19/11/2017

Monte Santo: ARESOL prepara celebração de 10 anos de atuação

 

Os coordenadores e equipe técnica da Associação Regional dos Grupos Solidários de Geração de Renda - ARESOL se reuniram nesta sexta-feira (17), na sede da entidade, em Monte Santo, Bahia, para organizar as comemorações dos 10 anos de atuação.

A grande comemoração acontecerá no dia 09 de dezembro de 2017, na sede da ARESOL, na cidade de Monte Santo, com quatro momentos: uma Celebração, Resgate Histórico das lutas e conquistas, Pronunciamento dos Parceiros e Personalidades, que marcaram a história da ARESOL e o Encontro da Música com Zé Vicente.

“É uma comemoração das muitas lutas e conquistas do Grupo. Todos estão motivados para celebrar os 10 anos de história da ARESOL. O dia 09 de dezembro é o marco para fechar as celebrações, que ocorreram durante todo o ano. Em 2017 foi um ano de muito trabalho e dedicação aos grupos filiados, a luta pela melhoria de vida dos trabalhadores rurais e pelo desenvolvimento das associações. É com esse espírito que vamos comemorar”, destacou, Rogério Lopes, coordenador geral-presidente da ARESOL.

Estiveram presente à reunião de planejamento, os membros do Conselho Fiscal e Conselho Deliberativo da ARESOL, técnicos e representantes de Associação filiadas à ARESOL das cidades de Cansanção, Itiúba, Campo Formoso, Pindobaçu, Jaguarari e Senhor do Bomfim.

O vice-coordenador da ARESOL, Manoel Andrade, resgatou momentos históricos do grupo durante os 10 anos de atuação.  “Queremos contar a história de muitas lutas e de muito trabalho ao longo desse tempo. Trabalhamos para ter acesso ao PNAE, para a construção do Monte Sabores, o acesso ao CESOL, a construção da Coopersabor, os mutirões para a construção da Sede da ARESOL em Monte Santo. São muitas conquistas, e isso será contada e comemorada”, pontuou, Manoel.

Ao final, o coordenador do CESOL Piemonte Norte do Itapicuru e Piemonte da Diamantina, Luís Costa Oliveira, destacou os convênios de cooperação, assinados pelas entidades assessoradas pela ARESOL com o Governo da Bahia, através dos projetos do Bahia Produtiva.

“É um ano de conquista para muitos grupos que são filiados à ARESOL, e receberam o apoio e a assessoria para se formalizar e acessar editais e projetos do Bahia produtiva, que trouxe  investimento aos grupos. Muitos projetos do Bahia Produtiva chegaram até  Monte Santo e região e isso tem muito a participação e atuação da ARESOL, e nossa mais recentemente conquista é a atuação do nosso CESOL”, completou.

Câmara de Monte Santo aprova Lei do Executivo que Beneficia Pequenos Agricultores

Nesta quinta-feira 16/11 a Câmara Municipal de Monte Santo aprovou, por unanimidade de votos, importante Projeto de Lei de iniciativa do Executivo Municipal e que beneficiará, de imediato, 403 famílias de pequenos agricultores com Contratos em aberto junto ao PRONAF. Trata-se do Projeto de Lei n° 014/2017, de 14 de novembro de 2017 que Autoriza o Chefe do Poder Executivo  Municipal a firmar Termo de Liquidação e Renegociação de Dívida dos pequenos agricultores deste Município de Monte Santo (BA) junto ao Banco do Nordeste do Brasil, e dá outras providencias.

A Galeria da Câmara de Vereadores estava lotada de representantes de Entidades ligadas ao setor agrícola de Monte Santo e de pequenos produtores rurais que vieram prestigiar os debates sobre o Projeto a convite do Prefeito Vando, Vereador Laerte e Vereadores com mais afinidades com os agricultores, destacando-se na defesa da iniciativa do Prefeito os Vereadores Marquinhos do Leu, Pedro Almeida, Cleber Marques, Rodinei Tolentino e Gilson Pinto.

Durante os debates do Vereador Laerte falou da importância do Projeto que não vai onerar significativamente o Município cuja contrapartida é de valor insignificante comparado aos resultados da reabilitação dos pequenos produtores rurais que a partir desta segunda-feira poderão estar isentos de pendências relacionadas ao PRONAF e automaticamente habilitados a contrair novos recursos para investimentos em suas propriedades assim contribuir para o progresso do nosso Município e melhoria da qualidade de vida das famílias que poderão voltar a produzir no campo.

