23/03/2018

Campo Formoso: Professores ameaçam com nova greve

 

Professores de Campo Formoso, no Piemonte Norte do Itapicuru, região de Senhor do Bonfim, podem entrar em mais uma greve por reajuste de salários.

Uma reunião já está marcada para a próxima quarta-feira (28) com a prefeita Rose Menezes (PSD) para tentar chegar a um acordo. A informação é do presidente do Sindicato dos Servidores em Educação da cidade [Sise], Maurício Hermógenes.

“A depender do que ocorrer nesta reunião, levaremos a proposta para a assembleia e lá vamos decidir se faremos outra greve ou outra ação”, disse Hermógenes.

O sindicalista diz também que não há reajuste para os servidores desde o ano passado. “Foi zero por cento”, enfatiza. Segundo ele, a prefeitura também não paga o valor determinado pelo piso nacional dos professores que em 2018 chega a R$ 2,4 mil para jornada de 40 horas.

Hermógenes afirma ainda que o acumulado de perdas chega a mais de 14% nos salários dos docentes, fora o devido a servidores auxiliares, como merendeiras, pessoal de limpeza e administrativo.

Uma proposta de 2% foi oferecida aos servidores na última terça-feira (20) que será analisada pelo sindicato.

No ano passado, a greve durou cerca de três meses e não resultou em aumento. A paralisação ainda é motivo de disputa judicial, porém o Tribunal de Justiça da Bahia ainda não julgou a ação que discute a legalidade do movimento de 2017.

Canudos: Governo investirá R$ 6,5 milhões em sistema de abastecimento de água para a seca

O governador Rui Costa (PT) visitou o município de Canudos nesta quinta-feira (23) e autorizou a licitação para a construção de um Sistema de Abastecimento de Água para as localidades de Bendegó e Alto Alegre.

Os investimentos, da ordem de R$ 6,5 milhões, serão somados a um convênio com a prefeitura do local para melhora no abastecimento de água potável por meio de carros-pipa. “Estou feliz com este grande projeto de abastecimento que vai levar água para 3.450 famílias de comunidades atingidas pela seca, quero levar água para outras comunidade de Canudos e de outras cidades”, afirmou Rui.

Para o novo sistema de abastecimento serão implantados 7.820 metros de redes de distribuição e realizadas 982 ligações prediais com hidrômetro – 823 em Bendegó e 159 em Alto Alegre. Outras obras incluem a construção da Estação Elevatória de Água Tratada I e a Implantação de 19,9 quilômetros de rede adutora de Canudos à Bendegó, além de 8,8 quilômetros de Bendegó a Alto Alegre. 

Durante a solenidade, o governador também fez a entrega de 625 certificados de inscrições no Cadastro Ambiental Rural (CAR), emitidos pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema), para agricultores. Mais de R$ 40 mil foram investidos.

O objetivo do cadastro é compor uma base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento.

A partir de dezembro de 2017, a inscrição no CAR será necessária para a concessão de crédito agrícola pelas instituições financeiras. O governador ainda visitou as instalações do Núcleo de Robótica do campus avançado da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), inaugurado no ano passado, através de uma parceria da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Informação (Secti) e do Instituto Campus Party, e entregou os certificados de conclusão para a primeira turma formada no curso. Rui também entregou duas ambulâncias para os municípios de Canudos e Sento Sé, no valor de R$ 66 mil cada.

Núcleo de Robótica de Canudos forma primeira turma em robótica livre

Primeiro laboratório de robótica a ser instalado no interior e no sertão da Bahia, o Núcleo de Robótica de Canudos forma sua primeira turma no curso de iniciação à robótica livre. A cerimônia de formatura aconteceu na manhã desta quinta-feira (22), no Campus Avançado da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), com a presença do governador Rui Costa, de autoridades e políticos da região.

