28/01/2018

Feira: Pistas que protegerão lagoa do Subaé quase prontas

 

A construção das duas pistas – para caminhada e ciclismo - que circundarão a Lagoa do Subaé já está praticamente concluída. Os 4,8 quilômetros delimitarão a área da lagoa e a protegerão de invasões, além de ser utilizados como espaços de lazer pelos moradores do bairro e visitantes.

A preservação das lagoas é uma iniciativa inédita tomada pela Prefeitura de Feira de Santana. As pistas limitarão a área onde as residências poderão ser construídas, respeitadas a legislação ambiental que aborda o tema.

Entre as pistas – uma de concreto, para pedalar, e outra de brita, material mais confortável para caminhadas e corridas, várias árvores serão plantadas, criando-se, assim, um cinturão verde que contribuirá para amenizar o clima nos entornos das lagoas.

Nascente descoberta recentemente será direcionada à lagoa

Recentemente, escavações às margens da Subaé descobriram uma nascente que, no futuro, vai contribuir para a formação de um manancial. “Acredito que muitas outras foram aterradas ao longo dos anos de abandono. É nosso dever procurar estas nascentes, reativá-las e direciona-las para a lagoa”, disse o secretário de Meio Ambiente, Sérgio Carneiro.

O secretário ainda disse que o projeto está focado na preservação e a conservação das lagoas que correm risco de desaparecerem devido a ação humana ou a ocupação ilegal não apenas das suas margens. “O governo municipal está empenhado em recuperar estes espaços presentes em todas as regiões do município”.

Serviços semelhante estão sendo feitos em três lagoas localizadas na Conceição, que ganharam nomes recentemente: a do Mirante, do Meio e de Minas, mais na Lagoa do Berreca, uma das mais importantes do sistema de lagoas locais.

Inaugurada novas instalações do Fórum e da Vara da Justiça Pela Paz em Casa

Em reforma desde dezembro de 2014, as novas instalações do Fórum Desembargador Filinto Bastos foram inauguradas na manhã desta sexta-feira,27, juntamente com as novas instalações da Vara da Justiça pela Paz em Casa, localizada na rua Israelândia, no bairro Muchila.

O projeto arquitetônico do Fórum Filinto Bastos, localizado na segunda maior comarca do Estado, conta com sistema de climatização, visando à eficiência energética, e instalações elétricas e de telefonia atualizadas. As unidades judiciais foram reformuladas, e  melhor aproveitamento das áreas comuns.

A reforma do fórum também contemplou a modernização dos sistemas de proteção contra incêndio, a troca de pisos e revestimentos e a adaptação para acessibilidade nos sanitários, além de nova sinalização e cobertura, e reparos na fachada.

O juiz diretor do Fórum Filinto Bastos, Armando Duarte Mesquita Júnior, assinalou em sua fala que “as reformas foram necessárias para adequar os serviços judiciais oferecidos à altura e a importância da comarca de Feira de Santana, que se encontrava defasada”.

De seu lado, o prefeito em exercício Colbert Martins, numa breve síntese biográfica do patrono do fórum, ressaltou alguns atributos do advogado feirense nascido em 1856.

“O desembargador e professor Filinto Justiniano Ferreira Bastos, também teve passagem brilhante pelo mundo acadêmico, tendo lecionado Direito Civil e Direito Romano na Faculdade de Direito da Bahia(, hoje, incorporada à UFBA), transmitindo a muitas gerações de bacharéis os melhores conhecimentos de doutrina e prática jurídica”, ressaltou o prefeito interino.

Vara da Justiça Pela Paz em Casa

Localizada na rua Israelândia, a Vara da Justiça Pela Paz em Casa tem como objetivo precípuo combater a violência doméstica e familiar contra a mulher, respaldada na Lei Maria da Penha.  Nos últimos três meses, 105 sentenças de mérito e adotou 248 medidas protetivas, dentre outros procedimentos judiciais.

As instalações desta Vara, que tem como titular o juiz Wagner Ribeiro Rodrigues e reúne 3,5 mil processos,  ganhou novo revestimento de pisos, pintura geral, troca de portas e esquadrias, implantação de uma brinquedoteca, rampas para pessoas com necessidades especiais, e  reforma de sanitários.

Um dos signatários do Projeto que criou a Lei Maria da Penha, então na condição de deputado federal, Colbert Martins pontuou que “ a mão forte da lei é o passo principal para combater a violência contra a mulher, juntamente com a educação das novas gerações”.

Ele também destacou a parceria estabelecida entre a Prefeitura Municipal e o sistema judiciários do Estado, em Feira de Santana, através de convênio  que disponibiliza servidores de seus quadros para atuarem nas instâncias locais do Tribunal de Justiça, a exemplo do Fórum Filinto Bastos, e da própria Vara em questão.

As solenidades foram presididas pela desembargadora Nágila Brito, responsável pela Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça da Bahia,  representando  a presidente da instituição,  Maria do Socorro Barreto Santiago nas duas inaugurações

As solenidades foram prestigiadas pelo desembargado Salomão Resedá, coordenador geral das comarcas do interior do Estado, Marcos Pinheiro, presidente da secção local da Ordem dos Advogados do Brasil(OAB), Mário Borges, chefe do Gabinete da Prefeitura, Edileusa Sueli, delegada da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (DEAM).

