11/03/2018

Pilão Arcado: Governador Rui Costa vai a evento com praça vazia

 

Como já era esperado pela maioria da população do município de Pilão Arcado, o governador da Bahia, Rui Costa, iria passar por uma tremenda vergonha neste sábado (10) quando esteve no município para assinar ordem serviço, entregar tratores, inaugurar um pequeno sistema de abastecimento de água para zona rural, e ainda entregar 1.280 cadastros de ambiente rural.

No evento, se contava nos dedos as pessoas presente no meio de uma praça vazia. Assim que o governador estava chegando com sua comitiva, apenas duas pessoas acenaram – mesmo assim de longe -, numa cena que mais pareceu o significado da repulsa população contra o prefeito Afonso Mangueira (PP), o vice-governador João Leão, e ao próprio governador que não soube retribuir os votos adquiridos na eleição passada, e que agora com quase 4 anos depois reaparece com uma cara larga cheia de sorriso para pedir o apoio popular novamente para que o mantenha em seu emprego ganhando um gordo salário, e ainda se esbaldando das regalias do poder fazendo turismo pelo país e exterior.

Enquanto isso, durante esse tempo ele não pensou nas pessoas que ainda estão passando fome, bebendo lama que sai nas torneiras todos os dias, sofrendo nos corredores do Hospital Regional em Juazeiro, das pessoas que sofrem com a falta de estrada, saúde, educação, etc, disparou o advogado Lairton Gomes.

“Ele foi obrigado a descer do carro para falar com as pessoas, mesmo assim, não empolgou, viu que seu ibope está lá embaixo, em Pilão não é sua praia, e não será novidade este mesmo grupo político que recebeu amanhã está fazendo parte do palanque de ACM Neto, como vendo sendo ventilada esta possibilidade nos bastidores da política”, alertou Neilton Gomes.

O governador ‘Rui Correria’ estava acompanhado do todo poderoso vice-governador, João Leão (PP), do querido filho do vice, o deputado federal Cacá Leão (PP), do ex-prefeito de Juazeiro e pré-candidato a deputado federal, Isaac Carvalho (PCdoB), dos estaduais Roberto Carlos (PDT) e Zó (PCdoB).

“O povo está cansado de tanta demagogia e cinismo, mesmo com a presença de tanta autoridade, o resultado foi um evento esvaziado. Isso mostra que o povo não é besta, e aquelas poucas pessoas que foram prestigiar eram ligadas ao grupo político do gestor ou de outros municípios”, lamentou Gomes.

Ele vai mais além: “Como se não fosse suficiente, o despreparado prefeito dos ‘novos tempos’ leu seu discurso do início ao fim totalmente desvirgulado, gaguejando e tremendo, uma vergonha para o povo do município. Ainda assim, ele demonstrou não conhecer os reais anseios da comunidade pilãoarcadense. São as velhas práticas se perpetuando na gestão com estudantes da zona rural começando o ano letivo atrasado, água de péssima qualidade, saúde deficiente, nepotismo, perseguição política, advogados pagos pelo Município para sua defesa particular no processo eleitoral, farras das diárias, dentre muitas outras irregularidades”, disparou Neilton.

Pilão Arcado: Governador assina ‘ordem de serviço’ para município ligado à escândalos com obras abandonadas

O governador da Bahia, Rui Costa esteve neste sábado (10) pela manhã na terra dos ‘Laranjas do sertão’ quando colocou dinheiro público mais uma vez no fogo para recuperação de 56 quilômetros da Rodovia BA-335, entre a sede do município e Lagoa do Padre, obra orçada em mais de R$ 13 milhões.

“O Governador não está nem cumprindo com seus compromissos em repassar os recursos da saúde, e outras obrigações, para os municípios deixando os prefeitos ‘pt’ da vida, vai agora cumprir com mais esta outra Ordem de Serviço? Ele mesmo sabe que tem poucos votos em Pilão, e ainda o grupo o qual ele abraçou está desgastado, pois o mesmo foi destaque nas páginas policiais do país durante meses. Todos aqui sabem que isso é mais uma jogada política eleitoral para tentar enganar, mais uma vez, a população depois de quatro anos.

