27/01/2018

Congresso Brasileiro de Turismo Religioso com inscrições abertas

 

A programação do Congresso Brasileiro de Turismo Religioso, que acontece entre os dias 9 e 12 de maio, em Salvador, foi apresentada na quinta-feira (25) para as lideranças do trade turístico, autoridades e imprensa. Os interessados em participar do congresso já podem efetuar as inscrições no site do evento. A expectativa é reunir cerca de 500 pessoas no Fiesta Convention Center. O evento é uma iniciativa da Arquidiocese de Salvador, com o apoio da Secretaria do Turismo do Estado (SETUR).

De acordo com estimativa da Igreja Católica, a Bahia movimenta cerca de cinco milhões de pessoas com o turismo religioso, o que incrementa a procura por hospedagem, alimentação e artesanato. O Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, destacou a importância da qualidade no atendimento ao visitante: “Existem diferenças entre o turista e o peregrino. Mas o fato é que o peregrino também precisa de hospedagem, restaurante e demonstra interesse em comprar lembranças”.

O secretário do Turismo, José Alves, também falou sobre a importância do turismo religioso: “O turismo movido pela fé também leva o visitante a conhecer outros atrativos, beneficiando o entorno do destino principal. Por esta razão, a SETUR atua em vertentes como a de capacitação profissional, a fim de contribuir para a excelência dos serviços neste segmento”.

Compadre de Ogum segue em cartaz no Espaço Cultural da Barroquinha

O espetáculo Compadre de Ogum traz a adaptação da obra de Jorge Amado realizada pelo escritor e diretor teatral Edvard Passos, indicado a seis Prêmios Braskem em 2015 e vencedor na categoria de Melhor Direção. O espetáculo está em cartaz no Espaço Cultural da Barroquinha, às 18h, nos sábados, 20, 27 de janeiro e 03 de fevereiro.

Celebrando cinco anos de atuação na arte teatral, a peça Compadre de Ogum conta a história do biscateiro Massu das Sete Portas, um homem negro que, com a ajuda de amigos, organiza o batizado de seu filhinho “galego" dentro da igreja católica, trazendo o orixá Ogum como o padrinho da criança. Essa divertida trama aborda elementos de convivência de credos, diversidade étnica em Salvador e o valor da amizade verdadeira.

Contemplado pelo Edital Setorial de Teatro 2016 da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SecultBA), o espetáculo foi montado para ser realizada fora da caixa cênica, ocupando espaços não convencionais. O elenco é formado por 14 atores, além das participações especiais dos Filhos de Gandhy, do Cortejo Afro e da cantora Matilde Charles. “O elenco é um tesouro dessa montagem. Pedras preciosas garimpadas com todo empenho”, revela Edvard Passos.

Sendo um sucesso internacional, o espetáculo já foi debatido em eventos de peso como a Quadrienal de Praga, a Conferência Anual Federação Internacional de Pesquisa em Teatro, em Hyderabad, na Índia e na Conferência Dramatic Architectures, na cidade de Porto, em Portugal.

Colóquios

Além das apresentações, estão na programação dois colóquios realizados na Fundação Casa de Jorge Amado, sobre a obra do grande autor baiano. O primeiro Colóquio aconteceu no último dia 17 com o tema “Compadre de Ogum: o papel da cidade de Salvador e da Igreja Primeira de Santana na construção da poética do espetáculo”.

  • Serviço

Espetáculo – Compadre de Ogum

Quando: 20 e 27 de janeiro e 3 de fevereiro às 18h00

Onde: Espaço Cultural da Barroquinha

Quanto: Entrada 1 quilo de alimento - Instituição beneficiada NASCCI - Núcleo de Assistência a Crianças com Câncer

Pescadores participam de curso de atendimento a turistas

Os turistas que participarão das homenagens à Iemanjá, no dia 2 de fevereiro, receberão um atendimento diferenciado em 2018. Os pescadores das colônias de pesca do Rio Vermelho e de Itapuã estão sendo capacitados para atender ainda melhor esse público. As aulas do “Curso de Atendimento ao Turista” acontecerão às vésperas da Festa de Iemanjá, nos dias 29 (para os pescadores da colônia Z-06 de Itapuã) e 30 de janeiro (para os associados da colônia do Rio Vermelho). Cerca de 40 pessoas serão capacitadas pela ação, realizada pela Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri), em parceria com a Secretaria de Turismo (Setur).

“O pescador é um profissional que tem muito orgulho do que faz. Ele quer falar sobre sua rotina no mar, contar suas histórias e alguns até mesmo fazem questão de relatar seus encontros com Iemanjá. Então, o curso, além de favorecer o turista que passa a se encantar ainda mais pela cidade, serve também para fortalecer a autoestima do pescador, que é o protagonista dos festejos”, afirma a coordenadora de Promoção Social da Bahia Pesca, Eliana Carla Ramos.

O curso para os pescadores de Itapuã será realizado na próxima segunda-feira (29), das 8h às 12h, no auditório do Colégio Estadual Lomanto Júnior (Rua Prof. Souza Brito, s/n, Itapuã). Já os associados da colônia do Rio Vermelho terão aulas na terça (30), das 8h às 12h, no salão paroquial da Igreja de Sant'Ana (Rua Guedes Cabral, 143, Rio Vermelho). Cada turma tem 20 vagas. Os interessados devem fazer sua inscrição na sede de cada colônia.

Dentre os temas do curso estão transformação e desenvolvimento pessoal; controle das emoções; empatia, respeito e postura no atendimento; desenvolvimento da comunicação; reflexão sobre o cliente turista; tipos de clientes; dentre outros.

