10/01/2018

Cairu: Ilha de Boipeba será cenário de novela da TV Globo

 

Mais um município baiano vai virar locação de novelas da TV Globo. Desta vez, o set será na Ilha de Boipeba, município de Cairu, no Arquipélago de Tinharé. O paradisíaco cenário baiano foi escolhido para ambientar as cenas iniciais da trama da próxima novela das 21h, de João Emanuel Carneiro, prevista para estrear ainda este ano. Com suas paisagens extasiantes, acompanhadas de sol, mar, rio e praia, Boipeba fica localizada a cerca de 100 km de Salvador, por via marítima, e a 356 km por via terrestre.

Um dos destinos mais bonitos e procurados do Brasil, Boipeba encanta os visitantes pela sua natureza exuberante de piscinas naturais formadas por recifes de corais, pelos passeios de canoa dentro do mangue, pelas trilhas ecológicas em uma faixa da Mata Atlântica e pelas suas praias quase desertas.

A vila de pescadores será a sétima localidade baiana a ser locada como cenário da Rede Globo. Além da novela Velho Chico (2016), com cenas em Cachoeira e São Francisco do Conde, o Estado já foi representado em O Canto da Sereia (2012), em Salvador; Porto dos Milagres (2001), em Canavieiras; Renascer (1993), em Ilhéus; Tieta (1989), em Mangue Seco; e Gabriela (1975), também em Ilhéus.

PRF pode fechar unidade de Santo Antonio de Jesus

A possibilidade do fechamento do posto da Polícia Rodoviária Federal de Santo Antônio de Jesus tem preocupado moradores da região, uma vez que o posto fica localizado em ponto estratégico no encontro da BR 101 com a BA 026, na saída da cidade.

O inspetor Carqueja, gestor da PRF na região, cedeu entrevista à rádio Recôncavo e comentou que a PRF trabalha com base em estatísticas e policiamento dinâmico, coibindo infrações na região, e assegura que caso a unidade de Santo Antônio de Jesus seja fechada, o trecho não vai ficar sem policiamento,

“A PRF vai continuar no trecho dia e noite, trabalhando, policiando, garantindo a segurança das pessoas, esse fechamento ou não, é algo incerto, mas tá caminhando pra isso aí” disse.

Carqueja continua dizendo que, caso haja vontade política e uma petição da comunidade às instâncias superiores, a permanência da unidade física pode acontecer, Acrescenta ainda que a PRF não tem interesse no fechamento da unidade, no entanto, as instalações físicas da unidade em questão, pertencem ao estado.

“Envolve todo um contexto político, pra manutenção desta unidade física, que contribuiria para a permanência da unidade. A unidade física, pra existir, ela depende de manutenção, de energia, de água, uma série de valores que são custeados pelo Governo Federal, nesse caso específico, a gente tem essa dificuldade, porque a unidade não é nossa. O que é importante passar para a comunidade, é que o fechamento da unidade, não tira a PRF do trecho!” pontuou.

Santa Casa de Nazaré requalifica CPN e enfermaria masculina

O ano de 2018 já começou com boas novas para a população de Nazaré e região. O Centro de Parto Normal (CPN) e a enfermaria masculina Dr. Edvaldo Lopes de Britto, da Santa Casa de Nazaré receberam novos equipamentos e reformas nas suas estruturas para melhor atender a população que utiliza o Sistema Único de Saúde (SUS). O investimento de cerca de R$ 90 mil é proveniente, em sua maior parte, de recursos próprios, da arrecadação da Cavalgada Nossa Senhora Aparecida, realizada em outubro do ano passado pelo Grupo Solidariedade e do Programa Sua Nota é um Show de Solidariedade.

Para marcar o momento, acontece um evento de requalificação no dia 13 de janeiro (sábado), às 08h30, no Salão Nobre do hospital, com a presença de autoridades do estado e município.

Em 2017, foram realizados 210 mil atendimentos ambulatoriais, mais de 4 mil internamentos no hospital, sendo que 1.547 provenientes de cirurgias eletivas e cerca de 360 partos no CPN, que segue as diretrizes da Rede Cegonha, programa do Ministério da Saúde, ao preconizar um atendimento mais humanizado, acolhendo as gestantes e acompanhantes através de visitas de vinculação para conhecer as instalações e rodas de conversas sobre temas importantes para as futuras mães.

Para Cleidson Prazeres, provedor da Santa Casa, “a participação da sociedade, dos governantes e do empresariado é de fundamental importância para a instituição conseguir atender com qualidade as demandas de saúde do recôncavo. Iniciativas como A Cavalgada Nossa Senhora Aparecida, organizada pelo Grupo Solidariedade, e programas como Sua Nota é Um Show de Solidariedade representam fontes de recursos que permitem que o hospital promova ainda mais avanços no atendimento à população que utiliza o SUS. Que em 2018, continuemos contando com as colaborações de todos, para termos uma saúde cada vez mais forte para a região”.

