06/01/2018

Lago de Sobradinho ultrapassa os 10 % de armazenamento

 

Como mostrado pela imprensa da região do Vale do São Francisco , o Lago de Sobradinho, no norte da Bahia, deveria atingir o nível de 10% de seu volume total de armazenamento no começo de janeiro. E foi isso que aconteceu: Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o volume d'água no reservatório já chega a 11%.

Conforme a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), a vazão diária é de 600 metros cúbicos de água por segundo (m³/s) a 650m³/s. As previsões apontam que o nível do lago deve continuar aumentando, visto que as chuvas se intensificaram na região de Minais Gerais e na Bahia.

Uauá: Chuva leva alegria para população

Nesta sexta (05) o dia amanheceu chuvoso no município de Uauá. A alegria da população não é maior porque a barragem do Rodeadouro, principal manancial de abastecimento do município, se encontra sujo. Mas isso não tirou o brilho e a alegria da população que estava clamando por chuvas há anos. De ontem para hoje a população comemorou com riachos transbordando, barreiros e barragens cheios, a caatinga mudando de paisagem e os animais correndo. Nas redes sociais são postadas várias imagens.

Na Fazenda Queimadas dos Loiola a chuva transformou a pista em riacho ocupando espaço da caatinga. Na sede do município, a chuva também foi boa. Várias ruas sem estrutura ficaram alagadas e tomadas pela lama. Na comunidade de São Bento, zona rural do município, o riacho transbordou transformando parte do local em um verdeiro mar. O riacho dos Cágados transbordou. Existe ainda previsão de mais chuvas para o município de Uauá.

Em outros municípios vizinhos, a exemplo de Curaçá, Juazeiro e Jaguarari, houve também queda de chuvas. Em Remanso, Campo Alegre de Lourdes e Pilão Arcado as pancadas de chuvas foram fortes. Já em Sento Sé choveu no dia 3, quarta-feira.

Revoltada pelo desprezo

Uma moradora da cidade, conhecida pelo nome de Jalma Célia fez um grave relato sobre possível caso de desprezo cometido pelo secretário de Infraestrutura, João Alves, em rede social. Ela afirmou que solicitou providências do para que resolvesse, antes das chuvas, o problema de esgotamento de água de chuva que sempre invade a residência de sua irmã, e que não foi dada a minima importância pelo secretário deixando a moradora no prejuízo.

Barragem do Rodeadouro está suja

No município de Uauá choveu em alguns pontos do município a exemplo da localidade de Lajes das Aroeiras, com 30mm na tarde de quinta (04). O lamentável que o principal manancial do município que é o açude do Rodeadouro se encontra totalmente sujo.

Assim como o Rodeadouro, muito outros espalhados pela zona rural também se encontram na mesma situação. Segundo alguns vereadores, ‘apenas alguns barreiros e pequenas barragens localizadas em propriedades particulares (dos próprios eleitores) foram beneficiadas’.

Desde quando foi inaugurado, o Rodeadouro só foi limpo uma vez, isso quando Waldir Pires foi governador da Bahia. O principal beneficiado pelo manancial é a Embasa, que além de usar da água, nunca desenvolveu uma política de preservação do local em parceria com o município.

Juazeiro: Janeiro Roxo conscientiza população sobre hanseníase

Neste mês de janeiro é realizada a campanha Janeiro Roxo, que visa conscientizar a população sobre a hanseníase, uma doença crônica, infectocontagiosa e que atinge a pele e os nervos periféricos. O ‘Janeiro Roxo’, é considerado o mês internacional de luta contra a doença e tem como objetivo promover diagnóstico e tratamento corretos, além de difundir informações e desfazer preconceitos.

Em Juazeiro, a Secretaria de Saúde através da Superintendência epidemiológica do município está organizando uma programação nas unidades de saúde com palestras e orientações para população sobre a doença. O tema da campanha nacional de 2018, escolhido pela Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH) é: ‘Todos contra a Hanseníase’.

“O diagnóstico da hanseníase pode ser feito de forma clínica, sem precisar de outros exames. O tratamento é realizado na atenção básica com medicamentos via oral, de forma gratuita, e deve ser procurado na fase inicial da doença, pois a hanseníase tem cura, mas se não for tratada adequadamente pode apresentar complicações, levando a sérias incapacidades físicas. É  importante fazer uma autoavaliação tocando o próprio corpo para avaliar se todas as partes são sensíveis ao toque”, ressalta Klynger Farias, Diretor de Vigilância em Saúde do município.

Klynger ainda destaca como é feito o tratamento na rede SUS. “Em 2016 registramos em Juazeiro cerca de 140 casos e nossa rede está preparada para atender esses casos. Não são todas as pessoas que vão desenvolver a doença. Felizmente, a hanseníase tem cura através da administração de antibióticos, que são distribuídos gratuitamente pelo SUS. O tratamento dura de 6 meses a 1 ano, a depender do estágio da doença, que é totalmente curável. Todos os medicamentos são exclusivos da rede pública de saúde”, explicou Farias.

A partir do momento que a pessoa é diagnosticada com hanseníase, ela precisa seguir o tratamento corretamente para evitar a transmissão - que já é contida na primeira dose, e as consequências mais graves da doença. Até a medicação fazer efeito e matar completamente as bactérias localizadas no nervo da pele, é preciso fazer o uso prolongado do remédio.

A hanseníase pode levar a sérias incapacidades físicas e é uma das mais antigas doenças a acometer o homem. Com o avanço da ciência, há mais de 20 anos que a enfermidade tem tratamento e cura.

A transmissão principal é pelas vias respiratórias superiores de pacientes multibacilares não tratados, sendo, também, o trato respiratório a mais provável via de entrada do vírus no corpo.

CHUVA DEIXA RUAS ALAGADAS EM JUAZEIRO-BA E PETROLINA, PE

Com a chuva desta quinta-feira (04), As ruas de Juazeiro e Petrolina ficaram alagadas em alguns bairros. A foto acima é de Petrolina, bairro José e Maria. Segundo o instituto ClimaTempo, a previsão é que chova até a próxima terça-feira (9).

O instituto de meteorologia “Tempo Agora” informa que a quinta-feira vai ser de tempo fechado e chuvoso, com possíveis trovoadas. Segundo mesmo instituto, a previsão para esta data é de uma precipitação de 13mm (treze milímetros) e amanhã (05), 15 mm.

Segundo informações de leitores do Blog na zona rural, a chuva foi mais intensa e também com um maior volume, cerca de 15mm.

APÓS CHUVA FORTE, RUAS E CASAS FICAM ALAGADAS EM BOM JESUS DA LAPA

A chuva forte que caiu na noite de quinta-feira (4), na cidade de Bom Jesus da Lapa, no oeste da Bahia, alagou ruas e invadiu casas no bairro São Gotardo. O registro dos problemas causados pela enxurrada foi feito por uma moradora da cidade.

De acordo com o Climatempo, no período de uma hora choveu 29mm, o que corresponde a 20% da média de chuva que deve cair no município em janeiro. Esse volume de chuva é considerado grande pelo Climatempo, já que a média climatológica de chuva para este mês na cidade é de 140mm. O total de chuva durante a quinta-feira na cidade foi de 30,2 mm.

Em contato com a Defesa Civil de Bom Jesus da Lapa, que não registrou grandes estragos em outros bairros da cidade. A previsão para esta sexta-feira (5) na cidade é de tempo fechado com chuva ao longo do dia. A temperatura mínima é de 22ºC e a máxima de 34ºC.

 

Fonte: Ação Popular/BlogdoGeraldoJosé/Ascom PMJ/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!