10/01/2018

Festival Samba na Pedro acontece sábado (13) no Pelourinho

 

O Festival “Samba na Pedro” surgiu com a proposta de movimentar o Largo Pedro Arcanjo no Pelourinho, recém-reformada. Pensada pela SOLE Produções e os Comerciantes que atuam na mesma, o Festival traz uma mistura de Samba com bandas convidadas. Pelo largo passaram os seguintes grupos: Samba Trator, Grupo Movimento e Bambeia, durante o mês de dezembro. O sucesso que as bandas fazem com seus fãs e seguidores lotaram o chão da Praça Pedro Arcanjo, movimentando mais uma vez as noites do Pelourinho. O projeto é um corroborador na democratização e o acesso à diversão e entretenimento.

Para abrir o ano de 2018 o Festival “Samba na Pedro” promete uma noite em dose dupla com o Grupo Ta na Fita para abrir o Show, e, em seguida, a Banda Fora da Midia, que comandará como atração principal. O Festival possibilita que todos que acompanham suas bandas preferidas possam participar da festa, através do preço popular e único de R$ 15,00, além dos ingressos promocionais: Casadinha R$ 20,00 (até 20h30) e mulher não paga até o horário da abertura da Praça (20h).

O evento tem apoio apoio da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), através da cessão gratuita de pauta.

  • Serviço:

Festival Samba na Pedro acontece neste sábado

Atrações: Fora da Midia e o Grupo Ta na Fita

Data: Sábado (13)

Local: Praça Pedro Arcanjo

Horário: 20h30

Vendas: R$ 15,00 (preço unico neste fim de semana).

Casadinha:  R$ 20,00 (até 20h30) e mulher não paga até o horário da abertura da Praça (20h).

Caetano, Moreno, Zeca e Tom Veloso fazem show na Concha Acústica do TCA

Realizando a vontade de fazer música junto aos filhos publicamente, Caetano Veloso traz a Salvador o show Caetano, Moreno, Zeca e Tom. A apresentação será na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, no sábado, 13, às 19h.

“Desde a infância de cada um deles gosto de ficar perto. Cada um é um. Sempre cantei para eles dormirem. Moreno e Zeca gostavam. Tom me pedia pra parar de cantar. Indo por caminhos diferentes, todos se aproximaram da música a partir de um momento da vida. Moreno, que nasceu vinte anos antes de Zeca, formou-se em física. Tom, que nasceu cinco anos depois de Zeca, só gostava de futebol. Moreno e Tom já se profissionalizaram como músicos. Zeca, depois de passar parte da adolescência experimentando com música eletrônica, começou a compor solitariamente. Quero cantar com eles pelo que isso representa de celebração e alegria, sem dar importância ao sentido social da herança. É algo além até mesmo do nepotismo do bem, na expressão criada por Nelson Motta”, explica Caetano.

No show, os artistas tocarão canções singulares como Um canto de afoxé para o bloco do Ilê e Sertão. Dedicado às mães dos filhos, a Cézar Mendes e à memória de Dona Canô, a apresentação soma composições do artista em parceria com os filhos, canções de Caetano escolhidas pelos filhos, composições de Moreno, e canções novas de todos eles. Leãozinho sempre muito pedida e Reconvexo estão confirmadas no repertório. “Nas primeiras conversas, imaginamos chamar um pequeno grupo de músicos para enriquecerem os arranjos. Mas, ensaiando, decidimos ficarmos só os quatro no palco. O som será mais para o acústico e muito singelo. Eu sou o único que só toca violão. Os outros podem se revezar em alguns instrumentos. É um show familiar, nascido da minha vontade de ser feliz”, apresenta o artista.

De acordo com Caetano Veloso, o show tem a responsabilidade de apresentar números com qualidade profissional. “Não somos uma família de músicos, como há tantas, dado o caráter comprovadamente genético do talento musical, mas seguramente somos músicos de família”, declara.

Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelo site www.ingressorapido.com.br

  • SERVIÇO

Caetano, Moreno, Zeca e Tom Veloso

Quando: 13 de janeiro (sábado), 19h

Onde: Concha Acústica do Teatro Castro Alves

Quanto: Arquibancada: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia)

Camarote: R$ 240 (inteira) e R$ 120 (meia)

Classificação: 16 anos

Realização: Portobello Produções

Carlinhos Brown recebe Alcione, Jorge Aragão, Mariene de Castro e Nelson Rufino na Enxaguada du Bonfim

Um convite para “enxaguar” a alma e deixar se levar pela dança! É neste clima que Carlinhos Brown realiza a 11ª edição da Enxaguada du Bonfim, no dia 11 de janeiro (quinta-feira), a partir das 14h, no Museu du Ritmo, como parte das comemorações em homenagem ao Senhor do Bonfim - Oxalá no sincretismo religioso. Para o palco da festa, o cacique convidou Alcione, Jorge Aragão, Mariene de Castro e Nelson Rufino com a promessa de levar toda a vibração peculiar a um encontro entre grandes nomes do samba brasileiro.

