15/12/2017

Câmara de Remanso decide peitar o Ministério Público

 

Por unanimidade, a Câmara de Remanso, no norte da Bahia recusou o pedido de cassação de seis vereadores da cidade e dois suplentes, feito pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Os políticos foram denunciados em decorrência da Operação Carro Fantasma, que investiga um desvio de quase R$ 10 milhões do erário municipal.

Em entrevista ao bahia.ba, o vereador Antônio Moura (SD) afirmou que o entendimento do plenário foi de que, como já existe um processo na Justiça, cassar os colegas seria uma espécie de “segundo julgamento”.

“Achamos estranho também o MP pedir a cassação de suplentes. Não podemos cassar suplentes. Além disso, Cristiano Marques não era vereador na época da denúncia dos fatos”, acrescentou Moura.

Além de Cristiano, foram denunciados os vereadores Cândido Francelino de Almeida (presidente da Câmara), José Ailton Rodrigues da Silva, Renata Lemos Rosal do Valle, Mailto de Franca Brito e Domingo Sávio Ferreira de Castro, e os suplentes Tomaz Neto Rodrigues da Silva e Jorge Brito Alves.

De acordo com o Ministério Público, a associação criminosa funcionava por meio de emissões mensais de notas fiscais inidôneas e sublocação de veículos fantasmas, que não existiam ou não prestavam nenhum tipo de serviço público.

Durante a operação, deflagrada no final de novembro, foram presos o ex-prefeito de Remanso, Celso Silva e Souza (PT); o seu irmão e ex-secretário de Administração e Finanças, Arismar Silva e Souza; e os seis vereadores, além de ex-legisladores, servidores públicos e um empresário.

Juazeiro: Obras do Parque Fluvial avançam e recuperação de quadras já está 85% concluída

Iniciada há pouco mais de 40 dias a obra do Parque Fluvial já apresenta mudanças significativas e vem atraindo cada vez mais a atenção e o interesse da população juazeirense. A intervenção tem como objetivo promover a revitalização física e paisagística de toda a área considerada como degradada da orla fluvial juazeirense, no trecho entre o muro da Marinha e o Angari, uma extensão de aproximadamente 3,5 Km.

O Parque Fluvial é uma iniciativa da Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR), fruto de uma parceria do Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA) do Ministério do Meio Ambiente e do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal. Segundo o engenheiro da SEDUR, Lucas Souza, o cronograma da obra está bastante adiantado e na área da Orla 2, a reestruturação das quadras já está 85% concluída.

“As duas quadras poliesportivas já receberam toda a recuperação da parte estrutural, só falta executar a pintura final e o polimento do piso – serviços que iremos executar próximo da inauguração. Concluímos toda a limpeza da área da Prainha da Marinha e da área que vai receber o Campo Society, a quadra de areia já recebeu a demarcação com meio fio, traves para rede e reposição da areia. Já executamos a base para o ponto de apoio dos caiaques. Em breve vamos iniciar o piso cobograma (bloco de concreto vazado que permite que a água entre pelos vazios) e estamos executando o nivelamento do piso que receberá a pista de Cooper, no passeio superior, do trecho entre a Marinha e a Ponte Presidente Dutra”, explicou o engenheiro da SEDUR Lucas Souza.

A funcionária pública, Maria Auxiliadora Torres faz caminhada diariamente na Orla acompanhada do marido e vem acompanhando o andamento da intervenção. “Eu sempre comentava que não acreditava que essa obra ia acontecer e hoje ao passar todos os dias e ver o andamento tenho ficado surpresa com a evolução. Quando vejo qualquer conhecido falar mal da obra sou a primeira a defender, espero ansiosa pela conclusão para ver a maravilha que tudo isso aqui vai ficar”, declarou Maria Auxiliadora.

O titular da SEDUR, Anderson Alves, tem acompanhado o andamento da obra diariamente e informa que o cronograma da obra está dentro do planejado. “Temos contado com o apoio da população no sentido de fiscalizar a obra, o que é muito bom. Aproveito para esclarecer alguns pontos como a localização dos quiosques que vem sendo questionada pela comunidade da igreja que está localizada na Orla. A equipe técnica está estudando a melhor localização para que atenda não só ao bem estar da igreja, mas também dos comerciantes. Essa gestão preza pela democracia, e essa é a orientação do prefeito Paulo Bonfim para todas as ações da secretaria”, destacou Anderson Alves.

Ainda segundo o secretário Anderson Alves, a população tem questionado a retirada das faixas de pedra portuguesa no passeio da orla. “Estamos bretirando as faixas de pedra, para fazer o nivelamento do piso e executarmos a pista de Cooper, no passeio superior, que vai do muro da Marinha até a Ponte. A nossa equipe está à disposição para esclarecer qualquer dúvida da população, é só nos procurar na secretaria, ou ligar”, finalizou Anderson Alves.  Em relação a dúvidas e esclarecimentos a população deve se dirigir a SEDUR, que está localizada no Núcleo Administrativo, no Distrito Industrial (antigo prédio da Picadilly, ou através dos telefones (74) 3612-5429/5487.

