05/01/2018

Salvador: Teatro documental fala no palco do universo trans

 

Quem se encantou com o desempenho do ator Silvero Pereira, o Nonato/Elis Miranda da novela A Força do Querer, da Rede Globo, tem uma boa oportunidade de conferir o trabalho do intérprete em palco baiano.

Silvero chega a Salvador com o espetáculo BR Trans, há quatro anos em cartaz, que estreia na Caixa Cultural nesta quinta-feira, 4, às 20 horas, e cumpre temporada até sábado, às 20 horas, e domingo, às 19 horas.

O solo mergulha no universo trans (travestis, transformistas e transexuais), mostrando o resultado de quatro anos de pesquisas feitas pelo ator junto a travestis, transformistas e transexuais do Ceará e Porto Alegre (RS).

Em cena, além de narrar histórias sobre exclusão e violência, presentes no cotidiano dessas pessoas, ele interpreta variados personagens que representam, na verdade, trans de todo o país, do Norte a Sul do Brasil.

Silvero conta que há 13 anos pertencia ao grupo As Travestidas, do Ceará, que já pesquisava o universo trans. "Quando mudei para Porto Alegre, decidi ampliar a pesquisa e traçar os pontos convergentes e divergentes do universo trans brasileiro entre os polos regionais do Nordeste e do Sul do país", afirma.

"A questão da violência física e verbal sobre os trans ainda é muito forte, mas observei que no Rio Grande do Sul as universidade são mais bem preparadas para receber a diversidade do que no Nordeste", avalia o ator.

Vale lembrar que a montagem foi eleita como uma das melhores peças do ano de 2015 pelo jornal O Globo.

A montagem também recebeu indicações aos prêmios APTR, CesgranRio, Questão de Crítica e Aplauso Brasil, em diversas categorias.

Foi vencedora, por voto popular, do prêmio Aplauso Brasil 2015, nas categorias Ator, Espetáculo e Dramaturgia, além do prêmio do júri popular de Melhor Espetáculo no Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga.

Alemanha e EUA

Silvero, que também assina a dramaturgia, conta que, além de várias cidades do país (a estimativa é de que já foi vista por cerca de 40 mil espectadores), o espetáculo já foi apresentado em festivais na Alemanha e Estados Unidos.

Ele acrescenta que o "BR" do título tanto sinaliza para a sigla do Brasil como para a BR-116 (principal rodovia brasileira longitudinal, que tem início na cidade de Fortaleza, no estado do Ceará, e término na cidade de Jaguarão, no estado do Rio Grande do Sul, na fronteira com o Uruguai). Já "Trans" sinaliza para o universo em questão.

O texto da peça foi lançado como livro pela editora Cobogó, dentro da coleção dedicada à dramaturgia contemporânea. Com direção de Jezebel De Carli, e tendo em cena o músico Rodrigo Apolinário, BR Trans denuncia e leva à reflexão.

Multiartista

Silvero Pereira, 35 anos, além de ator é também dramaturgo, produtor cultural, maquiador, iluminador, diretor e artista plástico.

  • PROGRAME-SE

BR Trans

Quando: Quinta a sábado

Horário: quinta a sábado, às 20h; e domingo, às 19h

Onde: Caixa Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro)

Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia)

Informações: 71 3421-4200

Edu Falaschi apresenta turnê Rebirth of Shadows em Salvador

Subgênero do rock que prosperou à margem dos meios majoritários de comunicação, o heavy metal no Brasil segue firme e forte, com mercado e ídolos próprios. Um deles, o cantor Edu Falaschi (pronuncia "falásqui"), acompanhado de superbanda, aporta domingo em Salvador com o show da turnê Rebirth of Shadows.

Na estrada desde julho, a turnê já varreu as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, e agora sobe para o Norte e o Nordeste, com direito a tour bus plotado, coisa de dar inveja em astro sertanejo.

"Foi uma grande e grata surpresa ver o quanto a turnê foi bem recebida e o quanto os fãs queriam ver essa celebração", comemora Edu em entrevista.

Feliz com o sucesso da empreitada, ele avisa que a turnê, pelo jeito, não tem data para acabar. "A turnê continuará e será organizada em períodos. Já temos pedidos do exterior também, então estamos organizando tudo para poder dar o melhor possível para os fãs de todo o planeta", diz.

Só nesta segunda "perna" do giro nacional, iniciada 8 de dezembro em Americana (SP), são 23 datas, passando por Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Amazonas, Pará, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Paraná e São Paulo – capitais e cidades do interior.

No show, Edu se apresenta com músicos virtuose, condição sine qua non para o heavy estilo clássico que o tornou famoso: Aquiles Priester (bateria), Fábio Laguna (teclados), Raphael Dafras (baixo), Diogo Mafra e Roberto Barros (guitarras).

