17/11/2017

As 10 coincidências mais incríveis de todos os tempos

 

Sabe aquelas coincidências inacreditáveis da vida? Alguns chamam de sorte, outros de bugs na Matrix, mas o fato é que quase todo mundo tem alguma história impressionante para contar, desde as mais corriqueiras do dia a dia até os acontecimentos mais assustadores.

Nessa lista, reunimos alguns dos casos mais surpreendentes de coincidências que ficaram conhecidas mundialmente. Fique confortável na cadeira e acompanhe alguns dos acontecimentos assustadores da história.

1. Livro de infância

Enquanto a romancista Anne Parrish estava passeando por livrarias parisienses na década de 20, ela visualizou um dos seus títulos favoritos na infância, “Jack Frost and Other Stories”. Ela então pegou o livro e mostrou o exemplar para seu marido, dizendo carinhosamente que aquela obra havia marcado a sua infância.

Ele então abriu o livro e, na folha de rosto, encontrou a inscrição “Anne Parrish, 209 N. Weber Street, Colorado Springs”. Aquele era o próprio livro de Anne, que havia marcado seu nome e endereço na parte interna do exemplar.

2. Coincidência literária

No século 19, o famoso escritor de horror Edgar Allan Poe escreveu uma obra chamada “A Narrativa de Arthur Gordon Pym”. Ela conta a saga de quatro sobreviventes de um naufrágio que estavam em um barco salva-vidas por muitos dias, até que decidiram matar o grumete (aprendiz de marinheiro) chamado Richard Parker e alimentar-se de sua carne.

Alguns anos mais tarde, no ano de 1884, a embarcação Mignonette afundou e também restaram apenas quatro sobreviventes. Após ficaram em um barco salva-vidas por muitos dias, eles também decidiram matar seu grumete e alimentarem-se de sua carne. Como se a história já não fosse macabra e assustadora o suficiente, o nome do aprendiz morto também era Richard Parker.

3. Mortes gêmeas

Em 2002, aos 70 anos de idade, dois irmãos gêmeos morreram com poucas horas de diferença, em acidentes separados ao norte da Finlândia. O primeiro dos gêmeos morreu quando foi atingido por um caminhão enquanto andava de bicicleta em Raahe, a 600 km da capital Helsinki.

Algumas horas depois, a apenas 1,5 km do local, faleceu em outro acidente o seu irmão. “Isso é uma coincidência histórica. Embora a estrada seja muito ocupada, os acidentes não ocorrem todos os dias”, disse a policial Marja-Leena Huhtala à Reuters. “Eu fiquei de cabelos em pé quando ouvi que os dois eram irmãos, e gêmeos idênticos ainda!”, complementa Huhtala.

4. Gêmeos com a mesma vida

A história de Jim Lewis e Jim Springer é ainda mais impressionante. Eles são gêmeos e foram separados no nascimento. Sem nunca saberem um da existência do outro, ambos foram batizados com o mesmo nome. Ambos escolheram suas profissões pela habilidade para desenho mecânico e carpintaria.

Os dois se casaram com uma mulher chamada Linda e ambos tiveram um filho, um chamado de James Alan e o outro James Allan. Ambos se divorciaram após um tempo e casaram com outras mulheres, ambas chamadas Betty. Para completar a coincidência, ambos deram o nome de Toy a seus cachorros.

5. Coincidência Real

Essa história concentra uma série de coincidências e lembra um pouco os acontecimentos dos irmãos gêmeos acima. Em Monza, na Itália, o rei Umberto I foi a um pequeno restaurante para jantar e, quando o dono do local se apresentou ao monarca, Umberto percebeu que eles eram tão parecidos em seus rostos e corpos que poderiam ser considerados gêmeos.

Os dois homens então começaram a discutir as similaridades notáveis entre eles e descobriram muito mais do que a semelhança física: ambos nasceram no mesmo dia, do mesmo ano (14 de março de 1844) e na mesma cidade; ambos se casaram com uma mulher chamada Margherita; o chef abriu o restaurante no mesmo dia em que o rei Umberto foi coroado como rei da Itália.

Por fim, no dia 29 de julho de 1900, o rei foi informado de que o chef havia morrido naquele dia em um misterioso acidente com arma de fogo. Umberto então foi a público expressar seu pesar pelo ocorrido e acabou sendo assassinado também com um tiro, por um rebelde em meio à multidão.

6. O morto da sorte

Em 1858, nos Estados Unidos, Robert Fallon foi morto a tiros como um ato de vingança durante um jogo de poker. Segundo os jogadores, Fallon havia trapaceado no jogo para ganhar US$ 600 e, por isso, merecia a morte. Com o lugar do jogador vazio, os jogadores passaram a procurar uma nova pessoa para ocupar aquele assento.

