03/01/2018

Novena da Festa do Senhor do Bonfim começa nesta quinta, 4

 

A Novena da Festa do Senhor do Bonfim terá início nesta quinta-feira (04). O palco fica em frente à Basílica Santuário e terá, neste dia, abertura com apresentação do Coletivo Rumpilezinho, sob regência do maestro Letieres Leite, às 18h. Às 18h30 será realizado o hasteamento da Bandeira do Sr. Bom Jesus do Bonfim, dando início à festa que se estende até o dia 14.

A festa de 2018 terá como tema: “Origem, identidade e missão do amado Jesus, Senhor do Bonfim” e o lema “Quem dizes os homens ser o Filho do Homem (Mt 16,13)”, que serão desdobrados em subtemas para cada noite da novena.

Na sexta-feira (05) as missas ocorrem a partir das 5h, de hora em hora até ás 18h30, com a novena tendo início às 19h. A programação da novena se repete até o dia 10, sempre às 19h. No dia 11 (quinta-feira), acontece a tradicional Lavagem do adro da Basílica Santuário Senhor do Bonfim e neste dia será realizada a Caminhada Lavagem de Corpo e Alma, que sairá às 9 horas da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia. Os fiéis conduzirão o andor até a Colina Sagrada.

A novena será retomada no dia 12 (sexta-feira), sendo repetida no sábado. No dia 13, terá a tradicional apresentação dos Ternos de reis, à noite. Dia 14, domingo, será o dia maior da festa, com missa solene, às 10 horas, presidida pelo arcebispo primaz do Brasil, D. Murilo Krieger.

Fitinhas

Desde a última sexta-feira (29/12), os fiéis estão amarrando fitinhas do N. S. do Bonfim ao andor que conduzirá a imagem do Senhor do Bonfim da Igreja da Conceição da Praia à Colina Sagrada. 

O andor será levado à Igreja da Conceição da Praia e lá entregue aos fiéis, como tem sido feito há seis anos, desde que foi iniciada a Caminhada Lavagem de Corpo e Alma, tendo à frente o reitor da Basílica Santuário do Nosso Senhor do Bonfim, Pe. Edson Menezes Silva e membros da Devoção do Senhor Bom Jesus do Bonfim.

Salvador terá 2ª Edição para escolha do melhor capoeirista do mundo

Já com data marcada, a decisão da segunda edição do Red Bull Paranauê está confirmada em Salvador, em frente ao Farol da Barra. O evento, que acontecerá no dia 3 de março, um sábado, terá um formato semelhante ao deste ano. Buscando o capoeirista mais completo do mundo, os participantes terão que mostrar suas habilidades em três dos principais segmentos da capoeira: Angola, Regional e Contemporânea.

As inscrições para a competição estão abertas por meio do site www.redbull.com.br/paranaue. Os interessados deverão se cadastrar e depois participar presencialmente de uma das seletivas, que acontecerão nos dias 15/01 e 16/01, na Fundição Progresso (RJ); 17/01 e 18/01, no Red Bull Station (SP); e nos dias 26/02 e 27/02, em Salvador, em local ainda a definir.

A grande novidade para 2018 é que as mulheres ganharam uma categoria só delas. Neste ano, a baiana Débora Santos, conhecida como Pérola, foi a única mulher a disputar o título contra outros 15 finalistas, de diferentes partes do Brasil e até mesmo de outros países.

Em 2017, o Red Bull Paranauê teve mais de 300 inscritos e reuniu um público de cerca de 3.500 pessoas em frente ao Farol da Barra, em Salvador. Conquistando a vitória em casa, quem levou a melhor foi o baiano Lucas Dias Ferreira, mais conhecido como “Ratto”, que recebeu o troféu das mãos do consagrado Mestre João Grande, uma das maiores lendas da Capoeira mundial.