O Vereador Marquinhos do Leu destacou a importância da iniciativa do Prefeito Vando em ser o pioneiro na Região Sisaleira a entender a necessidade de dar oportunidade de reabilitação dos nossos pequenos produtores rurais, palavras endossadas pelo Vereador Pedro Almeida que lembrou que em algumas regiões do Município onde as secas de alguns anos passados aniquilaram as possibilidades dos agricultores e que esta é uma oportunidade única, não só para aqueles com inadimplência nos anos anteriores a 2011 como também para os que tiveram suas finanças embaraçadas após esse período.

O Vereador Gilson Pinto destacou a visão do Prefeito em não perder tempo para que os pequenos agricultores tenham essa oportunidade de voltarem a negociar com o Banco do Nordeste e que isso poderá ser um marco que acenderá as esperanças de melhores dias para o homem do campo.

 O Vereador Rodnei Tolentino enfatizou a preocupação do Prefeito Vando em dar essa atenção especial aos pequenos agricultores familiares, lembrando que nenhuma outra Gestão teve tanta iniciativa no tocante aos anseios dos ruralistas, destacando a distribuição de tratores totalmente ocupados que beneficiarão as famílias que das comunidades já contempladas e que agora, com a reabilitação e oportunidade de novos investimentos para mais de quatrocentas famílias Monte Santo poderá tornar-se um grande produtor na agricultura familiar.

Por fim o Vereador Cleber Marques endossou as palavras do Vereador Rodnei, dizendo mais, que não tinha cabimento deixar de acolher o pedido do Executivo Municipal para que o Projeto tramitasse em regime de urgência inclusive com dispensa de Pareceres, dada a objetividade do Projeto de Lei, bastante claro e que se a matéria não era complexa, que abrangia nessa oportunidade apenas os agricultores inadimplentes para com o Banco do Nordeste como ficou amplamente explicado pelo Gerente do Banco do Nordeste de Senhor do Bomfim, presente na Sessão e que proferiu um importante esclarecimento a todos.

O Prefeito Vando, em pronunciamento de mais de uma hora, destacou entre outros assuntos relevantes, a importância da aprovação do Projeto de Lei 014/2017 para os pequenos agricultores que não só beneficiará os inadimplentes de anos anteriores a 2011, mas abre a oportunidade de renegociação de dívidas dos agricultores, também de anos posteriores a 2011 com o pagamento de um valor irrisório. Disse mais o Prefeito Vando que no tocante ao fomento à agricultura em nosso Município, a reabilitação dos pequenos agricultores é uma questão de honra e tão logo tomou conhecimento da Lei nº  13.340, de 28 de setembro de 2016 que Autoriza a liquidação e a renegociação de dívidas de crédito rural procurou interar-se do assunto no que viria a beneficiar os pequenos agricultores da nossa terra e não demorou muito a realidade é a aprovação dessa Lei Municipal que possibilitará novas oportunidades para mais de 400 famílias na agricultura familiar.

Ignorando denúncias de irregularidades, prefeitura confirma início das atividades da Atlântico em Paulo Afonso

Mesmo sem uma definição na Justiça sobre os recursos contra o processo de licitação para exploração do transporte público urbano, a prefeitura de Paulo Afonso publicou hoje (17), uma nota oficial afirmando que a empresa ATT – Atlântico Transportes e Turismo começará a operar  em Paulo Afonso, no dia 25 de novembro.

A audiência marcada para essa semana, no dia 14 no Fórum Adauto Pereira teve que ser redesignada porque a própria prefeitura não compareceu, ou seja, a nova empresa iniciará suas atividades mesmo diante de uma flagrante insegurança jurídica.

 Segundo o gerente da Vitran (uma das concorrentes no processo de licitação), José Mota (Dudé), a empresa Atlântico não cumpriu todas as cláusulas do edital, e portanto, teria que ser eliminada do certame. Uma das irregularidades, segundo Dudé, é a falta de investimento no valor de R$ 101 milhões em obras na cidade, que seria uma contrapartida da empresa com o município num prazo de 180 dias contados a partir da assinatura do contrato. Segundo Dudé, até agora o investimento foi zero.

Ignorando as denúncias de possíveis irregularidades no processo licitatório, a prefeitura em nota, se mostrou empolgada com a nova empresa, e ao contrário dos argumentos de Dudé, ressaltou que a “ATT cumpriu com as obrigações descritas no contrato”.

Veja o que disse o prefeito em exercício Flávio Henrique:

“Nós estamos presenciando uma revolução no serviço de transporte coletivo de Paulo Afonso. Com essa visita nós ficamos satisfeitos, porque constatamos o cumprimento da ATT com as obrigações descritas no contrato de concessão, o que demonstra que a partir do dia 25 de novembro a população de Paulo Afonso terá o melhor transporte coletivo do Brasil”.

 

Fonte: Ascom ARESOL/Monte Santo Net/PA4/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!