21/03/2018

Salvador: Semana Santa terá programação diversificada

 

Ele foi traído, agredido, humilhado e morto. Como homem, Jesus Cristo deu lições sobre tolerância, perdão, paz e amor ao próximo. Como santo, ele é venerado por multidões. Por isso, os sete dias que envolvem os acontecimentos que antecederam sua morte e ressureição compõem a chamada Semana Santa, que este ano acontecerá entre os dias 25 de março e 1º de abril.

O Correio fez um roteiro de onde e como ocorrerão as principais celebrações religiosas do mais importante período da igreja.

A Semana Santa representa o passo a passo dos últimos dias de Cristo, antes de ser crucificado e de ressuscitar. Todos os anos, igrejas do mundo todo elaboram um cronograma de eventos que começam na Quarta-feira de Cinzas (início da Quaresma) e seguem até o Domingo de Páscoa. Confira a programação preparada pela Arquidiocese de Salvador para celebrar a data:

Domingo (25)

As celebrações começam em um dia de domingo no calendário cristão ocidental. Nesse dia, Jesus Cristo entrou na cidade da Jerusalém sentado sobre um jumento e foi recebido por uma multidão. O povo usou galhos de oliveiras para celebrar a chegada do profeta de Nazaré e, por isso, a data ficou conhecida como Domingo de Ramos.

Em Salvador, para celebrar a passagem, no próximo domingo, a multidão de fiéis deve seguir da Praça do Campo Grande em caminhada até a Praça Municipal, carregando ramos de oliveiras.

Em nota, a Arquidiocese de Salvador informou que o evento está marcado para as 8h. Apesar de a igreja não definir uma cor para as roupas, a maioria dos católicos tem o costume de vestir branco nesse dia.

“Após vivenciar o tempo litúrgico da Quaresma, a Igreja dá início à Semana Santa no Domingo de Ramos. Nesta que é a Semana Maior, acontece a celebração do Tríduo Pascal e, finalmente, a Noite Santa da Vigília Pascal, na qual rompe-se o silêncio da madrugada com os louvores e a glorificação de Jesus Cristo ressuscitado dentre os mortos”, diz a nota.

Segunda (26) e terça (27)

A segunda e a terça-feira são dias para relembrar o momento em que Cristo foi traído por um dos 12 discípulos, depois de receber um beijo no rosto. Judas Iscariotes entregou Jesus aos soldados romanos em troca de 30 moedas de prata. Em seguida, o profeta seria julgado e começaria a percorrer o caminho do Calvário.

Para os cristãos esses são dias de fazer jejuns, orações, vigílias, e peregrinações, oferecendo essas ações a Deus como provas de que estão arrependidos dos pecados. O objetivo é expiar os delitos ou agradecer pelas graças recebidas.

A universitária Jasmin Chalegre, 23 anos, cresceu na religião espírita, mas há quatro anos adotou o catolicismo. Desde que a Quaresma começou ela está jejuando todas as quartas e sextas-feiras, e acredita que esse é um período para reflexão.

“A quaresma é o momento em que exercitamos mais a fé, portanto, é um período de aprendizado. O Domingo de Ramos é o momento de pensarmos no que estamos fazendo, sabendo que as nossas ações serão colhidas na Quarta-feira de Cinzas, daqui a um ano. Jesus era tolerante, perdoava e não gostava de julgamentos, então, a gente começa a refletir sobre nossas ações”, comenta.

Quarta (28)

A Quarta-feira Santa é o quarto dia da celebração. Em Salvador, ela será marcada pelo encontro simbólico das imagens de Nossa Senhora das Dores e do Senhor Bom Jesus dos Passos. Neste dia, o bispo auxiliar, Dom Marco Eugênio Galrão, presidirá a Missa na Igreja da Ajuda, no Centro Histórico, às 12h30.

Logo após a Celebração Eucarística, a imagem do Senhor Bom Jesus dos Passos será conduzida até a Igreja de São Domingos, no mesmo bairro, onde se encontrará com a imagem de Nossa Senhora das Dores. A procissão percorrerá algumas ruas do Centro Histórico e as duas imagens serão levadas de volta para a Igreja da Ajuda.

