17/12/2017

Bahia espera receber 5,6 milhões de turistas no verão

 

A estação mais movimentada do ano já está chegando. No próximo dia 21, começa, oficialmente, o verão, e, junto com ele, chega também um maior fluxo de turistas estrangeiros e nacionais ao estado, promovendo uma intensa circulação de pessoas, sobretudo nas 13 zonas turísticas baianas. A Secretaria de Turismo do Estado (Setur) calcula que o verão represente 37% de todo o movimento turístico do estado. Paralelamente ao incremento de turistas previsto nesta alta estação, estimado em 5,6 milhões de pessoas – 8,46% mais que na temporada anterior – abre-se, também na capital baiana, o ciclo de festas populares e atrações culturais diversificadas que tomam as ruas do Centro Histórico de Salvador e movimentam a economia.

Em meio a toda esta agitação, o Governo do Estado desenvolve uma ampla estrutura de apoio turístico, cultural e de segurança para garantir a tranquilidade daqueles que optam pela Bahia durante as férias. Na área de segurança, mais de 50 municípios e localidades turísticas de Salvador e do interior são reforçados com as ações da Operação Verão, lançada pelo governo no início deste mês.

Parte desse incremento de turistas nacionais e internacionais deve-se ao trabalho contínuo da Setur para prospecção de novos voos que contemplem os mais diversos destinos turísticos da Bahia. Como resultado desta política, o número de voos extras para este Verão aumentou cerca de 120%. As companhias aéreas Gol, Latam, Azul e Avianca anunciaram mais de 3,4 mil frequências adicionais para cidades como Salvador, Porto Seguro e Ilhéus – no verão passado foram 1,5 mil.

O número contempla também voos de origem internacional, como os que partem de Buenos Aires (Argentina), Santiago (Chile) e Montevidéu (Uruguai) para a capital baiana. “Fatores como a redução do valor do ICMS para o combustível de aviação, pelo Governo do Estado, e a promoção da Bahia contribuíram para o reforço da malha aérea”, explica o secretário do Turismo, José Alves.

Programação cultural

Após a recente requalificação pelo governo dos largos Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro D’Água, o Pelô da Bahia está preparado para o Verão com uma programação artística diversificada. Ensaios pré-carnaval, ritmos para todas as tribos e eventos culturais de variados gêneros dinamizam o Centro Histórico e o destacam como um dos principais pontos para curtir a estação na capital baiana.

Os eventos realizados nos largos são apoiados pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura da Bahia (Secult), Secretaria de Turismo (Setur) e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), que possibilita o uso dos espaços gratuitamente para a realização de atividades culturais. “No Pelourinho acontece o Verão da diversidade. É dos blocos afro, do samba, do reggae, é de cada estilo representado por artistas dos mais diversos portes, desde os novos, que estão construindo a sua trajetória, aos já consagrados nacionalmente”, diz a secretária de Cultura da Bahia, Arany Santana.

O Cortejo Afro já iniciou temporada, nas noites de segundas-feiras, quando o bloco realiza os seus ensaios no Pelô. No segundo ensaio da temporada, no dia 18 de dezembro, às 20h, está confirmada a participação da banda É O Tchan. Os ingressos dos ensaios do Cortejo Afro, no Largo Pedro Archanjo, custam R$ 40 e R$ 20. Já o bloco afro Malê Debalê tem datas reservadas para as duas últimas sextas-feiras de 2017, dias 22 e 29 de dezembro, e retornando em 19 de janeiro. Sempre às 20h e com entrada gratuita.

O bloco afro pioneiro Ilê Aiyê retorna, no dia 5 de janeiro, para mais uma apresentação no Largo Tereza Batista, com ingressos a R$ 40 e R$ 20. Com o objetivo de ajudar a manter os projetos sociais do bloco, a festa é agitada pela Band’Aiyê e convidados. O Olodum retorna na primeira semana de 2018 com shows nos dias 2, 16 e 30 de janeiro, às 20h, com ingressos a R$ 70. Também acontece um ensaio no dia 21 de janeiro, domingo, às 14h, com ingressos a R$ 50.

O reggae jamaicano fundido com a batida percussiva e elementos do suingue baiano é representado pelo som do Muzenza, cujos ensaios ocorrem às quartas-feiras de janeiro no Largo Pedro Archanjo, a partir das 20h. Além dos ensaios dos blocos afro, os palcos do Pelourinho também são ocupados por artistas e shows de diferentes gêneros musicais, trazendo também projetos que terão continuidade durante o Verão. O cantor Gerônimo Santana já iniciou a temporada do projeto “O Pagador de Promessa”. Com ingressos a R$ 30 e R$ 15, cada edição traz convidados no palco do Largo Pedro Archanjo. As apresentações têm início às 20h, todas as terças.

Turismo

A Secretaria de Turismo promove cursos direcionados para trabalhadores do setor, a exemplo de noções conceituais, atendimento e produção associada ao turismo. As aulas ocorreram em cerca de 30 municípios, dentre eles Salvador, Santo Amaro, Jacobina, Feira de Santana, Camaçari, Entre Rios, São Francisco do Conde e Itaparica. Mais de 3,2 mil pessoas foram qualificadas em nove zonas turísticas. Outra vertente da qualificação são ações de controle de qualidade de hotéis e pousadas, vistorias em empresas de turismo e atualização da oferta hoteleira das zonas turísticas da Bahia.

