12/01/2018

Lauro: Espetáculo ‘Estórias de Ipitanga’ abre a Festur

 

O espetáculo teatral “Estórias de Ipitanga” será apresentado gratuitamente, no dia 19 de janeiro, no Cine Teatro Lauro de Freitas, abrindo a Festa Turística Étnica Cultural de Lauro de Freitas (Festur).

Escrita pelo diretor teatral Tobe Velloso e pelo historiador Gildásio Freitas, a montagem remonta, de forma cênica, momentos de destaque da história do município, desde as primeiras tribos Tupinambás até os dias de hoje.

No palco, os personagens Marinho e Mirinha são dois estudantes que resolvem mergulhar no passado do local onde vivem  e partem para uma viagem mágica.

Nesta empreitada, eles passam por momentos como a chegadas dos portugueses, o Triunvirato dos Índios, o milagre do Padre Anchieta, a chegada dos negros, o levante do Joanes, o campo de Aviação com as Linhas Francesas Latecoere, a Base Aérea, Independência da Bahia, emancipação da cidade, a ascensão do município, até um final apoteótico com a chegada do metrô.

A Festur continua sua programação até 21 de janeiro, com diversos espetáculo teatrais e circenses, além de cortejo étnico, cavalgada, debates, feiras de artesanato e shows.

  • SERVIÇO

O QUE: Espetáculo “Estórias de Ipitanga”

QUANDO: Sexta-feira, 19 de janeiro, às 19h

ONDE: Cine Teatro de Lauro de Freitas (Praça da Matriz- Centro) – Lauro de Freitas (BA)

QUANTO: Entrada franca

Ciclo de lavagens tem início nesta sexta na Orla de Camaçari

Abrindo o ciclo das tradicionais lavagens e festas populares da Costa de Camaçari, ocorre nesta sexta-feira (12/1) os festejos de Barra do Pojuca, em homenagem ao padroeiro da localidade, São Francisco de Assis. Realizada há mais de 100 anos, as comemorações, que seguem até segunda-feira (15/1), contarão com as presenças do prefeito Elinaldo Araújo, autoridades municipais, além da comunidade local, turistas e visitantes.

As manifestações de fé e religiosidade serão abertas com o tradicional cortejo das baianas. A concentração está marcada para as 10h, no posto de combustível localizado na entrada da localidade. A procissão será acompanhada por grupos culturais e um mini trio institucional, com destino à igreja católica que leva o nome do santo, também conhecida como Igreja Matriz, situada na praça principal. Com percurso de aproximadamente dois quilômetros, a previsão de chegada é 14h.

Dando prosseguimento aos festejos, no sábado (13/1) ocorrerá a parte profana do evento. Uma seresta, em frente ao mercado municipal da localidade, animará os participantes. A festa acontece a partir das 22h e só deve acabar na madrugada do domingo (14/1).

À programação religiosa do evento continua a partir das 10h de domingo, quando será realizada uma missa e procissão. Na segunda-feira (15/1) acontece uma procissão marítima, promovida por pescadores da localidade, com saída às 6h da Igreja Matriz em direção à Praia da Espera, em Itacimirim. De lá, sairão os barcos que levarão ao mar as oferendas dos devotos. O retorno está previsto para as 16h.

O ciclo das tradicionais lavagens e festas populares da Costa de Camaçari tem apoio da prefeitura, por meio de diversas secretarias e órgão institucionais.

Pôr do sol movimenta praias da Orla de Camaçari no fim de semana

A Feira do Pôr do Sol será mais uma atração do fim de semana na Costa de Camaçari e que está fazendo o maior sucesso. Cerca de 140 profissionais entre artesãos, culinaristas e ambulantes vendem seus produtos para nativos e turistas. A animação fica por conta dos grupos de cultura popular e artistas locais se apresentam e enaltecem o clima do ambiente, dando uma mostra da variedade de manifestações culturais do Município.

O projeto é realizado pela Prefeitura, todo final de semana em localidades da orla, em conjunto com diversos órgãos e secretarias, entre elas a Secretaria de Cultura. Neste final de semana, a Feira do Por do Sol será realizada em três locais da costa: Vila de Abrantes, Guarajuba e Arembepe.

  • Para animar o evento, em Abrantes, vão se apresentar:

Sexta (12) a partir das 19 horas, Boi Janeiro de Cajazeira de Abrantes, Reagge Steady, Associação Cultural Inzó Capoeira e Charanga da Alegria.

Sábado (13) – Aulão de Ritmos Latinos com Thauan Correia (9 horas), Alaketu (19h), Projeto Som do Timbau (20h), Banda de Valdemar Loula.

Domingo (14) – Aulão de ritmos latinos com Leidiane Bispo (9h), Fanpop (18h), Viola de Ouro (19h), Dedeco e Acústico (20h).

  • Em Guarajuba, onde a Feira do Por do Sol é fixa, realizada diariamente, as atrações do final de semana são:

Sexta (12) – Fanesp (19h), 3 Tons (20h).

Sábado (13) - Aulão de Ritmos Latinos com Leidiande Bispo (9h), Capoeira Engenho (19h), Capoeira Engenho (19h), Black Bird (20h).

