08/02/2018

Mastrotto pretende crescer polo de curtimento em Cachoeira

 

Ampliar a exportação. Esse é o objetivo da Mastrotto, uma das maiores fábricas de curtimento do mundo, instalada no município de Cachoeira. Com 20 anos de existência, o polo de couros emprega 670 trabalhadores e distribui para a Ásia, América e Europa. Nesta terça-feira (06/02), durante uma visita a fábrica, o secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner, negociou propostas de ampliação e propôs a instalação de uma nova unidade de couro "wet blue" na região Oeste do estado.

“Os empresários encontram na Bahia um ambiente  fiscal equilibrado, um empenho da SDE que facilita a implantação e ampliação dessas empresas e a melhor mão de obra do país”, disse Wagner.

A Mastrotto exporta 99% de sua produção, mas encontra um parceiro na Bahia. "Vendemos para a Natuzzi móveis, outra empresa italiana que apostou no estado", explicou a CEO Renata Sartori.

O grupo possui 5 fábricas no mundo: Arzignano, na Itália, Tunísia, Indonésia e México, especializadas em estofamento de automóveis e móveis.  A produção baiana de 35 mil m² de pele por dia é escoada pelo porto de Salvador.

A descentralização de fábricas na Região Metropolitana de Salvador beneficia a população do interior com a geração de empregos. “Faz 3 dias que comecei a trabalhar aqui. Estou muito feliz porque estava desempregada há 9 meses”, comemorou a refiladora Adriele Lima de 24 anos, moradora de Capoeiruçu.

O empreendimento ocupa 53 mil metros quadrados de área construída e para sua realização foram feitos investimentos em estrutura e tecnologia de última geração, assim as suas linhas produtivas estão entre as mais avançadas e inovadoras do mundo, respeitando as leis ambientais.

Maragojipe: Super-herói da Folia

Mascarados desfilam ao som de machinhas. Foliões se divertem usando as fantasias mais variadas. O Carnaval na sua essência. Assim é a folia em Maragojipe, município a 133 km de Salvador. Com o tema Super-herói da Folia, a festa em 2018, que acontece do sai 10 ao dia 13, mantem a tradição dos antigos bailes, ao som de “Mamãe eu quero”, “O teu cabelo não nega”, “Allah-lá-ô” e “Cabeleira do Zezé”.

Reconhecido e registrado pelo Instituto do Patrimônio Artístico Cultural do Estado (IPAC), em 2009, como “Patrimônio Imaterial da Bahia”, na festa, as machinhas tem também o som das centenárias orquestras e charagas maragojipanas. A manifestação tem em sua composição uma diversidade de cores, gestos e práticas ímpares que transformam o evento, em um festejo diferenciado, remontando o verdadeiro carnaval de cunho popular. “O Carnaval de Maragojipe traz a essência das festas carnavalescas, tendo inspiração festas similares que ocorriam na Europa no século XIX. É uma das referências culturais mais expressivas e populares do Estado da Bahia, com forte predominância de fantasias de figuras folclóricas, como os antigos carnavais, com fortes influências das culturas africana e indígena, retrato do caldeirão cultural que é a cidade de Maragogipe”, disse Francisco Gomes, secretário de turismo do local.

A brincadeira de máscaras e fantasias são o símbolo principal do Carnaval de Maragojipe, que tem sua raiz nos entrudos europeus, muito comparados ao Carnaval de Veneza, mas com a animação e alegria característicos do povo baiano. Através dessas fantasias, diversos turistas participam ativamente do festejo, interagindo com a população local, pintados ou não, muitas vezes até desfilando na tradicional passarela dos mascarados, disputando o concurso de máscaras que acontece durante todo o carnaval.

Maragogipe

Incialmente habitada pelos índios da tribo Maragós, foi palco importante na independência brasileira. Inicialmente, muitos se estabeleceram no local para a extração de madeiras, plantação de mandioca e de cana-de-açúcar, construção de engenhos e casas de farinha. Tornou-se independente em 8 de maio de 1850. Possui seis distritos que são Maragogipe, Coqueiros, Guaí, Guapira, Nagé e São Roque do Paraguaçu.

IPAC e CCR Metrô Bahia promoveram ação do Carnaval de Maragojipe

Os mascarados do Carnaval de Maragojipe desembarcaram em Salvador na manhã desta quarta-feira (7), com uma ação divertida e recheada de surpresas ao longo do dia, para lembrar que a folia momesca começa dentro de quatro dias no município do Recôncavo Baiano. Na ocasião, o grupo de mascarados e caretas irão desfilar pelas estações e vagões do metrô da capital baiana, levando aos passageiros a energia dos bailes e dos antigos carnavais, que marcam a festa até os dias atuais.

O projeto é uma realização da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), que firmaram parceria com a CCR Metrô Bahia. Marcado para iniciar às 9h, a ação terá partida do terminal da Estação Pirajá até a Estação da Lapa, retomando no período da tarde, às 14h, do Acesso Norte até a Estação Mussurunga.

