14/12/2017

Feira: Circuito Cultural Belgo Bekaert retorna em 2018

 

O Circuito Cultural Belgo Bekaert encerrou mais uma temporada em Feira de Santana com 48 apresentações teatrais realizadas no período entre 16 de agosto e 24 de novembro deste ano. Só em 2017, o projeto, que já é realizado em Feira de Santana desde 2011, contemplou 43 escolas da rede pública municipal de ensino da cidade com um público total de 8.919 espectadores.

“Foi uma ação inédita em Feira de Santana, não apenas pelos números, mas também pela qualidade dos espetáculos e dos grupos teatrais trazidos para cidade pelo Circuito”, comemorou Tamylla Rosa, assistente de Comunicação da Belgo Bekaert Arames, empresa responsável pelo projeto.

“Trata-se de um projeto relevante para a formação de público e democratização da cultura na cidade e isso só é possível graças a Belgo Bekaert Arames, empresa idealizadora e patrocinadora do Circuito, e aos vários apoiadores a quem agradecemos”, destaca Marcelo Carrusca, produtor do Circuito Cultural Belgo Bekaert.  “A receptividade do público feirense também é grande e em 2018 a cidade deve receber o Circuito Cultural novamente”, acrescenta.

Com atrações direcionadas ao público infanto-juvenil, o Circuito Cultural Belgo Bekaert  já levou mais de 73 mil espectadores às 326 apresentações realizadas em teatros, praças e escolas da cidade.

O Circuito Cultural é promovido pela empresa Belgo Bekaert Arames por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e tem como proposta oferecer uma programação cultural regular à comunidade e democratizar a cultura como fonte de conhecimento e desenvolvimento. A iniciativa  conta ainda com o apoio da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, Jornal Folha do Estado, Hotel Classe Apart e produção da Lima Produções Culturais. Além de Feira de Santana, o programa está presente em outras quatro cidades brasileiras - Contagem e Vespasiano (MG), Osasco e Hortolândia (SP). A programação e mais informações sobre o Circuito Cultural Belgo Bekaert podem ser conferidas na página  https://www.facebook.com/circuitoculturalbelgobekaert.

Em 2018, o Circuito deve realizar sua oitava edição na cidade de Feira de Santana.

Produção rural do Portal do Sertão é destaque em feira realizada no Feira de Santana

Tapioca, doces, hortaliças, frutas, flores e outros produtos do meio rural poderão ser adquiridos na II Feira da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Território Portal do Sertão, neste domingo (17), no Parque Lagoa Grande em Feira de Santana, das 6h às 12h.

O evento tem por objetivo fortalecer a comercialização da produção rural, além de estimular a população a consumir alimentos saudáveis. A feira é organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) e a Associação dos Pequenos Agricultores do Município de Feira de Santana (APAEB), e conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater).

“A Bahia é o estado que tem o maior número de agricultores familiares e inciativas como esta ajuda a fortalecer e emponderar o segmento. A feira vai ser realizada no Parque Lagoa Verde, um local revitalizado pelo Governo do Estado e a gente tem a expectativa de realizá-la sempre aos domingos duas vezes ao mês, e fazer desse espaço um local de referência para as pessoas adquirirem alimentos saudáveis, sem agrotóxicos ofertados com preço justo”, destaca Edilza Silva, coordenadora da Bahiater do Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (SETAF), do Portal do Sertão.

Hospital da Mulher faz triagem para cirurgia de gigantomastia nesta quinta

Dores na coluna decorrente do tamanho excessivo das mamas é a principal queixa das mulheres que sofrem de hipertrofia mamaria. Esse desconforto implica em problemas relacionados à saúde e o procedimento cirúrgico realizado nesses casos é muito mais do que um fator estético.

Em Feira de Santana, as mulheres de baixa renda que residem na cidade poderão participar mais uma vez do mutirão para a realização da gigantomastia (cirurgia reparadora da mama, feita através da mamoplastia redutora) no Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher.

A 6ª triagem será realizada nesta quinta-feira (14) no ambulatório do Hospital, a partir das 7h. Serão distribuídas 200 fichas para avaliação gratuita, que será realizada pela equipe médica e equipe de assistentes sociais. As pacientes escolhidas, cerca de 40 a 60 mulheres, serão operadas em 2018 e 2019.

É preciso dos seguintes requisitos para participar da triagem: Residir em Feira de Santana; Ter mais de 4 kg de mama; Ter filho(s), pois trata-se de um procedimento reparador que futuramente impossibilitará a amamentação e a sensibilidade da área; Ter carência econômica.