Fundação Gregório de Mattos homenageia o poeta Boca do Inferno

A fundação Gregório de Mattos começará 2018 homenageando, a partir desta sexta (5), aquele que dá o nome ao local. O evento intitulado GREGÓRIOS, além de celebrar as mais de três décadas de existência do local, também fará uma série de ações para Gregório de Mattos Guerra, um dos maiores poetas do barroco em Portugal e no Brasil. Ele ficou conhecido como Boca do Inferno devido às suas críticas ferozes à alguns membros da corte portuguesa.

A programação está marcada para começar às 18h30, na área externa do Teatro Gregório de Mattos, localizado na Praça Castro Alves, com entrada gratuita. Exatamente neste horário, será inaugurada a estátua confeccionada em fibra de vidro pelo artista plástico baiano Tati Moreno, que terá o mesmo tamanho do poeta.

O diferencial dessa estátua para as diversas outras espalhadas pela capital é o dispositivo vocal instalado na escultura, que permite que quem se aproxime ouça trechos de suas poesias na voz do ator Jackson Costa.

Após a inauguração, o evento continua ali mesmo no teatro, só que concentrado na Galeria da Cidade, com a exposição interativa GREGÓRIOS. A proposta é criar uma atmosfera semelhante a Salvador vivida pelo poeta no século XVII através de artifícios que mexem com os cinco sentidos da audiência: a iluminação, os sons, as imagens e os objetos certos para transportar os visitantes para aquela época.

Para aqueles que são mais musicais, na Sala Tabaris do teatro, às 20h, Ricardo Bintencourt sobe ao palco para uma curta temporada do espetáculo Boca a Boca: Um Solo para Gregório, na companhia de Leonardo Bittencourt. A proposta dos artistas é inovar e fazer um recital de poesias em formato de show de rock. A apresentação também acontecerá nos dias 06 e 07 às 19h.

Além disso, o espectador também pode conhecer um pouco mais da trajetória da Fundação Gregório de Mattos, pois será destinado um espaço do evento para a sua própria história. A fundação foi criada em 1986 e ao longo de três décadas, foi uma instituição importante para alavancar ações e projetos culturais em Salvador.

Homenagem a Joãozito

O artista plástico João Pereira, mais conhecido como Joãozito, era formado pela Escola de Belas Artes da UFBA e ganhou destaque no mundo das artes visuais com a sua primeira exposição em 1988, Encontros com Da Vinci, artista que tanto o influenciou na criação de suas obras. GREGÓRIOS foi o último trabalho do artista, que faleceu devido a um câncer na vesícula no dia 15 de outubro de 2017, com 51 anos. Desde então, o projeto está sendo administrado pela sua esposa Lanussi Pasquali.

A exposição não poderia deixar de homenagear o seu criador, portanto, a Fundação fará uma homenagem ao artista. A exposição ficará aberta ao público até maio, com visitação de quarta a domingo, das 14h às 19h. Como legado, a Galeria da Cidade ganhará um Memorial com parte do acervo exposto.

  • Serviço

O quê: Abertura da exposição GREGÓRIOS

Quando: Sexta (5), às 18h30 – Inauguração da estátua – na sequência, abertura da exposição

20h – Apresentação GRATUITA do espetáculo Boca a Boca : um solo para Gregório, com Ricardo Bitencourt e o músico Leonardo Bittencourt.

Onde: Teatro Gregório de Mattos (Praça Castro Alves)

O quê: Espetáculo Boca a Boca : um solo para Gregório, com Ricardo Bitencourt e o músico Leonardo Bittencourt.

Quando: Sábado (6) e domingo (7), às19h

Onde: Sala Tabaris - Teatro Gregório de Mattos

Quanto: Ingressos a preços populares

O quê: GREGÓRIOS - exposição interativa sobre vida e obra de Gregório de Mattos Guerra

Quando: Sexta (5) até 31/5 – de quarta a domingo, das 14h às 19h

Onde: Galeria da Cidade - Teatro Gregório de Mattos

Quanto: Aberto ao público

Osba estreia em janeiro o projeto 'Verão com as Cameratas'

Após circulação por roteiro religioso na Cidade Baixa, em Salvador, com o seu ‘Natal das Cameratas’, a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) inicia 2018 com um novo projeto – ‘Verão com as Cameratas’, a ser realizado nos meses de janeiro e fevereiro, com quatro apresentações gratuitas dos seus grupos de música de câmara (até a lotação do espaço), no Forte de São Diogo, no bairro Barra, às 17h30. A primeira será com a Opus Lúmen, nesta quarta-feira (3).