ENCONTRO REGIONAL DA ZONA TURÍSTICA DO VALE DO SÃO FRANCISCO É REALIZADO EM JUAZEIRO

Aconteceu na última quarta-feira, 13, no Grande Hotel de Juazeiro, o Encontro Regional da Zona Turística do Vale do São Francisco, realizado pela Câmara de Turismo do Vale do São Francisco, e contou com a participação do Secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Juazeiro, Sérgio Fernandes. O evento teve ainda a presença de Gestores Municipais de Turismo da região sanfranciscana.

De acordo com a organização, o objetivo do evento é uma sensibilização à importância do Turismo como vetor de desenvolvimento dos municípios, pois ele tem sido visto como uma das atividades mais promissoras deste século.

O Gerente Regional do SEBRAE Carlos Cointeiro, o Presidente da Câmara Temática Luciano Correia, e o Presidente do Conselho Municipal, de Turismo Jomar Benvindo, foram palestrantes do evento. “Destacamos que o turismo nasce no município quando a comunidade, os empresários assumem o protagonismo dessa mudança, de vender a questão do que tem de potencial da cidade, seja em cultura, história, culinária, atrativos, a parte natural, religiosa. Quando eles assumem esse protagonismo, começam a atrair pessoas para frequentar o município e isso vai girando”, afirma Cointeiro.

O Gestor da SECULTE disse que o município de Juazeiro tem grande potencial turístico e alguns projetos para serem executados a partir do próximo ano. “Nós temos o rio São Francisco, temos festas religiosas, carnaval, João Gilberto, Ivete Sangalo. São algumas das potencialidades e vamos investir mais nessas características. Também a nova orla de Juazeiro nos dará grande oportunidade de investir no turismo, realizando atividades intersetoriais e atraindo público. Participar desse encontro foi algo relevante”, conclui Sérgio Fernandes.

Psirico e Tayrone são confirmados no Carnaval de Juazeiro

Além de Harmonia do Samba, Tomate e Luiz Caldas, atrações que irão se apresentar no Carnaval de Juazeiro, agora chegou a vez de divulgarmos mais duas super atrações que o público adora e que com certeza arrastarão uma multidão para verem seus shows. Descobrimos que o pagode eletrizante do Psirico e o arrocha de Tayrone estarão na folia juazeirense. O evento acontece entre os dias 26 e 28 de janeiro em dois circuitos, o tradicional na Adolfo Vianna com os trios elétricos e o da orla nova com o palco.

Antecipamos ainda que Tomate abre o carnaval na sexta feira no trio elétrico e Edson Gomes se apresenta no palco. No sábado, Márcio Vítor e o Psirico comanda o trio e Tayrone se apresenta no palco, além de Harmonia do Samba que também se apresentará neste dia, mas não foi divulgado em que circuito, bem como o dia de Luiz Caldas que também está confirmado no evento.

Escolas de Petrolina recebem ação contra a corrupção realizada pelo MPPE

Um olho no peixe, outro no gato: no mesmo dia em que deflagrou, em conjunto com a Controladoria Geral da União e a Polícia Civil, uma operação contra fraudes em licitações em seis cidades, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) virou sua mira para outro fronte, a prevenção à corrupção. Em todo o Estado, o MPPE lançou a ação institucional Educação Contra a Corrupção, um esforço para conscientizar os pernambucanos desde cedo sobre o potencial destrutivo que a corrupção exerce sobre o cotidiano da população.

As ações da iniciativa Educação Contra a Corrupção foram desencadeadas em dezenas de municípios pernambucanos, como Petrolina, Salgueiro, Gravatá, Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Garanhuns, Palmares, Cabo de Santo Agostinho, Orocó, Olinda, Nazaré da Mata, Limoeiro, Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Lagoa Grande e Serra Talhada, entre outras. Em todas elas, promotores de Justiça conversaram com estudantes de escolas públicas, de 7 a 12 anos, explicando como a corrução influencia no dia a dia do povo e como pequenas práticas que muitos consideram “normais” são, na verdade, delitos ou ações reprováveis do ponto de vista ético. As visitas começaram na segunda-feira 11 de dezembro e devem ser repetidas ao longo do próximo ano letivo.

O foco do MPPE na educação como instrumento de mudança cultural faz parte do compromisso da instituição com a sociedade. Além da ação institucional, foi criado este ano o Caop Educação, instância apropriada para orientar os promotores de Justiça na defesa do direito à edução. “Por isso foi importante lançar essa ação justamente no Dia do Ministério Público (14/12), para que as crianças entendam a importância do trabalho da instituição”, explicou.

AGRICULTORES DO PERÍMETRO IRRIGADO ITAPARICA CONTINUAM OCUPANDO USINA HIDRELÉTRICA

Os agricultores reassentados dos perímetros irrigados do sistema Itaparica, mantém a ocupação da Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga em Jatobá estado de Pernambuco. Os mesmos fizeram a ocupação na madrugada de segunda-feira (11) e dizem que só vão sair quando o governo federal resolver atender suas reivindicações, o movimento apresentou uma pauta de cinco pontos.

Genilda Pereira, coordenadora do pólo sindical, disse que o governo já sinalizou desejo de negociação. Os reassentados aguardam ainda esta semana a presença de representantes do ministério da casa civil, ministério da integração nacional, ministério de minas e energia, da Chesf e da Codevasf.

Até o momento a Codevasf e os demais orgãos não comentaram a ocupação.

 

Fonte: Ação Popular/BlogdoGeraldoJosé/oDiáriodaRegião/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!