25/02/2018

Serrinha: Ato contra feminicídio reuniu cerca de 300 pessoas

 

Amigos e familiares de mulheres assassinadas em Serrinha (a 185 quilômetros de Salvador) fizeram um ato contra o feminicídio neste sábado, 24. O protesto reuniu cerca de 300 pessoas no centro da cidade.

O grupo se concentrou inicialmente na praça Morena Bela por volta das 8h30 e fez uma caminhada de 1 km até a praça Luís Nogueira. Eles levavam frases como:"Não há adeus mais difícil do que aquele que sabemos que é para sempre", "Violência contra a mulher basta!!!" e "Violência Basta!! Não nos matem porquê somos mulher".

A morte de Daiane Reis Mota, 25, que estava grávida de 9 meses, foi lembrada. A jovem foi morta com um tiro na nuca dois dias antes da data prevista para o parto. O marido Adilson Prado Lima Júnior, 25, foi preso apontado como autor do crime.

O pai de Daiane, Rubens Oliveira Mota, 56 anos, participou da manifestação ao lado da esposa, irmã e sobrinho. O corpo da gestante foi encontrado na manhã do dia seguinte ao crime por ciclistas que passavam pelo local. Na época, o suspeito afirmou para a família que desconhecia o paradeiro da esposa.  Ele teria dito que saiu com a jovem, mas depois deixou ela no centro da cidade.

"Adilson nos enganou. Ele e o pai passaram a noite toda ajudando na busca pela minha filha, mas a polícia desconfiou quando ele foi prestar o depoimento depois que o corpo dela foi achado", relembrou Rubens.

"Ele (Adilson) fez tudo bem feito. A gente não suspeitou de nada. Só viemos saber das coisas depois do que aconteceu", complementou o pai da vítima.

Ciúme

Em depoimento à polícia, após ser preso no dia de 17 de dezembro, Adilson disse que suspeitava que Daiane estava grávida de outro homem, o que motivou o crime. Adilton foi levado para a carceragem do presídio em Serrinha, onde aguarda o julgamento.

Revelações

Após investigações, a família soube como era o relacionamento entre Daiane e Adilson. "Uma vez ele veio me dizer que estava querendo construir uma família. Eu não sabia que Daiane já estava grávida. Depois que ela morreu que eu soube que ele tinha até obrigado ela a tomar remédio, quando ela foi parar no hospital certa vez", revelou.

O crime aconteceu no dia 16 de dezembro de 2017, numa área de mata conhecida como Povoado do Murici, em Serrinha. De acordo com a advogada Ivana Silva de Santana, assistente de acusação contratada pela família de Daiane, o julgamento está previsto para acontecer no dia 16 de março, cerca de três meses depois do feminicídio.

"Eu acredito na justiça e naqueles que vão analisar as provas, mas não há pena máxima que justifique o que ele fez. Ele matou a minha filha e todos os dias o filho dela pergunta onde a mãe está", lamentou se referindo ao neto de 2 anos.

49 facadas

Familiares de Ana Paula Conceição Assis, 36, morta em 15 de abril de 2017, também participaram do ato. O crime também aconteceu no município de Serrinha. Ana Paula foi encontrada morta com perfurações de 49 facadas no bairro Campo do Matadouro e cerca de 10 meses após o crime, a polícia ainda não identificou o autor do feminicídio.

A irmã da vítima, Sidmara Conceição, 33 anos, que estava presente no protesto, disse que a família suspeita que Ana Paula foi morta por um homem com quem ela se relacionava. Contudo, eles não sabem a identidade do suposto parceiro da irmã.

Ana Paula morava sozinha no centro da cidade. Ele tinha três filhos de 20, 19 e 11 anos.

Professores de Teofilândia dizem que Prefeitura pretende sucatear a educação local

Os professores da rede pública de Teofilândia lançaram uma segunda nota de convocação da população para acompanhar a votação do Projeto PL 001/2018. Segundo eles, com este projeto, o salário dos professores será reduzido e a qualidade do ensino também, uma vez que direitos dos alunos também será afetado.

Os professores afirmam que o projeto atenta contra os direitos dos trabalhadores e afetará diretamente a qualidade da educação local. Eles convidam a todos para a Sessão na Câmara Municipal de Vereadores que votará o projeto em questão. Segundo eles, esta será a votação mais importante da história da educação em Teofilândia. A votação ocorrerá na próxima terça-feira (27).

Confira a nota dos professores:

APLB em nome da sua diretoria, vem solicitar o apoio dos vereadores desta nobre casa a fim da retirada de pauta desta casa do Projeto de Lei, de n° 001/2018 encaminhado para a mesma.

Para a APLB, este projeto interfere na saúde financeira, física e psicológica destes profissionais/ professores desta cidade gerando um colapso financeiro, já que em sua maioria, estes servidores são arrimos de famílias.

Queremos ressaltar ainda que se faz necessário um debate amplo entre aqueles que são os interessados a cumprir o que determina a lei, uma vez que já existe uma lei anterior de número 024/12 na qual, a mesma preconiza a necessidade de uma comissão de acompanhamento do PCC (Plano de Cargos e Carreira).

