavares preside o partido.

Na última semana uma discussão no Palácio Thomé de Souza entre o vice-prefeito de Salvador Bruno Reis e o líder da bancada da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia Leur Lomanto, este último peemedebista orgânico e histórico, ultrapassou os limites dos muros palacianos e ganhou a rua.

No ceio da discussão está a estratégia atribuída a Bruno Reis, hábil articulador político, que estaria, nos bastidores, costurando a entrada de uma liderança política no PMDB para ocupar uma das vagas na chapa majoritária. Já Leur Lomanto Júnior defenderia a tese de que o partido pode receber novos filiados, mas sem garantia de vaga na chapa.

Ambos negam as movimentações e a turma do “deixa disso” evita abordar o assunto. O fato é que na bancada estadual há divisões e entre os deputados existem aqueles que defendem diretamente a entrada de José Ronaldo no partido para ser o representante da legenda na chapa.

Até o início de 2018 muitas rodadas de conversas vão acontecer e as divisões tendem a se tornar públicas. A questão que fica no ar é se o prefeito de Feira, com sua experiência e capital político, entrará nessa guerra de foice?

PSDB

Ronaldo participou da convenção estadual do PSDB neste sábado em Salvador. Afirmou que o partido é um aliado histórico. “Desde a primeira candidatura em Feira o PSDB me apoia”.

Sobre o momento dos tucanos, o prefeito de Feira diz que o partido tem história e o momento da política nacional é conturbado de modo que reflete na política partidária. “Mas são nesses momentos de dessabores que se busca as grandes soluções para a política e para o país”.

Mediação de conflitos, mais um serviço a ser oferecido pela Prefeitura de Feira

A comunidade feirense passa a contar com um moderno Núcleo de Mediação, Conciliação e Apoio à Cidadania, da Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev). O equipamento vai funcionar à rua Libano de Moraes, Centro, em frente a praça Bernadino Bahia (praça do Lambe-Lambe), e será inaugurado pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, nesta segunda-feira, 13, às 18h30.

O secretário da Seprev, Pablo Roberto Gonçalves, ressalta a importância da iniciativa para dinamizar as ações voltadas para a resolução de conflitos de ordem familiar. “É um projeto inovador, que agora passará a funcionar em um novo espaço, totalmente estruturado, com 12 salas, e com toda equipe multidisciplinar necessária”, frisou.

O atendimento é gratuito. No local estarão à disposição para buscar solução através da intermediação de conflitos de ordens familiares, profissionais especializados na questão que atuam nas áreas de advocacia, psicologia, psicopedagogia e assistente social.

A intermediação do conflito, de forma amigável, é o primeiro passo para resolução do problema gerado pelo conflito de ordem familiar. “Hoje as pessoas chegam em busca de atendimento com sentimento de conflito, com laços familiares completamente destruídos. Por isso, além da mediação ter cunho voltado para resolver a situação, também busca preservar os laços que construíram e que ficaram fragilizados”, ressaltou o secretário Pablo.

As resoluções têm como foco os conflitos de ordens familiar e patrimonial envolvendo os casais ou familiares. “Com o Núcleo de Mediação os problemas tendem a ser resolvidos aqui mesmo. As partes são convocadas e em seguida mandamos para a Justiça homologar”, informou Pablo.

Professores da rede municipal participam de Congresso de Educação Inclusiva

A abordagem de temas atuais sob a ótica de especialistas da Educação marcou o 5º Congresso Baiano de Educação Inclusiva, com a participação de mais de 700 profissionais e estudantes, dentre os quais, aproximadamente 40 professores da Rede Municipal de Ensino, que atuam nas Salas de Recursos Multifuncionais.

O evento, aberto na última quarta-feira, 8, no Auditório Central da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), terminou na tarde desta sexta-feira, 10.

Dentre os temas tratados nas conferências, palestras e minicursos estiveram preconceito e Bullying; formação para a Educação Inclusiva; deficiência e sociedade; políticas institucionais e inclusão no Ensino Superior; tecnologias e acessibilidade; pesquisas e práticas em Educação Especial/Inclusiva; diversidade étnicorracial; de gênero e condições de saúde nos espaços educacionais.

Pela primeira vez realizado no interior da Bahia, o Congresso Baiano de Educação Inclusiva é promovido por educadores das Instituições de Ensino Superior da Bahia.

Com o avanço das propostas, o congresso aborda atualmente a educação inclusiva, com edições promovidas a cada dois anos. Em paralelo, é realizado o III Simpósio Brasileiro de Educação Especial.

A programação foi marcada também pela conferência sobre saberes, prática e a emancipação da educação inclusiva e por apresentações culturais, inclusive com a participação de estudantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

Inaugurada a nova sede da Companhia Independente de Policiamento Tático

Com a presença do comandante geral da Polícia Militar da Bahia, Cel. Anselmo Brandão, foi inaugurada, na tarde desta sexta-feira, 10, a nova sede da Companhia Independente de Policiamento Tático-Rondesp/Leste, na BR-116 Norte.

Criada pela Lei 13.201 de 2014, a Rondesp atua em ações preventivas e repressivas, em apoio às ocorrências de maior complexidade tática e capaz de dar uma resposta legal aceitável, atendendo aos princípios dos Direitos Humanos na preservação da vida.

Sob o comando do major Átila de Jesus do Carmo, esta Companhia é formada por 122 homens, quatro pelotões de rondas especiais em viaturas quatro rodas, e sua área de abrangência compreende 99 municípios e 19 unidades operacionais, representando cerca de 1/4 do território baiano.

Plano de metas

Ao falar sobre o melhoramento das instalações físicas da tropa com a sua nova sede, o Cel. Anselmo Brandão ressaltou que "a Rondesp é uma tropa diferenciada no combate à criminalidade, e continuará sendo equipada para melhor servir a sociedade".

A solenidade contou com as presenças do vice-prefeito Colbert Martins, representando o prefeito José Ronaldo de Carvalho, os presidentes da Associação Comercial, Marcelo Alexandrino, e da CDL, Luis Mercês, oficiais da Reserva, e lideranças políticas regionais.

Estudantes têm noções sobre sexualidade na adolescência e relações étnico-raciais

Sexualidade na adolescência, relações etnicorraciais e a vida em comunidade foram alguns dos temas abordados no Dia da Família na Escola, terceira ação social promovida pela Escola Municipal Joaquim Pereira dos Santos nesta sexta-feira, 10. A escola fica na localidade Fazenda Candeal II, distrito da Matinha.

A comunidade participou do evento e garantiu o acesso a serviços, como cortes de cabelo, aferição de pressão, pesagem, vacinação, atendimento psicológico, odontológico, jurídico e ainda do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Este ano, a atividade explorou o tema “Família X Escola – Juntas por uma Educação Melhor”. “O evento é mais uma forma que encontramos para aproximar a família e a comunidade do espaço escolar. Todos os anos, promovemos diversas atividades com o objetivo de envolvê-los e se integrá-los à escola”, conta a professora Maria Madalena de Jesus, gestora da escola.

Para incentivar ainda mais a interação entre os setores, foram oferecidas oficinas nutricionais, de maquiagem para a terceira idade, artesanato e de turbante. O evento também contou com apresentações culturais.

Mãe de três estudantes, Cleunice da Silva Fonseca Vitório fez questão de prestigiar o evento. “Gostei das discussões, das palestras e participei dos serviços ofertados. Achei muito bom e interessante esta proposta da escola”.

 

Fonte: BNews/Secom PMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!