Realizado pela Candyall Entertainment, a Enxaguada du Bonfim tem patrocínio da Vivo, da Schin e do Governo do Estado, através do Fazcultura, programa da Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. Os ingressos para o evento custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) e já podem ser adquiridos nos balcões dos shoppings. A comercialização da meia entrada acontece exclusivamente na Ticketmix do Shopping Paralela.

Na festa que já virou ponto de encontro de um público fiel, a proposta é de um espetáculo tão divertido quanto poético, próprio das apresentações de Carlinhos Brown, com um repertório que passeia por sucessos como “Ashansú”, “Vc, o amor e eu”, “Te amo família”, “Tantinho”, dentre outros hits do artista, que lançou seu último CD em novembro, intitulado “Semelhantes”.

Há grande expectativa também para as apresentações dos convidados. A expressão suave de Mariene de Castro e a voz marcante de Alcione, a Rainha do Samba, somadas à grandiosidade da obra de Nelson Rufino e ao talento e carisma de Jorge Aragão, prometem fazer da 11ª Enxaguada du Bonfim um encontro memorável para reverenciar um dos gêneros musicais mais representativos do Brasil. “Será um momento único em que nós vamos homenagear Oxalá, o nosso Senhor do Bonfim, e também reverenciar um dos movimentos mais emblemáticos do país, que é o samba, ao lado de grandes artistas da música brasileira”, ressalta Carlinhos Brown.

  • SERVIÇO:

O quê: Enxaguada du Bonfim

Atrações: Carlinhos Brown, Alcione, Mariene de Castro, Jorge Aragão e Nelson Rufino

Local: Museu du Ritmo

Data: 11 de janeiro (quinta-feira)

Horário: 14h

Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

Vendas: Balcões dos shoppings

Lia Lordelo presta homenagem a Torquato Neto no Lalá Multiespeaço

No show TorquatáLia, a cantora e atriz Lia Lordelo faz um mergulho no universo poético de Torquato Neto. Nas quintas-feiras, 11 e 18, às 22h, o Lálá Multiespaço recebe o espetáculo em homenagem ao artista que atuou em diferentes linguagens artísticas. Os ingressos custam R$10 e R$5 (meia) e serão vendidos no local.

A atividade faz parte do projeto LáláB – Pague Minha Pauta, que realizará 40 shows e quatro oficinas entre os meses de janeiro e abril, no espaço cultural no Rio Vermelho. Com o apoio financeiro do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, mecanismo de fomento das secretarias da Fazenda e de Cultura do Estado da Bahia, por meio do Edital de Dinamização de Espaços Culturais, executado pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), as ações têm realização do Lálá com produção da Maré Produções Culturais.

Um dos principais artífices da Tropicália, Torquato Neto expandiu sua atuação para além da poesia e da canção popular, investindo em outros meios como o cinema marginal e a arte editorial.

TorquatáLia traz Lia Lordelo acompanhada pelo trio Laia Gaiatta, formado por Heitor Dantas, que faz a direção musical, Uru Pereira e Antenor Cardoso, além de Edbrass Brasil, que assina a direção artística e também integra a banda. O repertório do show inclui as parcerias de Torquato com Gilberto Gil, Edu Lobo, Caetano Veloso, Jards Macalé e Carlos Pinto.

“O desafio foi montar um show com base num conjunto de obras pop históricas, mas pouco executadas ao vivo, e que trazem em seu conjunto um pensamento sobre o Brasil que continua muito atual”, diz Edbrass. No show, fica claro o esforço coletivo na criação de novos arranjos sintonizados com uma sonoridade mais atual, além de uma abordagem musical afinada com o avant-garde.

  • SERVIÇO

TorquatáLia

Atração: Lia Lordelo

Quando: 11 e 18 de janeiro, quintas-feiras, às 22h

Quanto: R$10 e R$5

Onde: Lálá Multiespaço - Rua da Paciência, 329, Rio Vermelho.

 

Fonte: SecultBa/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!