Um corajoso topou assumir o lugar considerado de azar e passou a jogar como o morto. Antes que a polícia chegasse ao local, o novo jogador já havia transformado os US$ 600 em US$ 2.200, algo que pode ser encarado como uma vingança do morto contra os jogadores que o mataram.

A polícia exigiu apenas os US$ 600 originais como parte da herança de Fallon. No processo de investigação para encontrar o herdeiro, os policiais acabaram descobrindo que o jogador que tomou o lugar de Fallon era ninguém menos do que o seu próprio filho, que não via o pai fazia quase uma década!

7. A queda constante do bebê

No ano de 1930, um homem chamado Joseph Figlock estava caminhando pelas ruas de Detroit quando uma mãe descuidada deixou que seu filho caísse da janela do pequeno prédio em que moravam. O bebê caiu em cima de Figlock e, como a queda foi amortecida, ambos saíram ilesos.

Um ano depois, o mesmo bebê caiu da mesma janela e, pasme, atingiu novamente Joseph Figlock, que estava passando mais uma vez pelo local. Novamente, ambos sobreviveram e saíram intactos do ocorrido.

8. Coincidência fotográfica

Em 1914, uma mãe alemã deixou uma chapa de filme para ser revelada com a foto de seu filho em uma loja de Estrasburgo. Com o início da Primeira Guerra Mundial, ela não pôde voltar à cidade para pegar o filme e acreditou que a foto estava perdida.

Dois anos depois, ela comprou uma nova placa de filme em Frankfurt, que fica a mais de 100 km de distância da primeira cidade, para tirar uma foto de sua filha recém-nascida. Após a revelação do filme, ela descobriu que aquela era, na verdade, a mesma chapa utilizada por ela para fazer a foto de seu filho.

O filme jamais foi revelado e foi erroneamente vendido como um filme virgem – e, surpreendentemente, comprado pela mesma mulher. O resultado foi uma foto de dupla exposição, que mostra as imagens de seus dois filhos sobrepostas.

9. Morte atrasada

Em 1883, Henry Ziegland rompeu o relacionamento com sua namorada, que, com a angústia do término, cometeu suicídio. Enfurecido, o irmão da garota caçou Ziegland e atirou contra ele. Acreditando que havia matado o ex-namorado de sua irmã, o jovem tirou sua própria vida. No entanto, Ziegland estava vivo.

A bala passou de raspão por sua cabeça e atingiu uma árvore próxima. Anos mais tarde, Ziegland resolveu derrubar a árvore, que ainda estava com a bala endereçada a ele alojada em sua casca. No entanto, como ela era muito grande, o rapaz resolveu que seria melhor explodi-la com dinamite. A forte explosão foi o bastante para lançar a bala com força na cabeça de Ziegland, que morreu instantaneamente.

10. Gavetas com teletransporte

Em 1953, o repórter Irv Kupcinet estava em Londres para cobrir a coroação de Elizabeth II. Em uma das gavetas do quarto do Hotel Savoy, ele encontrou alguns itens que, por identificações inscritas, pertenciam ao famoso astro de basquete Harry Hannin que, coincidentemente, era seu amigo.

Apenas dois dias depois – e antes que Kupcinet pudesse contar ao amigo algo sobre o ocorrido – o repórter recebeu uma carta de Hannin contando que durante sua estadia no Hotel Meurice, em Paris, ele encontrou em uma gaveta uma gravata com o nome de Kupcinet nela.

5 ACONTECIMENTOS BIZARROS E QUE NÃO TÊM EXPLICAÇÃO

Quem não gosta de histórias misteriosas, recheadas com fatos estranhos que nem mesmo os mais céticos conseguem explicar? Foi pensando nisso que reunimos nesta matéria cinco acontecimentos bizarros que, apesar de terem sido avaliados minuciosamente por inúmeros cientistas, jamais foram explicados completamente. * Confira a seguir e conte nos comentários qual foi a sua favorita e se você tem alguma justificativa interessante para os casos descritos:

1 – A garota de gelo

Em uma gelada manhã de dezembro de 1980, um homem abriu a porta dos fundos de sua casa em Lengby, Minnesota, e encontrou Jean Hilliard, sua vizinha de 19 anos de idade, congelada na neve no quintal. O corpo da moça havia sido transformado em um bloco de gelo — totalmente sólido — depois de ficar exposto durante toda a noite a temperaturas abaixo dos -20 °C. Jean foi levada imediatamente ao hospital, e seu estado chocou a equipe que a atendeu.

A garota estava tão seriamente congelada que nenhum de seus membros podiam ser movimentados. Além disso, ela se encontrava tão rígida que os médicos não conseguiam sequer injetar qualquer tipo de medicamento em seu corpo. Seu estado grave a ponto de que, se voltasse à consciência, ela provavelmente apresentaria sérios danos neurológicos e teria as duas pernas amputadas devido à gangrena.

