25/01/2018

Umburanas: Engie investe mais de 1,5 mi em Projetos Sociais

 

A ENGIE fez a entrega, à prefeitura de Umburanas de 7 convênios nas áreas de saúde, educação, esporte e lazer, firmados em parceria com o Município.Realizado na sede da Prefeitura, o ato contou com a participação do gerente do Projeto, Márcio Neves, do gerente de Planejamento e Logística de Projetos da ENGIE, Carlos Holme, do Prefeito Roberto Bruno, além de representantes do poder Legislativo local. Na oportunidade, foi assinado ainda o convênio, no valor de R$ 90 mil, para a obra de recuperação do asfalto da via que liga a rotatória de Umburanas ao centro da cidade, que já está em andamento.

Dentre os convênios assinados, alguns já estão em execução, a exemplo da construção da cobertura do Pátio da Escola Rômulo Galvão, um anseio antigo de uma das maiores comunidades escolares do município. No prazo previsto de 45 dias o espaço estará disponível para as crianças realizarem suas atividades lúdicas e recreativas com mais conforto.

Com o objetivo de contribuir para a elevação da taxa de alfabetização e consequentemente redução do analfabetismo da população do Município, a ENGIE vai iniciar em fevereiro o Curso de Alfabetização de Jovens e Adultos. Cerca de 200 pessoas serão beneficiadas com as atividades que serão desenvolvidas em comunidades rurais e na sede do Município.

No setor da saúde os benefícios chegam a partir da disponibilização de novos veículos, em que foram investidos mais de R$ 480 mil. Além de uma Ambulância tipo B, totalmente equipada, o município receberá duas vans com 20 e 15 lugares, cada, para auxiliar no transporte de pacientes que necessitam se deslocar para outras regiões a fim de realizar Tratamento Fora de Domicílio (TFD). Em processo de compra, os veículos devem ser entregues até o final do mês de Março.

Buscando reduzir a ociosidade dos jovens do Município e integrar as comunidades a ENGIE também está investindo na prática de esporte e lazer. A Praça da Vitória, localizada no Centro de Umburanas, será totalmente revitalizada. Os componentes existentes serão reformulados e outros novos como uma quadra esportiva e um playground, inseridos. Outro equipamento que receberá melhorias é o estádio de futebol da cidade, que vai ganhar alambrado, arquibancada e vestiários. Mais de R$490 mil serão investidos nas obras. 

Até o momento R$ 1,8 milhões foram destinados pela ENGIE para investimento em projetos sociais e ações de melhorias na cidade de Umburanas. “Estaremos celebrando novos convênios e até o final do empreendimento devemos investir cerca de R$ 5 milhões em projetos sociais, um compromisso nosso como forma de contribuir com o município e com a sociedade de Umburanas”, finalizou Neves.

Juazeiro: inquérito que apura afundamento das barcas sai em 90 dias

O comandante da Agência Fluvial de Juazeiro, Sílvio Miranda, em contato com este Blog na tarde desta quarta-feira (24), informou que o inquérito administrativo que apura causa que levou duas barcas submergirem nas águas do Rio São Francisco, na eclusa da Barragem de Sobradinho, Bahia, sairá em 90 dias.

"O inquérito administrativo foi aberto. Desde ontem (23), a Agência vai apurar a causa ou as causas e ainda se existe os possíveis responsáveis", disse o comandante. As imagens do local que são de responsabilidade da Chesf foram solicitadas e serão analisadas durante as investigações. O comandante também adiantou que testemunhas serão ouvidas.

O comandante também garantiu que o trabalho de apoio, ações e segurança no local "teve inicio logo que a notícia chegou a Agência". Não há risco para a navegação no local e as barcas, apesar de terem afundadas nas águas, não chegou a poluir o Rio, com derramamento de oleo ou outro material.

As barcas estavam ancoradas na eclusa da barragem e não havia ninguém a bordo.

De acordo com informações prestadas pela Agência Fluvial de Juazeiro é de responsabilidade do proprietário das embarcações, Rogério Rocha, a operação de retirada das barcas do fundo do Rio.

BARCAS QUE AFUNDARAM EM SOBRADINHO AINDA NÃO FORAM RETIRADAS

A Agência Fluvial de Juazeiro já iniciou os trabalhos de busca e retirada das barcas que afundaram terça (23), em Sobradinho-Bahia. As barcas estavam ancoradas na eclusa da barragem e não havia ninguém a bordo. Em contato com este blog na tarde desta quarta-feira (24), o comando da Agência Fluvial, informou que o inquérito que vai apurar as possiveis causas que fizeram as barcas afundarem sairá em 90 dias. Não há risco na segurança das navegações no local. Testemunhas serão ouvidas.