Edu – assim como Aquiles e Fábio – é ex-membro do Angra, um dos principais grupos brasileiros de heavy metal. "Essa é uma turnê de reunião entre três membros originais das turnês e álbuns Rebirth (2001) até o Aurora Consurgens (2006). Vocal, bateria e teclado. Aí chamei uma galera nova, mas muito experiente, para completar o time. É incrível o entrosamento que já rola. Parece que estamos juntos há muitos anos", conta.

"(O repertório) É principalmente baseado nos álbuns Rebirth (2001) e Temple of Shadows (2004). São shows muito especiais. Salvador terá o melhor show de heavy metal que já ocorreu em terras baianas", promete o entusiasmado cantor.

Top 5 mundial

Mas quem é esse cara? – pode estar se perguntando o(a) leitor(a) incauto(a). Com quase 20 anos de estrada, Falaschi iniciou a carreira na banda Symbols, ainda nos anos 1990. No ano 2000, a virada: entrou no Angra substituindo outra lenda, o cantor André Matos.

Quando saiu, em 2012, já era nome consagrado no Brasil e no exterior, com mais de um milhão de álbuns vendidos.

Formou a banda Almah, com a qual seguiu gravando discos e fazendo turnês mundo afora. No Japão, por exemplo, Edu é um ídolo, tendo sido eleito um dos cinco melhores cantores de heavy metal do mundo por cinco vezes consecutivas, pela revista especializada Burrn.

"Claro que fiquei feliz. Foram cinco anos consecutivos na lista entre os cinco primeiros. Mas para mim o importante é manter os pés no chão e viver a vida real. Não caio nos truques do sucesso. O ego é destruidor de vidas e carreiras, então prefiro me concentrar na música e na minha família", ensina.

Uma curiosidade é que, além dos fãs do metal, ele é querido dos fãs de animês, por conta da gravação do tema dos Cavaleiros do Zodíaco. Mas nem adianta pedir a música no show. "Faz tempo que não faço (essa música). Estou 100% concentrado na carreira autoral. O desenho me ajudou a conquistar um público mais jovem desde que gravei a lendária Pegasus Fantasy, um hit nacional! Lembro de ter 80 mil pessoas pedindo pra cantar essa música no Rock in Rio", ri.

  • PROGRAME-SE

Edu Falaschi: Rebirth of Shadows Tour

Quando: Domingo, 7

Horário: 18 horas

Onde: Teatro ISBA (Ondina)

Ingressos: R$ 100 e R$ 50

Classificação: 16 anos

Dona do hit 'Pesadão', Iza se apresenta pela primeira vez em Salvador

Para a alegria dos fãs da musa do "Bonde Pesadão", a cantora Iza, 26 anos, vem pela primeira vez a Salvador para a realização de um show. O evento acontece na próxima sexta-feira, 12, na boate San Sebastian, no Rio Vermelho.

A vinda da carioca também marca a estreia de um novo selo para o clube: o Fruits. Na ocasião, além do hit "Pesadão", música que conta com mais de 22 milhões de views no YouTube, Iza promete um repertório com outras músicas, como "Quem sabe sou eu", "Te pegar" e "Esse brilho é meu".

Os ingressos para o evento custam R$ 40 e podem ser adquiridos no site do Sympla.

Salvador: Sábado (6) tem música e esportes no Sou Verão

O projeto Sou Verão retoma suas atividades no próximo sábado, 6, a partir das 8h, levando esportes e diversão para a praia da Ribeira – Av. Beira Mar - e Largo da Mariquita, no Rio Vermelho. Pela manhã, a curtição fica por conta dos esportes oferecidos na praia da Cidade Baixa, já a noite, a partir das 17h,  tem aulão do FitDance, seguido das apresentações do DJ Pureza e do cantor Pedro Pondé, que prometem muito som e um show especial e gratuito na região mais boêmia da cidade.

Esportes, música e diversão estão entre as ações propostas pelo Sou Verão - projeto do Correio realizado com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio do Sabin, Vitalmed e O Boticário.

Das 8h às 12h, o público participa de atividades programadas para acontecer nos dias 6 e 20 de janeiro, na Ribeira, e nos dias 13 e 27, na Barra. As modalidades incluem stand up paddle, caiaque, patins, longboard e frescobol e são oferecidas por instrutores que atendem ao público de forma gratuita, com inscrições feitas no local.

Quando o assunto é música, a programação para janeiro continua dia 13 com Larissa Luz e Ministereo Público  e dia 20 com Àttooxxá. Os shows gratuitos estão marcados para as 18h, no Largo da Mariquita – Rio Vermelho.

 

 

Fonte: A Tarde/Correio/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!