Hackaton: 14 equipes pensam ideias inovadoras para segurança pública

Nas próximas 36 horas, 14 equipes formadas por estudantes e profissionais da tecnologia da informação ou setores relacionados, criarão ideias focadas na segurança pública. O Hackaton de Feira de Santana, maratona para a criação de programas inovadores e exequíveis, foi iniciada na manhã deste sábado, 27. Os vencedores serão conhecidos na tarde de domingo.

Os grupos, formados de três a cinco componentes, terão que desenvolver ações inovadoras para que a administração pública a execute. São livres para criar dentro da proposta do tema. O evento, que está acontecendo no auditório do Sesi, é realizado pela Fundação Municipal da Tecnologia da Informação, Telecomunicação e Cultura Egberto Costa, Sesi, Senai, e parceiros outros.

O Hackathon é um evento que reúne programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de software para uma maratona de programação, cujo objetivo é desenvolver um software que atenda a um fim específico ou projetos livres que sejam inovadores e utilizáveis. No caso de Feira, a segurança pública.

Passo importante para a cidade

“Este é um passo importante para Feira de Santana porque as pessoas que aqui estão buscarão soluções tecnológicas que ajudarão na segurança pública”, afirmou o prefeito em exercício, Colbert Filho. Ele disse acreditar em bons resultados. “Estes aplicativos poderão ser usados na política de redução de violência e outras ações ilegais”.

Ele ainda disse que a participação de todos os setores que trabalham na segurança pública mostra a importância do Hackaton. Mandaram representantes o Exército, policias Civil e Militar, Ministério Público, Guarda Municipal, universidades e faculdades.

As ideias contribuirão para tornar a segurança mais eficiente

O secretário de Prevenção à Violência, Pablo Roberto, disse acreditar nos bons resultados do evento e que as ideias que serão apresentadas contribuirão para tornar a segurança pública ainda mais eficiente. “O que se pretende é que estas ideias unam aplicabilidade com eficiência”.

João Pedro Santos, da equipe feirense Gerenciagram, disse que as equipes vão se focar na busca de soluções possíveis para o problema da violência. Clériston Sampaio, da AC2 Hack, disse que se admirou com o nível dos competidores. “Com certeza que daqui sairão ideais que serão aplicadas com facilidade”.

Os trabalhos serão analisados por uma equipa formada por profissionais da Tecnologia da Informação, segurança pública e empresários. Esteve presente o secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira.

Será intensificada ação contra leishimaniose em Maria Quitéria

A área onde residia o agente de portaria Antonio César da Silva, 34 anos de idade, morto na quinta-feira (25), acometido de leishimaniose (doença denominada calazar, quando em cães), vai ser alvo de uma ação preventiva das equipes do Departamento de Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria Municipal de Saúde. A informação é da diretora do Departamento, enfermeira Francisca Lúcia de Oliveira (foto).

A vítima morava em uma comunidade em Maria Quitéria, zona rural do município. Conforme a diretora, o distrito é prioridade da Vigilância Epidemiológica, em suas ações de controle, desde 2016, através do Programa Municipal de Leishmaniose.

“O que faremos agora é um reforço deste trabalho, não apenas no local onde morava este jovem, mas em outras comunidades do distrito. É preciso contar com a colaboração da população, cuidados com seus cães e com as formas de proliferação do mosquito transmissor da doença”, diz ela.

Entre os bairros assistidos pela campanha, Aviário, Jussara, Campo do Gado Novo, Caraíbas, Pampalona e George Américo. A ação também ocorre nos distritos de Jaguara, Tanquinho e Governador João Durval. As pessoas podem obter orientações em contato com o Disk Saúde, através do telefone 0800 284 6656, ou com o Centro de Controle em Zoonoses, 3614-3613.

“Mosquito palha”, ao picar animal infectado (principalmente o cão), transmite a doença

A leishmaniose é transmitida através da picada do flebótomo, conhecido popularmente como mosquito palha. Este inseto transmite a doença a partir de animais doentes, como cachorros e roedores, a outros animais e aos humanos. Existem dois tipos da doença, a visceral e a tegumentar.

A visceral apresenta sintomas de febre, palidez, fraqueza e aumento das vísceras. Já a tegumentar, tem como sintomologia lesões na pele e feridas com bordas elevadas. Nos animais, o quadro clínico para ambas as patologias, é febre, emagrecimento, feridas em geral no focinho, orelhas e extremidades, sangues nas fezes e crescimento exagerado das unhas.

A prevenção pode ser feita através do uso de repelentes, principalmente no horário de entardecer, limpeza de quintais e terrenos, poda de árvores, destino adequado ao lixo, limpeza de casas ou abrigos de animais domésticos. É importante atentar para saúde destes animais, como forma de prevenir a doença.

 

Fonte: Secom PMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!