03/07/2012

SERINHA: Boliviana é presa com registro médico falso

 

A Polícia Civil de Serrinha prendeu a boliviana Gladys Carita Catari, 33 anos, que usava dois registros falsos no Conselho Regional de Medicina (CRM) para atuar como médica no Hospital Santa Casa de Misericórdia (Hospital Santana). 

A boliviana usava o nome de Claudia D. Passos e foi presa após uma denúncia anônima.

Durante as investigações, um agente do Serviço de Inteligência da 15ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior se passou por paciente e descobriu que a médica usava um carimbo com o nome e o CRM de outro profissional.

Em depoimento, Gladys Carita disse que cursou medicina, mas admitiu que seu diploma não foi submetido à revalidação em território brasileiro.

As exigências para a regularização vão desde o detalhamento da grade curricular até a apresentação de documentos pessoais e verificações de conhecimento específico.

A boliviana foi indiciada pelos crimes de falsidade ideológica, exercício ilegal da medicina e falsificação de documento. Ela ficará detida na delegacia de Serrinha à disposição da Justiça.

Fonte: ASCOM/PC

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!