O chefe de gabinete da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Rodrigo Hita, que representou o secretário José Vivaldo Mendonça, acompanhou a entrega dos certificados para cerca de 30 alunos que adquiriram conhecimentos teóricos e práticos acerca das novas tecnologias, programação e a prática de robótica.

Rodrigo Hita levou a mensagem do secretário de luta e resistência do povo neste ato importante para o futuro do sertão baiano, e ressaltou que esta formatura é o reconhecimento da democratização do acesso à tecnologia. “É o resultado do investimento que se concretiza em oportunidades através da inclusão socioprodutiva e de alta tecnologia”, disse Hita, que agradeceu o empenho do diretor do campus da Uneb/Canudos, professor Luiz Paulo Neiva.

Para um dos monitores, o jovem Vinícius Melo, que trabalhou junto aos demais no laboratório, o espaço dá oportunidades para os canudenses se desenvolverem. “Estes jovens são interessados, e agora têm condições de crescer e de mudar a estrutura da máquina da desigualdade. Assim como mudou a minha vida e vai modificar a vida destes jovens, quero que o Núcleo de Robótica de Canudos continue ajudando as pessoas que têm vontade de aprender”, disse.

O Núcleo

O Núcleo de Robótica de Canudos foi inaugurado no dia 5 de outubro de 2017, em comemoração aos 120 anos da Guerra de Canudos, viabilizado pela parceria entre Governo do Estado, através da Secti e da Uneb, Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Instituto Campus Party. A proposta é ter um espaço para as primeiras noções de programação e prática de robótica que fomente a inclusão sociodigital, visando o desenvolvimento econômico e social de uma região marcada pela seca. A empresa baiana USE Telecom foi responsável por levar internet em alta velocidade ao sertão da Bahia.

MP discute situação do Hospital Materno Infantil de Juazeiro

A atual situação do Hospital Materno Infantil de Juazeiro foi discutida em reunião promovida na manhã desta terça-feira, dia 22, pela promotora de Justiça Rita de Cássia Rodrigues de Souza. Ela debateu os problemas apontados no relatório de inspeção realizada pelo Núcleo Regional de Saúde Norte na unidade com representantes do Hospital, da Secretaria Municipal de Saúde e do próprio Núcleo. O objetivo da reunião, explicou a promotora, foi buscar soluções e estabelecer metas para que as irregularidades sejam sanadas e o hospital possa manter o seu fluxo de atendimento e se adequar às normas, até estar novamente funcionando de forma regular.

Foi estabelecido um prazo de 30 dias para que o Município se manifeste quanto aos pontos indicados na inspeção realizada em 2017. Além disso, a promotora de Justiça solicitou que, no mesmo prazo, o Núcleo Regional de Saúde realize nova inspeção para sinalizar quais adequações já foram promovidas pelo Município e quais irregularidades ainda permanecem. Segundo a secretária Municipal de Saúde, Fabíola Dantas Ribeiro, diversas medidas foram adotadas desde que o Município recebeu o relatório da inspeção realizada em 2017. A secretária complementou que o hospital realizou 5.266 partos no último ano, sendo que 44% deles são referentes a pacientes de outros municípios. Também participaram da reunião o diretor e as assessoras técnicas do Núcleo Regional de Saúde, Pedro Alcântara, Cecília Aguiar, Leonita Siqueira e Renata Carvalho; a assessora Jurídica Larissa Conceição; a superintendente de Atenção Especializada da SMS, Fabíola Ribeiro; as diretoras administrativa e médica do Hospital, respectivamente, Rivaercia Espínola e Fabíola Leite; e a gerente de Humanização e Educação Permanente da SMS, Luciana Florentino.

AGROVALE: VIVEIRO PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DA CAATINGA É REABERTO DEPOIS DE REFORMA

A Agrovale, localizada em Juazeiro (BA) e uma das maiores produtoras de álcool, açúcar e etanol do Nordeste, concluiu neste mês a reforma e ampliação do seu viveiro de mudas nativas da Caatinga. Instalado em uma área de 2 hectares, o espaço tem capacidade para a produção de 36 mil mudas de mais de 70 espécies de plantas e volta a ser aberto ao público no segundo semestre desse ano para visitas técnico-científicas.