Arquivo Público da Bahia realiza ciclo de debates sobre Governança e Arquivos

Com objetivo de inserir os arquivos na agenda da administração pública estadual, o Arquivo Público do Estado da Bahia realizará o Ciclo de debates sobre Governança e Arquivos. O ciclo reúne uma série de quatro conferências sobre aspectos relevantes da gestão de documentos, a ser proferida uma a cada mês. A conferência é gratuita e os participantes receberão certificados digitais. As inscrições serão realizadas pelo e-mail apb.fpc@fpc.ba.gov.br.

A abertura do evento será na terça-feira (30), às 14h30, com o Doutor José Maria Jardim, professor titular da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Na ocasião, o professor discutirá sobre cenários e perspectivas na Governança Arquivística.

A governança arquivística é o ato de governar com base nos princípios e técnicas da Arquivologia. Com base na definição do Arquivo Nacional, “arquivos são conjuntos de documentos que são reunidos por acumulação ao longo das atividades de pessoas físicas ou jurídicas, públicas e privadas”. Com isso, os arquivos possuem função histórica, administrativa, social e educativa.

Arquivo Público – Com 127 anos, o Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB), unidade da Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado (FPC/SecultBA), é a segunda mais importante instituição arquivística pública do país. Em seu extenso e rico patrimônio estão custodiados documentos produzidos e acumulados no período colonial, monárquico e republicano brasileiro, que são diariamente consultados por pesquisadores de todo Brasil e de outros países. Um acervo organizado e estruturado desde 1890, quando o então governador do Estado da Bahia, Manoel Victorino Pereira, por meio de Ato, criou o Arquivo Público.

  • Programação

Ciclo de Debates:

30/01 às 14h30 - Governança Arquivística: cenários e perspectivas. Conferencista: Doutor José Maria Jardim, Professor Titular da UNIRIO.

27/02 às14h30 – O Espaço da Avaliação de Documentos Arquivísticos. Conferencista Esp. Adriana Sousa Silva, Coordenadora de Arquivos Intermediários do APEB/FPC. Relato de Experiência Secretaria Estadual de Saúde do Estado da Bahia, pelo Arquivista, Djalma Vieira.

27/03 às 14h30 - Preservação da Memória nos Arquivos. Conferencista Doutora Alicia Duhá Lose, Professora Associada da UFBA. Relato de Experiência Coordenação de Documentação e Memória do Subcomando Geral da Policia Militar da Bahia, pelo Major Raimundo Marins.

24/04 às 14h30 - Lei de Acesso à Informação e o Direito de Acesso. Conferencista Francisca Mattos, Doutora em Ciência da Informação. Relato de Experiência Ouvidoria Geral do Estado da Bahia, pelo Doutor José Maria Dutra, Ouvidor Geral.

Bibliotecas Públicas do Estado oferecem contações de Histórias

A literatura é importante em todos os momentos e se faz presente nas rodas de amigos, nos desenhos infantis e nas artes, promovendo o desenvolvimento infantil, a imaginação e a criatividade. Por isso, as Bibliotecas públicas do Estado da Bahia vão oferecer contações de histórias, durante todo mês de fevereiro, para movimentar o calendário de férias das crianças.

  • Veja abaixo a programação completa:

Biblioteca Anísio Teixeira (BAT)

• Curi, Curi, Curiosos, de Bernadeth Argôlo: Quarta-feira (7), às 14h30.

• Carolina, de Walcyr Carrasco: Quinta- Feira (22), às 14h30.

• Os Heróis e o Consumo Sustentável, de Beatriz Monteiro da Cunha: Quinta-feira (15), às 14h30.

Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BCEB)

• O Pequeno Polegar, de Charles Perrault: Segunda-feira (5).

• O pássaro de ouro dos Irmãos Grimm: Segunda-feira (19).

• O lobo e a raposa dos Irmãos Grimm: Sexta-feira (23).

• A raposa e as uvas dos Irmãos Grimm: Segunda-feira (26).

Todas as contações serão realizadas no Setor Infantil, Térreo, às 15h.

Biblioteca de Extensão (BIBEX)

• O Carnaval na Floresta, da autora Rose Sordi: Quarta-feira (21), no Lar Vida, às 14h e na quinta-feira (22), no NACCI, às 14h.

• Carolina, do autor Walcyr Carrasco: Na sexta-feira (23), no Martagão Gesteira, às 14h e na terça-feira (27), no GACC, às 14h.

Biblioteca Infantil Monteiro Lobato (BIML)

• Carnaval na Floresta, de Rose Sordi: Todas as quintas-feiras do mês (1, 8, 15 e 22), às 10h.

• O Reizinho Mandão, de Ruth Rocha: Quartas-feiras (7, 21 e 28), às 10h.

• Que lixo é esse?, de Karen Mendes: Terças-feiras (6, 20 e 27), às 15h.

Biblioteca Juracy Magalhães (BJMJ) Salvador:

• A Briga das Flores, de Adriana Campos: Terça- feira (6), às 09h.

• Dorme, menino, dorme, de Laura Herrera: Terça-feira (20), às 09h.

Biblioteca Thales de Azevedo (BPTA)

• Nosso gato desbotado, de Tereza Yamashita: Segunda-feira (5) e quarta- feira (7), às 14h.

• Cadê meu travesseiro, de Ana Maria Machado: Terça-feira (20) e quinta-feira (22), às 10h.

 

Fonte: A Tarde/SecultBa/Bahia Pesca/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!