Todos sabem que a cidade está acabada, com obras paradas, escolas transformadas em chiqueiros de bode, esgotos escorrendo a céu aberto, população carente sendo obrigada a beber água podre e suja lançada pelo SAAE todos os dias, e ainda assim temos obras transformadas em cemitério a exemplo da quadra poliesportiva que começou a ser construída na administração do líder do grupo político do prefeito Afonso Mangueira, Joãozinho Porfírio, e a obra foi abandonada, e ninguém sabe em qual buraco da calça entrou o restante do dinheiro”, disparou Raimundo Nonato, Mundoca.

Ainda segundo ele, a quadra começou a ser construída no ano de 2009, e deveria ter sido entregue à população no ano de 2012.  “Aditivaram algumas vezes a obra, mas o que se vê é dinheiro público entrando pelo ralo. O pior que o local foi transformado coito perigoso, inclusive a noite levando medo para os moradores e comerciantes próximo”, concluiu. O recurso para a execução da obra é de autoria do Governo Federal.

Remanso: Prefeito pratica aumento abusivo de impostos colocando a população sobre a parede

Segundo informações dos próprios comerciantes do município de Remanso, o departamento de tributos municipal, com autorização do Prefeito Zé Filho (PSD), reajustou abusivamente as taxas de alvarás e IPTU para  o ano de 2018.

Sem se importar com as dificuldades que a população vem atravessando, o gestor municipal demonstrou não se importar com a crise que abate a maioria da população com pessoas desempregadas, comercio fraco, funcionários municipais com salários atrasados, cidade abandonada, e ainda a sociedade ser obrigada suportar mais esta acinte em ser obrigada a conviver com o aumento de taxas e impostos que chegam a 100%.

Na Secretaria de Cultura para cada evento que era cobrado uma taxa no valor de R$ 56,00, a qual foi majorada para R$ 112,00. Os alvará simples como, Vigilância Sanitária e obras sofreram um reajuste em torno de 25%. O IPTU

que era R$ 2,00 por metro quadrado passou para R$ 3,22. Já os comerciantes que pagavam em média R$100,00 pelo alvará de funcionamento durante o exercício de 2017 passou para R$ 161,00 no ano de 2018.

Com uma Câmara de Vereadores inerte e dominada sem sua maioria, com alguns edis com seus nomes envolvidos em enrascada judicial, a população do município passa ainda a ser refém de uma imoralidade que assolou os dois poderes: legislativo e executivo.

“Nós cidadãos remansenses queremos um posicionamento da Câmara e da própria administração municipal. Se esse aumento se quer foi discutido na plenária? Pois todos sabemos que as seções não passam de 30 minutos uma vez que a maioria dos vereadores são réus da Operação Carro Fantasma”, questionou o cidadão Wesley Santos em texto enviado para a reportagem do AP.

TRE-BA determina realização de novas eleições em Jeremoabo

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) determinou na última quarta-feira (7), durante sessão de julgamento, a realização das eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito da cidade de Jeremoabo.

A data do novo pleito está marcada para o dia 3 de junho, data limite prevista no calendário eleitoral. As eleições municipais em Jeremoabo ficaram indefinidas, porque a candidata à prefeita mais votada, Anabel de Tista (PSD), teve seu registro indeferido e os votos não foram validados. Ela disputou o pleito de 2016 com recursos na Justiça Eleitoral.

Após julgamento de recurso interposto pela candidata, a Corte eleitoral do TRE-BA decidiu, à unanimidade, manter o indeferimento do registro de candidatura e excluir multa aplicada a candidata. Atualmente quem exerce o cargo de administrador do município de Jeremoabo é o presidente da Câmara, Antônio Chaves (PSD).

PREFEITURA DE UAUÁ INICIA ANÁLISE DE PROJETO PARA REFORMA DO HOSPITAL MUNICIPAL

A Prefeitura de Uauá deu mais um passo importante para a realização da histórica reforma do Hospital Municipal Dr. Jair Braga. Quarta-feira (07), o prefeito Lindomar Dantas, secretários, vereadores da base e representantes de entidades do município, participaram da apresentação do projeto inicial, que visa importantes melhorias nas instalações da unidade para ampliação e modernização da oferta dos serviços.