O espaço, que passou por reforma, abriga o Espaço Carybé de Artes, um centro de memória e tecnologia de referência da vida e obra do artista plástico Carybé (1911-1997). As apresentações serão com dois grupos que integram o projeto Cameratas da Osba, formado pelo trio Quadro Solar, o sexteto Opus Lúmen, o Quarteto Novo e o Quinteto Bahia Cordas.

Com a estreia do ‘Verão com as Cameratas’, a Osba aproveita a movimentação de baianos e turistas na orla de Salvador para promover uma ocupação artística no Forte de São Diogo, onde, além das apresentações, o público poderá apreciar o pôr do sol, no Porto da Barra, e a projeção mapeada das obras de Carybé nas paredes do Forte, patrimônio histórico nacional gerido e protegido pelo Exército Brasileiro. A ideia, portanto, é conectar a música clássica com a atmosfera do verão soteropolitano e com a beleza arquitetônica e natural do entorno da Baía de Todos-os-Santos. Tudo isso em quatro apresentações, sendo duas antes e duas depois do Carnaval.

Nova Osba

Após a consolidação do processo de publicização, com assinatura do contrato em abril de 2017, a Associação Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA), Organização Social sem fins lucrativos, tornou-se responsável pela gestão da Osba. Neste novo modelo, a OSBA passa a fazer parte do Programa Estadual de Organizações Sociais, mas permanece como patrimônio público, sendo ainda subsidiada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura (Secult).

  • Cronograma das quatro apresentações

Dia 3 de janeiro - Opus Lúmen e Quarteto Novo

Dia 10 de janeiro - Bahia Cordas e Quadro Solar

Dia 21 de fevereiro - Bahia Cordas e Quadro Solar

Dia 28 de fevereiro - Opus Lúmen e Quarteto Novo

  • Programação completa das cameratas em janeiro

Opus Lúmen

Dia 3, às 17h30

No Forte de São Diogo - Porto da Barra (Projeto ‘Verão com as Cameratas’)

Dias 10, às 15h

Na Unidade de Socioeducação da Fundac, no bairro de Tancredo Neves

Ensaios abertos

Dias 3 e 10, às 8h30

Na Sala de Naipe, Piso B do Teatro Castro Alves (TCA)

Bahia Cordas

Dia 9, às 16h

Na Unidade de Socioeducação da Fundac, no município de Simões Filho

Dia 10, às 17h30

No Forte de São Diogo - Porto da Barra. (Projeto ‘Verão com as Cameratas’)

Ensaios abertos

Dias 4 e 10, às 8h30

Local: Sala de Naipe, Piso B do Teatro Castro Alves (TCA)

Quadro Solar

Dia 9, às 16h30

No Museu Geológico da Bahia – Avenida Sete de Setembro, 2195 (Projeto ‘Terças Musicais’).

Dia10, às 17h30

No Forte de São Diogo - Porto da Barra. (Projeto ‘Verão com as Cameratas’)

Ensaios abertos

Dias 3 e 9, às 14h

Na Sala de Naipe, Piso B do Teatro Castro Alves (TCA)

Quarteto Novo

Dia 3, às 17h30

No Forte de São Diogo - Porto da Barra. (Projeto ‘Verão com as Cameratas’)

Dia 4, às 15h

Na Unidade de Socioeducação da Fundac, no bairro de Mussurunga

Ensaios abertos

Dias 4 e 8, às 8h30

Na Sala de Naipe, Piso B do Teatro Castro Alves (TCA)

 

 

Fonte: Bahia Já/Tribuna/Correio/Ascom Osba/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!