Além dos desfiles, o projeto também sediará oficinas de máscaras e exposições fotográficas acerca da festividade. A oficina será realizada no terminal do metrô da Estação da Lapa. Já uma exposição fotográfica, que conta toda a história do Carnaval de Maragojipe, estará em exibição na Estação Rodoviária. O projeto ficará à disposição do público a partir do dia 08 até 20 de fevereiro.

O Carnaval de Maragojipe é um bem cultural patrimonializado pelo Governo do Estado através do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) do decreto nº 11.449/09 e compõe o Livro de Celebrações do IPAC, abrangendo festas e rituais que marcam a coletividade do trabalho e vivência, da religiosidade, do entretenimento.

Dias D’Ávila: Cavalgada Noturna entra para o calendário oficial de festejos

Evento voltado ao turismo rural e religioso, a tradicional Cavalgada Noturna, que acontece anualmente em Dias D’Ávila, passa a integrar o calendário oficial de festejos do município, com a aprovação da Lei nº 531/2017. A edição deste ano será no dia 3 de março, com uma programação que se inicia com a chegada dos cerca de 800 montadores - entre cavaleiros e amazonas -, vindos de todos os cantos do Estado. A cavalgada começa às 21h, rumo à Cidade Santa, onde o padre Paulo Avelino celebrará a primeira Missa do Vaqueiro, abençoando aos cavaleiros e todos os presentes.

Após a celebração, a cavalgada retorna para o bairro Nova Dias D’Ávila, onde acontecerão, em área aberta, shows de Thizio do Acordeom, Carlinhos Platt’s, Banda 100 Parea e Marcelo Batista. A expectativa de público é de seis mil pessoas e 70% do valor arrecadado será destinado à Casa de Amparo ao Idoso Irmã Doralice. Antes, no dia 24 de fevereiro, na Praça ACM, no centro de Dias D’Ávila, será realizada a eleição da rainha e da princesa da Cavalgada Noturna. No campo de futebol será montada uma estrutura com palco e barracas com petiscos e refrigerantes. Não serão cobrados ingressos para o acesso à festa e todos que têm montaria poderá participar.

Governador anuncia fábrica de insulina para Dias D'Ávila

governador Rui Costa anunciou, nesta quarta-feira (7), uma fábrica de insulina para o município de Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador. O anúncio foi feito durante entrevista à Metrópole FM.

A fábrica da empresa ucraniana Indar produzirá a insulina, que atenderá a uma demanda do Ministério da Saúde no país. Segundo o governo, a expectativa é que a fábrica fique pronta em três anos. O investimento previsto é de R$ 250 milhões.

Rui diz que grupos chineses farão propostas pela ponte Salvador-Itaparica

O governador Rui Costa afirmou que dois grupos de consórcios chineses já estudam a viabilidade da Ponte Salvador-Ilha de Itaparica. Segundo o petista, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (7), os chineses estão “concluindo as etapas de análise, diagnóstico, para formular uma proposta ao Estado”.

“Temos uma outra proposta já, e o vice-presidente dessa outra empresa estava na reunião, conversamos mais um pouco sobre o projeto da ponte. Eles voltam para a China, concluem o estudo e formulam a proposta”, afirmou o petista.

Segundo o chefe do Executivo baiano, há negociações também para a Ferrovia Oeste-Leste com outro grupo, que inclui investidores do Cazaquistão que compõem a Bahia Mineração (Bamin).

“Formaram um consórcio de cinco empresas para disputar o leilão da Ferrovia Oeste-Leste. Ela está paralisada na maior parte do seu trecho, começou como obra pública do governo federal, depois do 'golpe' foi paralisada e temos trabalhado para mobilizar empresas chinesas, inglesas, capital estrangeiro para retomar com investimento privado. Estamos aguardando que o governo federal faça a licitação. Há um compromisso do Ministério dos Transportes para fazer audiência até abril e no máximo no segundo semestre a gente tem isso”, ressaltou.

Em relação às obras de infraestrutura de Salvador, o governador prometeu “um segundo semestre cheio de inaugurações”. “O metrô chega em março ao aeroporto. Há um compromisso da CCR de entregar agora e até o fim do fevereiro a gente crava a data. Entregaremos a estação do aeroporto e o terminal de passageiros em Lauro de Freitas para recepcionar todos os ônibus dessa área. Assim como, quem é torcedor do Vitória? Dia 17 entregaremos a Via Mario Sérgio, Via Barradão, para a população”, listou.

Juiz proíbe o uso de máscaras durante o Carnaval de Amargosa após às 18h

O Juiz de Direito da Comarca de Amargosa, Dr. Alberto Fernando Sales de Jesus, proibiu o uso de máscaras após às 18 horas, durante o período de carnaval, conforme a portaria 003/2018.

O texto da publicação diz ainda que em caso de descumprimento da determinação, fica o infrator sujeito a responder de forma penal e cível pelos seus atos.

Este tipo de determinação é recorrente, inclusive, em anos anteriores a justiça tomou a mesma decisão como forma de garantir a segurança os foliões e da população de Amargosa em geral.

 

Fonte: Ascom SDE/Santo Amaro Noticias/Ascom Ipac/A Tarde/BNews/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!