Entretanto, depois de passar algumas horas enrolada em cobertores térmicos, Jean começou a sofrer violentas convulsões, voltando a ficar consciente e, para a total perplexidade dos médicos, sem apresentar qualquer dano cerebral ou físico, apenas alguns sinais de confusão mental. A garota de gelo deixou o hospital 49 dias depois, sem perder uma única unha devido ao grave congelamento, mostrando simplesmente algumas pequenas cicatrizes.

2 – O senhor da chuva

Imagine que um de seus amigos vai visitá-lo e, depois de ficar todo esquisitão, como tivesse entrado em transe, de repente começasse a chover dentro da sua casa! Esse é Donnie Decker, um norte-americano da Pensilvânia que provocou sua primeira chuva “entre quatro paredes” em 1983, repetindo a bizarra façanha várias vezes depois disso.

Donnie descobriu que conseguia fazer chover dentro dos ambientes em que se encontrava sempre que quisesse e, apesar de ter demonstrado suas incríveis habilidades diante de inúmeras testemunhas, ninguém jamais conseguiu explicar como é que ele conseguia provocar o fenômeno. Aparentemente, tudo começou depois de Decker perder o avô, levando o rapaz a acreditar que seus poderes eram resultado de uma possessão espiritual.

O rapaz inclusive se submete a diversos exorcismos e cerimônias do tipo e, eventualmente, tão misteriosamente como começaram, as chuvas provocadas por Donnie simplesmente pararam de acontecer.

3 – Procura-se lago desaparecido

Tudo bem que o aquecimento global tenha se tornado um tema constante em nosso cotidiano, mas você já ouviu falar do desaparecimento de um lago inteiro de uma hora para outra? Esse fenômeno aconteceu na Patagônia em 2007, deixando para trás um enorme leito com 30 metros de profundidade e 8 quilômetros de longitude!

Segundo as informações, a última vez que o lago foi visto foi no mês de março; apenas dois meses depois, geólogos que visitavam a região constataram que ele havia desaparecido sem deixar vestígios. Ninguém consegue entender como é que um lago dessas proporções pode ter sumido assim, tão repentinamente, mas uma das teorias é de que um terremoto possa ter provocado a drenagem da água.

O problema é que nenhum evento desse tipo foi registrado na região durante o intervalo de tempo que o lago supostamente levou para desaparecer. O mistério sobre o sumiço das águas continua sem explicação, servindo apenas para alimentar a imaginação dos ufólogos de plantão, que acreditam que uma nave alienígena tenha vindo à Terra roubar o líquido.

4 – Animais enclausurados em rochas

Imagine que você decide quebrar um pedaço sólido de rocha e, para a sua surpresa, descobre um animal vivo enclausurado em seu interior. Na verdade, existem inúmeros registros de casos desse tipo, de tartarugas, lagartos, sapos e outros bichinhos que foram encontrados no interior de pedras, troncos de árvores e até no meio de peças de concreto.

Trata-se de um dos mistérios geológicos mais enigmáticos do mundo, pois os interiores das rochas são como uma espécie de molde dos corpos dos bichinhos. Além disso, a maioria das pessoas que encontraram esses animais vivos alega não ter descoberto qualquer fissura, orifício ou rachadura que permitisse a entrada de ar. Como é que essas criaturas conseguiram sobreviver sem ar, água e sem se mover, e sabe-se lá por quanto tempo?

Talvez a anedota mais incrível sobre este mistério seja um caso ocorrido na França em 1856. Homens que escavam um túnel para uma linha de trem, depois de cortar um pedaço de calcário da era jurássica, se depararam com uma bizarra criatura. O animal cambaleou para fora da rocha, chacoalhou as asas, soltou um grito e caiu morto. Com uma envergadura de 10 metros de asa, quatro patas e dentes, o bicho foi identificado como sendo um pterossauro!

5 – As Faces de Bélmez

Pessoas costumam identificar animais, pessoas e até o rosto de Jesus nos mais inusitados lugares, e esse fenômeno inclusive tem um nome: pareidolia. No entanto, o caso das Faces de Bélmez foge dessa explicação. Tudo começou na Espanha na década de 70, depois que os moradores de uma casa da cidadezinha de Bélmez identificaram um rosto humano no cimento que fazia parte da lareira da cozinha.

Os proprietários da casa quebraram a lareira e construíram uma nova, descobrindo um novo rosto no chão uma semana depois. Escavações na residência revelaram uma sepultura com ossos humanos logo abaixo da estrutura, e mesmo depois de destruir e reconstruir a lareira inúmeras vezes, as faces estranhas continuavam aparecendo.

Pesquisadores e especialistas — céticos ou não — investigaram o caso do surgimento dos rostos durante 30 anos, e análises minuciosas realizadas nas superfícies onde elas apareciam revelaram que não se tratava de pinturas sobre o concreto. O caso continua sem explicação, levando cientistas a proclamarem que este poderia ser o fenômeno paranormal mais importante do século.

 

Fonte: Megacurioso.com/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!