Para tanto, queremos juntos com os nobres senhores, aprofundar essa discussão e nos colocamos à disposição para enfrentar os possíveis debates sobre o tema de forma transparente para atender a todos os interessados. 

Estamos em um momento tão peculiar já que estamos iniciando mais um ano letivo com diversas situações é de bom tom termos cautela para tratar sobre determinados problemas, cabe sempre o bom senso e um amplo estudo e conhecimento da causa.

A APLB Sindicato é uma entidade com 65 anos de idade tendo como bandeira de luta a Educação Pública e de qualidade e vem trabalhando com afinco para estabelecer, uma boa relação com o poder executivo.

É certo ainda que tal manifestação, feita por escrito, vem como uma clara tentativa de convencer e buscar o apoio dos nobres senhores a fim da retirada da pauta do projeto de nº 001/2018 sendo esta a melhor opção para a cidade que possui força desmedida, eleitoral o que faz garantir um grandioso número de votos.

A Prefeitura Municipal de Teofilândia não se manifesta sobre o assunto.

Governo supera índices em saúde e educação em 2017, diz Prefeitura de Tucano

Os índices aplicados pelo Governo Municipal na saúde e educação de Tucano em 2017 superaram o volume de investimento estabelecido em lei federal. Segundo a Prefeitura Municipal de Tucano, os dados foram apresentados nesta quarta-feira (21), durante audiência pública, realizada no plenário da Câmara de Vereadores, e o maior volume de investimento ficou concentrado na educação.

“Foram aplicados nessa área 32,42 por cento, enquanto a lei determina a aplicação de 25 por cento. A audiência pública também revelou o volume de recursos investido na saúde, em Tucano. Foram aplicados o correspondente a 26,8%, embora a lei determine o percentual de 15%”, disse a gestão.

Dados

Outros dados também chamam a atenção. Em 2017, a arrecadação própria cresceu em torno de 31%, saindo de 3.059 mil para 4.020 mil. Para os analistas, esse crescimento demonstra confiança no governo. O dado negativo diz respeito a queda nos valores dos repasses federais e estaduais. O FPM e ICMS juntos tiveram uma redução de 2,71%. A dívida consolidada também foi reduzida, saindo de 71,6 para 69,5. Os técnicos apresentaram, ainda, o comprometimento do exercício de 2017 com o pagamento de despesas do ano anterior (2016), no valor de R$ 3.596 milhões.

Forte correnteza abre cratera e interdita BA-210

O trecho da rodovia BA 210 que liga a sede do Município de Abaré ao Distrito de Ibó na Divisa Bahia/Pernambuco está totalmente interditado em consequência das chuvas que vêm caindo na região do Território Itaparica que é banhado pelo Rio São Francisco, fato ocorrido na manhã deste sábado (24).

Essa rodovia foi inaugurada no dia 10 de janeiro deste ano, tem aproximado 15 km de extensão e se entronca com a BR 116.

O prefeito Fernando Tolentino (PT), disse que tem chovido bastante na região. Segundo ele, já manteve contato com a empresa responsável pela obra e a mesma já está providenciando a recuperação.

Barrocas: Prefeitura contrata por R$132 mil reais, empresa para organizar competições esportivas

A publicação do Diário Oficial do Município no dia 15 de Fevereiro informa a contratação da empresa LUKEL EMPREENDIMENTOS EIRELI ME, com o objetivo de prestar serviços de Organização dos Eventos Esportivos do Município de Barrocas.

O valor do contrato chama a atenção, com vigência de 01 de janeiro à 31 de Dezembro de 2018, são R$132.860,00 (Cento e Trinta e Dois Mil, Oitocentos e Sessenta Reais), esse é o valor do aditivo do contrato Nº0229/2017.

Com exceção do Campeonato Municipal de Futebol, que é organizado pela Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer, as principais competições esportivas que acontecem no município são organizadas por Dirigentes Esportivos que trabalham voluntariamente. Tanto na sede como nas comunidades, alguns contam apenas com apoio da referida secretaria, outros nem apoio conseguem.

  • Exemplos abaixo:

         Campeonato Society do Povoado de Ipoeira 2017

         Copa Paixão Feminina 2017

         Campeonato de Futsal Sub 17 de Lagoa da Cruz 2017

         4º Trilhão de Barrocas

         Campeonato dos Amigos da Santa Rosa 2018

Nenhum dos eventos mencionados acima, foi ou está sendo organizado pela Secretaria de Esporte, nem mesmo por empresa contratada pelo município.   

A publicação que revelou o contrato de R$132 mil reais, gerou questionamento nas redes sociais sobre a atuação da Secretaria de Esportes na organização dos eventos esportivos no município: "Qual será então o papel da Secretaria de Esporte de Barrocas a partir de agora, já que temos uma empresa contratada para organizar os eventos esportivos do município?" questionou um internauta.

 

Fonte: A Tarde/A Voz do Campo/Portal de Noticias/civalanjos.com/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!