De acordo com a coordenadora do Departamento de Meio Ambiente da Agrovale, Thaisi Tavares, as obras do novo viveiro começaram em agosto de 2017, com o objetivo de ampliar a capacidade de produção e otimizar a logística dos serviços oferecidos à população. Com sua conclusão, a empresa retoma a produção das plantas nativas e já começa a receber os primeiros agendamentos de solicitações para visitas acadêmicas. Segundo Thaisi, o processo de doação de mudas deve iniciar em junho, quando as novas espécies estarão mais desenvolvidas e rustificadas para transplante em campo.

As plantas produzidas no viveiro são utilizadas para recuperação de áreas degradadas, repovoamento e reflorestamento com o objetivo maior de preservação do Bioma Caatinga, explica a coordenadora. “As mudas que produzimos são destinadas à restauração do Bioma Caatinga, assim como, utilizadas em ações socioambientais tais como projetos de arborização urbana pelos órgãos públicos como as secretarias municipais e escolas, além de construtores civis, condomínios, universidades e produtores rurais”, ressalta.

No total, nove profissionais trabalham diretamente com o viveiro, que cultiva espécies como o umbuzeiro, ingazeiro, ipê, jatobá e umburana. Ainda segundo Thaisi, com a reforma e ampliação do espaço, foi possível melhorar a capacidade de produção das mudas cuja demanda é crescente. “A Agrovale está sempre recebendo muitos pedidos de doações e de visitas técnico-científicas, então foi necessário que o viveiro passasse por uma obra reestruturante. Estamos mais preparados também para sensibilizar as pessoas sobre a importância e benefícios das árvores em nossas vidas”.

Produção

Por serem plantas nativas da Caatinga (bioma exclusivamente brasileiro), a maioria das espécies cultivadas pela empresa são de porte pequeno ao médio. E, segundo o Departamento de Meio Ambiente da Agrovale, são produzidas de acordo com a sazonalidade de ocorrência das sementes dessas plantas. “Temos espécies que estarão aptas a campo por estes dias e outras que só ficarão prontas em setembro, por exemplo”, conclui Thaisi Tavares.

DIA DA ÁGUA DEVE SER LEMBRADO A CADA SEGUNDO DA VIDA, DIZ PESCADOR

Pescador não é só bom de história. É aquele que conhece a natureza, entende o Rio São Francisco, sabe olhar para a lua. Antes do sol nascer vai com seu barco analisar o movimento das águas. A profissão é ensinada de pai para filho.

No Dia Mundial da Água, a redação deste Blog, conversou com o presidente da Associação dos Pescadores Profissionais da Ilha do Fogo, Tadeu Reis da Costa. Ele disse que vai completar no próximo mês de outubro 61 anos e aos cinco já acompanhava o pai nas pescarias sempre no Rio São Francisco.

De acordo com o pescador, a seca do Rio São Francisco tem afetado de forma drástica uma das principais atividades econômicas da cidade de Juazeiro, Petrolina e região: "Não existe mais peixes em abundância. Infelizmente o rio São Francisco e as consequencias, exemplo, a poluição,  provocadas pelo próprio homem matou a nossa sobrevivência". Amanhã 23, Tadeu participará em Petrolina, na Câmara de Vereadores da audiência pública que vai tratar sobre a situação do Rio São Francisco.

Tadeu conta que a situação é dramática em todos os municípios banhados pelo Rio São Francisco. "A maioria dos profissionais da pesca passa por dificuldades e muitos têm procurado alternativas para sustentar as famílias. O dia da água deveria ser seguido todos os dias, afinal, a água é para ser valorizada todos os segundos da vida", finalizou o pescador.

 

 

Fonte: BN/Ascom Secti/Cecom MP/Clas Comunicação/BlogdoGeraldoJosé/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!