Quinta (29)

A Quinta-feira Santa é um momento de reflexão. Dois eventos serão realizados pela Arquidiocese nesse dia. Pela manhã, será realizada a Missa da Renovação das Promessas Sacerdotais e dos Santos Óleos.

O evento acontecerá no Santuário Nossa Senhora de Fátima, localizado no Colégio Antônio Vieira, no Garcia, às 8h30, e concelebrado pelos bispos auxiliares, por padres e diáconos da Arquidiocese.

Às 19h, o arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, presidirá a Missa da Ceia do Senhor, na Igreja São Pedro dos Clérigos, no Terreiro de Jesus.

Sexta (30)

A Sexta-feira da Paixão representa o dia em que Jesus foi crucificado, depois de percorrer as ruas de Jerusalém, carregando uma cruz de madeira, pesada, e enquanto era flagelado.

Nesse dia, Dom Murilo presidirá a Liturgia da Paixão, a partir das 15h, na Igreja Nossa Senhora do Carmo, no Centro Histórico. As imagens do Senhor Morto e de Nossa Senhora das Dores serão carregadas pelos fieis, durante uma procissão, relembrando os últimos passos de Jesus no caminho até o calvário.

Sábado (31)

O Sábado de Aleluia é conhecido pela brincadeira que é realizada com Judas, o traidor de Cristo. Fiéis constroem bonecos para simbolizar o discípulo traidor e incineram o brinquedo. Em alguns casos é feito até um testamento com os pertences do falecido, que serve para fazer troça com as pessoas.

Brincadeiras à parte, o Sábado Santo é de Vigília Pascal (31) e terá início às 19h, na Igreja São Pedro dos Clérigos, no Largo do Terreiro de Jesus, no Pelourinho.

Páscoa (1º)

O domingo de Páscoa representa a data em que Jesus Cristo ressuscitou e, por isso, é dia de festa entre os cristãos. Para celebrar a Ressurreição do Senhor, Dom Murilo presidirá a missa, às 10h, na Igreja São Pedro dos Clérigos.

Para entrar no clima, no último domingo (18) as paróquias da Península de Itapagipe e Cidade Baixa realizaram a Caminhada pela paz e superação da violência, entre a Praça Irmã Dulce, no Largo de Roma, e a Basílica Santuário do Senhor do Bonfim, onde foi celebrada uma missa campal.

A ação fez parte das atividades da Campanha da Fraternidade 2018, que tem como tema “Fraternidade e superação da violência” e lema “Vóis sois todos irmãos (Mt 23,8)”.

Já nesta terça-feira (20), a Câmara Empresarial do Turismo (CET) realiza, às 8h30, na Casa do Comércio, 9º andar, a palestra “Turismo Religioso em Salvador: Roteirização da Colina Sagrada e Caminhos da Fé”. O evento terá como palestrante a presidente da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), Tânia Scofield, que discorrerá sobre os roteiros da fé em Salvador e também abordará outros projetos da Fundação.

Prefeitura anuncia festival de música para comemorar aniversário da cidade

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) anunciou nesta terça-feira (20) que entre os dias 23 de março e 1º de abril será realizado mais uma edição do Festival da Cidade, desta vez em comemoração ao aniversário de 469 anos de Salvador.

Segundo Neto, o dia 23 terá atrações como Rumpilezz e Thiago Aracam no Terreiro de Jesus, no dia 24 a noite será comandada por Xand Avião e Psirico na Praça da Revolução em Periperi.

A festa continua no dia 25 em Cajazeiras, no Campo da Pronaica, com shows de Duas Medidas e Leo Santana. Já no dia 28, o Largo da Mariquita, no Rio Vermelho, será embalado por apresentações de Márcio Mello e Marina Lima.

Todos os shows ocorrerão a partir de 19h. Durante o Festival da Cidade ocorrerá ainda uma programação de exposições, oficinas e espetáculos gratuitos na cidade.

 

Fonte: Correio/BN/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!