Em Nota a Empresa Vapor do Vinho informou "que ontem dia 23/01/2018 ás 09h40min, duas embarcações que fazem o roteiro enoturístico, e que estavam atracadas no canal de eclusagem, no lago de Sobradinho submergiram dentro da barragem – Ainda não se sabe tecnicamente sobre o motivo do afundamento, sendo que ambas navegavam com todo o aparato necessário e seguro, exigida pela Marinha do Brasil e pela Capitania dos Portos. As barcas vão ser retiradas de dentro do lago, onde estão a oito metros de profundidade, para que sejam feitas toda a perícia, no sentido de apontar as causas deste sinistro".

Em contato com o Blog Geraldo José, o proprietário das embarcações, Rogério Rocha, informou que a operação de retirada, em função do tamanho das embarcações, é complicada e deve demorar alguns dias. De acordo com informações colhidas pelo Blog, as imagens do local, solicitadas pela Marinha à CHESF, já teriam sido disponibilizadas e podem ajudar a esclarecer os motivos do acidente.

Em Jeremoabo, história confirma a importância da escolha do vice

A chegada de Antônio Chaves a prefeito é o exemplo mais recente. Mas há outro episódio na cena política jeremoabenese, a ascensão de Pedrinho de João Ferreira que sucedeu o então prefeito João Batista Melo de Carvalho. Assim a escolha do vice é importantíssima.

Nesse cenário, o  prefeito interino de Jeremoabo, Antônio Chaves (PSD) caminha sobre o fio da navalha na questão da escolha do seu futuro vice.

Embora nos bastidores as apostam tenham subido dando conta de que Chaves teria preferência por um dos seus assessores diretos, ao que tudo indica talvez ele possa não ter um candidato a vice para chamar de seu, já que algumas correntes que o cercam, defendem outros nomes.

Os rumores sobre a indicação do Assessor Especial e ex-secretário de educação do município, de Pedro Son, não seria necessariamente pelos olhos verdes que este não tem, mas por ser um nome da sua simpatia, da extrema confiança e que não tem no currículo a nódoa da ingratidão política. É o velho ditado de que: “trair e coçar é só começar”.

Pode até aceitar a indicação de partidos, mas jamais uma imposição. Governar com um Vice que não confia seria como governar sempre com alguém com um punhal apontado para as suas costas.

A última palavra sobre o vice tem de ser sua (Chaves) e não de terceiros. Ou terá complicações num eventual mandato. A situação deve ser minuciosamente ser bem analisada. Quem escolhe a noiva para casar é o noivo e não os assessores do noivo. Não existe almoço de graça entre políticos. Especialmente, entre cardeais.

1º CONGRESSO DE AGRICULTORES É NESTA SEXTA (26) EM PETROLINA, PE

O primeiro congresso destinado a agricultores familiares em Petrolina, no interior de Pernambuco, terá início às 8h desta sexta-feira (26), no auditório do Senac. Localizado na Rua Projetada, nº 650, do bairro Maria Auxiliadora, o espaço tem capacidade para 100 pessoas e deve receber, além dos agricultores, o prefeito Miguel Coelho, o representante do Ministério da Agricultura, Michel Ferraz, vereadores e outras autoridades.

O evento, que é uma realização do Sindicato dos Agricultores Familiares de Petrolina (Sintraf), é inédito para a categoria e discute o tema 'Garantia das Políticas Públicas para o Campo'. Para sua primeira edição, foram escolhidos subtemas atuais e que serão abordados por pessoalidades ligadas diretamente ao assunto.

Destinado pelo MAPA, o diretor de produção, Michel Ferraz, falará sobre 'Agricultura de Baixa Emissão de Carbono', enquanto a professora de Tecnologia Agrícola, da Faculdade Educacional da Lapa (Fael), Maria Helena Matchin, abordará 'Agricultura Familiar: uma construção do futuro'. Já o engenheiro agrônomo e secretário executivo de Desenvolvimento Rural e Irrigação do município, André Jackson de Holanda, fala sobre 'Políticas Públicas Voltadas à Agricultura Familiar', além do coordenador regional do programa de educação previdenciária do INSS, José Orlando Macedo, que deve explicar para os participantes vários pontos da 'Reforma da Previdência'.

O congresso vai até às 16h. O evento é gratuito e aberto ao público em geral. De acordo com a presidente do Sintraf, Isália Damacena, o sindicato conseguiu transportes para os agricultores que não tiverem como se deslocar até o Senac e explica que o credenciamento dos participantes será feito a partir das 7h.

 

Fonte: Ascom Engie/BlogdoGeraldoJosé/Ascom Sintraf/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!