Serviço:

Evento: Requalificação do Centro de Parto Normal e enfermaria masculina Dr. Edvaldo Lopes de Britto da Santa Casa de Nazaré

Data: 13/01/2018

Horário: 08h30

Local: Salão Nobre da Santa Casa de Nazaré

Funcionários do Hospital de Mutuípe estão com salários atrasados

Os salários dos funcionários do HCCR – Hospital e Maternidade Clélia Chaves Rebouças em Mutuípe, referentes aos meses de novembro e dezembro de 2017, seguem atrasados desde o dia 1°. O 13° salário já foi quitado. Já os funcionários que recebem o parcelamento dos salários referente ao ano de 2016, ainda restam quatro parcelas.

O HCCR é filantrópico e sobrevive com repasses feiros pela SESAB, Secretária de Saúde do Estado da Bahia. Em 2015 o montante repassado era de aproximadamente R$ 300 mil mensais, atualmente não se sabe quanto é o valor, nem o que motiva os atrasos.

SAJ: Gerência do Banco do Brasil esclarece sobre não funcionamento de caixas eletrônicos no fim de semana

O gerente interino do Banco do Brasil em Santo Antônio de Jesus, Lenivaldo Farias de Souza, falou ao Tribuna do Recôncavo na tarde desta segunda-feira(08/01), sobre o funcionamento dos terminais de auto atendimento da agência.

Segundo ele, existe uma equipe apenas para cuidar dos caixas eletrônicos. Tem um gerente de setor, um supervisor de atendimento e um caixa para manusear os numerários, além de um funcionário e um estagiário para auxiliar os usuários que não sabem utilizar o caixa eletrônico.

Sobre os caixas que estavam inoperantes neste último fim de semana (6 e 7 de janeiro), Lenivaldo Farias esclareceu que foi feita uma reforma na sala de roteador, mas ultimamente o sistema operacional está oscilando, por isso as máquinas ficaram inoperantes. Disse também que a equipe de tecnologia do Banco do Brasil já foi acionada para solucionar o problema.

Quanto ao fim de semana do réveillon, que os caixas eletrônicos ficaram com a opção de saque indisponível, Lenivaldo explicou que, por motivos de segurança, existe um limite de abastecimento das máquinas, e pelo fato da agência ter ficado fechada 4 dias (de sexta a segunda), provavelmente faltou cédulas em algum caixa, sobrecarregando os demais.

Gandu e mais sete cidades da região tiveram mais de 2 mil pessoas com Bolsa Família cancelado

Mais de 2.400 pessoas tiveram o Bolsa Família bloqueado ou cancelado nas cidades de Gandu, Wenceslau Guimarães, Teolândia, Presidente Tancredo Neves, Piraí do Norte, Nova Ibiá, Itamarí e Apuarema, após um cruzamento de dados apontar irregularidades no recebimento do benefício do governo federal.

A Bahia é o segundo estado em número de cancelamentos e de bloqueios no programa. Mais de 220 mil tiveram o Bolsa Família bloqueado ou cancelado.

De acordo com relatório da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Ministério da Transparência, divulgado na quinta-feira (4), o estado teve 170 mil cancelamentos e 55 mil bloqueios do benefício.

Em todo o país, foram encontradas inconsistências cadastrais nos dados de 2,5 milhões de famílias. Pelas regras do Ministério do Desenvolvimento Social, tem direito ao Bolsa Família quem tem renda mensal familiar de até R$ 170 por mês.

As pessoas que ganham entre R$ 170 e R$ 440 tiveram o benefício bloqueado. Já os que ganham acima de R$ 440 tiveram o benefício cancelado.

Em números exatos o município de Presidente Tancredo Neves foi o que mais teve benefícios bloqueados. Ao todo, foram contabilizados 579. Outros 143 foram cancelados.

Logo em seguida vem Gandu, com 384 bloqueios e 122 cancelamentos.

Wenceslau Guimarães teve 149 cancelamentos e 351 bloqueios;

Teolândia 58 cancelamentos e 136 bloqueios;

Piraí do Norte 19 cancelamento e 82 bloqueios;

Nova Ibiá teve 25 cancelamentos e 66 bloqueios;

Itamarí somou 46 cancelamentos e 119 bloqueios, e por fim,

Apuarema contabilizou 40 cancelamentos e 113 bloqueios.

 

 

Fonte: A Tarde/BlogdoValente/Tribuna do Reconcavo/avozdobaixosul/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!