07/12/2017

Mundo Novo: 51ª Exposição acontece entre 7 e 10 de dezembro

 

Entre os dias 7 e 10 de dezembro, a cidade de Mundo Novo, no centro-norte do Estado, sediará a 51ª edição da tradicional Exposição Agropecuária.

O Evento, que acontece no Parque Nestor Duarte, contará com leilão, concurso Garota Country, apresentação de cães de pastoreio, estande da Escola de Medicina da Universidade Federal da Bahia (UFBA), shows, entre outras atrações.

Na ocasião, será lançada, ainda, a Associação Semiárido Produtivo. A grande novidade da exposição, portanto, fica por conta da 1ª Copa de Marcha, no domingo (10), às 10h, com o árbitro Rogério Cerqueira.

No sábado, as duplas Wesley e Ygor e Silvaney e Robson e a cantora Camila Vitorino (Menina Faceira) animarão o público, a partir das 22h.

Morro do Chapéu: Justiça obriga, de novo, que prefeito permita acesso de vice a gabinete

A relação entre o prefeito de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, Leonardo Dourado, e a vice dele, Juliana Araújo, parece que a cada dia não melhora.

Uma nova sentença judicial obriga Leonardo Dourado, o Léo Dourado, a permitir o acesso de Juliana Araújo ao gabinete da própria vice-prefeita.

Segundo decisão da juíza Karoline Cândido Carneiro, da última quarta-feira (29), Dourado terá de pagar multa diária de R$ 1 mil caso desobedeça a medida.

A juíza também determinou o uso de toda infraestrutura necessária ao exercício do cargo de Araújo, além de ordenar a nomeação dos servidores indicados pela vice-prefeita que foram demitidos pelo gestor.

Ainda segundo a decisão, foi enviado ofício à Procuradoria de Justiça da Bahia para apurar a prática de crime de responsabilidade por parte do prefeito de Morro do Chapéu.

Em julho passado, a mesma juíza obrigou Dourado a permitir o acesso da vice-prefeita ao gabinete da vice-gestora, além da nomeação de funcionários indicados por Juliana Araújo.

Policlínica de Irecê será a 4ª unidade de saúde inaugurada pelo governo em menos de 1 mês

O governo do Estado iniciou neste mês a inauguração de quatro novas policlínicas e dois hospitais, que devem impactar no atendimento de 4 milhões de baianos. A primeira entregue foi a policlínica de Teixeira de Freitas, no dia 17 de novembro, seguida pela de Guanambi no dia 24. Já em dezembro foi inaugurado o Hospital da Chapada, em Seabra e, nesta sexta-feira (8), será a vez da policlínica de Irecê. Ainda este mês o governo abre as portas do Hospital da Costa do Cacau, em Ilhéus, e da policlínica de Jequié.

Expedição em quilombos de Lençóis e Rio de Contas leva oficinas para comunidade

Os artistas Evandro Angerami e Julia Paranaguá estão organizando uma expedição, realizada por meio de financiamento coletivo, que passará por quatro quilombos dos municípios de Lençóis e Rio de Contas, na Chapada Diamantina. São eles o de Remanso, da Iúna, do Bananal e de Barra do Brumado. Essa ação foi denominada ‘Trajetória’.

A expedição Trajetórias está prevista para o início do próximo ano. Sua concretização, entretanto, depende do sucesso da campanha de financiamento coletivo que os artistas estão promovendo no site Solidário. Na página do projeto, há uma relação descritiva de todos os custos que terão. Não apenas com a viagem, mas também com a compra de materiais como tintas, telas, pincéis para a promoção das oficinas, além, de é claro, com a compra das prensas de xilografia que serão deixadas para as comunidades.

O roteiro, que deverá se estender por quatro semanas, prevê a realização de oficinas de pintura para crianças e a criação de murais em conjunto com cada uma das comunidades, além da capacitação de jovens e adultos em xilogravura, com o ensino de técnicas de impressão e composição visual.

“Os temas para a elaboração desses trabalhos são sempre escolhidos pelos próprios quilombolas. Para além das questões práticas, o projeto pretende reafirmar suas raízes culturais, fortalecendo a autoestima de cada um desses indivíduos, produtores de uma cultura riquíssima”, afirmou Anger.

O artista ainda lembrou a importância da Chapada Diamantina como um dos principais polos de ecoturismo do país. “Mas ainda assim, muito pouco de toda riqueza gerada em torno disso é revertida a essas comunidades quilombolas, que hoje se encontram em uma situação de vulnerabilidade econômica e social”, pontuou.

Ao final de cada uma dessas experiências, prensas de xilogravuras serão doadas às comunidades. A ideia é que, a partir das oficinas de capacitação, os quilombolas consigam não apenas preservar a memória e os saberes tradicionais de sua produção, mas monetizá-la com a venda de gravuras aos milhares de turistas que viajam à região todos os anos.