Outros critérios são estabelecidos pelo profissional médico que faz as cirurgias. As mulheres que já realizaram triagens anteriormente e não foram selecionadas por não atender os requisitos serão observadas criteriosamente.

A presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), Gilberte Lucas, afirma que neste ano a pré-avaliação será mais rigorosa. “Observamos que na última triagem 30% que participaram deram endereço de Feira de Santana e não moravam na cidade, e outras participantes tinham condição de fazer a cirurgia particular”, explica.

Gilberte ainda afirma que a equipe de assistentes sociais vai até a residência da mulher sem aviso prévio, pois o recurso para a realização das cirurgias é próprio, ou seja, totalmente custeado pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana e sem credenciamento pelo SUS, e por isso não tem como atender a demanda de outros municípios.

De acordo com o cirurgião plástico, Cesar Kelly, coordenador do Programa de Tratamento das Gigantomastias Extremas do Hospital da Mulher, o programa tem um caráter altruísta e de voluntariado que envolve o município, os profissionais e o Hospital da Mulher. Somente neste ano dezenove mulheres já foram contempladas para o tratamento cirúrgico.

Pedagoga que participou de todos os nove cursos da Unamacs destaca importância do aprendizado

"A UNAMACS (Universidade Aberta do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) foi um grande presente à minha vida, neste ano, por me possibilitar a troca de saberes imprescindível". O reconhecimento é da pedagoga Soraia Silva Benício (foto) ao receber seu certificado de conclusão de cursos da Unamacs, na noite desta terça-feira, 12, durante solenidade realizada no Parque do Saber Dival da Silva Pitombo.

"A UNAMACS é uma proposta que veio para ficar. Feira de Santana era carente de algo que abordasse as questões ambientais de forma conjunta. Ela agrega as pessoas que pensam de forma diferente e que se preocupam com o meio ambiente", acrescentou Soraia. Ela participou de todos os nove cursos oferecidos gratuitamente pela universidade, cuja temática incluiu compostagem, reciclagem e licenciamento ambiental. As atividades de 2017 incluíram, ainda, três oficinas, uma viagem de campo e três visitas técnicas.

"A Universidade Aberta do Meio Ambiente é sucesso absoluto. Atingimos as metas em curto espaço de tempo e tivemos a participação de alunos de outras cidades baianas, a exemplo de Santo Estevão, Antônio Cardoso, Juazeiro e mais Recife, em Pernambuco, e do estado de Minas Gerais", afirmou a bióloga da Semmam, Érica Teles, uma das gestoras da UNAMACS.

O titular da Semmam, secretário Sérgio Carneiro, frisou que "o Meio Ambiente está na lista das prioridades do Município. Terminamos o ano com saldo positivo de ações realizadas: foram dois seminários, sendo eles sobre mobilidade urbana e energia solar; comemoramos o Dia da Água e Dia do Meio Ambiente; lançamos o programa de delimitações das lagoas; vamos construir o Parque Linear do Papagaio; destruímos 1.126 equipamentos sonoros apreendidos no Feira Quer Silêncio, além de implantar a Unamacs, que é sucesso no meio acadêmico e ambientalista”.

O ato de certificação dos alunos contou com as presenças do prefeito José Ronaldo de Carvalho, do secretário municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Sérgio Barradas Carneiro, do reitor da Uefs, Evandro do Nascimento, além do vereador Roberto Tourinho e secretário municipal de Agricultura, Joedilson Freitas, que compuseram a mesa.

Presidente da Câmara cobra construção de hospital

Em discurso proferido na sessão legislativa desta quarta-feira (13), o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB), cobrou do governador Rui Costa (PT) a construção de um novo hospital geral na cidade, que, segundo ele, foi promessa de campanha.

José Carneiro iniciou o pronunciamento relatando que sente muita saudade do ex-presidente da Casa, Reinaldo Miranda – Ronny, que faleceu no mês de agosto deste ano.

Em seguida, ele chamou atenção do governador da Bahia sobre a necessidade da construção do novo hospital geral de Feira de Santana, afirmando que o chefe do Executivo Estadual prometeu construir esse equipamento no primeiro ano da sua gestão, “porém, em 2018, será o último ano do mandato de Rui Costa e, até agora,  nenhuma pedra fundamental foi colocada no hospital geral”, queixou-se.

 

Fonte: Por Carol Campos -  Assessoria de Imprensa/Ascom SDR/SEcom PMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!