Receptivo a turistas

A Bahiatursa – Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia, programou uma série de receptivos especiais para a alta estação baiana. Os turistas que chegam de navio ou avião a Salvador, principal portão de entrada para as 13 zonas turísticas do estado, são recebidos por grupos musicais baianos e com a simpatia de baianas tipicamente trajadas distribuindo fitinhas do Senhor do Bonfim.

Até o fim do Carnaval – quando acontece a Operação Até Breve, convidando os turistas para voltar e curtir o São João, em junho –, uma maratona de ações vão tomar o Porto e o Aeroporto Internacional de Salvador. No porto, o receptivo continua até abril, quando é encerrado o período de cruzeiros marítimos.

Em janeiro, 12 navios com capacidade para mais de 35 mil passageiros aportam em Salvador. A Bahiatursa está programando receptivo para todas as ocasiões, que serão intensificadas de 8 a 10 de fevereiro, período do Carnaval, com a apresentação de grupos de samba de roda e a realização de pintura tribal e oficina de turbante na área interna do Portão de Desembarque Nacional do Aeroporto de Salvador.

A Bahiatursa mantém ainda unidades do Serviço de Atendimento ao Turista no Pelourinho, na Estação Rodoviária de Salvador e no Mercado do Rio Vermelho. O posto do Sat do Aeroporto funciona diariamente. De segunda a sexta-feira, das 8h30 às 20 horas. E aos sábados e domingos das 9 às 19 horas. O do Pelourinho fica aberto das 8h30 às 18 horas, diariamente. E aos sábados e domingos das 9 às 17 horas, mesmo horário do Sat da Rodoviária. O posto do Mercado do Rio Vermelho atende das 8h30 às 18 horas, de segunda a sexta; das 9 às 17 horas, aos sábados, e das 9 às 14 horas aos domingos.

Um novo posto do Serviço de Atendimento ao Turista (SAT) foi inaugurado no Aeroporto de Salvador, ao lado do portão de desembarque doméstico. “No posto do SAT, o turista tem acesso a material informativo, como folheteria e mapas de Salvador, do Pelourinho e das 13 zonas turísticas do estado, além de atendimento em dois idiomas (inglês e espanhol) com informações essenciais como detalhes sobre rede hoteleira, restaurantes, pontos turísticos, segurança e transporte”, afirma o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado.

Segurança

Na área de segurança, o governo disponibiliza mais R$ 3,5 milhões para a Operação Verão, que segue até o final de fevereiro, com o incremento de mais 24 mil plantões policiais envolvendo as polícias Militar, Civil e Técnica, além do Corpo de Bombeiros. A novidade este ano é a participação da Operação Ronda Maria da Penha, da PM, assim como a cobertura da lancha da 19ª CIPM (Paripe), recém-entregue à unidade operacional. “Com a Operação Verão, o Governo do Estado disponibiliza, por meio de escalas extras, recursos para que nós possamos atuar de forma ainda mais intensa nas localidades onde há aumento do fluxo de pessoas”, explica o subsecretário de Segurança, Ary Pereira.

Entre os municípios e localidades do interior que recebem o incremento nas ações policiais estão Porto Seguro (extremo sul), Valença, Morro de São Paulo (baixo sul), Camamu (sul), Ilha de Itaparica, Vera Cruz (RMS), Juazeiro (norte), Bom Jesus da Lapa, Barreiras (oeste), Paulo Afonso (Vale do São Francisco) e Rio de Contas (Chapada Diamantina).

MAIS DE 26,6 MIL TURISTAS DE CRUZEIROS SÃO ESPERADOS EM SALVADOR NO FIM DO ANO

Entre a próxima segunda-feira (18) e o dia 3 de janeiro, está prevista a chegada a Salvador de sete embarcações com 26.675 de cruzeiros marítimos. Os turistas vão desembarcar no Terminal de Passageiros do Porto, no Comércio, e irão conhecer a história, tradição, festas populares e belezas da cidade, principalmente no período de festas de fim de ano.

A capital baiana também oferece aos visitantes atrações do calendário de eventos, que neste verão terá 42 dias de festa, com destaque para o Festival da Virada, com cinco dias gratuitos de festa à beira-mar, na orla da Boca do Rio.

Outras opções são visitas à Casa do Benin, no Pelourinho, aos fortes de São Diogo e Santa Maria, na Barra, com exposições permanentes do artista plástico Carybé e do fotógrafo Pierre Verger, respectivamente.

Na temporada de cruzeiros 2017/2018, mais de 90% dos navios que passarão por Salvador são de origem nacional. As embarcações vêm do Rio de Janeiro, Búzios, Ilhéus, Recife, Santos e Maceió, por exemplo. Há também turistas embarcados nas cidades de Mindelo, em Cabo Verde, e Santa Cruz de Tenerife, na Espanha.

 

Fonte: BNews/Bahia Econômica/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!