Vale do Capão recebe curso sobre a cultura das danças de Israel no final de dezembro

Nos próximos dias 29 e 30 de dezembro, o professor Ian Carvalho ministra um workshop de Danças Circulares no Vale do Capão, localidade do município de Palmeiras, na Chapada Diamantina. Carvalho tem formação complementar em Dança Circular e Ludopedagogia. Um dos objetivos do trabalho é experimentar as músicas, os gestos, os ritmos e os passos dos diversos povos, apoiando e sendo apoiado pela roda, faz com que os dançantes entrem quase que imediatamente em um campo novo de aprendizagem, buscando conectar as pessoas de forma harmoniosa.

É também um convite para conhecer, através do ritmo, melodia e movimentos, a expressão de outra cultura, com seus gestos, posturas e história. Naturalmente, o simples ato de dançar junto aproxima fronteiras, estimulando os integrantes da roda a respeitar, aceitar e honrar as diversidades. As danças circulares do povo israelita chamam atenção pela vivacidade, alegria e espírito comunitário.

Em todos os povos e em todas as épocas a Dança Sagrada fez parte da cultura das comunidades. O círculo, símbolo universal, representava o espaço da comunidade para celebrar momentos importantes da vida humana. As danças têm variados níveis de aprendizado, não tendo necessidade de experiência anterior para participar desses círculos. As danças podem ser tradicionais, regionais, folclóricas ou contemporâneas. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

  • Serviço

Evento: Workshop de Danças Circulares

Data: 29 e 30 de dezembro

Local: Pousada Lothlorien, no Vale do Capão

Investimento: R$ 80 por pessoa

Mais informações e inscrições: https://goo.gl/iwxFDX

Prefeito de Lajedinho cobra reservatório da Embasa para atender famílias vítimas da inundação de 2013

O prefeito do município de Lajedinho, na Chapada Diamantina, Marcos Mota (PSD), e o chefe de gabinete da deputada estadual Ivana Bastos (PSD), Marcílio Seixas, estiveram com o presidente da Embasa, Rogério Cedraz, e o diretor de Operações, da empresa, José Ubiratan, para solicitar obras e serviços do órgão no município. A reunião aconteceu em Salvador na tarde da última segunda-feira (4).

De acordo com informações de assessoria, foi solicitada a construção de um reservatório para atender as 231 unidades habitacionais do Loteamento do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ Maria José Pereira de Almeida, que serão habitadas pelas vítimas da inundação de dezembro de 2013. Durante a audiência, o presidente afirmou que a Embasa está à disposição do município e realizará um estudo para verificar a viabilidade da obra.

Aula de Zumba movimenta vida dos moradores de Nova Redenção

Os cidadãos de Nova Redenção, na Chapada Diamantina, participaram na última segunda-feira (4) de atividades físicas no ‘Projeto Fase Preparatória’ para a XI Maratona Municipal, que acontece até o dia 15 de janeiro de 2018. O dia foi de caminhada e a aula de Zumba. As caminhadas ocorrem durante toda a semana e a Zumba está programada para todas as segundas e sextas às 18h, com o professor Érico Brito, da cidade de Andaraí.

A prefeita Guilma Soares (PT), do ‘Governo da Reconstrução’, e o líder político Ivan Soares estiveram na abertura dos trabalhos dando apoio e incentivo às práticas esportivas. Guilma anunciou que a partir da próxima sexta-feira (8) as aulas de Zumba acontecerão na Praça Alexandre de Almeida, em virtude de ser mais iluminada, criando um ambiente mais adequado para desenvolvimento das atividades.

Ibiquera tem atendimento gratuito com fisioterapeuta em ação da Secretaria Municipal de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Ibiquera, na Chapada Diamantina, está oferecendo o serviço de fisioterapia destinado ao atendimento de crianças, jovens, adultos, gestantes e idosos. A ação da administração ‘Nasce uma Nova Ibiquera’, do prefeito Ivan Almeida (PMDB), acontece nas segundas e terças na Unidade Básica de Saúde da Família do município. A profissional responsável pelos trabalhos em favor da população ibiquerense é a fisioterapeuta Juliana Gonçalves, especialista em Saúde Coletiva.

“Agradeço ao excelentíssimo prefeito Ivan, a oportunidade que me foi oferecida e hoje estou lisonjeada em fazer parte do elenco de saúde deste município. Nesses primeiros 30 dias, onde começamos a oferecer o trabalho de Fisioterapia, pude notar a importância e a evolução dos 25 pacientes atendidos e acompanhados”, disse a profissional. Segundo ela, a maioria desses pacientes foram acometidos por AVC Isquêmico, seguidos daqueles com trauma ortopédico e outras inúmeras patologias que necessitam do tratamento fisioterapêutico.

“Tenho convicção que podemos fazer muito com pouco se temos amor pela profissão e respeito ao próximo. Graças a Deus o índice de satisfação dos pacientes é notório ao final de cada atendimento, trazendo-me a plena certeza que cada dia fizemos o melhor. Obrigada a todos que direta e indiretamente contribuem para realização do nosso trabalho”, agradeceu Juliana.

 

 

Fonte: A Tarde/BN/Jornal da Chapada/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!