13/03/2018

Sr. do Bonfim: com salários atrasados, médicos entram em greve

 

Sem receber os salários de janeiro e fevereiro, os médicos que trabalham no Hospital Dom Antonio Monteiro, na cidade de Senhor do Bonfim, decidiram entrar em greve.

Além do atraso salarial, segundo o Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed), os profissionais enfrentam precárias condições de trabalho.

O Instituto Caminhada, que administra a unidade, alega irregularidade dos repasses da prefeitura para justificar o não pagamento dos salários.

Os médicos também reclamam do não pagamento referente ao mês de novembro, quando a unidade ainda era administrada pelo município.

Em nota, o Sindimed relata que faltam no hospital materiais básicos como antibióticos e um carrinho de anestesista estaria sem funcionar.

Pescadores de Casa Nova têm acesso a programas sociais

Os pescadores de Casa Nova serão cadastrados no CadCidadão, sistema que registra o cenário social e econômico dos profissionais e os encaminha para programas sociais e de crédito dos governos federal e estadual. O cadastramento será realizado pela Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura do Estado, de 13 a 16 de março, na Colônia de Pescadores Z-42 (Quadra Op, 48, Centro), das 8h30 às 17h30. Cerca de 200 pescadores serão beneficiados na ação.

Após o cadastro, os pescadores poderão receber as Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAP), documento que possibilita o acesso do profissional a políticas públicas, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), o Programa de Aquisição de Alimentos e o de Habitação Popular. Para ter direito à Declaração, o profissional da pesca deve ter a maior parte de sua renda obtida com a atividade da pesca ou aquicultura.

“Com a DAP, o pescador é reconhecido como produtor rural e pode acessar diversos programas do governo federal para desenvolvimento da agricultura, como financiamentos com baixa taxa de juros e programas de habitação popular”, explica o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Júnior.

Governo do Estado autoriza investimentos de mais de R$4 milhões na agricultura familiar de Pilão Arcado

O Governo do Estado autorizou, neste sábado (10), investimentos de mais de R$4 milhões para a agricultura familiar do município de Pilão Arcado, fortalecendo a agricultura familiar do Território de Identidade Sertão do São Francisco.

Por meio do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável na Região Semiárida da Bahia (Pró-semiárido), executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), serão R $ 3.322.146,14 em convênios de investimentos e R$1.004.690,88 em contrato de assistência técnica, beneficiando 845 famílias, em 46 comunidades.

Entre os 18 convênios autorizados pelo governador Rui Costa está o da Associação Beneficente Brejo dos Irmãos, da comunidade Brejo dos Irmãos.Para o presidente da Associação, Cosme Alves de Souza, vai melhorar a renda e o desenvolvimento da comunidade:"Nossa comunidade é muito carente, não temos pra quem vender e nossa comercialização é basicamente feita por trocas. Nossa expectativa é grande, o maquinário com que vamos trabalhar com cana e buruti vai ajudar a trabalhar melhor e com mais higiene. Teremos ainda assistência técnica para nos ajudar a trabalhar".

O Pró-Semiárido é parte integrante de um conjunto de compromissos do Governo da Bahia para seguir avançando na erradicação da pobreza. Entre seus objetivos estão o apoio e o fortalecimento das principais cadeias produtivas dos agricultores familiares.

Entrega

Na oportunidade, foi entregue pelo governador, por meio da SDR/CAR, um trator com implementos agrícolas, no valor de R$ 94,4 mil, para  otimizar a mecanização dos trabalhos de preparo   de solo, plantio e colheita dos agricultores familiares da Associação Comunitária de Sítio Bonfim. O veículo foi emenda do deputado Zó.

Deputado diz que correria é inimiga da perfeição e só SECOM funciona

O deputado estadual Adolfo Viana (PSDB) disse nesta tarde de segunda feira, 12, no plenário da Assembleia Legislativa numa alusão ao governador Ruy Costa, PT, que "a correria é inimiga da perfeição e o chefe do executivo baiano prometeu muita coisa na região Norte e nada cumpriu daí o desprezo que a população de Pilão Arcado lhe deu durante sua visita no último final de semana".

Adolfo comentou ainda que houve um esforço enorme de setores do governo em convocar prefeitos da região, de Juazeiro, Sento Sé, Remanso, Casa Nova, Curaçá e Sobradinho, mas poucos apareceram por lá. Segundo o parlamentar tucano, na Região Norte o número de obras do governo "é zero".

Para Adolfo, o que tem prosperado nos municípios à beira do São Francisco é a violência e o crime organizado. Enquanto isso, "andaram correndo demais e nada cumprindo no campo da segurança, mas, o governo gasta R$2 milhões e 200 mil para trazer correligionários investigados pela Justiça, um já condenado, para um fórum em Salvador".

O tucano destacou, ainda, que "a bancada do governo que é composta por mais de 40 deputados não comparece ao plenário da Casa para defender o governo porque não tem o que argumentar, cabendo apenas ao deputado Rosemberg Pinto (PT), que é um guerreiro isolado, de fazer essa defesa". De acordo com Adolfo, o único órgão que funciona a conteto na estrtura do governo é a secretaria de Comunicação, para produzir "propaganda enganosa".

DEFESA DE RUI

Para o deputado Rosemberg Pinto, um dos únicos parlamentares da base presente a sessão, ao lado de Paulo Câmera e Marquinhos Viana, o governo de Rui Costa trabalha espacialmente em todos os territórios da Bahia, "e, hoje mesmo o governador esteve em Simões Filho anunciando a instalação de um SAC". Além disso, Rosemberg destacou os investimentos maciços feitos na área da SSP.

 

 

Fonte: BNews/Bahia Pesca/Ascom SDR/Bahia Já/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!