Domingo (14) - Aulão de Ritmos Latinos com Thauan Correia (9 horas), Raízes do Passado (17h), Projeto Resgate (18h), Wilson Moreira (19h).

  • Em Arembepe, onde a feira ocorre todo final de semana as atrações são essas:

Sexta (12) DJ Edson (18h), Liu&Cia (20 h), Paulão (22h).

Sábado (13) – DJ Máximo (18h), Cris Ribeiro (20h), Denny Françuá (22h).

Domingo (14) – DJ Relíquia (18h), Maicon Leite (20h).

Educadores participam de curso para implantação dos Escritórios Criativos

Com a finalidade de implantar 30 Escritórios Criativos nos Centros de Educação Profissional e Tecnológica, os vice-diretores articuladores do mundo do trabalho dos Centros de Formação Profissional e Tecnológica estão participando do curso 'A Educação Profissional e Tecnológica (EPTEC) e os arranjos produtivos territoriais'. A iniciativa busca capacitar os educadores para atuarem no projeto, que tem a proposta de integrar os cursos da Educação Profissional e Tecnológica nos 27 territórios de identidade da Bahia. A ação é realizada pela Secretaria da Educação do Estado, em parceria com o Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano (IADH).

Segundo o superintendente da Educação Profissional e Tecnológica da secretaria, Durval Libânio, "essa capacitação faz parte de diversas atividades que estão sendo promovidas para a implantação dos Escritórios Criativos. Também teremos a rede de competências, que será um sistema para informar sobre os profissionais especializados nas universidades que poderão auxiliar no desenvolvimento de soluções para demandas surgidas pelos estudantes ou pequenos agricultores e empreendedores da região. Até o final de janeiro iniciaremos as reuniões para determinar o planejamento para.

Durval explica, ainda, como os Escritórios Criativos vão funcionar: “A ideia é a equipe ser formada pelo orientador junto a profissionais originados dos programas Primeiro Emprego, Mais Futuro e #partiuestágio. Eles vão auxiliar os interessados a resolverem problemas, como por exemplo a criação de uma marca para o produto de um pequeno agricultor. Caso precisem, eles entram em contato com especialistas nas universidades, que serão remunerados para ajudar no trabalho. O objetivo é dentro de cada escritório criar uma Empresa Júnior para integrar a Rede Baiana de Empresas Júnior, nos possibilitando parcerias, como a do Serviços em Inovação e Tecnologia - Sebraetec”.

O curso, realizado por meio da Educação a Distância (EaD), tem 80 horas de duração e previsão de término em abril deste ano. A atividade acontece em dois blocos, sendo o primeiro com quatro, correspondente ao curso básico, e o segundo, com dois complementares e os ciclos de assessoria presencial, correspondente ao curso intermediário. Os temas são contínuos e complementares, de forma que os participantes aprendam à medida que produzem resultados concretos com base nas reflexões e experiências sobre a realidade prática vivenciada nos Centros de Formação Profissional e Tecnológica.

Governo assina ordem de serviço para recuperação de nascentes dos rios Pojuca, Subaé e Paraguaçu

As bacias hidrográficas dos rios Pojuca, Subaé e Paraguaçu receberão investimentos da ordem de R$ 2,8 milhões para recuperação florestal em Áreas de Preservação Permanente (APP). A ordem de serviço, no valor de R$ 500 mil, para início imediato dos trabalhos foi assinada na tarde desta quarta-feira (10) no gabinete da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs). As atividades serão realizadas mediante convênio estabelecido entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e a Sihs, vencedora do edital para utilização dos recursos do Fundo Nacional do Meio Ambiente.

A implementação do projeto abrangerá uma área de 806 hectares para um total de 252 nascentes, contemplando as ações de plantio de mudas, semeadura e/ou cercamento de nascentes. Todas as intervenções programadas para o desenvolvimento do trabalho terá um horizonte de ação que se estenderá até janeiro de 2021. As áreas selecionadas estão localizadas nos municípios de Araçás, Catu, Feira de Santana, Santo Amaro, Morro do Chapéu, Lençóis e Palmeiras. “O ponto de partida estratégico inclui ainda a preservação da estabilidade geológica, biodiversidade, geração de trabalho e ampliação do bem-estar da população que vive no entorno das APP´s”, esclareceu o secretário Cássio Peixoto.

As etapas preliminares componentes da atividade consideram as seguintes fases: Divulgação do Projeto; Mobilização de beneficiários diretos, incluindo a assinatura de termos de compromisso, coleta de dados e cadastramento dos beneficiários no Cadastro Ambiental Rural (CAR) / Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir), que conduzirão ao diagnostico do imóvel rural, bem como ao georreferenciamento das nascentes. "Todas estas etapas vêm associadas à realização de ações de educação ambiental, elaboração de projetos definidores do escopo das intervenções e de estudos regionalizados que subsidiarão a elaboração do Plano Regional para Pagamento de Serviços Ambientais - PSA's", complementou Peixoto.

 

Fonte: BN/Camaçari Noticias/Ascom Educação/Ascom Sihs/Muncipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!