O projeto apresenta inúmeras mudanças na parte externa e interna do hospital. A proposta tem novidades como a criação de uma nova ala para emergência, construção de áreas para triagem e observação dos pacientes, uma área de pré-parto, duas salas para partos e um Centro Cirúrgico. Toda a obra está estimada em mais de R$ 1 milhão, verba conquistada através de emenda parlamentar do Deputado Federal José Nunes.

Entusiasmado com mais uma conquista do seu governo, o prefeito Lindomar Dantas destacou a importância do momento de reestruturação da saúde pública de Uauá. “Ao longo de mais de 30 anos o nosso hospital vem passando por um processo de sucateamento, de enfraquecimento, pois a parte estrutural vai se desgastando naturalmente. E o que a gente viu aqui foi um ensaio inicial da proposta de reordenamento dos espaços e de várias melhorias na estrutura da unidade. Com a presença de representações de diversos segmentos do município tornamos a apresentação desse projeto um momento de consulta pública, e isso é de extrema importância.  É um momento que marca a história, e que corresponde a uma das estratégias que a gente estabeleceu que é sempre ter a saúde como prioridade”, afirmou o prefeito.

A secretária de Saúde, Alline Ribeiro, também celebrou a apresentação do projeto. “Estamos muito felizes com este momento. É o pontapé inicial para o nosso projeto de transformar o hospital de Uauá em um hospital de referência, um hospital que possa atender bem todas as pessoas e fazer todos os procedimentos aqui na cidade”, destacou.

AGÊNCIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE ALERTA PARA IMPACTOS AMBIENTAIS COM BAIXA VAZÃO DO RIO SÃO FRANCISCO

O maior reservatório do Nordeste, o lago de Sobradinho, na Bahia, teve a vazão reduzida para 550 metros cúbicos de água por segundo. Com um menor volume de água sendo liberado, pesquisadores da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), em parceria com a Marinha do Brasil, estão fazendo uma análise sobre os impactos que essa redução pode ocasionar no Rio São Francisco. A ação faz parte do Projeto Orla Nossa, desenvolvido pela Prefeitura de Petrolina.

Ao percorrerem todos os trechos da Orla I e II, as equipes perceberam a extensão dos impactos ambientais e na navegabilidade nessas áreas causados pela baixa vazão. De acordo com diretor de Projetos da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), Victor Flores, quem navega pelo Velho Chico deve redobrar a atenção. "Nossa análise visa, também, averiguar como está o assoreamento nessas áreas. Há locais no meio do Rio São Francisco que a profundidade chega a 50 cm. Quem navega por aqui, deve prestar mais atenção para riscos de acidentes, até que a vazão aumente", alerta.

Durante o período de estudos, uma das barcas que faz o transporte fluvial entre Petrolina e Juazeiro, encalhou próximo à parada de embarque e desembarque. Pescadores e membros da equipe da Marinha tiveram que puxar a embarcação para que os passageiros pudessem descer. O diagnóstico de profundida, juntamente com a pesquisa de qualidade de água, iniciada na semana passada, devem nortear as próximas ações do projeto.

Orla Nossa é um projeto de revitalização do Rio São Francisco que vem sendo desenvolvido desde o início da gestão, em 2016. Entre os trabalhos realizados pela Prefeitura de Petrolina, estão o estudo e a retirada das baronesas, a inserção de 35 mil alevinos e a operação que identificou e solucionou ligações clandestinas e tubulações que despejavam esgoto no rio. O projeto agora está na fase de recuperação da mata ciliar degradada na extensão da Orla I, no processo de educação ambiental e de análise da qualidade da água. Entre as parcerias firmadas, o programa conta com o auxílio do Instituto Federal do Sertão Pernambucano, 72º Batalhão de Infantaria Motorizada e a Codevasf e da Marinha do Brasil.

 

Fonte: Ação Popular/Ascom PMU/Ascom PMP/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!